O Rappa em São Luís

0comentário

esclarecimento

A produção local também divulgou nota nesta terça-feira (28):

A Pororoca Produções vem a público esclarecer os problemas ocorridos durante a apresentação da banda carioca O Rappa, realizado no sábado, dia 25 de janeiro, na Lagoa da Jansen:

1 – O atraso para o início da apresentação, prevista para 0h30, aconteceu única e exclusivamente por responsabilidade da banda, que teve contratempos enfrentados pelo transporte rodoviário do equipamento do show, que se deslocava do Rio de Janeiro ao Maranhão.

2 – A Pororoca Produções cumpriu com toda a infraestrutura necessária para a apresentação e não mediu esforços para incluir outras apresentações artísticas locais para divertir o público durante a espera pela subida no palco dos integrantes da banda.

3 -Quanto aos problemas técnicos ocorridos durante a apresentação, houve uma breve interrupção no gerador que tinha toda a programação técnica trabalhada para finalizar no horário previsto para o término do show. O fato foi prontamente corrigido pela Reprise sonorizações, viabilizando a continuação da apresentação da banda O Rappa.

4 – Por fim, gostaríamos de pedir desculpas ao público e aos meios de comunicação que sempre se mostraram parceiros importantes na realização de nossos eventos, em especial as Rádio Mirante e Difusora que levaram seus ouvintes ganhadores das promoções do show e não foram atendidos pelos integrantes da banda.

Atenciosamente,
Pororoca Produções

sem comentário »

Show é interrompido

4comentários

orappaO show da banda O Rappa, na Lagoa da Jansen foi interrompido por duas vezes.

A primeira logo na quarta música foi devido a uma briga na plateia. Foi o suficiente para Falcão e a banda se retirarem do palco. Dois minutos depois, a banda retorna e Falcão diz: “Eu sei o que está acontecendo em São Luís. Nós estamos aqui é para cantar e trazer a paz”.

E emendou: “Eu não sei o que leva duas pessoas a ficar se agredindo. Vamos combinar uma coisa: daqui em diante ninguém vai pular, pisar e empurrar o outro. Vamos combinar assim?”

“Aqui é a terra do Lobato e do Lobatinho e viemos para cantar e trazer a paz”, finalizou.

Quase no fim do show, quando Falcão cantava o sucesso “Me deixa”, de repente chama o coro do público. No fim da música, o Rappa deixa o palco novamente. Agora foi um problema com o gerador de energia. Sem saber o que havia acontecido, grande parte do público estimado em quase 8 mil pessoas começou a deixar a Lagoa da Jansen.

Por telefone, o produtor do evento, Ricardo Pororoca explicou o que tinha acontecido. “Foi um problema no gerador, mas estamos arrumando e eles vão voltar”, disse.

E o Rappa, após 20 minutos voltou para encerrar o show.

4 comentários »

Tributo ao Rei do Rock

0comentário

elvispresley

O conceituado projeto Genesis in Concert em parceria da Pororoca Produções com a Essencial Cerimonial traz mais uma vez para São Luís a qualidade das músicas que abalaram as festas do passado.

Na edição que acontece hoje, o homenageado é o absoluto Rei do Rock no dia que completam os 36 anos de sua morte em um tributo que ficará na memória de todos que estiverem presentes no Espaço Renascença.

Renato Carlini, um dos maiores representantes do Elvis no mundo, fará uma única apresentação e que foi completamente aprovada e muito aplaudida pela própria família Presley durante sua turnê nos Estados Unidos.

Para completar a noite, terá o show de abertura com a Banda All Times com todo seu reconhecimento e referência dos bailes de São Luís. E para relembrar o clima da Boite Genesis, ainda teremos a presença dos DJ’s Salim Lauande, Ricardo Pacífico e Arsênio Filho.

sem comentário »