Gil e Glalbert prestigiam filiação de Dr. Emano no PDT

0comentário

O ex-prefeito de Matinha, Dr. Emano, filiou-se nesta segunda-feira (09), ao PDT, partido pelo qual disputará a prefeitura do município.

O ato aconteceu em São Luís e contou com as presenças do presidente estadual do partido, senador Weverton Rocha; do deputado federal Gil Cutrim e do vice-presidente da Assembleia, deputado estadual Glalbert Cutrim, além dos ex-prefeitos Aristóteles e Beto Pixuta, de vereadores, pré-candidatos e lideranças locais.

Com a definição do partido, Matinha viverá um feito histórico, ao ter pela primeira vez em setenta anos, a união de famílias que tradicionalmente caminharam em sentidos opostos na política local.

Glalbert Cutrim destacou a importância do momento para Matinha. “Tradicionalmente, as famílias Pixuta, Araújo e Travassos, foram adversários, mas sempre desejando o melhor para Matinha. Agora, esse grupo se une com um só propósito, melhorar a vida da população.” Destacou.

O senador Weverton Rocha fez questão de reforçar a importância de Dr. Emano no PDT. “Temos um compromisso com o município, porque é preciso reconhecer a força que tivemos em Matinha, e agora, com candidatura própria, multiplicaremos nossas forças para ajudar Dr. Emano.” Destacou o presidente do PDT.

O deputado federal Gil Cutrim, presente no ato de filiação, relembrou a competência do médico. “Dr. Emano é um político que todos conhecem a sua competência como prefeito, já administrou Matinha e usará toda essa sua experiência e vontade de trabalhar para melhorar ainda mais a vida dos matinhenses.” Disse.

Também estiveram presentes Eliane Pixuta, esposa do ex-prefeito Beto Pixuta e que deverá ser indicada ao cargo de vice-prefeita. Mostrando a força do grupo, chamou atenção a presença do atual vice-prefeito do município, Marquinhos de Ari, que reforçará o grupo para derrotar a atual prefeita Linielda de Eldo (PCdoB).

Participaram ainda do encontro, os presidentes dos diretórios municipais do Republicanos, Edinho do Pan; John Cutrim, presidente do MDB; Maria de Jesus, presidente do PV; partidos que já declaram apoio a pré-candidatura de Dr. Emano.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gil e Glalbert declaram apoio à pré-candidatura de Neto

0comentário

Acompanhado do seu irmão, deputado estadual Glalbert Cutrim e do vereador de São Luís, Edson Gaguinho, o Deputado Federal Gil Cutrim declarou hoje (06), apoio ao pré-candidato à Prefeitura de São Luís, o Deputado Estadual Neto Evangelista.

Gil Cutrim, que já foi prefeito de São José de Ribamar e presidente da Federação dos municípios do Maranhão – FAMEM por dois mandatos, é um importante nome para integrar o time que apoia a pré-candidatura de Evangelista.

O deputado Neto agradeceu o apoio dos jovens deputados e do vereador Gaguinho “Hoje, o nosso projeto à prefeitura de São Luís recebeu o apoio de grandes amigos. Chegam para fortalecer nosso grupo o deputado federal Gil Cutrim, o deputado estadual Glalbert e o vereador Edson Gaguinho, vamos juntos”, disse.

Neto Evangelista que é filho do deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, João Evangelista Serra dos Santos (in memoriam), também recebeu oficialmente o apoio do irmão de Gil, o vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Glalbert.

“A juventude e experiência de Neto Evangelista tem muito a contribuir com a nossa capital”, declarou o deputado Gil em suas redes sociais, “Ele pode contar conosco e vamos à luta!”, completou.

Em seu terceiro mandato como deputado estadual, Neto também já acumulou no currículo o comando da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social, uma das mais importantes pastas do Governo do Estado.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gil apoia Policiais Rodoviários Federais do Maranhão

0comentário

O deputado Gil Cutrim recebeu, na manhã desta quarta (12), o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Estado do Maranhão (SindiPRF-MA), Tony Wolff, juntamente com o também representante da entidade, delegado Eduardo para conversar sobre a atuação da categoria no estado.

Na ocasião, os representantes da entidade expuseram ao parlamentar, as dificuldades de trabalho e o baixo efetivo que não consegue atender às demandas do estado maranhense. Eles afirmaram que a falta de policiais rodoviários federais prejudica, não só a fiscalização nas estradas, como a atuação contra crimes.  

O Presidente da entidade, Tony Wolff, apontou ao deputado Gil Cutrim, a necessidade de uma melhor regulamentação na atuação dos policiais rodoviários federais.

“Hoje trabalhamos apenas com crimes de trânsito, porém somos preparados para atuar em outras frentes, como combate ao trabalho escravo, resolução de conflitos indígenas, combate ao tráfico de drogas e outras demandas que também pertencem à Polícia Rodoviária Federal, mas que estão engessadas pelo Poder Judiciário”, ressaltou Wolff.

O deputado Gil Cutrim, preocupado com a segurança no estado, concordou com as necessidades da categoria no Maranhão.

“Acredito que o aumento do número de efetivo da Polícia Rodoviária Federal no estado do Maranhão será fundamental para a fiscalização não só das estradas, mas de outras ocorrências. A sociedade não pode ficar prejudicada pela falta de agentes públicos de segurança. Hoje temos apenas 248 policiais rodoviários federais atuando no estado, o que representa um pouco menos da metade do que o Maranhão realmente precisa. A luta do SindiPRF- MA também é minha”, declarou o deputado Cutrim.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gil recebe representante da luta dos monoculares

0comentário

O deputado Gil Cutrim recebeu, nesta segunda-feira (10), a jornalista Amália Barros, juntamente com outros dois representantes da luta das pessoas com visão monocular. Ela veio pedir apoio do parlamentar ao PL 1615/2019, que classifica a doença como deficiência visual e assegura com a pessoa que enxerga com apenas um olho os mesmos benefícios das demais pessoas com deficiência.

 O deputado Gil Cutrim já apoia a iniciativa e reiterou estar junto à luta.

 “Desde o ano passado estou firme na causa das pessoas com visão monocular. E não apenas deste tipo de deficiência. Apoio toda e qualquer inciativa que possa dar mais condições de saúde e tratamento, não só aos monoculares, mas a todas as pessoas com deficiência”, reforçou o deputado.

 A influencer Amália Barros formalizou o pedido de apoio por meio de uma carta entregue ao deputado. A iniciativa faz parte de um esforço concentrado na Câmara para a aprovação do PL 1615/2019.

Foto: Divulgação

Saiba mais

sem comentário »

Gil assina pedido de impeachment de Abraham

0comentário

O deputado Gil Cutrim (PDT-MA) e outros 26 parlamentares pediram ao Supremo Tribunal Federal (STF) o impeachment do ministro da Educação, Abraham Weintraub, por crimes de responsabilidade fiscal.

A Comissão externa de acompanhamento do MEC, no qual o deputado é membro, apurou por quase um ano, diversas irregularidades, como a ineficiência na correção das provas do ENEM de 2019, a execução de apenas 4,4% de verba reservada para investimento e perda de R$ 1 bilhão resgatados da Operação Lava Jato e que deveria ser investido na pasta. As irregularidades foram observadas pela Comissão por meio de análises e reuniões entre os membros da Comissão.

“Diante dos devaneios do ministro da Educação Abraham Weintraub, não podemos permitir que a questão educacional seja tratada como picadeiro de circo. Eu, que fiz parte da Comissão Externa de acompanhamento do Ministério da Educação no ano passado, ainda não consegui enxergar um projeto sólido de educação para o País. Como membro da Comissão, me preocupo por ainda não termos apresentado pelo ministro, um plano estratégico de avanço nas questões educacionais do Brasil e nem um plano de valorização de professores”, questionou o parlamentar.

Baseado na Lei do Impeachment (Lei nº 1.079/50) que trata de atos incompatíveis ao decoro do cargo, e a prática de condutas que afrontam o artigo 37 da constituição, Gil Cutrim e os deputados Felipe Rigoni, Tabata Amaral, João Campos, Raul Henry, Reginaldo Lopes, Professor Israel, Aliel Machado, Rodrigo Agostinho, Marcelo Calero, Maria do Rosário, Perpétua Almeida, Margarida Salomão, Danilo Cabral, Rafael Motta, Joênia Wapichana, Fabiano Tolentino, Márcio Jerry, Pedro Uczai, Edmilson Rodrigues, Alexandre Padilha, Fernanda Melchionna, Henrique Fontana, Rosa Neide e Alexandre Frota e pelos senadores Alessandro Vieira e Fabiano Contarato, pediram o impedimento imediato de Weintraub.

Rede de ensino no Maranhão – O deputado maranhense Gil Cutrim sempre foi defensor da Educação. Quando prefeito de São José de Ribamar, que fica na região metropolitana de São Luiz, elevou os índices educacionais do município. O deputado alcançou as metas previstas pelo Ministério da Educação na melhoria da rede pública de ensino e transformou a educação municipal em uma das 50 melhores do Brasil segundo o MEC. Gil Cutrim inaugurou creches e escolas, revitalizou outras 60 instituições de ensino público, implantou em 30, os laboratórios de informática e aumentou em mais de 77% o salário dos professores durante o seu mandato.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Defensor destaca atuação dos deputados Glalbert e Gil

0comentário

O Defensor-geral do Estado, Alberto Bastos, destacou, durante evento realizado na manhã desta sexta-feira (6), na sede da Defensoria Pública do Estado, em São Luís, a atuação dos deputados Glalbert Cutrim e Gil Cutrim, que tem resultado no fortalecimento da Instituição em diversos municípios do Maranhão.

Para Bastos, os dois parlamentares tem sido grandes parceiros da Instituição para garantir o direito ao acesso a Justiça. “Temos o prazer de anunciar que a Defensoria Pública do Estado receberá recursos de três emendas parlamentares do deputado Gil Cutrim. Isso demonstra a sensibilidade do parlamentar em garantir a população mais carente, direito ao acesso a justiça. A emenda é fruto de uma articulação do deputado Glalbert Cutrim, que tem sido um grande parceiro nosso e com essa emenda, será possível garantir a instalação de três núcleos da Defensoria”, destacou o defensor Alberto Bastos.

Os deputados Glalbert Cutrim e Gil Cutrim participaram, juntos com o Promotor Ronald Pereira, o Corregedor Augusto Gabina, o
Defensor Coordenador do Núcleo de Execução Penal de São Luís, Bruno Dixon, o Subdefensor Geral do Estado Gabriel Santana e o Defensor-geral Alberto Bastos, de um café da manhã com os servidores da Defensoria Pública do Estado, no Centro de São Luís. O evento foi uma forma de agradecer a participação ativa dos dois deputados em ações que estão resultando no fortalecimento da Instituição.

Glalbert Cutrim se disse honrado em poder contribuir com o crescimento da Instituição. “Sabemos da importância da Defensoria para a população mais carente, e por isso, é uma grande honra poder ajudar e saber que essa emenda vai ser muito útil para fortalecer essa importante Instituição que tem como principal finalidade garantir o direito ao acesso a justiça”, disse Glalbert.

O deputado federal Gil Cutrim, autor das emendas, lembrou o tempo que foi gestor e a importância das Defensorias para a população mais carente nos municípios. “Eu não poderia deixar de retribuir a dedicação do Alberto com trabalho. Quando eu fui prefeito, pude entender e reconhecer o trabalho da Defensoria com a população. Tenho certeza que com a instalação de mais três núcleos, em Matinha, Tutóia e Turiaçu, levará mais direitos a quem mais precisa, que é a população carente”, finalizou o deputado.

sem comentário »

Gil e Glalbert seguem com Weverton; Glalbert no PDT

0comentário

O deputado estadual e 1º Vice-presidente da Assembleia Legislativa, Glalbert Cutrim, em conversa com o jornalista Jorge Aragão, assegurou que não pretende sair do PDT.

Glalbert deixou claro que a relação com o partido, principalmente no Maranhão, é excelente e que não foi, em momento algum, abalada pela decisão do seu irmão, o deputado federal Gil Cutrim.

No Maranhão, o partido é comandado pelo senador Weverton Rocha, aliado político tanto de Glalbert quanto de Gil.

“É claro que seguirei no PDT, não tenho razões para deixar o partido, até pela liberdade que temos e pelo excelente relacionamento que possuímos com o senador Weverton Rocha. Estamos no seu grupo e seguiremos marchando juntos nas próximas eleições, nada deve abalar essa aliança”, destacou Glalbert.

Vale destacar que o próprio Gil Cutrim, em entrevista ao Panorama, na Rádio Mirante AM, quando confirmou que entrou mesmo com uma ação, junto ao Tribunal Superior Eleitoral, pedindo a saída da legenda, deixou claro sua boa relação com Weverton.

Gil confirmou que a relação com a cúpula nacional, leia-se Carlos Lupi, azedou e que após a votação da Reforma da Previdência sofreu retaliações do PDT.

No entanto, destacou que a postura nacional é diferente da postura do PDT no Maranhão.

“Faço questão de fazer uma ressalva com relação ao PDT do Maranhão, comandado pelo senador Weverton Rocha. Não existe nada contra o Weverton, muito pelo contrário, o PDT comandado por Weverton é um PDT democrático, o PDT maranhense escuta, debate e delibera, mas infelizmente aqui em Brasília, o PDT deliberam e nós temos o direito apenas de escutar”, disse Gil Cutrim ao conceder entrevista à Rádio Mirante AM.

Sendo assim, Glalbert ficará no PDT e Gil, mesmo sendo praticamente obrigado a deixar a legenda, seguirá também ao lado do senador Weverton Rocha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gil Curtim vai a Justiça Eleitoral para garantir mandato

0comentário

O deputado federal Gil Cutrim (PDT-MA) divulgou nota oficial nesta terça-feira (15), anunciando a entrada de uma ação na Justiça Eleitoral pedindo a mudança de partido sem a perda do mandato.

Gil Cutrim e outros sete deputados pedetistas são alvo de ação na Comissão de Ética do partido por terem votado a favor da reforma da Previdência proposta por Jair Bolsonaro (PSL) contrariando a orientação e o voto do PDT.

Na nota, Gil Cutrim afirma que a sua decisão decisão foi tomada em decorrência de perseguição e discriminação dentro do partido.

Leia a nota na íntegra:

“A velha política já não cabe na realidade de nosso país, isso porque a prioridade deve ser uma agenda positiva que vise o bem-estar dos brasileiros. Esse é o desejo real de todos e nosso papel, como representantes do povo, é garantir que essa mudemos esse cenário com princípios nobres que busquem o crescimento da nação em todos os âmbitos, sobretudo no modo antigo de fazer política, cujos interesses partidários se sobrepunham aos de quem realmente merecem nossa atenção: a população brasileira.

É assim que encaro minha responsabilidade com todos aqueles que confiaram em mim a sua representação na Câmara Federal. Por esse motivo, decidi, ao lado de outros colegas parlamentares, entrar com uma ação na Justiça Eleitoral pedindo mandato.

Nossa decisão foi tomada em decorrência de perseguição e discriminação dentro de nossos partidos, no meu caso o PDT. Sempre apoiei a legenda, inclusive rejeitando o projeto inicial do Governo para a reforma da Previdência, quando na ocasião dei meu voto desfavorável à proposta na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Fechamos questão contra a reforma da Previdência no primeiro momento, porém não houve uma nova avaliação da legenda quando o texto foi reformulado pela Câmara. Brigamos e conseguimos retirar injustiças do texto, mas não houve a oportunidade de discutir a nova proposta dentro do partido. O Parlamento conseguiu construir um texto melhor do que o enviado inicialmente, o qual prejudicava, por exemplo, a aposentadoria rural e as pessoas do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e deficientes de baixa renda. Só assim, após entender que houve um verdadeiro empenho para melhorar aquela proposta, decidi me posicionar a favor. Não era nosso sonho, mas algo necessário para o Brasil.

Quando o PDT decidiu pela minha suspensão depois da votação da reforma da Previdência, fizeram um comunicado informando que nos julgariam em um prazo que já se esgotou e, desde então, não fui chamado para nenhuma diretriz do partido.

Tenho que prestar contas ao meu eleitorado e para a população brasileira, pois fui suspenso de minhas atividades que dependiam da indicação do partido. Tenho conduzido a minha rotina parlamentar com muito afinco, porém de forma limitada.

Respeito o PDT, mas o que eu mais quero no momento é ter um campo livre para conduzir o trabalho do meu mandato. Assim, entendemos que essa ação se fez necessária por concordarmos que fomos politicamente perseguidos e excluídos de diretrizes importantes dos partidos”.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Gil Cutrim diz que Reforma Tributária é prioridade

0comentário

O deputado Gil Cutrim (PDT-MA) destacou, nas redes sociais que a Reforma Tributária será a principal pauta no retorno dos trabalhos na Câmara dos Deputados a partir de agosto.

Gil Cutrim lembrou que o brasileiro trabalha 5 meses no ano apenas para pagar impostos.

“Tenho como prioridade a revisão da nossa carga tributária. O brasileiro trabalha mais de 5 meses do ano para pagar imposto, o que o coloca entre os mais tributados no mundo, realidade esta que tira o poder de compra e afasta sonhos. Esta deve ser a principal pauta do semestre”, afirmou.

De autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), a proposta de Reforma Tributária acaba com três tributos federais – IPI, PIS e Cofins. Extingue também o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos esses tributos incidem sobre o consumo. No lugar, é criado o IBS – Imposto sobre Operações com Bens e Serviços, de competência de municípios, estados e União, além de um outro imposto, sobre bens e serviços específicos, esse de competência apenas federal.

A Comissão Especial da Reforma Tributária na Câmara dos Deputados é presidida pelo deputado federal maranhense Hildo Rocha. A proposta de Reforma Tributária tem como relator no Senado, outro maranhense, o senador Roberto Rocha.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Gil Cutrim e mais sete deputados são suspensos no PDT

0comentário

A Executiva Nacional do PDT decidiu suspender oito deputados federais, entre eles o deputado maranhense Gil Cutrim que votaram contra a orientação do partido e a favor do texto-base da Reforma da Previdência proposta pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL).

Nas redes sociais, o presidente do PDT Carlos Lupi anunciou a suspensão dos parlamentares que segundo o PDT votam contra o povo brasileiro.

“A Executiva Nacional abriu o processo disciplinar contra os deputados federais do PDT que votaram contra o povo brasileiro. O processo é democrático e tem direito à ampla defesa. Porém, estão suspensos os 8 deputados nas representações dos diretórios e no Congresso”, disse Lupi.

Além de Gil Cutrim, votaram contra a orientação do partido: Tábata Amaral (SP), Alex Santana (BA), Subtenente Gonzaga (MG), Silvia Cristina (RO), Marlon Santos (RS), Jesus Sérgio (AC) e Flávio Nogueira (PI).

Em entrevista na manhã de hoje ao programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, o deputado Gil Cutrim disse que decidiu votar com a própría consciência uma vez que o texto aprovado é bem diferente do que foi encaminhado pelo presidente da República e teve muitos avanços na Câmara dos Deputados.

Na tarde desta quarta-feira, Gil Cutrim divulgou um comunicado no qual diz acatar a decisão do partido:

“Acato essa decisão temporária do PDT com a consciência limpa. Só me posicionarei após o parecer do Conselho de Ética, que deve sair em um prazo de dois meses. Durante esse tempo, vamos continuar o nosso trabalho e projetando o melhor para o assuntos legislativos do País. Nossa vida não para!”.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »