Braide tem o telefone clonado e alerta para golpes

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide (PMN-MA) alertou, nas redes sociais que teve o telefone celular clonado.

Braide chama atenção para golpes com pedidos de transferências bancárias em seu nome.

A assessoria do parlamentar divulgou nota de esclarecimento.

Nota de esclarecimento

“O deputado Eduardo Braide informa que teve seu número de celular clonado nesta segunda-feira (11).

Quaisquer pedidos, incluindo transferências bancárias em nome do deputado, são falsos e devem ser imediatamente denunciados para que o autor desse golpe seja localizado˜.

Atenciosamente,

Igor Almeida 
Assessor de Comunicação

sem comentário »

Braide aprova o Estatuto da Pessoa com Câncer

0comentário

Um dos primeiros projetos apresentados pelo deputado Eduardo Braide, foi aprovado nesta terça-feira (29), por unanimidade na Comissão de Seguridade Social e Família. O Projeto de Lei n° 1.605/2019 cria o Estatuto da Pessoa com Câncer.

“Trouxe essa minha luta para o Congresso. A partir desse Estatuto, o paciente com câncer terá assegurado uma série de direitos e deveres específicos”, destacou Braide.

Dentre as medidas específicas, o Estatuto da Pessoa com Câncer (PL n° 1.605/2019) vai permitir que a pessoa com câncer possa ter assegurado: o diagnóstico precoce do câncer; o tratamento mais adequado, atual e menos nocivo; o apoio ao paciente e sua família; o fornecimento de medicamentos comprovadamente eficazes; a assistência social e jurídica.

“Só em 2019, a estimativa do INCA (Instituto Nacional do Câncer), é que surjam 582 mil novos casos da doença – 300 mil em homens e 282 mil em mulheres. Com isso, o Estatuto passa a ser um dispositivo importante para quem enfrenta uma doença como o câncer”, completou Braide.

O PL n° 1.605/2019 ainda tramitará na Comissão de Constituição e Justiça e por seu caráter conclusivo nas comissões seguirá para o Senado Federal.  

“Assim como nós já temos o Estatuto da Criança e do Adolescente; o Estatuto da Pessoa com Deficiência e o Estatuto da Pessoa Idosa, o Brasil passará a ter o Estatuto da Pessoa com Câncer: um instrumento fundamental para o enfrentamento dessa doença que atinge a todos e que não pode esperar. Continuarei firme nessa luta!”, concluiu Braide.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Braide descarta convite a Thiago Diaz para vice

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) que é pré-candidato e lidera todas as pequisas para a Prefeitura de São Luís descartou que tenha feito qualquer convite ao presidente da OAB-MA, Thiago Diaz para ser o seu vice.

Braide disse que nunca conversou com o presidente da OAB sobre política, mas sobre apoio à classe de advogados. “Eu e o presidente da OAB-MA, Thiago Diaz, nunca tratamos sobre política. As nossas conversas sempre foram de cunho institucional, visando os anseios da classe de advogados, papel que exerço como coordenador da Frente Parlamentar da Advocacia do Maranhão”, destacou Braide ao Blog do Jorge Aragão.

O presidente da OAB, também negou que tenha recebido qualquer convite ao Blog do Diego Emir. ”Minha relação com Eduardo Braide é puramente institucional e em busca de melhorias para a advocacia maranhense”.

Essa é a segunda vez que especulam o nome do vice de Braide. Antes, chegou a ser dito que o vereador Marcial Lima havia sido convidado para vice de Braide, mas também foi descartado.

Braide destacou que no momento continua trabalhando na Câmara dos Deputados, em Brasília para garantir a vinda de projetos e recursos para São Luís e todo o Maranhão.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Braide destaca vitória de policiais e bombeiros militares

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide comemorou a aprovação do parecer do PL n° 1645/2019 na Comissão Especial, que garante a policiais e bombeiros militares, a integralidade, paridade e simetria aos militares das Forças Armadas. Com o seu voto, só no Maranhão serão beneficiados 15.662 policiais militares (ativos e inativos) e 1.740 bombeiros (ativos e inativos).

“Ontem foi um dia de vitória para os policiais e bombeiros militares. Garantimos direitos e mais, do que isso, reconhecemos uma luta de vários anos daqueles que dedicam suas vidas em defesa das nossas vidas”, afirmou Braide.

Com a aprovação do parecer do PL n° 1645/2019, PMs e bombeiros passam a ter, dentre outros direitos:

Direito Adquirido de todos benefícios para os militares que contarem com 30 anos de efetivo serviço até 31 de dezembro de 2019;

Alíquota de contribuição de 9,5% a partir de janeiro de 2020 e de 10,5% após 2021, passa a ser cobrado pelo salário bruto para todos;

tempo mínimo de 35 anos de serviço valerá somente para aqueles que ingressarem após a lei sancionada;

Regra de Transição para os militares da ativa de 17% sobre o tempo de serviço que falta para completar trinta anos;

Respeito à Regra de Aposentadoria Especial das Mulheres nos Estados.

O presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública da Câmara, deputado Capitão Augusto (PL-SP), fez questão de destacar o trabalho do deputado Eduardo Braide na defesa dos policiais e bombeiros militares durante a discussão do PL 1645.

“Sou testemunha de todo apoio que o deputado Braide nos deu para que esse parecer fosse aprovado com tantos direitos, garantindo a proteção social dos policiais e bombeiros militares. Um apoio fundamental”, destacou.

Para o deputado Eduardo Braide, a aprovação do parecer do PL 1645, reforça o seu compromisso com os policiais e bombeiros militares.

“Além de trazer a simetria com os militares das Forças Armadas, o parecer do PL 1645 mantém a proteção deles na Constituição Federal. Esse sempre foi o nosso compromisso e, sem dúvidas, representa uma grande vitória. A nossa defesa e o nosso posicionamento continuarão os mesmos: ao lado dos policiais e bombeiros militares”, concluiu Eduardo Braide.    

Foto: Divulgação

sem comentário »

Eduardo Braide lidera com folga pesquisa Escutec

2comentários

O jornal O Estado divulga, neste sábado (19), os números da primeira pesquisa Escutec para a Prefeitura de São Luís.

A Escutec ouviu a opinião de 1.002 eleitores, entre os dias 12 a 17 de outubro. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança, de 95%.

A pesquisa apresenta cinco cenários e em todos a liderança com folga é do deputado federal Eduardo Braide (sem partido).

O deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB) é o melhor colocado entre os nomes do grupo do governador Flávio Dino.

A pesquisa Escutec/O Estado releva que os eleitores de São Luís não vorariam em candidatos apoiados por:

Jair Bolsonaro (PSL) 53,8%
Edivaldo Júnior (PDT) 50,2%
Flávio Dino 49,0%

Veja os números da pesquisa:

Pesquisa espontânea

Eduardo Braide (sem partido) 25,2%
Duarte Júnior (PCdoB) 3,0%
Neto Evangelista (DEM) 3,0%
Wellington do Curso (PSDB) 2,0%
Adriano Sarney (PV) 1,5%
Bira do Pindaré (PSB) 0,7%
Tadeu Palácio (PSL) 0,4%
Osmar Filho (PDT) 0,4%
Cléber Verde (PRB) 0,4%
Maura Jorge (PSL) 0,4%
Marcial Lima (PRTB) 0,4%
Felipe Camarão (DEM) 0,4%
Dr. Yglésio (PDT) 0,3%
Jeisael Marx (sem partido) 0,2%
Nenhum deles 1,2%
Não sabe Não respondeu 60,0%

Pesquisa estimulada

Primeiro cenário (estimulada)

Eduardo Braide (sem partido) 42,6%
Duarte Júnior (PCdoB) 10,0%
Neto Evangelista (DEM) 8,8%
Wellington do Curso (PSDB) 8,2%
Tadeu Palácio (PSL) 4,8%
Adriano Sarney (PV) 4,5%
Bira do Pindaré (PSB) 4,0%
Osmar Filho (PDT) 3,1%
Dr. Yglésio (PDT) 1,8%
Coronel Monteiro (PSL) 1,7%
Jeisael Marx (sem partido) 1,1%
Rubens Júnior (PCdoB) 1,0%
Silvio Antonio (PSL) 1,0%
Alan Garcês (PSL) 1,0%
Carlos Medeiros (sem partido) 1,0%
Nenhum deles 1,4%
Não sabe Não respondeu 4,4%

Segundo cenário (estimulada)

Eduardo Braide (sem partido) 45,9%
Duarte Júnior (PCdoB) 10,5%
Neto Evangelista (DEM) 9,3%
Wellington do Curso (PSDB) 8,6%
Tadeu Palácio (PSL) 5,2%
Adriano Sarney (PV) 4,9%
Bira do Pindaré (PSB) 4,5%
Osmar Filho (PDT) 3,5%
Jeisael Marx (sem partido) 1,1%
Nenhum deles 3,0%
Não sabe Não respondeu 4,0%

Terceiro cenário (estimulada)

Eduardo Braide (sem partido) 48,7%
Neto Evangelista (DEM) 11,5%
Wellington do Curso (PSDB) 10,8%
Adriano Sarney (PV) 5,5%
Tadeu Palácio (PSL) 5,4%
Bira do Pindaré (PSB) 4,6%
Osmar Filho (PDT) 3,5%
Rubens Júnior (PCdoB) 1,1%
Jeisael Marx (sem partido) 1,1%
Nenhum deles 3,5%
Não sabe Não respondeu 4,3%

Quarto cenário (estimulada)

Eduardo Braide (sem partido) 48,2%
Duarte Júnior (PCdoB) 11,0%
Neto Evangelista (DEM) 10,0%
Wellington do Curso (PSDB) 9,6%
Tadeu Palácio (PSL) 5,1%
Adriano Sarney (PV) 5,0%
Bira do Pindaré (PSB) 4,3%
Coronel Moneiro (PSL) 1,7%
Jeisael Marx (sem partido) 1,3%
Nenhum deles 1,7%
Não sabe Não respondeu 2,1%

Quinto cenário (estimulada)

Eduardo Braide (sem partido) 51,5%%
Neto Evangelista (DEM) 11,0%
Wellington do Curso (PSDB) 10,5%
Tadeu Palácio (PSL) 5,7%
Adriano Sarney (PV) 5,1%
Bira do Pindaré (PSB) 4,4%
Jeisael Marx (sem partido) 1,1%
Rubens Júnior (PCdoB) 1,0%
Silvio Antonio (PSL) 1,0%
Nenhum deles 3,0%
Não sabe Não respondeu 5,7%

2 comentários »

Braide destaca importância da arquitetura sustentável

0comentário

A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou o Projeto de Lei Complementar (PLP) 160/19, que autoriza a União e os estados a apoiar os municípios em iniciativas que visem à implantação de telhados verdes. Esse apoio poderá ser técnico, jurídico ou financeiro, mediante convênios e transferências de recursos.

O relator na comissão, deputado Eduardo Braide (PMN-MA), recomendou a aprovação, com ajuste no texto original do deputado Paulo Bengtson (PTB-PA). “Este é um dos temas mais relevantes da arquitetura sustentável e desperta interesse nas pessoas, especialmente em função dos tempos de consciência ambiental”, disse.

A proposta em tramitação na Câmara dos Deputados considera telhado verde a cobertura de edificação na qual é plantada vegetação compatível com a estrutura, dotado de impermeabilização, drenagem e reserva própria de água para irrigação.

Segundo o texto, os tetos ajardinados trazem inúmeros benefícios para as cidades. Entre eles, a maior absorção da água da chuva, diminuindo a sobrecarga das galerias; o isolamento acústico dos ambientes; o sequestro de gás carbônico; e a economia de energia, já que reduz a amplitude térmica dos ambientes.

Tramitação

Antes de ir ao Plenário, o projeto ainda será analisado pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

sem comentário »

O que falta?

0comentário

Todas as vezes em que há suspensão de serviços essenciais no Hospital Aldenora Bello, referência no Maranhão no tratamento de câncer, uma pergunta vem sempre à tona: para uma doença tão grave como câncer, por que o poder público não atua em conjunto e de forma eficaz?

Se é no Aldenora Bello que há tratamentos como a radioterapia e este procedimento é indispensável em alguns tratamentos, por que deixar suspender? Se é a unidade de saúde que presta o atendimento especializado a crianças com câncer, por que deixar os serviços serem suspensos?

As questões, claro, devem ser direcionadas ao poder público. Os municípios não têm hospitais que tratem este tipo de doença. Nada mais justo as prefeituras contribuírem com o Aldenora Bello.

O Estado também não tem a estrutura do Aldenora Bello para combate ao câncer. Por isso, deveria investir no hospital.

Mas esses investimentos são poucos, concentrados em poucos serviços. No entanto, a demanda é grande.

O deputado Eduardo Braide (sem partido) lembrou que existe o Fundo de Combate ao Câncer no Maranhão e diz que, se usado, ajudaria.

Mas não seria a solução. A união dos poderes públicos e da sociedade pode manter em funcionamento o hospital, que é referência no Maranhão no tratamento de uma doença tão grave como o câncer.

Estado Maior

sem comentário »

Braide cobra repasse de recursos ao Aldenora Bello

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide, cobrou, nas redes sociais, o repasse dos recursos do Fundo estadual de Combate ao Câncer ao Hospital Aldenora Bello. Clque aqui e veja o vídeo.

A situação é crítica no Hospital Aldenora Belo – referência no tratamento de câncer no Maranhão.

A falta de recursos tem provocado nos últimos meses, a suspensão de vários serviços oferecidos à população maranhense.

“Vamos cobrar a liberação dos recursos do Fundo Estadual de Combate Câncer o mais rápido possível. Neste momento, o Aldenora Bello precisa de menos palavra e mais ações. O compromisso com o aldenora Bello deve ser de todos nós para que continue prestando importante serviço aos maranhenses”, destacou.

“Sou o autor do Fundo Estadual de Combate ao Câncer e saber que tem milhões depositados na conta sem repassar há meses ao Hospital é um absurdo! Como faço todos os anos, a emenda que destinei no valor de mais de R$ 700 mil como deputado federal já foi paga e será usada pelo hospital na quimioterapia. O Aldenora Bello é um patrimônio do Maranhão!”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Pesquisa de cenários indefinidos

0comentário

Pesquisas eleitorais começaram a surgir de todos os cantos para mostrar um possível cenário da sucessão em São Luís. No entanto, os dados pouco podem ser considerados já que os nomes na corrida pelo Palácio La Ravardiére ainda estão concentradas nas articulações internas dos partidos, principalmente, quando os nomes são da base do governo de Flávio Dino (PCdoB).

Em todos os levantamentos – que até o fim de dezembro não tem obrigatoriedade de serem registrados na Justiça Eleitoral – o deputado federal Eduardo Braide (sem partido) aparece com mais de 50% das intenções de votos, independentemente do instituto que faz o levantamento.

No entanto, o parlamentar e futuro candidato a prefeito de São Luís tem duas vantagens: foi o segundo mais votado no pleito da capital em 2016 – perdendo a eleição por poucos votos – e seus adversários ainda não estão certos.

Do grupo do governo, há um “punhado” de pré-candidatos que, há quase um ano das eleições do ano que vem, ainda estão em busca de se viabilizar e alcançar dígitos interessantes para se declarar candidatos.

Pelo PCdoB, há o secretário Rubens Júnior e o deputado Duarte Júnior, com tendência claro de apoio ao primeiro e uma tentativa de frear o segundo.

O DEM tem nome definido: Neto Evangelista. Mas este pouco se movimenta para se tornar um nome forte do grupo de Flávio Dino. O mesmo ocorre com Bira do Pindaré (PSB), que prefere os movimentos nas comunidades sem antes passar pelo crivo do grupo do governador.

Pelo PDT talvez o debate interno seja menor porque as determinações são dadas pelo presidente estadual da legenda, senador Weverton Rocha. O caminho grande a percorrer é viabilizar o nome do escolhido do senador, o presidente da Câmara dos Vereadores de São Luís, Osmar Filho. Os ritos têm sito percorridos e a definição do nome do vereador deve ser consolidada ainda este ano.

Pela oposição, sem ser Braide, o nome certo é do deputado Adriano Sarney (PV). Outro nome seria do também deputado Wellington do Curso (PSDB), no entanto, em seu partido, o espaço não está disponível. O ainda tucano vem conversando com outras legendas porque pelo ninho o senador Roberto Rocha não deverá abrir espaço.

Ainda faltam 

E ainda sobre os levantamentos sobre a eleição em São Luís em 2020, faltam – na maioria – os nomes de legendas como o PSL, do presidente Jair Bolsonaro.

O próprio partido ainda não têm seu pré-candidato definido. Há o suplente de deputado federal apóstolo Sílvio Antônio e o coronel José Monteiro. O ex-prefeito de São Luís, Tadeu Palácio – que se filiou ao PSL em agosto – já ensaia para se colocar como pré-candidato do partido.

A definição mesmo deve ficar para o próximo ano.

Tem o PT também

Na disputa pela Prefeitura de São Luís há ainda a previsão de um nome do Partido dos Trabalhadores (PT).

Mesmo ainda atrapalhados pelo seu complicado Processo de Eleição Direta (PED) para escolha do comando da legenda, o PT pode trazer um candidato a prefeito da capital.

Com mais tempo de televisão e também com mais dinheiro do fundo partidário, a sigla poderá chegar com nome forte nojogo da sucessão.

Estado Maior

sem comentário »

Braide assegura voto e apoio a policiais e bombeiros

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) voltou a manifestar o seu apoio aos policiais e bombeiros militares de todo o Maranhão em relação ao Projeto de Lei 1645. Clique aqui e veja o vídeo.

O Projeto de Lei 1645, prevê a reestruturação da carreira das Forças Armadas e o seu Sistema de Proteção Social e tramita na Câmara dos Desputados desde o mês de março deste ano.

Membro da Comissão Especial que vem debatendo o assunto, Eduardo Braide garantiu o seu voto em favor do PL 1645.

“Eu sou menbro da Comissão Especial que discute o PL 1645 e a nossa luta tem avaçado para que vocês conquistem a integralidade e a paridade junto às Forças Armadas, no projeto de Previdência que tramita aqui. O relatório vai ser lido na semana que vem e vocês tem o meu voto e o meu apoio para que essa conquista seja alcançada. Vamos em frente e vamos vencer essa batalha justa e merecida a cada um de vocês”, destacou.

Foto: Divulgação

sem comentário »