Hildo Rocha expõe caos da saúde pública no MA

0comentário

O deputado federal Hildo Rocha (MDB) mostrou ao Brasil um “raio X” da saúde pública no Estado do Maranhão. Durante pronunciamento na tribuna da Câmara Federal na última terça-feira o parlamentar maranhense mostrou que a realidade é totalmente diferente do que diz o governador do estado. “Flávio Dino faz muita propaganda, muito marketing, mas ações efetivas em favor da saúde pública de qualidade ele não faz”, enfatizou.

O deputado enfatizou que a incompetência do governador Flávio Dino expõe os profissionais da saúde a inúmeros riscos e provoca mortes por deficiência das unidades hospitalares.

“No Maranhão as mortes que aconteceram, provocadas por influenza A, poderiam ter sido evitadas se o governo do Estado proporcionasse atendimento adequado. Este ano, a gripe H1N1 já levou mais de 20 pessoas ao óbito. O vírus H1N1 já está sendo combatido há muito tempo. Onde estava o Governador Flávio Dino que nada fez, que não impediu que pessoas que estavam no grupo de risco morressem? Por que ele não as vacinou? Por que ele não deu apoio às prefeituras? Ele não tem dado apoio às prefeituras. O governador Flávio Dino deve às Prefeituras repasses referentes ao Sistema Único de Saúde, que é tripartite, e os prefeitos têm bancado a saúde pública praticamente sozinhos, por isso a precariedade na saúde do Maranhão”, argumentou.

Repasses interrompidos

Rocha disse que há três anos o governador Flávio Dino não repassa os recursos para o custeio das UPAs que são administradas pelos municípios. “A manutenção do SAMU também é tripartite, união, estado e municípios. A união paga regularmente, mas o governo do Maranhão não paga em dia, deve 10 parcelas dos últimos dois anos. Os repasses para o Programa Farmácia Básica também estão atrasados”, denunciou

Ainda de acordo com o deputado Hildo Rocha, o governo federal enviou R$ 20 milhões para que o governo do Maranhão distribuísse para todas as prefeituras. “Sabem o que ele fez com os 20 milhões? Distribuiu 16 milhões para as prefeituras e ficou com 20% para ele, ou seja 4 milhões de reais. Não se tem conhecimento de uma UPA que ele tenha construído ou instalado, nesses cinco anos. Como pode ele dizer que está defendendo a saúde pública? Ele não tem moral para dizer isso. Eu conheço a realidade do Maranhão, os prefeitos do Maranhão também sabem disso. Eles que estão levando a saúde nas costas”, afirmou Hildo Rocha.

O parlamentar disse que recentemente o presidente Jair Bolsonaro enviou R$ 14 milhões para Flávio Dino comprar respiradores mecânicos, para equipar as UPAs. “Ninguém sabe o que ele fez. Inclusive morreu uma pessoa acometida do COVID-19, novo coronavírus, no último domingo, na UPA da Cidade Operaria. A morte está envolta de mistérios. Tudo indica que houve falhas por parte do governo do estado no atendimento do senhor que morreu”, destacou Hildo Rocha.

Em razão da crise do coronavírus o Governo de Jair Bolsonaro abriu a possibilidade de as emendas de bancada serem logo liberadas. “A bancada federal havia decidido que R$ 131 milhões seriam destinados para Atenção Básica (PAB) e Média e Alta Complexidade (MAC). Mas, cientes da gravidade que hoje vivenciamos, nós redirecionamos tudo para o combate ao coronavírus”, afirmou o parlamentar.

Reconhecimento

Hildo Rocha disse que ao contrário do governo estadual, que faz mal uso dos recursos da saúde, os prefeitos conseguem atender grande quantidade de pessoas. “Quando o cidadão adoece é o posto de saúde municipal que ele procura primeiro. Ele chegando ao centro de saúde dos Municípios sendo tratado de forma correta evita-se que ele vá para a UTI. Se você trata bem o doente na atenção básica, ele não vai precisar ser tratado para pneumonia ou qualquer outro tipo de agravamento provocado pelo coronavírus”, disse o deputado.

Hildo Rocha afirmou que o Ministro Mandetta está fazendo um bom trabalho porque conta com inúmeros servidores públicos capacitados. “Inclusive ocupantes de cargos comissionados, que foram colocados pelo presidente Jair Bolsonaro e estão ajudando o ministro a fazer um bom trabalho”, afirmou Hildo Rocha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Governo abre seletivo para profissionais de saúde

0comentário

Tendo em vista as medidas preventivas para o enfrentamento do Covid-19 adotadas pelo governador Flávio Dino no Maranhão, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu, nesta sexta-feira (20), inscrições para o seletivo com vagas temporárias para contratação emergencial de profissionais de nível médio, técnico e superior. Os profissionais deverão atuar nas unidades da rede estadual. 

“O Governo tem adotado uma série de medidas para prevenção e combate ao Covid-19. O seletivo para contratação de profissionais vista otimizar toda rede de assistência e oferecer atendimento oportuno para população no Maranhão”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. 

As inscrições para o seletivo prosseguem até o domingo (22), às 23h59.  As vagas do seletivo são para os cargos de auxiliar administrativo, maqueiro, técnico de enfermagem, enfermeiro, psicólogo, fisioterapeuta, assistente social, fonoaudiólogo e farmacêutico.  Os candidatos classificados pelo edital serão contratados pelas entidades gerenciadoras das unidades de saúde. 

Os candidatos serão selecionados por meio de avaliação de títulos que atribui pontuação de acordo com os critérios estabelecidos no edital. 

A lista de classificação para cadastro de reserva será publicada na próxima segunda-feira (23) no site da Secretaria de Estado da Saúde (http://www.saude.ma.gov.br/). O Processo seletivo terá validade até o término da vigência do estado de calamidade, determinado pelo Decreto Estadual nº 35.672, de 19 de março de 2020, a contar da data da publicação do resultado.

Cargos do seletivo

Auxiliar administrativo
Maqueiro Técnico de enfermagem
Enfermeiro
Psicólogo 
Fisioterapeuta 
Assistente social 
Fonoaudiólogo
Farmacêutico

Foto: Divulgação/Secap

Leia mais

sem comentário »

Umbelino destina emenda para reforço na saúde

0comentário

O vereador Umbelino Junior (Cidadania 23) destinou, na manhã desta sexta-feira (20), uma emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil reais ao município de São Luís para que sejam reforçadas medidas emergenciais no combate ao Coronavírus e H1N1.

“Nossa emenda tem como objetivo ajudar a saúde pública da nossa capital com a compra de equipamentos como os respiradores, álcool em gel, máscaras e materiais necessários para atender nossa população. Felizmente, até o momento, não temos casos confirmados, mas a rede hospitalar precisa estar preparada”, declarou Umbelino.

No total, a Câmara Municipal de São Luís, através dos 31 parlamentares, irá destinar R$ 3,1 milhões de reais em uma emenda coletiva para combater as viroses.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edivaldo entrega este mês obras na área da saúde

0comentário

Unidades de saúde completamente reformadas serão entregues pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior nos meses de fevereiro e março. Com a requalificação dos espaços, a gestão municipal segue com os investimentos realizados na área da saúde com o objetivo de ampliar a oferta e a qualidade dos serviços públicos oferecidos pela rede municipal.

Entre as unidades a serem entregues, estão os centros de saúde de áreas como Vila Sarney, Quebra Pote, São Francisco, Cidade Olímpica, Bacanga e Santa Clara. Recentemente o prefeito entregou, totalmente reformado, o Centro de Saúde Genésio Ramos Filho, na Cohab-Anil. As reformas nas unidades de saúde fazem parte das ações do programa São Luís em Obras e ampliam o trabalho já realizado ela Prefeitura para melhoria do atendimento à população.

“Desde o início da gestão, tratamos a saúde como prioridade e buscamos a reestruturação de diversos serviços considerados essenciais para a população, especialmente àqueles que necessitam do Sistema Público de Saúde. As transformações são perceptíveis quando observamos a ampliação dos serviços, a humanização do atendimento e a melhoria da estrutura das unidades de saúde. A agenda de entregas que a gestão municipal tem a cumprir é reflexo do compromisso que firmamos com a população e resultado da macropolítica de reestruturação da rede de saúde que implantamos”, ressalta o prefeito Edivaldo.

Entre os avanços na área ao longo da gestão estão a reativação do Hospital da Mulher, hoje referência no estado, além da reestruturação do atendimento no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I) e Dr. Odorico Amaral de Matos (unidade infantil), com a gradativa melhoria fluxo.A reestruturação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) com renovação e ampliação da frota também faz parte da nova cara do sistema de saúde municipal. Todas as ambulâncias com mais de dois anos de uso estão sendo substituídas assim como as motocicletas usadas no atendimento, algumas com 10 anos de uso.

Por meio de investimentos em equipamentos e qualificação de pessoal da Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc), que resultou no fim das filas para a marcação de consultas e exames com a descentralização do serviço para 24 unidades da rede, houve aumento no número de marcação de consultas. 

Foto: A. Baeta

Leia mais

sem comentário »

Lula Fylho aponta avanços na marcação de consulta

1comentário

O secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho foi foi o entrevistado desta terça-feira (28), no Ponto Final, na Rádio Mirante AM pelo jornalista Roberto Fernandes. Clique aqui e ouça a entrevista na íntegra.

Lula apontou avanços no serviço de marcação de consulta, mas disse que a questão vai ser sempre um gargalo da saúde pública em São Luís.

“Nós estamos melhoramos muito o problema da marcação de consultas. Mas é necessário dizer que muitas pessoas deixaram de utilizar os planos de saúde para usar o serviço público. E aumentamos também a demanda de atendimento, mas ao mesmo tempo que a demanda aumenta, a questão da marcação de consulta vai ser sempre um gargalo. Tivemos um problema em agosto quando alcançamos um pico de atendimento e logo tomamos providências para solucionar o problema”, afirmou.

O secretário Lula Fylho fez críticas ao Sistema Único de Saúde (SUS) que segundo ele não funciona como uma rede.

“Ele [SUS] foi mal desenhado. Ele é mal desenhado, mas é uma obrigação constitucional e temos que executá-lo como ele é. É evidente que o sistema não funciona como ele foi concebido. Se é uma rede, ela precisa funcionar como rede. Se ela não funciona assim não é uma rede. Quase metade dos municípios que nós atendemos em São Luís não tem pactuação nenhuma com o município de São Luís. E sabe quem é criticado? É o município de São Luís. Cada vez mais a União repassa cada vez menos recursos para Estados e Municípios, e a situação vai se agravando”, afirmou.

Lula disse que espera divulgar até o mês de março o edital para concurso público na saúde e disse que terá uma reunião hoje à tarde com representantes da Secretaria de Saúde do Estado para formalização de um plano de contingência caso ocorram registros de pessoas com sintomas do coronavírus no Brasil.

Foto: Zeca Soares

1 comentário »

Hildo assegura acréscimo de R$ 5 bilhões na Saúde

0comentário

Na condição de relator do orçamento da Saúde na Comissão Mista do Orçamento, o deputado federal Hildo Rocha conseguiu colocar R$ 5 bilhões acima do que o governo federal havia previsto no orçamento da saúde, para este ano. Considerando-se que houve cortes, em praticamente todos os setores, a proeza pode ser considerada uma conquista histórica e demonstração inequívoca do compromisso do parlamentar com a saúde pública.

Rocha destacou que as conquistas alcançadas por meio do relatório de sua autoria, para o setor da Saúde, não se limitam apenas aos R$ 5 bilhões aprovados pelo congresso. “Nós, deputados, deputadas, senadores e senadoras, colocamos R$ 5 bilhões acima do que o poder executivo programou para a saúde em 2020. Além disso aumentei o piso da saúde para 2020 e consequentemente para os próximos anos”, enfatizou o parlamentar.

De acordo com o deputado, os setores da Atenção Básica e o Piso da Saúde foram valorizados e priorizados no relatório que ele conseguiu aprovar na CMO, e no plenário do Congresso Nacional.

“Nós conseguimos aumentar o piso da Saúde em R$ 8,3 bilhões. Portanto, o Ministro Luiz Henrique Mandetta terá este ano mais R$ 8,3 bilhões para investir na saúde. Assim poderá reajustar a tabela do Sus e o teto dos municípios. Consegui, com o apoio do Congresso Nacional, aumentar em 20% os recursos destinados para a Atenção Básica. Em 2019, foram aplicados R$ 30 bilhões; em 2020, serão R$ 36 bilhões”, explicou Hildo Rocha.

Correção de erro do Orçamento 2020

Em anos anteriores, o deputado maranhense já havia demonstrado preocupação com o setor da Vigilância Epidemiológica. Durante a elaboração do orçamento referente ao ano de 2019, Rocha se posicionou contra a diminuição de recursos para o setor. Diversas vezes, o parlamentar usou a tribuna da Câmara para alertar acerca da necessidade de mais recursos para a epidemiologia, no ano passado.

“No ano passado, o combate à dengue ficou comprometido em razão da diminuição dos investimentos. Este ano, os recursos para esta área da saúde seriam diminuídos consideravelmente, mas nós destinamos R$ 120 milhões a mais, corrigindo, portanto, esse erro no orçamento do Governo Federal. A assistência hospitalar, que em 2019 recebeu R$ 63 bilhões, em 2020 vai receber R$ 69 bilhões de reais, 10% a mais”, explicou.

Méritos reconhecidos

Rocha fez saudação especial aos congressistas que compuseram a CMO responsável pelo Orçamento de 2020. “O Senador Marcelo Castro, que foi o Presidente da Comissão Mista de Orçamento; o Deputado Domingos Neto, jovem brilhante que fez um trabalho ousado, pioneiro que vai dar mais poder a este Parlamento; o Deputado Cacá Leão, outro jovem que foi responsável pela Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020, que também se esforçou e fez um trabalho brilhante. Todos esses parlamentares são merecedores de reconhecimento pelo trabalho que realizaram na CMO. Graças a Deus e ao Congresso, posso dizer de peito aberto que nós fizemos um excelente trabalho em favor da saúde pública, destinando mais dinheiro para a o setor. Assim, espero que o Ministro e os Secretários estaduais e municipais de Saúde façam este dinheiro valer a pena, tanto quanto nosso esforço”, declarou Hildo Rocha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

São Luís terá mais R$ 2 milhões para a Saúde

1comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior recebeu no final da tarde em seu gabinete o deputado federal Bira do Pindaré que veio informar ao prefeito a destinação de R$ 2 milhões, de emenda parlamentar de sua autoria, para a área de saúde. O recurso será investido na aquisição de equipamentos para os agentes comunitários de saúde, a fim de qualificar ainda mais o trabalho desenvolvido pelos profissionais da área, fortalecendo assim as ações do poder público municipal na área da atenção básica à saúde.

“A saúde tem sido uma das nossas prioridades. Hoje, o reflexo de um trabalho realizado com seriedade e comprometimento pode ser observado em diversos setores como o da atenção básica, onde temos investido em ações preventivas. É de grande importância a contribuição do deputado Bira do Pindaré, considerando que este investimento fortalecerá o trabalho que temos realizado para qualificar e ampliar o alcance dos serviços públicos de saúde”, destacou o prefeito Edivaldo.

Os equipamentos vão modernizar o trabalho dos agentes permitindo, entre outros benefícios, maior controle e monitoramento das famílias em atendimento cadastradas em programas como, por exemplo, o Saúde da Família (PSF). “É bom poder contribuir com este trabalho que vem sendo realizado pelo prefeito Edivaldo na área da saúde, tão importante para a população, especialmente àqueles que necessitam dos serviços públicos. Tenho a honra de destinar a primeira emenda do meu mandato para fortalecer o trabalho destes importantes profissionais e, assim, reforçar a atenção básica em São Luís”, disse o deputado federal Bira do Pindaré.

Os novos equipamentos que vão ser utilizados com os recursos da emenda vão reforçar o trabalho que vem sendo realizado por agentes de saúde. Estes profissionais são responsáveis por realizar atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, por meio de ações educativas em saúde realizadas em domicílios ou junto às coletividades, em conformidade com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). O trabalho desses profissionais estende, também, o acesso da população às ações e serviços de informação, de saúde, promoção social e de proteção da cidadania.

Foto: A. Baeta

1 comentário »

Emenda de Duarte garante mutirão odontológico

0comentário

O Mutirão Odontológico na Unidade Sorrir realizou mais uma etapa neste fim de semana. Dessa vez, foram oferecidos à população serviços de rastreio de câncer bucal, realizados por meio da Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e viabilizados com emenda de R$ 200 mil do deputado estadual Duarte Jr (PCdoB), que esteve acompanhando o mutirão mais uma vez na manhã de sábado (11).

Também foram realizados serviços de colocação de próteses, limpezas, restaurações, confecção de próteses e extrações. Duarte acompanhou o mutirão desde o início dos atendimentos, às 8h, na Unidade Sorrir, que fica em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande, em São Luís. Esta etapa teve demanda espontânea sem agendamento prévio, bastando os pacientes apresentarem documento com foto e cartão do SUS.

“Como deputado, uma de minhas funções é destinar recursos e indicar a melhor maneira para sua utilização, além de acompanhar a aplicação e a atuação do poder público”, explica Duarte. “É também gratificante estar aqui e presenciar a satisfação e a alegria dessas pessoas que, finalmente, estão recebendo um merecido tratamento de qualidade”, completa o deputado.

O estomatologista Diego Sousa, especialista em doenças da boca, explica que o atendimento no mutirão vai além dos serviços. “A gente faz desde palestras, a parte motivacional, instrução de autoexame, até a parte de tratamento cirúrgico e realização das biópsias, pra gente poder fazer o diagnóstico e comprovar se é uma lesão maligna e dar o devido encaminhamento que o paciente necessita”, esclarece Diego.

A dona de casa Rosinalva de Sousa Martins, de 50 anos, foi atendida nesta etapa e louvou a iniciativa de Duarte Jr. “Achei bom, porque eu não tinha condição e foi uma bênção que Deus mandou”. A estudante Ivanilde Oliveira também falou sobre a importância do mutirão e do atendimento gratuito. “Tem muitas pessoas que não têm condições financeiras de tratar da dentição. A saúde bucal é muito importante e às vezes, devido à falta de oportunidade, muitas pessoas têm sérios problemas de saúde”, afirmou Ivanilde.

O aposentado Edvaldo Pinto Penha, de 70 anos, enfrentou a chuva que caiu em São Luís da manhã de sábado e foi à clínica em busca de uma nova prótese. Ele não escondeu sua satisfação com o atendimento. “Estou muito feliz, muito feliz mesmo. Aqui tem um povo muito educado, são pessoas boas demais. Muito obrigado”, disse Edvaldo.

Na etapa de rastreio de câncer bucal, os pacientes passam primeiro por uma análise clínica. As pessoas com quadro suspeito serão submetidas à biópsia realizada pelo Laboratório de Patologia da UFMA. O resultado deve ser entregue em até 45 dias. Lesões pequenas serão removidas na própria Unidade Sorrir, enquanto os casos mais graves serão encaminhados para o Hospital de Câncer do Maranhão.

Emendas de Duarte para a saúde

A emenda de R$ 200 mil para o Mutirão Odontológico da Unidade Sorrir faz parte do pacote de R$ 1 milhão destinados pelo deputado Duarte Jr à saúde em geral de São Luís. Deste total, também foram R$ 200 mil para projetos de saúde e bem-estar animal desenvolvidos pelo curso de Medicina Veterinária da UEMA; R$ 100 mil para o Hospital do Câncer Aldenora Bello; e R$ 500 mil para o Mutirão de Cirurgias Pediátricas, que neste fim de semana realizou mais uma etapa no Hospital Carlos Macieira, tirando dezenas de crianças de todo o Maranhão que estavam na fila de espera do Hospital Infantil Juvêncio Mattos.   

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edivaldo contabiliza avanços na Saúde

0comentário

A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior reinaugura já nos primeiros meses de 2020 novas unidades de saúde totalmente reformadas, fortalecendo assim a rede de atenção básica e os serviços de prevenção ofertados à população. Mais de 20 obras de reforma estão em andamento na área da saúde, em diferentes estágios. As ações ocorrem por meio do programa São Luís em Obras e abrangem postos e centros de saúde, unidades administrativas, sede da escola Técnica do SUS na região Itaqui-Bacanga, prédio da Ouvidoria, entre outros.

O prefeito Edivaldo destaca os investimentos como medida importante no processo de reestruturação da área. “A rede de saúde da capital passa por um processo integrado de reestruturação jamais visto. Não se trata de reformar unidade de saúde tão somente, estamos promovendo uma verdadeira revolução no atendimento à população investindo em capacitação dos servidores, melhorando a estrutura física, equipando hospitais e postos para que tenham condições de atender com qualidade e de forma humanizada os pacientes, além do investimento em prevenção. Hoje, a realidade da saúde da capital é muito diferente de quando iniciamos. Quem utiliza o sistema publico sabe o quanto melhorou. E vamos continuar investindo na saúde, principalmente em ações preventivas”, diz o gestor municipal.

A rede de atenção básica em saúde de São Luís passa atualmente pelo maior volume de obras de reformas simultâneas em anos. Em novembro de 2019, o Centro de Saúde Genésio Ramos Filho, na Cohab-Anil, foi reinaugurado, sendo a primeira unidade entregue dentre as contempladas pelo pacote de obras lançado em 2019. A unidade foi totalmente reformada, ganhou novos consultórios, equipamentos e teve a oferta de serviços ampliada.

População reconhece os avanços no Genésio Ramos Filho e elogiam as melhorias feitas no local. Foi o caso de Leda Maria Oliveira, 76 anos. “O Centro tem um programa de atendimento específico para os idosos que é muito bom. Com a reforma, o atendimento melhora ainda mais para a gente. Está nota mil”, enalteceu Leda.
Novas reinaugurações

Entre as unidades de saúde que deverão ser entregues já nos primeiros meses de 2019 estão o Centro de Saúde da Vila Bacanga, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Alemanha, o Centro de Saúde do Quebra-Pote, Centro de Saúde Vila Sarney e o Socorrinho II, no São Francisco. Todas estão passando por obras em toda a parte elétrica, hidráulica, revisão do telhado, pintura entre outras melhorias.

Destas, os centros de saúde da Vila Sarney e Vila Bacanga tiveram suas estruturas físicas ampliadas, o que vai permitir aumentar os serviços prestados à população. Outras unidades da rede também vão passar por ampliação da estrutura física ou de serviços. Além de reformar as unidades de saúde, a gestão do prefeito Edivaldo implantou equipes volantes para fazer a manutenção das demais unidades, evitando o sucateamento da rede.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, explica que investir na atenção básica provoca resultados positivos em toda a rede. “Quando nós melhoramos os serviços na atenção básica, a população passa a procurar mais estas unidades, que são as de referência dentro das comunidades. Com isso, reduzimos a superlotação nas unidades de média e alta complexidade, pois o cidadão passa a buscar mais o atendimento preventivo que as emergências. Por orientação do prefeito Edivaldo Holanda Junior, vamos seguir reestruturando a atenção básica e toda a rede, e já temos definido em planejamento a reforma de mais 10 unidades. A continuidade dessa ação vai nos permitir que a gestão siga ampliando os serviços e fortalecendo o atendimento em saúde em São Luís”, disse.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Duarte destina R$ 1 mi em emendas para saúde em SL

0comentário

Garantir direitos e resultados. Mais do que um slogan, essa foi a linha de atuação de Duarte Jr em seu primeiro ano como deputado estadual. Nada mais natural para ele, que ganhou a consideração dos maranhenses devido à árdua defesa dos direitos do consumidor quando foi presidente do Viva e dos Procons Maranhão e Nordeste, entre 2015 e 2018. Trabalho que teve reconhecimento validado nas urnas, o que deu a Duarte a maior votação de um deputado em toda a história de São Luís – ele foi eleito com 65.144 votos.

Como deputado, Duarte Jr seguiu atuando para garantir direitos e resultados. Nesta legislatura, iniciada em fevereiro, já teve nove projetos de lei de sua autoria aprovados, sendo oito já sancionados, e foi apontado pelo jornal O Imparcial como o deputado mais atuante de 2019, com o maior número de proposições protocoladas na Assembleia Legislativa do Maranhão. Sua mais recente ação é a destinação de emendas que totalizam R$ 1 milhão para a área da saúde, uma das mais carentes na capital e em todo o Estado.

Este pacote milionário será dividido entre várias instituições, “sempre com o objetivo de garantir resultados”, afirma Duarte. Metade do valor, R$ 500 mil, foi destinada para o mutirão de cirurgias pediátricas que irá tirar centenas de crianças da fila de espera do Hospital Infantil Juvêncio Mattos.

A primeira etapa do mutirão ocorreu nos dias 20, 21 e 22 de dezembro, no Hospital Carlos Macieira, e contou com a presença do próprio deputado, que esteve presente no hospital acompanhando de perto a ação. “Não há nada mais gratificante e recompensador do que ver os resultados do nosso trabalho mudando para melhor a vida dessas crianças e suas famílias”, declara o deputado.

Novas etapas serão realizadas até março de 2020. Estão previstos cerca de 240 procedimentos em crianças de todo o Maranhão. Serão realizadas cirurgias gerais, como fimose, frenotonomia lingual, hérnia umbilical, hidrocele e outras, além de cirurgias especializadas, como otorrinolaringologia, amigdalectomia e adenoidectomia.

Para que a saúde de São Luís atinja um outro patamar, Duarte Jr destaca a necessidade de união e de um olhar mais propositivo e atuante de toda a classe política. “Com mais união, independente da ideologia ou partido político, se cada um fizer sua parte, nossas crianças, adultos, idosos e todos que vivem na cidade não sofrerão mais nas filas à espera daquilo que é seu por direito”, afirma.  

Mais emendas

O meio milhão restante do pacote de R$ 1 milhão foi dividido em R$ 200 mil para a Clínica Odontológica Estadual Sorrir, com o objetivo de adquirir novos equipamentos e realização de centenas de procedimentos odontológicos gratuitos. Outros R$ 200 mil foram destinados para projetos de saúde e bem-estar animal que serão desenvolvidos pelo curso de Medicina Veterinária da UEMA (a causa animal foi uma das bandeiras mais defendidas por Duarte em ações e projetos neste ano).

Finalmente, R$ 100 mil serão destinados para o Hospital do Câncer Aldenora Bello, único hospital de todo o Maranhão especializado em tratamentos oncológicos, que passou por sérias dificuldades durante o ano. O Aldenora Bello receberá mesmo valor (R$ 100 mil) dos demais 41 deputados que, ao lado de Duarte, compõem o atual Poder Legislativo Estadual.  

Mandato participativo

A divisão de R$ 1 milhão de Duarte Jr para a saúde foi decidida em diálogo com profissionais e demais pessoas envolvidas diretamente nas várias instituições e áreas envolvidas – saúde infantil, bem-estar animal, odontologia e oncologia. 

Foto: Divulgação

sem comentário »