Seduc convoca aprovados em seletivo

1comentário

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) convoca os candidatos classificados em Cadastro de Reserva nos processos seletivos simplificados de professores da modalidade educação Ensino Médio regular (Editais nºs 05/2016 e 33/2017), para comparecerem, até 31 de julho de 2017, na sede da Unidade Regional de Educação a qual pertence o município onde concorreu, para contratação temporária.

Os candidatos deverão comparecer para assinar o contrato administrativo e entregar os documentos exigidos em edital, sendo eles:

Diploma ou Certificado de Formação, cópia devidamente autenticada, para os graduados. O Certificado deverá estar dentro do prazo exigido nos Editais: validade da certidão de 1 (um) ano;

Declaração Original da Universidade, acompanhada do histórico escolar, para os que estão cursando mais da metade do curso, dentro do prazo dos Editais: validade de 1 (um) mês;

Carteira de Identidade (cópia autenticada ou com a declaração de “confere com o original”, efetuada pelo servidor responsável pelo recebimento da documentação);

CPF (cópia autenticada ou com a declaração de “confere com o original” efetuada pelo servidor responsável pelo recebimento da documentação);

Título de Eleitor e o comprovante da quitação eleitoral (cópia autenticada ou com a declaração de “confere com o original” efetuada pelo servidor responsável pelo recebimento da documentação);

Carteira de Reservista para os candidatos do sexo masculino e não índio;

Comprovante de Aptidão Física e Mental apurada em Perícia Médica (Laudo);

Comprovante de endereço;

Número do PIS ou Pasep;

Dados da Conta Bancária do Banco do Brasil, devendo o titular ser o professor contratado.

Neste momento, estão sendo convocados, prioritariamente, os candidatos classificados nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, visando atender necessidades das respectivas disciplinas no sistema público de ensino estadual.

Confira aqui os endereços das Unidades Regionais de Educação (URE’s) e o edital de convocação no site da Seduc (www.educacao.ma.gov.br)

Foto: Lauro Vasconcelos

1 comentário »

Felipe Camarão reúne gestores escolares

0comentário

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) promoverá, de 17 a 26 de julho, Encontros Regionais de Gestores Escolares para avaliação das ações pedagógicas realizadas no primeiro semestre de 2017, para orientação para as próximas ações escolares do segundo semestre e socialização dos resultados do ‘1º simuladão MAIS IDEB’, realizado em junho deste ano.

O Encontro faz parte das ações do Plano Mais IDEB, cuja meta é elevar os índices educacionais do Maranhão e acontecerá nos municípios sede de cada Unidade Regional de Educação (URE’s). A iniciativa envolverá todos os gestores gerais e adjuntos das escolas da rede pública estadual do Maranhão. O tema principal a ser abordado é a qualidade do ensino das escolas estaduais, com vistas ao constante crescimento dos indicadores escolares.

Além dos gestores, estão convidados a participarem do encontro representação de estudantes, com os Grêmios Estudantis, e da comunidade escolar, por meio dos Colegiados que atuam nas unidades de ensino. O objetivo é que todos unidos possam afinar as estratégias educacionais de impacto na qualidade da aprendizagem dos discentes.

“Na oportunidade será feita a análise dos dados do ‘Simuladão Mais Ideb’ com os gestores escolares para que, com os resultados pedagógicos em mãos, eles possam organizar os planejamentos de ensino com vistas à intensificação curricular segundo as dificuldades de aprendizagens identificadas na avaliação em Língua Portuguesa e Matemática. Melhorar a qualidade da educação do Maranhão é uma responsabilidade de todos nós. Essa melhoria só acontecerá se houver empenho de todos”, pontuou o Secretário Felipe Camarão.

Outras ações para a melhoria da educação já estão planejadas para o segundo semestre letivo, que começa na primeira semana de agosto. Na volta às aulas, será a vez dos alunos conhecerem os seus resultados do ‘1º Simulado Mais Ideb’, com a correção que será feita em sala de aula, pelos professores de Língua Portuguesa e Matemática, tirando as dúvidas e mostrando os caminhos para resolução das questões.

Uma outra ação prevista, por meio do Plano Mais Ideb, será a 2ª Formação Continuada deste ano, para professores de Língua Portuguesa e Matemática, prevista para ser realizada de 11 a 17 de agosto.

Foto: Lauro Vasconcelos

sem comentário »

Decisão acertada de Felipe Camarão

1comentário

Seduc rescinde contrato de gestores escolares por não prestarem contas de recursos

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) rescindiu o contrato de gestão de 20 gestores escolares, por ausência de prestação de contas de recursos da Caixa Escolar. Os gestores demitidos são de 20 escolas pertencentes às Unidades Regionais de Educação (URE’s) de Chapadinha, Itapecuru, Rosário, Viana e São Luís. Do total de contratos rescindidos, 13 são de gestores eleitos por meio do processo democrático e sete gestores indicados pela Secretaria, com base em critérios técnicos estabelecidos pelo edital de eleição de gestores.

“Todos estes gestores foram demitidos por não terem prestado contas de recursos do caixa escolar, o que penaliza toda a escola, que fica impossibilitada de receber recursos, como Fundo Estadual de Educação (FEE) e do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), essenciais para o seu bom desempenho administrativo e até pedagógico da escola”, explicou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

É através do Caixa Escolar que são repassados diretamente à escola recursos como: Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e o Fundo Estadual de Educação, que podem ser destinados à aquisição de material, manutenção, pequenas construções e conservação de instalações e equipamentos necessários ao processo de ensino e aprendizagem, entre outras necessidades básicas. Em contrapartida, os gestores escolares devem prestar conta detalhada de como os recursos foram gastos. Porém, muitos deixam de cumprir a lei, ficando com o Caixa Escolar inadimplente.

O gestor geral ou adjunto da escola assume a responsabilidade de presidente da Caixa Escolar e é o responsável pela boa aplicação dos recursos públicos repassados à escola e pela periódica prestação de contas. A função é exercida por profissionais efetivos da rede, com função gratificada, os quais assinam um contrato de gestão e, periodicamente, tem os seus desempenhos nos aspectos pedagógicos, administrativo e financeiro avaliados.

Ao longo de 2016, a Seduc realizou diversas capacitações regionalizadas com gestores escolares e também outros profissionais interessados sobre procedimentos de prestação de contas. A demissão dos gestores foi a última medida adotada pela Secretaria, após todos os gestores terem sido capacitados e notificados sobre a necessidade da prestação de contas.

“Há um problema histórico de inadimplência das caixas escolares que, na maioria dos casos, os gestores não tinham conhecimento adequado de como proceder com a prestação de conta. Atualmente, temos um setor específico voltado para orientar os gestores e esse número de inadimplência vem diminuindo, contudo, nossa meta é que todas as caixas estejam adimplentes. Antes de proceder com a exoneração, todos os gestores foram notificados para regularizar a situação”, esclareceu o secretário Felipe Camarão.

(mais…)

1 comentário »

Felipe Camarão descarta saída da Educação

1comentário

O secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, respondeu com ironia a notícia veiculada nas redes sociais que estaria deixando a Educação e se transferindo para a Secretaria de Saúde.

Em contato com o Blog do Jorge Aragão, Camarão negou que exista essa possibilidade e que seguirá seu trabalho na Educação tentando melhorar os índices do Maranhão. Ao desmentir sua saída, Camarão demonstrou senso de humor e que o trabalho segue firme e a todo vapor.

“Sai da Seduc apenas para entregar mais alguns ônibus aos municípios maranhenses em companhia do governador Flávio Dino, mas já voltei”, respondeu sorrindo.

Camarão se referiu a entrega de mais transporte escolar aos municípios do Maranhão. Na quarta-feira (6), mais sete cidades foram contempladas, totalizando até agora 71 ônibus e duas lanchas já entregues na gestão de Felipe Camarão à frente da Seduc.

Sendo assim, factoide desfeito e Felipe Camarão segue seu trabalho na Secretaria de Educação.

Foto: Divulgaçào

1 comentário »

Camarão rebate críticas de Andrea Murad

2comentários

O secretário de estado da Educação, Felipe Camarão reagiu nas redes sociais às críticas que tem sido feitas na tribuna da Assembleia Legislativa, pela deputada Andrea Murad (PMDB).

Esta semana, a deputada Andrea Murad (PMDB) repercutiu o protesto e as péssimas condições das escolas Luiz Montenegro Tavares e João Lisboa, ambas da rede estadual de ensino.

“As unidades de ensino Luiz Montenegro Tavares e a João Lisboa se encontram imundas, degradantes, em estado de péssima qualidade. Além de sua estrutura, são mal administradas e precisa da intervenção da Secretaria para que os alunos não sejam mais prejudicados porque até professores faltam nas unidades. Os estudantes estão sem aula. Não tem vigilância e a limpeza é precária. O governo não faz o que deveria fazer, aquilo que é de responsabilidade do estado”, disse.

O secretário Felipe Camarão disse que três escolas já foram reconstruídas em Coroatá, mas não comentou a situação das escolas citadas pela deputada. “Desinformação é algo terrível. Deputada oposicionista não sabe que só na cidade de sua base eleitoral o governo do Maranhão reconstruiu 3 escolas”, escreveu.

Camarão disse inda que está aberto às críticas. “As críticas são sempre bem vindas, mas são boas quando justas e verdadeiras”, finalizou.

2 comentários »

Inscricões abertas ao Jovem Parlamentar

0comentário

Jornada parlamentar acontece de 25 a 29 de setembro, na Câmara dos Deputados, em Brasília

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que se encontram abertas, até 9 de junho, as inscrições para a 14ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), programa realizado anualmente pela Câmara dos Deputados, com o objetivo de possibilitar aos estudantes de ensino médio de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante a participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados, em que os estudantes tomam posse e atuam como deputados jovens.

Podem participar da seleção os estudantes que estiverem cursando os 2º e 3º do Ensino Médio, ou, ainda, o 4º ano, no caso dos alunos do ensino técnico, na modalidade integrada ao ensino médio, com idade entre 16 e 22 anos. É importante ressaltar que, o estudante não pode ter participado de outras edições PJB.

Os interessados devem elaborar um projeto de lei que proponha mudanças para melhorar a realidade do país. O tema é livre, mas deve ter impacto nacional. A proposta deve ser enviada juntamente com a ficha de inscrição, com toda a documentação necessária à Secretaria de Estado da Educação, na forma prevista no Manual de Procedimentos do PJB 2017. Os candidatos devem preencher a ficha de inscrição no endereço eletrônico: www.camara.leg.br/pjb.

A ficha deve ser impressa e, juntamente com o projeto de lei e todos os documentos necessários deve ser encaminhada às Unidades Regionais de Educação (UREs), ou diretamente para a Secretaria Adjunta de Projetos Especiais da Secretaria de Estado de Educação (Sape/Seduc) pelo endereço eletrônico:[email protected].

(mais…)

sem comentário »

Governo revitalizará escolas indígenas

0comentário
18 escolas de educação integral entrarão em funcionamento no próximo ano

Governo do Estado iniciará processo de revitalização de escolas indígenas do Maranhão

O Governo do Estado iniciará o processo de revitalização de escolas indígenas do Maranhão. Logo em fevereiro de 2017, serão revitalizadas 10 escolas indígenas, localizadas em 10 aldeias dos municípios de Bom Jardim, Santa Luzia do Paruá, Amarante, Bom Jesus das Selvas, Grajaú, Itaipava do Grajaú e Jenipapo dos Vieiras, beneficiando aproximadamente 2 mil alunos indígenas.

As escolas foram definidas após levantamento feito por equipe técnica da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que apurou a situação das escolas indígenas no Maranhão. De acordo com o secretário da Educação, Felipe Camarão, a revitalização das escolas indígenas é determinação do governador Flávio Dino que, ao longo de dois anos, tem desempenhado um importante papel de recuperação da rede física escolar em todo o Estado.

“Primeiramente os serviços serão executados nestas 10 escolas, por serem as que necessitam de reparos mais imediatos, conforme o levantamento nos apontou”, ressaltou Felipe Camarão. O secretário também destacou que, posteriormente, será possível estender o trabalho para outras aldeias, pois o investimento na infraestrutura dos espaços escolares também irá refletir na melhoria da aprendizagem e na autoestima de toda comunidade escolar. Camarão observou que o governador Flávio Dino está focado em transformar a educação maranhense e, dia após dia,  avança, conforme seu direcionamento.

O secretário Adjunto de Suporte ao Sistema Educacional da Seduc, Anderson Lindoso, destaca que a ampliação do diálogo com as comunidades indígenas, tem possibilitado à Seduc conhecer melhor a realidade de cada aldeia. “Seguindo as diretrizes do governador Flávio Dino, a Seduc desenvolve um trabalho amplo de valorização e recuperação do ambiente escolar. Com as comunidades indígenas não poderia ser diferente”, disse.

Lindoso destacou ainda que, com a ampliação do diálogo, foi possível conhecer mais de perto a realidade de cada aldeia e atender da melhor forma as demandas dos povos indígenas. “Assim como na alimentação escolar, que em 2016 foi completamente realizada, em 2017 trabalharemos com a infraestrutura das escolas garantindo uma escola digna para o processo de ensino aprendizagem”, observou.

“A melhoria da infraestrutura das escolas indígenas faz parte do conjunto de ações para que todas as etapas e modalidades da Educação Básica alcancem a qualidade e transforme a vida dos maranhenses, respeitando as diversidades e considerando as especificidades de cada comunidade escolar. Esse é o caminho para garantirmos a melhor atuação dos docentes e desempenho satisfatório do(as) estudantes”, afirmou a secretária Adjunta de Ensino da Seduc, Nádya Dutra.

Confira as Escolas indígenas que serão revitalizadas no início de 2017

Bom Jardim
EI ZEMUE E HAW TAKWAR TYW (Aldeia Tabocal)

Santa Luzia do Paruá
CEI YWYTUHU (Aldeia Ximborenda)

Amarante
CEI GIANNI SARTORI (Aldeia Juçaral)
EI TAWINE (Aldeia Guaruhu)
EI CAPITAO SUPRIANO (Aldeia Canudal)

Bom Jesus das Selvas
EI BOM JESUS (Aldeia Barreiro)

Grajaú
CEI YRIKARAMIRI (Aldeia Bananal)
EI COCAL GRANDE (Aldeia Cocal Grande)

Itaipava Grajaú
EI GUAJAJARA (Aldeia Urucu)

Jenipapo dos Vieiras
EI TENENA GURUPI GUAJAJARA (Aldeia Lagoa Comprida II)

Foto: Lauro Vasconcelos

sem comentário »

Governo convoca professores no Maranhão

0comentário
FelipeCamaraosecretario

Secretário Felipe Camarão diz que convocação mostra compromisso do governo com a Educação

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) convocou, nesta quinta-feira (23), os aprovados, dentro do número de vagas, no seletivo simplificado para contratação temporária de professores para atuarem nos cursos do Ensino Fundamental e Médio, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), das Unidades Prisionais de Açailândia, Caxias, Coroatá, Davinópolis, Imperatriz, Itapecuru e São Luís.

“Essa convocação demonstra o compromisso do Governo Flávio Dino com a Educação do Maranhão e com a valorização dos professores de nosso Estado”, destaca o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Os convocados deverão entregar a documentação prevista no edital e assinar os contratos nas próximas segunda (28) e terça-feira (29), nos locais especificados abaixo:

Aprovados para São Luís – Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja), localizado na Rua Barão de Itapary, s/nº, bairro Camboa.

Aprovados nos demais municípios – na sede da Unidade Regional de Educação (URE) à qual pertence o município de sua aprovação (Confira o endereço e a jurisdição das URE’s).

Ao todo, foram ofertadas 34 vagas para a contratação temporária de professores que atuarão em Unidades Prisionais de sete municípios maranhenses.

Os locais para entrega de documentos podem ser consultados no link: http://www.educacao.ma.gov.br/unidades-regionais-de-educacao/

sem comentário »

Seduc suspende gratificações irregulares

0comentário
FelipeCamaraosecretario

Camarão diz que auditoria teve como objetivo sanar o déficit de professores da rede pública

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) suspendeu a gratificação por Condição Especial de Trabalho (CET) de 334 servidores integrantes do subgrupo Magistério da Educação Básica, que estavam recebendo irregularmente o benefício, conforme apontado pela auditoria realizada entre os meses de maio e julho deste ano.

A medida foi divulgada nesta quinta-feira (10), por meio de da Portaria nº 1.635, de 9 de novembro de 2016, assinada pelo secretário da Educação, Felipe Camarão, que regulamentou os procedimentos para regularização de todas as inconsistências verificadas na auditoria realizada no quadro de servidores da Seduc.

De acordo com o secretário Felipe Camarão, a auditoria foi realizada na Seduc com o objetivo de reorganizar o quadro de servidores das escolas, de modo a sanar o déficit de professores da rede pública de ensino.

“A Seduc está empenhada em aprimorar a gestão de pessoas, com o objetivo de garantir a moralidade e legalidade, que são fundamentais ao serviço público. O governador Flávio Dino assumiu o compromisso de alavancar os índices educacionais de nosso Estado e nós estamos aqui para trabalhar em prol de uma educação pública de qualidade, valorizando os professores que estão em exercício de sala de aula”, afirmou o secretário.

A portaria estabelece, ainda, que dentro de 90 dias será procedida a revisão das inconsistências relativas a desvio de função e carga horária abaixo da prevista pelo estatuto do magistério. E em 60 dias a adequação do quadro de servidores do subgrupo Magistério da Educação Básica à disposição do núcleo pedagógico das 19 Unidades Regionais de Educação do Estado.

Realizada entre os meses de maio e julho deste ano, a auditoria detectou que aproximadamente 2.500 professores da Rede Estadual de Ensino estão fora das salas de aula das escolas do Estado, com desvio de função, e outros 3 mil professores têm carga horária muito baixa, ou seja, com jornada semanal bem abaixo do número de horas praticados na rede.

Foto: Lauro Vasconcelos

sem comentário »

Seduc convoca professores no Maranhão

0comentário
FelipeCamaraosecretario

Secretário Felipe Camarão anuncia cronograma que vai de 27 de outubro a 3 de novembro

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou o cronograma para convocação dos candidatos aprovados, dentro do número de vagas imediatas, nos Processos Seletivos para contratação temporária de professores. O cronograma vai de 27 de outubro a 3 de novembro.

Os convocados atuarão nas áreas de: Educação do Campo (Edital nº 003/2016); Ensino Médio Regular e Quilombola (Edital nº 005/2016); e nas escolas Indígenas das Unidades Regionais de Educação de Barra do Corda, Imperatriz, Santa Inês e Zé Doca (Edital nº 004/2016).

“Esta é mais uma etapa de chamada de candidatos aprovados, o que demonstra o compromisso do Governo Flávio Dino com a educação do Maranhão e com a valorização dos professores de nosso Estado”, destaca o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Cronograma:
27/10/2016 – Publicação do Edital de Convocação

31/10, 1º/11 e 3/11/2016 – Entrega de Documentação e assinatura de Contratos nas Unidades Regionais de Educação

Foto: Lauro Vasconcelos

sem comentário »