Fim da greve

0comentário

Assembleiabancarios

Os  bancários do Maranhão decidiram encerrar a greve iniciada há 21 dias. A decisã0 foi tomada durante assembleia geral da categoria na noite desta segunda-feira.

A categoria aceitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos de reajuste salarial de 10%, nos salários, benefícios e participação nos lucros, além de correção de 14% no vale-refeição e no vale-alimentação.

Apenas os bancários do Banco do Nordeste e Banco da Amazônia rejeitaram a proposta. Uma nova assembleia definirá os rumos da greve nestes dois bancos.

Com o término da greve, os bancos voltam a funcionar normalmente a partir desta terça-feira (27), às 9h.

Foto: De Jesus/ O Estado

sem comentário »

Acabou a greve…

0comentário

assembleiabancariosAcabou a greve dos bancários no Maranhão, após 26 dias.

Os bancos voltam a funcionar normalmente nesta terça-feira (15) exceto os bancários do BNB e Basa que rejeitaram a proposta.

Em assembleia geral realizada no fim da tarde de hoje, os bancários decidiram aceitar a proposta que já havia sido aceita pelo Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

sem comentário »

Greve continua

0comentário

A greve dos bancários no Maranhão vai continuar pelo menos até a próxima segunda-feira (14).

Eles estiveram reunidos no fim de tarde e decidiram rejeitar as propostas encaminhadas pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e três bancos (Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNB).

A categoria volta a se reunir na próxcima segunda-feira às 18h, na sede do sindicato.

sem comentário »

Perto do fim

0comentário

grevedosbancosA greve dos bancários no Maranhão deve terminar nesta sexta-feira (11).

Na madrugada de hoje (11), o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) chegaram a um acordo para encerrar a greve da categoria.

Em São Luís, a categoria realiza uma assembleia às 17h, na sede do Sindicado dos Bancários (SEEB-MA).

A expectativa é que eles aceitem a proposta. Com isso, os bancos deverão voltar a funcionar normalmente na próxima segunda-feira (14)

 

sem comentário »

Greve dos bancários

0comentário

grevedosbancos

A greve dos bancários no Maranhão que hoje completou 19 dias vai continuar por tempo indeterminado.

Em assembleia geral realizada agora à noite, o Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA) seguindo orientação co comando nacional decidiu pela manutenção da greve.

Nesta terça-feira (8), os bancários farão um ato público, às 9h, em frente à agência do Itaú, na Rua da Paz, no Centro de São Luís.

sem comentário »

Greve dos bancários

2comentários

grevedosbancos

Os bancários maranhenses decidiram em assembleia continuar em greve por tempo indeterminado, após rejeitarem a nova proposta apresentada pela Fenaban nesta sexta-feira (04).  A paralisação nacional entra hoje no 17º dia.

A nova proposta eleva de 6,1% para 7,1% o índice de reajuste sobre os salários e para 7,5% sobre o piso salarial. A proposta mantém as regras da PLR do ano passado.

Para o presidente do Sindicato dos Bancários (SEEB-MA) José Maria Nascimento, a nova proposta dos banqueiros é rebaixada e insuficiente diante dos lucros bilionários dos bancos e dos baixos salários pagos à categoria. Ele esclareceu que o índice de 7,1% só repõe a inflação do período, representando, na verdade, apenas 0,97% de aumento nos salários dos bancários.

Segundo o presidente, a tendência é que o movimento se intensifique ainda mais na próxima semana em todo o país.  Ontem (4) 11.409 agências e centros administrativos de bancos privados e públicos foram paralisados nos 26 estados e no Distrito Federal.

As principais reivindicações dos bancários maranhenses são: reajuste de 22%, PLR de 25% linear, contratação de mais bancários, combate ao assédio moral, saúde, segurança, dentre outras.

Ato público e Assembleia

Na segunda-feira (7) às 9h, a categoria realizará ato público, em frente ao Banco do Brasil da Praça Pedro II, no Centro de em São Luís. No fim do dia, às 17h, os bancários voltam a se reunir em assembleia, na sede do SEEB-MA, para avaliar e definir os próximos passos do movimento no Maranhão.

Foto: Flores Dolores

2 comentários »