Cebolinha fez a diferença na Seleção Brasileira

0comentário

O Brasil só precisou de pouco mais de 30 minutos para liquidar com o Peru em partida pela Copa América, na Arena Corinthians, em São Paulo. A partida já estava 3 a 0, com direito a uma atuação de gala do atacante Everton, do Grêmio.

Ao final dos 90 minutos, o Brasil fez 5 a 0, e ainda perdeu um pênalti com Gabriel de Jesus. Mas o placar é o que menos importa. O Brasil jogou bem, bem diferente do que vi contra Bolívia e Venezuela.

Depois de três jogos, enfim, o Brasil jogou como uma Seleção que é cinco vezes campeã do mundo. Marcou, atacou, brigou pela bola, teve atitude em campo e acabou construíndo o placar com extrema facilidade.

Tite demorou dois jogos para entender que Everton, o Cebolinha é muito mais jogador do que Neres. Partiu pra cima dos adversários, fez gol outro golaço, enfim, não tinha porque ter sofrido antes, mas o nosso treinador preferia fazer diferente.

Firmino e Philipe Coutinho também cresceram e o Brasil, no lugar das vaias do jogo contra a Venezuela, saiu de campo aplaudido pelo torcedor.

Agora é aguardar o adversário das quartas de final e esperar que o Brasil faça outra boa atuação e que conquiste mais uma vitória.

Foto: Bob Paulino/BP Filmes

sem comentário »