Brandão prestigia posse de Natalino Salgado no MEC

0comentário

O professor doutor Natalino Salgado tomou posse ontem, no Ministério da Educação, em Brasília, no cargo de reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Natalino obteve 60% dos votos na eleição na UFMA e teve o seu nome confirmado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

A posse de Natalino salgado foi bastante prestigiada e contou com a presença do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

“Com o reitor da UFMA, Natalino Salgado durante cerimônia de posse ao cargo que lhe foi confiado. Parabenizo o professor doutor pela nomeação e desejo sucesso nesta nova jornada”, destacou nas redes sociais.

Também participaram da pose de Natalino Salgado os deputados federais do Maranhão Eduardo Braide , Edilázio Júnior, Aluísio Mendes, Gastão Vieira e João Marcelo.

“Tive o prazer de participar da solenidade de posse do novo Reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado. Boa sorte meu amigo’, destacou Edilázio.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Brandão entrega jet skis e reforça trabalho na orla

0comentário

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) recebeu na manhã desta quinta-feira (7) cinco novos jet skis doados pela mineradora Vale como parte do Termo de Cooperação assinado entre o Governo do Maranhão e a mineradora, em reconhecimento aos serviços prestados pela corporação à população do estado. O vice-governador do estado, Carlos Brandão, participou da solenidade de entrega dos equipamentos de salvamento aquático.

O termo assinado em julho deste ano pelo governador Flávio Dino e pelo diretor-presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, prevê ainda a doação de novas embarcações de salvamento, botes infláveis, equipamentos de combate a incêndio, caminhões de combate a incêndio, ambulâncias e caminhonetes, totalizando o valor de R$ 8,14 mi.

“Nos sentimos muito honrados em doar esses equipamentos para o Corpo de Bombeiros do Maranhão, pois representa melhor qualidade de trabalho e agilidade nos atendimentos preventivos e de salvamento na orla de São Luís e em ocorrências no interior do Estado”, afirmou a gerente de Relações Governamentais da Vale, Vanessa Tavares.

O vice-governador Carlos Brandão comemorou as conquistas que, segundo ele, são frutos da boa relação que o Governo mantém com a iniciativa privada. “Estamos trabalhando de mãos dadas, Governo e iniciativa privada, para a construção de um estado melhor, com mais oportunidades e qualidade de vida para todos”, enfatizou.

Sentimento compartilhado pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, que ressaltou o impacto positivo das aquisições no trabalho dos bombeiros. “São equipamentos que vão dobrar a capacidade de atendimentos realizados pelo Batalhão de Bombeiros Marítimos, dando mais segurança aos banhistas”, comemorou.

“Mais vidas salvas”. Esse será o principal impacto da chegada dos novos equipamentos ao CBMMA, segundo o comandante da corporação, coronel Célio Roberto. “Poderemos fazer com mais qualidade o trabalho de prevenção, abordando as pessoas nas praias, dando as orientações necessárias, e, em casos de emergências, teremos mais agilidade na prestação de socorro aos banhistas, garantindo maior efetividade nas ações de salvamento”, pontuou

Foto: Handson Chagas

sem comentário »

Carlos Brandão destaca potencial turístico do MA

0comentário

O vice-governador Carlos Brandão representou o governador Flávio Dino durante o II Encontro de Líderes, onde tratou de turismo, negócios e investimentos. O evento acontece desde esta quarta-feira (30), em Fortaleza (CE).

O encontro, que possui como público principal profissionais, empresários e investidores do turismo no Brasil, contou com a participação de Brandão durante o painel “Turismo como vetor de diversificação e impulsionamento econômico”.

O vice-governador destacou que hoje o Maranhão conta com a sua maior taxa de ocupação hoteleira dos últimos oito anos. Em paralelo a isso, o fluxo de passageiros no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado é o maior em cinco anos, atualmente.

Em todo o Brasil, o Maranhão é o único estado que participa de três consórcios – Nordeste, Amazônia Legal e Brasil Central.

A aposta no turismo integrado e de qualidade neste setor busca pelo maior fortalecimento da rota das emoções, identidade econômica na rota amazônica e, mais: internacionalização da chapada das Mesas e do Jalapão.

“Trabalhamos arduamente pela elevação dos índices e melhorias em nossa segurança pública, saúde, educação, qualificação da mão de obra, potencial hoteleiro e aeroportos para que pudéssemos nos tornar uma vitrine para os turismo”, contextualizou Brandão.

O vice-governador também sinalizou que investir milhões em programas e ações de desenvolvimento do turismo foram essenciais.

O implemento de R$ 10 milhões para o Carnaval e para o São João deste ano rendeu 20% na movimentação econômica vinculada à cadeia produtiva do turismo, além do Governo incrementar as festas de fim de ano e dar visibilidade ao programa Nosso Centro, com o objetivo de ofertar lazer e atrações culturais para esta região da capital maranhense.

“Recentemente, assinamos protocolo de intenções com o meio privado, na casa dos R$ 60 milhões, a fim de garantir o arrojamento de nossa educação, patrimônio e segurança. Deste total, R$ 15 milhões serão destinados ao programa Nosso Centro”, comemorou Brandão, que esteve no encontro acompanhado do secretário de Estado do Turismo, Catulé Júnior, e do secretário-adjunto da pasta, Hugo Paiva.

Foto: Luiz Paula

sem comentário »

Carlos Brandão reforça açòes contra óleo nas praias

0comentário

Em reunião na tarde desta terça-feira (29), no Palácio dos Leões, o governador em exercício Carlos Brandão discutiu com o capitão dos Portos do Maranhão, Marcio Ramalho Dutra, sobre ocorrências de óleo em praias maranhenses. Como encaminhamento do encontro, que também contou com a participação de secretários de Estado, representantes do Corpo de Bombeiros, Exército, Polícia Militar, UFMA e órgãos ambientais, foi criado um grupo de trabalho para avaliação e contenção dos danos causados pelo desastre ambiental.

Desde o fim do mês de agosto, manchas de óleo cru começaram a ser identificadas nas praias do litoral nordestino e já atingiram mais de 200 localidades em todos os estados da região. No Maranhão, segundo relatório do Ibama, pelo menos cinco áreas foram atingidas. Conforme determina o Plano Nacional de Contingência (PNC), o combate ao desastre é de responsabilidade da União, que tem atuado no caso por meio do Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha do Brasil, o Ibama e a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Carlos Brandão ressaltou que, embora as ações de combate ao desastre sejam de competência federal, o Governo do Estado vem agindo e, agora, passa a atuar de forma conjunta com os órgãos federais, a fim de reduzir os impactos da poluição hídrica.

“Assim como fizemos parceria com o Exército para combater as recentes queimadas, estamos, agora, somando forças, por meio da criação de um grupo de trabalho com a participação de órgãos estaduais e federais, que já vinham atuando separadamente, mas que passam a trabalhar de maneira integrada, para reduzir as consequências desse desastre”, explicou Brandão.

O grupo de trabalho é coordenado pelo capitão dos Portos, Marcio Ramalho Dutra, e composto por representantes do Ibama, ICMBio, UFMA; além de órgãos estaduais, como as polícias Militar e Civil, secretarias de Meio Ambiente e Segurança Pública, coordenados pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto.

“Com a integração de todos esses órgãos, que já vinham atuando isoladamente desde a primeira constatação do problema, teremos maior convergência de informações, uma comunicação uníssona e melhor alinhamento das ações a serem desenvolvidas”, pontou o capitão Dutra.

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, alertou que “ainda não se sabe exatamente a extensão dos impactos produzidos pela poluição hídrica”, e defendeu que a parceria entre o Estado e a União fortalece as ações de monitoramento e controle.

‘Nós temos uma rede estadual de informações que pode apoiar o serviço nacional com dados referentes ao nosso estado, identificando áreas afetadas e colaborando com as intervenções necessárias”, concluiu.

Dentre outras atividades, o grupo de trabalho será responsável pelo encaminhamento e definição de ações técnicas e operacionais, o monitoramento das áreas litorâneas do estado, estudo do impacto do desastre para a atividade pesqueira e a prestação de esclarecimentos à sociedade civil. O grupo se reuniu, nesta quarta-feira (30), para definir o cronograma de ações e metodologias a serem seguidas neste primeiro momento.

Foto: Gilson Teixeira/Secap

sem comentário »

Brandão reúne prefeitos de Consórcios Regionais

0comentário

Em mais uma iniciativa de buscar uma maior aproximação do governo com a classe política, o vice-governador Carlos Brandão, juntamente com o secretário de Estado da Casa Civil, Marcelo Tavares, reuniu-se com prefeitos dos municípios que fazem parte do Consórcio Conguarás, que abrange dez cidades da região da Baixada Ocidental e Floresta dos Guarás, no norte do estado.

O encontro, que aconteceu na noite dessa segunda, 14, se deu em um clima de muita transparência. Os gestores municipais puderam ouvir ainda, de técnicos da secretaria da Infraestrutura (Sinfra), que as obras da ponte Central/Bequimão, sobre o rio Pericumã, estão a todo vapor. Pelo cronograma, a inauguração da tão sonhada ponte, fundamental para o desenvolvimento da região, deve ser em março de 2021.

Para Washington Luís, prefeito de Bacuri e presidente do Conguarás, a reunião foi muito importante para se manter uma aproximação cada vez maior com o governo. O prefeito ainda saiu satisfeito em ouvir que as obras da ponte seguem seu ritmo planejado.

Durante o encontro, Marcelo Tavares, secretário da Casa Civil, disse que reuniões como essa só reforçam a parceria que deve envolver estados e municípios.

O vice-governador Carlos Brandão explicou ainda que mais encontros como esse serão realizados com prefeitos das cidades que integram outros consórcios no estado. Para ele, o grande ganho é, mais uma vez, mostrar a capacidade que o governo tem em ouvir aqueles que estão na ponta, em busca de soluções.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Brandão participa do Fórum de Investimentos Brasil 2019

0comentário

O vice-governador Carlos Brandão esteve nesta quinta-feira (10) na cidade de São Paulo, a fim de participar da abertura do Fórum de Investimentos Brasil 2019, representando o governador Flávio Dino durante o evento.

Em sua terceira edição, o Fórum tem chamado cada vez mais atenção do mercado internacional e, com ele, de empresários estrangeiros, correspondendo ao que o governo federal tem buscado alavancar: atração de investimentos e promoção de importações.

Meta esta reforçada pelo presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Sergio Segovia, ao destacar que o Brasil pretende ser referência em plataforma de atendimento a investidores estrangeiros.

Já para Luis Alberto Moreno, presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o esforço constante dos governos brasileiros para superar desafios que vão desde as reformas tributária e previdenciária, até buscar caminhos viáveis para movimentar o comércio dentro e fora do País, melhorando a sua expectativa de crescimento, é algo que deve ser comemorado.

“Celebramos a participação ativa do Brasil com outros países amazônicos pela promoção de crescimento, geração de emprego e preservação do meio ambiente”, apontou o presidente do BID, ao observar, também, que desburocratizar e simplificar benefícios para empresas e investidores é outro aspecto que tem merecido a atenção dos brasileiros interessados em impulsionar a nossa economia.

O governo federal corroborou com a ideia central defendida durante as principais falas do painel de abertura do Fórum. Os ministros Ernesto Araújo, Paulo Guedes e Onyx Lorenzone (Estado das Relações Exteriores, Economia e chefe da Casa Civil, respectivamente) abordaram sobre o aprimoramento da oferta de recursos e melhoria na distribuição de riqueza nos mercados. Destacaram o intuito de se manter uma democracia competitiva, baseada no sucesso de “reformas temáticas”, a exemplo do que entendem por “destravamento da exploração do petróleo” e demais reformas estruturantes e de cunho político, pautadas junto à Câmara e ao Congresso Nacional.

Maranhão no páreo

Com stand amplamente procurado por investidores nacionais e estrangeiros, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), administradora do Porto do Itaqui participa desde a primeira versão do Fórum, sempre apresentando as principais potencialidades do setor portuário e suas vantagens competitivas.

“O governo Flávio Dino tem focado nessa investidura porque entende que a localização privilegiada do Maranhão, alinhada a uma gestão eficiente e infraestrutura multimodal fazem toda a diferença quando o negócio é dialogar sobre investimentos para/e no nosso estado”, garantiu o vice-governador Brandão que esteve acompanhado pelo presidente da Emap, Ted Lago.

Com o seu modal consolidado, economia interna aberta a investimentos parceiros, e relação público-privada sempre aquecida, a governança maranhense lidera as principais rodas de debate e a preferência do mercado investidor.

Foto: Aline Cristina

sem comentário »

O estilo agregador de Carlos Brandão na política

0comentário

Apesar de ser vice-governador e aliado político do governador Flávio Dino (PCdoB), Carlos Brandão (PRB) segue com seu estilo próprio e agregador de fazer política.

Brandão tem aproveitado as ausência de Dino, que segue visando a disputa nacional em 2022, para ganhar espaço no cenário político local e vai também se viabilizando para 2022, mas na disputa estadual, já que é naturalmente cotado para substituir o comunista.

O vice-governador segue mostrando estar em um excelente momento e com bom trânsito entre todas as correntes políticas. Nesta semana, durante a entrega da praça do Mururu, no bairro do Coroado em São Luís, Brandão distribuiu alto astral. Ao lado do deputado federal Pedro Lucas, com sua característica de agregador, a certeza de que o trabalho está no rumo certo.

Brandão também pode ser decisivo em 2020, evitando até o que se avizinha, um derrota de Flávio Dino nas urnas com os seus candidatos na disputa eleitoral em São Luís.

O vice-governador tem, com seu estilo agregador, construído alguns caminhos e direta ou indiretamente pode sair vitorioso em 2020 e com isso minimizar a derrota do comunista.

Mas isso é assunto para uma outra postagem…

Blog de Jorge Aragão

sem comentário »

Duarte Jr. e Carlos Brandão cada vez mais próximos

0comentário

O PCdoB tem, a cada dia, deixado claro que o seu pré-candidato preferido à Prefeitura de São Luís é o deputado federal licenciado e atual secretário de Cidades, Rubens Júnior.

Desta forma, restará ao deputado estadual Duarte Júnior, melhor nome posicionado nas pesquisas eleitorais do grupo político de Flávio Dino, buscar uma outra legenda, caso mantenha a intenção de disputar as eleições em 2020.

Duarte já recebeu alguns convites de outros partidos, mas a proximidade com o vice-governador, Carlos Brandão, tem deixado claro que o caminho de Duarte, caso deixe o PCdoB, será o PRB.

Os dois políticos tem estado cada vez mais próximos e a ida de Duarte para o PRB, não só parece uma questão de tempo, como também será vantajosa para ambos.

Duarte terá uma forte legenda para a disputa de 2020, enquanto que Brandão, com a ida de Duarte para o PRB, se fortalece na capital maranhense visando o seu projeto de 2022, quando pretende disputar o Governo do Maranhão.

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

Segundo plano

0comentário

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), parece ter mesmo relegado a um segundo plano o debate sobre as queimadas e desmatamentos na Amazônia brasileira.

Na sexta-feira, 13, governadores e vice-governadores dos estados da Amazônia Legal reuniram-se com embaixadores de Noruega, Alemanha e Reino Unido, em Brasília, para discutir investimentos internacionais para ações ambientais na região.

O comunista maranhense, no entanto, não apareceu por lá. Preferiu enviar seu vice, Carlos Brandão (PRB).

Há duas semanas, ele já havia deixado de comparecer a reunião do tipo, no Pará, porque viajara a São Paulo para uma entrevista ao ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, com quem conversou sobre Jair Bolsonaro (PSL), conjuntura política nacional e eleições de 2020 e 2022.

Enquanto Dino seguia no Maranhão, em Brasília os governadores dialogavam com os embaixadores Nils Martin Gunneng (Noruega), Georg Witschel (Alemanha) e Vijay Rangarajan (Reino Unido).

Recentemente, os gestores da região afirmaram que estavam negociando o acesso direto ao Fundo Amazônia, sem intermediação do governo federal, depois de Bolsonaro afirmar que o Brasil não precisava do dinheiro alemão para preservar a floresta e sugerir à Noruega que utilizasse os recursos para reflorestar a Alemanha.

Estado Maior

sem comentário »

Carlos Brandão defende agenda Maranhão

0comentário

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (Republicanos), vem cumprindo uma movimentada agenda de inaugurações em várias regiões do estado. Apontado por alguns com sucessor natural de Flávio Dino (PCdoB), foi citado pelo próprio governador, no palanque de uma inauguração, como um vice que não traz problemas.

A movimentação já foi avaliada por analistas políticos como a pavimentação de sua eleição ao governo do Estado, em 2022. Brandão, porém, pontua que a agenda de ações deve se impor diante de eventuais prognósticos sobre as eleições de 2022. “O debate eleitoral não pode ser mais importante do que o trabalho em prol das urgências do estado. A agenda Maranhão é a prioridade do governo”, explica.

Vice-presidente nacional do Republicanos, ex-chefe da Casa Civil, deputado federal por dois mandatos consecutivos e ex-presidente do PSDB no estado, viabilizou sua candidatura a vice-governador em duas eleições com vitória no primeiro turno. Em uma conjuntura política de divisões e extremismos ideológicos, Brandão abre uma brecha na esquerda que comanda o poder estadual, filiado a uma legenda de centro e sendo um exímio articulador nas alianças políticas que dão sustentação ao governo.

Caso Flávio Dino consolide seu projeto rumo à Presidência da República, Brandão assume com a possibilidade concreta de ser eleito, sem levantar da cadeira de governador. Cauteloso quanto às especulações em torno de seu futuro, ele responde: “A política brasileira passou por profundas transformações nos últimos anos. São outros critérios, ainda pouco estudados, que definem hoje uma vitória eleitoral. A confiança e a reputação do político continuam sendo fatores importantes”.

Foto: Divulgação

sem comentário »