Eliziane critica a fusão de ministérios por Bolsonaro

0comentário

A senadora eleita Elizane Gama (PPS) criticou o anúncio de fusão de ministérios pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Uma das promessas de campanha de Bolsonaro foi a redução do número de ministérios que deverão ser reduzidos a 15 ministérios.

Segundo Eliziane, a fusão dos ministérios da Agricultura com Meio Ambiente pode significar sobrepor a defesa do meio ambiente a interesses econômicos.

“O Ministério da Agricultura tem o dever de fomentar um importante setor da economia nacional. O Mininistério do Meio Ambiente de proteger os nossos ecossistemas. Unificar pode significar sobrepor a defesa do meio ambiente a interesses econômicos”, disse.

Além da fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente, o presidente eleito deverá unificar os ministérios da Fazenda, Economia e Indústria e Comércio.

Outra fusão bastante comentada é a dos ministérios da Educação, Cultura e Esporte, além de Infraestrutura e Transportes; Desenvolvimento Sociail e Direitos Humanos; Integração Nacional, Cidades e Turismo.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »