E agora em diante?

4comentários

AmericanaAcabou mesmo a temporada na Liga de Basquete Feminino (LBF) para o Maranhão Basquete. Após perder a primeira partida do playoff por 70 a 51, no ginásio Castelinho para Americana, o time maranhense voltou a ser derrotado, agora por 96 a 73. Essa foi a décima derrota do Maranhão Basquete para Americana em dez jogos disputados.

Como escrevi ontem, as jogadoras do Maranhão Basquete que na sua grande maioria são de São Paulo já viajaram com toda bagagem e até fizeram festinha de despedida.

Além de ter se despedido da competição este ano, o Maranhão Basquete pode ter feito a sua última partida. É que para a próxima temporada tudo vai depender da manutenção do projeto pela Lei de Incentivo ao Esporte e pelo que já apuramos o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim não vê o projeto com bons olhos não.

Além do Maranhão Basquete, o Maranhão Vôlei também tem o futuro incerto pelas mesmas razões.

Muitos criticam esse projeto do basquete e do vôlei, mas uma coisa ninguém pode negar eles são de grande importância para a divulgação do Maranhão. Vale destacar também que em todos esses anos, técnicos e atletas de renome que passaram por aqui sempre elogiaram o Maranhão pela ousadia de manter duas equipes disputando essas grandes competições e batendo recorde de público nos jogos.

Vale o governo refletir um pouco mais sobre o assunto…

Foto: LBF

4 comentários »

Primeira vitória

1comentário

MaranhaoVolei

O Maranhão/Cemar (MA) conseguiu a primeira vitória na Superliga feminina de vôlei 14/15. Nesta quinta-feira (04.12), a equipe maranhense superou a Uniara/Afav (SP), por 3 sets a 1 (25/22, 25/23, 22/25 e 25/22), em 2h32 de jogo, no Castelinho, em São Luís, no Maranhão (MA). A partida foi válida pela oitava rodada do turno da competição.

O oposto Eli/Enoch veio do banco e teve atuação determinante na vitória do Maranhão/Cemar. Com 15 pontos, a atacante foi eleita a melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota, a Uniara/Afav teve a maior pontuadora do duelo, a atacante Angélica, com 17 acertos.

A levantadora Ana Maria, do Maranhão/Cemar, teve uma atuação inspirada e comentou sobre a campanha do time maranhense na Superliga.

“Estávamos jogando bem, evoluindo a cada partida e a primeira vitória era questão de tempo. Além disso, era preciso aprender a errar menos e, com isso, conseguir fechar os sets. Sabemos que o nosso time tem qualidade, mas começamos a Superliga muito irregulares”, analisou Ana Maria.

Para o futuro, a levantadora espera que o Maranhão/Cemar continue mostrando evolução.

“Estamos trabalhando muito nos treinos para termos mais estabilidade. Acredito que, melhorando a regularidade, vamos passar a jogar mais de igual para igual com os demais times. Sabemos o valor de cada adversário, mas queremos jogar no nível das demais equipes”, disse Ana Maria.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima terça-feira (09.12). O Maranhão/Cemar (MA) jogará com o São Bernardo Vôlei (SP), às 19h, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP). Já a Uniara/Afav enfrentará o Rio do Sul/Equibrasil, às 20h, no Gigantão, em Araraquara (SP).

Foto: Divulgação/Maranhão Vôlei

1 comentário »

Maranhão Vôlei no SporTV

0comentário

Maranhaovolei

A oitava rodada do turno da Superliga feminina de vôlei 2014/2015 começa nesta quinta-feira (4) com uma partida isolada entre duas equipes que buscam subir na tabela. Às 19h, no horário local (20h de Brasília), o Maranhão/Cemar (MA) tenta a primeira vitória na competição, e recebe o Uniara/Afav (SP) no ginásio do Castelinho, em São Luís, com transmissão ao vivo pelo canal SporTV.

A equipe maranhense está na penúltima posição da tabela, com apenas um ponto conquistado em seis jogos, enquanto o time do interior paulista é o décimo, com cinco jogos e uma vitória, conquistada na sétima rodada, na última terça-feira (02.12). As donas da casa contam com o apoio da torcida local que costuma preencher todos os 6 mil lugares do Castelinho. Para Ana Maria, levantadora do time nordestino, este é o trunfo para a partida desta quarta-feira.

“Esperamos contar com o apoio da torcida que aqui é muito intensa. Nunca tinha visto isso, eles colocam o time para cima, tem sempre muita gente gritando empurrando a gente. Nós estamos focadas e buscamos nossa primeira vitória no campeonato. Sabemos que a equipe do Uniara/Afav é muito boa, bem treinada e com grande volume defensivo”, contou a atleta que está na primeira temporada vestindo a camisa do Maranhão/Cemar.

Foto: Biaman Prado

sem comentário »

Maranhão Vôlei

0comentário

Maranhaovolei

Nada melhor do que conquistar a primeira vitória dentro de casa nesta edição da Superliga. Pensando nisso, o Maranhão Vôlei/Cemar recebe nesta terça-feira, às 20h, no Ginásio Castelinho, o Rexona/Rio de Janeiro, atual campeão e que é comandado pelo técnico medalha de ouro nas Olimpíadas,  Bernardinho. O jogo é válido pela terceira rodada da competição e o segundo no ginásio Castelinho.

O jogo reúne duas equipes em situações opostas na competição. Enquanto o MV busca sua primeira vitória após duas derrotas para o Molico/Osasco (SP) e para o Sesi (SP), o Rexona/Rio de Janeiro quer manter a invencibilidade. As cariocas venceram os dois jogos que fizeram até o momento.

A expectativa das donas da casa é poder contar mais uma vez com a torcida, que lotou o Castelinho diante do Molico/Osasco na estreia. Foram mais de quatro mil presentes e o público esperado para o jogo contra a equipe do técnico Bernardinho é de mais uma vez o Estádio tomado pela torcida maranhense.

Maranhaovolei1
O técnico Chicão não tem nenhuma baixa e deve mandar a quadra o que tem de melhor no elenco. Vale reforçar que, nestas três primeiras rodadas, a equipe maranhense enfrenta as três melhores colocadas da temporada passada: Molico, Sesi e Rio de Janeiro. Vale lembrar que, nesta temporada, a equipe maranhense foi totalmente reformulada. No elenco atual com 13 atletas, somente três jogadoras da temporada passada foram mantidas.

A levantadora Ana Maria, estreante no MV nesta temporada, viu de perto o que a torcida maranhense é capaz de fazer e quer voltar a sentir esse ‘calor’ dentro da quadra.

“A torcida aqui é demais. No primeiro jogo eles vieram e torceram durante todo o jogo. Já tinha ouvido falar e joguei contra. Mas jogar a favor é bem melhor, com certeza. Dá uma motivação extra dentro da quadra. Espero que mais uma vez eles estejam aqui para nos ajudar. Sabemos que será um jogo difícil, pois se trata do atual campeão. Mas vamos entrar para vencer como em todos os jogos”, destacou.

Os ingressos estão sendo vendidos no próprio local de jogo pelos valores promocionais de R$ 10,00 (arquibancada) e R$ 30,00 (cadeira).

Fotos: Tavares Jr.

sem comentário »

Superliga de Vôlei

0comentário

Volei

A estreia do Maranhão Vôlei na Superliga 2014/2015, mesmo diante da poderosa equipe do Molico/Nestlé poderia ter sido bem melhor não fossem os sucessivos momentos de apagão das maranhenses.

Mesmo com o placar de 3 sets a 0, em vários momentos da partida, o Maranhão Vôlei mostrou que poderia vender mais caro a derrota. Até conseguia encostar no placar, mas repetia erros no passe, na defesa, no saque e no ataque facilitando as coisas para o adversário que voltava a abrir grande vantagem no marcador até fechar os sets.

O Molico/Nestlé jogou o suficiente para fazer 25 a 23 no primeiro set, 25 a 21 no segundo e fechar o jogo em 25 a 18.

Mas uma coisa precisa ser dita: o Maranhão Vôlei corrigindo esses erros que apresentou hoje tem condições de fazer uma boa campanha.

Se o time maranhense não foi tão bem assim o destaque vai para o público estimado em mais de 3 mil torcedores que compareceram ao ginásio Castelinho.

O próximo adversário do Maranhão Vôlei é o Rio de Janeiro, do técnico Bernardinho, na próxima terça-feira, às 20h15, no ginásio Castelinho.

sem comentário »

Maranhão Vôlei

0comentário

MaranhaoVolei

O Maranhão Vôlei inicia hoje (11), a sua segunda temporada na Superliga de Vôlei e já terá pela frente a fortíssima equipe do Molico/Nestle. Na temporada passada, as paulistas venceram os dois confrontos. As duas equipes se enfrentam no Ginásio Castelinho, às 20h15 (horário local).

Nesta temporada, as duas equipes foram as compras e reforçaram seus times. As paulistas mantiveram a base da equipe que foi a melhor da fase de classificação no ano passado e contratou mais duas jogadores a nível de Seleção Brasileira: A ponteira Mari e a levantadora Dani Lins. Já as maranhenses praticamente trocaram o time inteiro. Do elenco de treze jogadoras, somente a capitã e ponteira Nikolle, a meio Adri e a levantadora Thaynã continuam no grupo. Para esta temporada, as dez contratadas são jogadoras experientes e já com passagens pela Superliga.

“Esta temporada nossa equipe está mais qualificada. Nosso time tem qualidade. Vamos entrar em casa para vencer, mas sabemos que será um jogo difícil. Estes primeiros jogos serviraõ principalmente para dar entrosamento e ritmo de jogo para nossa equipe. Mas diante do nosso torcedor que vai lotar o Ginásio, nossa equipe vai dar tudo o que tem na partida”, destacou o técnico Chicão.

Nesta temporada, 13 equipes disputam o título da competição. O Maranhão Vôlei continua sendo a única representante da região Norte/Nordeste. O formato de disputa será igual a da temporada passada. As oito melhores passam para os playoffs que onde será iniciada a fase de mata-mata até a decisão.

Os ingressos estão sendo vendidos no próprio local do jogo pelos valores promocionais de R$ 10,00 (arquibancada) e R$ 30,00 (cadeira).

sem comentário »

Maranhão Vôlei

1comentário

maranhaovolei
O Maranhão Vôlei venceu o Minas Tênis Clube por 3 sets a 2 (22/20, 22/24, 12/21, 21/16 e 21/19), no ginásio Castelinho, em São Luís, mas não tem qualquer chance de classificação para os playoffs da Superliga Feminina de Vôlei.

Foi a 5ª vitória do time maranhense que agora ocupa a 13ª colocação com 12 pontos ganhos.

Na próxima terça-feira (25), o Maranhão Vôlei recebe o Campinas, às 20h, no Castelinho. O time do interior paulista é o 2º colocado na Superliga e é comandado pelo tricampeão olímpico José Roberto Guimarães.

1 comentário »

Mira no playoff

0comentário

maranhaovolei

O Maranhão Vôlei/Cemar joga nesta sexta-feira(31) motivado pela vitória sobre o Uniara(SP), o Maranhão Vôlei/Cemar joga nesta sexta-feira (31), no Castelinho, às 20h. As maranhenses recebem outra equipe paulista, o Barueri(SP) para tentar se aproximar da zona e classificação para os playoffs. Uma  vitória neste jogo poderia quebrar um tabu para a equipe maranhense nesta Superliga: o time não consegue vencer duas partidas consecutivas na competição.

Até o momento foram três vitórias no principal torneio de vôlei do Brasil, mas nenhuma de forma consecutiva. Com sete pontos, o MV ainda se encontra na 14ª posição, mas a diferença para o oitavo colocado é de somente 15 pontos ainda faltando nove rodadas para o fim da fase de classificação, ou seja, 27 pontos em disputa.

A equipe não tem nenhum desfalque para a partida desta sexta-feira contra o Barueri. O time que entrará em quadra para o início da partida deve ser o mesmo que iniciou a partida contra o Uniara com Alice,Edneia, Liz, Nikolle, Jéssica e Yael.

As donas da casa terão o reforço da torcida maranhense que tem o maior público registrado até o momento na Superliga com mais de 7 mil espectadores e uma das maiores médias de público da competição.

Foto: Biaman Prado

sem comentário »

Que torcida!!!

0comentário

mavolei2

Se dentro de quadra o Maranhão Vôlei caiu diante do poderoso Unilever/Rio de Janeiro do técnico Bernardinho, por 3 sets a 0, fora dela vale o registro importante do público que compareceu aoCastelinho.

Sete mil pessoas lotaram o ginásio e mostraram o quanto o público maranhense é mesmo apaixonado pelo esporte. Não importa a modalidade, bastou ser um grande evento que a torcida enche o ginásio.

Agora, o Maranhão Vôlei volta a quadra neste sábado (25) para enfrentar o Brasília Vôlei às 18h, no Ginásio Sesi Taguatinga, em Brasília.

mavolei

Fotos:  De Jesus/ O Estado

sem comentário »

Mais dois jogos

20comentários

Sampaio e Maranhão farão mais dois jogos para decidir o título da Copa São Luís. No duelo desta terça-feira, deu empate de 1 a 1, e o MAC conquistou o título do 2º turno e o direito de decidir o título da competição contra o próprio Sampaio que já havia vencido o 1º turno.

Os gols da partida foram marcados no 2º tempo Hiltinho, aos 14 minutos para o MAC e Edgar, aos 47 minutos empatou para o Sampaio.

A decisão da Copa São Luís acontecerá em dois jogos. Nesta quinta-feira, às 20h15 e no domingo, às 17h, no Nhozinho Santos. O ter somado maior número de pontos na competição, o Sampaio terá a vantagem de dois resultados iguais.

Vôlei

O Maranhão Vôlei foi derrotado pelo Pinheiros, por 3 sets a 2, no Castelinho pela Superliga Feminina de Vôlei. Com a derrota, o MV ocupa a última colocação com apenas 3 pontos. O próximo adversário do Maranhão Vôlei será o Sesi-SP, na sexta-feira (20), outra vez no Cstelinho, em São Luís.

20 comentários »