Andrea quer informações sobre morte

2comentários
Deputada estadual Andrea Murad (PMDB)

Deputada estadual Andrea Murad (PMDB)

A deputada estadual Andrea Murad publicou nas redes sociais um vídeo e áudios denunciando o não funcionamento do hospital macrorregional de Santa Inês, inaugurado mês passado pelo governador Flávio Dino com muita festa, mas que não serve pra salvar uma vida.

“O hospital inaugurado mês passado por Flávio Dino negligenciou atendimento a paciente que morreu neste fim de semana. No vídeo, a enfermeira revela que o hospital ainda não está funcionando. Inacreditável! Um hospital de mais de 100 leitos para atender toda a região do Vale do Pindaré é um engodo, não está atendendo as urgências da região. Inaugurado com tanta festa e zoada pelo governo, mas não serve pra salvar uma vida. Amanhã tratarei desse assunto na Assembleia Legislativa e cobrarei providências imediatas sobre o caso negligenciado neste fim de semana”, disse a parlamentar.

Em outros áudios que estão circulando nos grupos de whatsapp, um cidadão está revoltado com a morte de Carlos Alberto, conhecido por Tina Pepper, vítima de um AVC e que não foi atendido no Macrorregional de Santa Inês.

“O hospital inaugurado e não funciona pra nada, eu fico indignado… Apenas para funcionário se instalar e dormir…no ar condicionado a custa de quem? Do meu imposto… Fala mal do governador porque foi ele que veio aqui fazer um circo aqui uma palhaçada aqui dentro de Santa Inês dizendo que a população agradecia pelo hospital macrorregional Tomás Martins que não presta, não serve pra nada, essa praga, apenas para botar os funcionários lá dentro pra tá deitado”, diz o cidadão.

Em mais um áudio, uma mulher explica por que o hospital não está funcionando, apenas o ambulatório para consultas e exames médicos.

“O que acontece é que nós dependemos da regulação de leitos que ainda não está liberada para o recebimento de internações. Que fique bem claro que o hospital está fazendo sim seus atendimentos apenas no setor ambulatorial”, diz a mulher.

2 comentários »

Cobrança na Assembleia

0comentário

SousaNeto

O deputado Sousa Neto (PTN) ocupou a tribuna, na sessão desta quinta-feira (5), para reafirmar o apelo pela conclusão das obras do Hospital de Santa Inês. Na semana passada, ele cobrou a instalação de um tomógrafo nesta unidade de saúde, tendo em vista que as obras do Hospital de Santa Inês já se encontram em fase avançada.

Sousa Neto disse que leu em um jornal de grande circulação da cidade de Santa Inês – o “Agora Santa Inês”, que circula em toda a região do Vale do Pindaré – a notícia de que o prefeito da cidade está anunciando a inauguração do Hospital de Santa Inês, a ser realizada no próximo mês de dezembro. E que, no prazo de 40 dias, será inaugurada uma Brigada de Incêndio na cidade de Santa Inês.

“Esta notícia é alvissareira e de suma importância, haja vista que ali naquela região não tem nenhuma Brigada e lá têm ocorrido inúmeros incêndios decorrentes dessa estiagem que está acontecendo”, afirmou Sousa Neto.

Ele acrescentou que se, efetivamente, o governador Flávio Dino mandar para aquela região do Vale do Pindaré uma Brigada de Incêndio, “serei grato pelo povo, porque quem precisa é o povo daquela região do Vale do Pindaré”.

Sousa Neto frisou que o prefeito de Santa Inês falou que o hospital macrorregional vai ser inaugurado até o final do mês de dezembro. “Fica aqui o meu registro desse anúncio da inauguração do Hospital de Santa Inês e dessa Brigada do Corpo de Bombeiros, que eu venho só para a tribuna para registrar porque eu vou cobrar. Porque uma coisa é passar a falsa informação para o público, é enganar a população. Santa Inês sabe, todo o Vale do Pindaré sabe que esse hospital não vai ser inaugurado ainda este ano. Mas vamos continuar fazendo a cobrança em favor do povo de toda aquela região”, ressaltou o deputado.

sem comentário »