Falso médico é preso

0comentário

ricardomurad

A  Secretaria de Estado da Saúde registrou, na semana passada,  no Município de Mirinzal o óbito de uma criança causado por raiva Humana. “Ao tomarmos conhecimento do caso imediatamente instalamos uma auditoria para apurar as causas, onde constatamos que a criança não recebeu o tratamento recomendado para estes casos. Mais grave ainda: foi atendida por pessoa não habilitada”, disse o secretário Ricardo Murad.

A pessoa que atendeu a criança no Hospital de Municipal de Mirinzal não tem registro no Conselho Regional de Medicina, estando, portanto, inabilitada para o exercício da medicina, conforme atesto do presidente do CRM, Abdon Murad.

“Denunciamos o falso médico de origem nigeriana à Secretaria de Segurança, que conseguiu prendê-lo neste sábado (23) clinicando no Hospital Municipal de Bacuri. Ele responderá na justiça por seu crime”, acrescenta Murad.

O Maranhão é hoje a unidade da Federação que proporcionalmente mais investe na saúde, mas infelizmente a falta de compromisso de alguns gestores ainda levam vidas inocentes e envergonham nosso estado. A campanha de vacinação anti-rábica é obrigatória em todo o território nacional e somente a irresponsabilidade de gestores municipais vem comprometendo a sua realização.

“Estamos solicitando oficialmente ao prefeitos, secretários municipais de saúde, e ao Conselho Regional de Medicina uma varredura em todos os municípios maranhenses para checar o registro dos profissionais da saúde ou inscrição válida no programa Mais Médicos”.

Ricardo Murad finaliza afirmando que  “a saúde da população é compromisso de todos nós. Governo Estadual, governos municipais e conselhos de profissionais da área da saúde, não podem mais tolerar que  pessoas criminosas continuei levando a óbito inocentes em busca de atendimento médico”.

sem comentário »