Pré-candidatos condenam ‘Polícia Politica’ de Dino

0comentário

Três pré-candidatos ao governo do Maranhão se manifestaram nas redes sociais a respeito da circular que mostrou o uso político da Polícia Militar pelo governo Flávio Dino (PCdoB) para monitorar seus adversários políticos.

O documento que foi divulgado nas redes sociais provocou o repúdio da classe política.

O deputado Eduardo Braide (PMN) condenou o uso da política como instrumento de perseguição.

O senador Roberto Rocha (PSDB) disse que Flávio Dino se transformou em um general de opereta, autoritário em seu delírio de grandeza e pretensa superioridade moral.

O ex-deputado Ricardo Murad (PRP) disse que a A PM não irá se transformar na SS, a Polícia Política de Adolf Hitler, perseguindo pessoas por suas ideologias.

sem comentário »

PRP condena ‘polícia política’ de Flávio Dino

2comentários

O Partido Republicano Progressista (PRP) vai entrar com representação na Justiça Eleitoral por conta da circular da Polícia Militar que tem como objetivo de monitorar, constranger e perseguir adversários do governador no interior maranhense.

Segundo o PRP, o documento é um atentado à democracia.

A nota é assinada pelo ex-deputado estadual e ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad que é presidente do PRP no Maranhão.

Veja a nota na íntegra:

“Um alerta para todos. À margem da lei, num claro abuso de poder, violando todo e qualquer direito fundamental, o governador Flávio Dino, culminando o seu desespero, tenta coloca a Polícia Militar do nosso Estado ao serviço dos seus interesses políticos e pessoais, tentando intimidar a oposição e seus dirigentes.

Ao melhor estilo nazi, numa fúria persecutória e reveladora das suas intenções anti-democráticas, Flávio dino pretende criar a sua própria Gestapo e, abusando da sua autoridade enquanto governado, se manter no poder a qualquer custo.

O PRP irá requerer da Justiça Eleitoral as providências para coibir esse abuso desde já. Estamos na pré-campanha e não é possível esse clima no Maranhão. A intimidação já começou e não aceitaremos desculpas que a ordem repassada aos batalhões foi um erro ou qualquer outra justificativa.

Eleições limpas, democráticas é que o povo exige e a Constituição garante”.

A nota é assinada pelo ex-deputado estadual e ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad que é presidente do PRP no Maranhão.

2 comentários »

O jogo já foi jogado

0comentário

Com o fim do prazo da janela partidária, termina também o momento das conversas de bastidores com negociações encobertas. As promessas, os compromissos e o toma lá, dá cá já aconteceram. Os atores na disputa eleitoral já estão devidamente posicionados nos partidos políticos, ou seja, do ponto de vista partidário o jogo já está jogado.

A partir de agora, uma nova partida se inicia, com as negociações voltadas para as composições das coligações.

Os partidos e os seus políticos se debruçarão na matemática que envolve as figuras que disputarão as eleições proporcionais, seus pesos eleitorais e as vantagens de ter esta ou aquela legenda ao seu lado para somar votos, alcançar o coeficiente eleitoral e, assim, conquistar a sonhada vaga ou na Assembleia Legislativa ou na Câmara dos Deputados.

Já em relação à eleição majoritária, restaram poucas dúvidas. Uma delas – e talvez a mais antiga – é o anúncio do nome do segundo candidato ao Senado do grupo do governador Flávio Dino (PCdoB). Outra dúvida é em relação ao PSDB, Roberto Rocha e Eduardo Braide (PMN). Afinal, quem será o candidato ao governo?

Do grupo da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), as dúvidas são menores. Passa somente pelo nome do candidato a vice-governador na chapa da emedebista.

Já em relação aos demais candidatos, como Ricardo Murad (PRP) e Maura Jorge (PSL), por exemplo, as composições devem ser logo definidas. Não há tantas dúvidas sobre como será cada chapa. Falta somente costuras para finalizar essas composições.

Estado Maior

sem comentário »

Sousa Neto assina filiação ao PRP

1comentário

O deputado estadual Sousa Neto assinou, nesta sexta-feira (6), a sua ficha de filiação ao Partido Republicano Progressista (PRP) pela qual concorrerá à reeleição para a Assembleia Legislativa.

Ele agradeceu a acolhida por parte de lideranças do partido, dentre eles Severino Sales e Ricardo Murad.

“Muito feliz em ingressar no Partido Republicano Progressista (PRP). Junto do presidente estadual Severino Sales e o ex-secretário e ex-deputado Ricardo Murad assinei, oficialmente, minha filiação no partido pelo qual disputarei a reeleição de deputado estadual. Agradeço ao convite e espero honrar ao voto de confiança de todos os dirigentes, correligionários, militantes e companheiros.

Sousa Neto disse que seguirá engajado no projeto de tirar o Maranhão no atraso por conta da desastrosa gestão de Flávio Dino.

“Hoje, damos um importante passo para nosso futuro político, e principalmente, pelo compromisso com o nosso Maranhão. Continuo a minha missão de servir ao povo, em um momento em que se clama por transformação, por mudanças e por uma sociedade que queremos, democrática, desenvolvida e justa. Seguiremos juntos, engajados no projeto de tirar nosso Estado do atraso provocado pela desastrosa gestão comunista”, explicou.

1 comentário »

Andrea Murad troca o MDB pelo PRP

2comentários

A deputada estadual Andrea Murad estará se filiando ao PRP na próxima sexta-feira (6).

Hoje (4), a parlamentar protocolou o pedido de desfiliação junto ao MDB.

Andrea Murad deixa o MDB depois de 14 anos e se prepara para disputar vaga na Câmara Federal pelo Partido Republicano Progressista.

Ela será candidata pela mesma legenda do seu pai Ricardo Murad que é pré-candidato ao governo do Maranhão.

“Estive no MDB desde 2004, ou seja, há 14 anos, bastante tempo. Sou muito grata por esse período que passei no partido e pela confiança que a população depositou em mim para representá-la na Assembleia Legislativa. Estamos em um novo ano eleitoral, focados em novos projetos e atendendo aos anseios do povo. Será um grande desafio, mas estamos preparados e animados para este pleito!”, disse Andrea.

Foto: Nestor Bezerra

2 comentários »

PRP representará contra Flávio Dino

4comentários

Por Ricardo Murad

Queridos maranhenses, estimados padres, pastores, religiosos de todas as igrejas e credos,

É impossível guardar silêncio quando vemos o Maranhão se afundar numa administração desastrada. Sobretudo, se o que nos move é a crença naquilo que acreditamos ser o melhor para o Maranhão. Minhas ações, durante toda a minha vida pública, foram baseadas na verdade e na sinceridade. Quem me conhece mais de perto sabe disso.

As loucuras de Flávio Dino ultrapassaram todos os limites. A busca pela reeleição faz com que ele transgrida as leis e os valores, nada o detém. Só que agora ele se superou. Se na história política do Maranhão já se viu de tudo, com ele, estamos assistindo coisas inimagináveis.

Imaginem um louco, num carro desgovernado e sem freios, numa ladeira, e verão Flávio Dino à frente da máquina pública. O déficit primário apurado pelo Tesouro Nacional já alcança R$ 1,1 bilhão e o IBGE constatou o aumento da pobreza em todo o Estado. Não satisfeito, saqueou os cofres do Fundo de Previdência, que garante o pagamento das aposentadorias dos funcionários do Estado. E tudo porque não admite perder o poder sob nenhuma hipótese.

Agora, no ápice do delírio, criou dezenas de CARGOS COMISSIONADOS para nomear pessoas estranhas aos quadros das polícias civil, militar e do Corpo de Bombeiros para ocupar postos de CAPELÃES.

Sem concurso público, pessoas estranhas à carreira militar e policial, como padres e pastores, serão nomeadas nas patentes de coronel, tenente-coronel, major, tenente, para prestar, segundo Flávio Dino, assistência religiosa aos integrantes do sistema de segurança estadual e aos presos do sistema de Administração Penitenciária.

Será que se lembrou dos espíritas, dos budistas, dos umbandistas? Conheço e sei de centenas e centenas de padres e pastores que se dedicam aos presos, enfermos, dependentes de drogas, pessoas com problemas mentais, sem receber nada em troca por todo o Maranhão. Por que não as nomear também? Fazem isso como profissão de fé, de graça, como parte de suas atividades religiosa e espiritual.

Agora, sem concurso, sem cumprir anos de interstícios para promoção, iremos ter padre nomeado como coronel da PM, ganhando mais de R$ 16.000,00 por mês, usando farda ao invés de batina; pastor tenente-coronel dos Bombeiros, fardado, sem o tradicional terno e gravata, ganhando mais de R$ 14.000,00 por mês, todos estranhos aos seus quadros, escolhidos a dedo pelo governador, filiados aos partidos políticos que o apoiam.

Essa insanidade está comprovada num discurso de Flávio Dino, repleto de crimes eleitorais, que publico abaixo para análise e providências do Ministério Público:

“… saudar o Pastor Cavalcanti, que preside a convenção no sul do Maranhão, na região Tocantina; quero cumprimentar, muito especialmente, meu fraterno amigo, pastor Coutinho que sempre me recebe no seu templo central em São Luís; QUERO CUMPRIMENTAR AQUI TODOS OS CAPELÃES DA POLÍCIA MILITAR, NÃO SÓ DA DENOMINAÇÃO DA ASSEMBLEIA DE DEUS, MAS EM ESPECIALMENTE OS DA ASSEMBLEIA DE DEUS, SÃO MUITOS; QUERO SAUDAR NA PESSOA DO CORONEL MISAEL, QUE VEM A SER O PRIMEIRO CORONEL CAPELÃO DA HISTÓRIA DA POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO; E SÓ HÁ UM, E EU ESCOLHI QUE FOSSE O DA ASSEMBLEIA DE DEUS, QUE É O CORONEL MISAEL; E NA SUA PESSOA, CLARO, CUMPRIMENTO TODOS OS SEUS COMANDADOS QUE AQUI ESTÃO; ABAIXO DE DEUS E DO GOVERNADOR, O CORONEL MISAEL QUE É O CHEFE DA CAPELANIA DA POLÍCIA MILITAR DO NOSSO ESTADO; Quero saudar muito especialmente aqueles que me acompanham nesse importante evento; cumprimentar o Gilderemi, que tá ali, meu amigo, FEZ A MINHA CAMPANHA 2014 DOENTE, SOB MUITO GRAVE; NOSSA AMIGA ELIZIANE PEDIU E ELE ATENDEU E CHEGOU PÁLIDO, MAGRINHO EU DISSE ESSE HOMEM NÃO VAI DAR CONTA DE FAZER CAMPANHA, MAS A FÉ É REALMENTE PODEROSA; ELE DEU CONTA DE FAZER CAMPANHA E HOJE ELE TÁ AÍ CORADO E FORTE, PRONTO PRA OUTRA CAMPANHA…E ESSA É A PRÁTICA DO NOSSO GOVERNO; A PRÁTICA DO NOSSO GOVERNO TEM SIDO ASSIM; E POR ISSO EU ESTOU AQUI; EU ESTOU AQUI PORQUE NÓS GARANTIMOS UM PRINCÍPIO MUITO ESPECIAL, O PRINCÍPIO DO ESTADO LAICO; O ESTADO LAICO NÃO É O ESTADO ANTIREGILIOSO; HÁ ÀS VEZES UMA CONFUSÃO EM RELAÇÃO A ISTO; O ESTADO LAICO É AQUELE ESTADO CUJO GOVERNANTE NÃO PROTEGE UMA IGREJA EM PARTICULAR; É O QUE LEI MANDA, A CONSTITUIÇÃO MANDA; PORÉM, O ESTADO LAICO, PARA SER LAICO DE VERDADE, ABRANGE, ACOLHE E ESTIMULA TODAS AS IGREJAS; E ISSO NÓS TEMOS FEITO; QUANDO EU CHEGUEI AO GOVERNO, PASTOR PEDRO OTIL, OS CAPELÃES ERAM APENAS 14 (QUATORZE), HOJE SÃO 50 (CINQUENTA). E NÓS VAMOS CRIAR, ANUNCIO AQUI, EM PRIMEIRA MÃO, PASTOR PORTO TEM CONDUZIDO ISSO, DEPUTADA ELIZIANE, DEPUTADO LEVI, VAMOS MANDAR PARA ASSEMBLEIA, VAMOS CRIAR MAIS 10 (DEZ VAGAS), POR QUE EU CRIEI AS VAGAS DOS BOMBEIROS, TÁ ALI O PASTOR CAETANO, QUE É O CUIDA DOS INCÊNDIOS, TAMBÉM FÍSICOS E DOS INCÊNDIOS ESPIRITUAIS, COMO MAJOR CAPELÃO DO CORPO DE BOMBEIROS, E OUTROS, ACHO QUE O SANDRO TAMBÉM COMPÕE O CORPO DE CAPELÃES QUE NÓS CRIAMOS; NÓS CRIAMOS O DO CORPO DE BOMBEIRO, NÓS CRIAMOS DA PENITENCIÁRIA, MAS FALTOU O DA POLÍCIA CIVIL. E OS POLICIAIS ME PROCURARAM, GOVERNADOR O SENHOR CRIOU, AMPLIOU PARA POLÍCIA MILITAR, PORQUE QUE NÓS AMPLIAMOS PASTOR RAPOSO, PORQUE NÓS AUMENTAMOS O NÚMERO DE POLICIAIS, NÓS AUMENTAMOS O TRABALHO PASTORAL, ENTÃO NÓS TEMOS QUE POR ISSO AUMENTAR O NÚMERO DE CAPELÃES; CRIAMOS DO BOMBEIROS, CRIAMOS DA PENINTENCIÁRIA, E AÍ PASTOR CAVALCANTI ELES DISSERAM: E A POLÍCIA CIVIL? ENTÃO NÓS VAMOS CRIAR 10 (DEZ) VAGAS DE CAPELÃES PARA POLÍCIA CIVIL.”

O PRP fará uma representação junto ao Ministério Público Eleitoral e Estadual contra Flávio Dino por mais esse abuso. Todos querem e exigem eleições limpas, uma administração proba, vença quem vencer, desde que através do voto livre das pessoas. Useiro e vezeiro em programas e ações com objetivo de cooptar votos, comprar políticos e seus partidos, desta vez Flávio Dino se superou. Perdeu a noção da decência e da realidade.

Um governo decente, eficiente e ciente dos seus deveres para com as pessoas fragilizadas, deve ter programas institucionais junto às entidades religiosas para incentivá-las financeiramente a fim de auxiliar o Estado a prestar assistência que lhes dê conforto e dignidade. Jamais beneficiando líderes religiosos dessa forma, apenas para buscar votos, vincular religiosos a um partido político em detrimento da fé e do apoio aos milhares que realmente necessitam de amparo para prestar bons serviços às pessoas que precisam de apoio espiritual.

Se as polícias civil e militar, o Corpo de Bombeiros e a Administração Penitenciária precisam de capelães em seus quadros só há um meio, concurso público. O resto é política e não pode ser aceito.

4 comentários »

Flávio Dino: o novo Sarney do Maranhão

10comentários

Por Ricardo Murad

O mundo dá voltas. Zé Reinaldo, que trocou Sarney por Flávio Dino, largou Flávio alegando traição. Talvez volte para o Sarney. Zé Reinaldo criou Flávio, era juiz, como se gera um bebê de proveta. E agora Flávio opta por larga-lo para ficar ao lado de outras espécimes sarneysistas, capitaneados pelo ex-prefeito Hildon Marques de Imperatriz.

Como vocês vêem na foto, ele está em casa, à vontade, no seu ninho. Quando afirmo que essas mudanças de lado são próprias da política e não devem surpreender ninguém, o importante é cobrar uma gestão eficaz, apoiando alguém que paire acima dessa política rasteira, responsável pelo nosso atraso, os políticos e quem não me conhece, me condenam.

Aqui não se governa, se faz politicagem, e das mais baixas, tudo é justificável em nome da bendita.

Os políticos não perdem, eles se protegem. Chega.

As eleições de outubro estão próximas e teremos a chance de ter um governador gestor.

Eu me considero apto para a missão. A política não me domina, a gestão e o resultado, sim. Foi assim quando estive no executivo. Quem se lembra da época que fui presidente da Assembleia, prefeito eleito de Coroatá, gerente Metropolitano de São Luís e recentemente secretário de Saúde do Estado sabe do que estou falando. Mudei a realidade por onde passei. Quero fazer o mesmo pelo Maranhão como governador.

10 comentários »

Ricardo Murad denuncia abandono de hospital

3comentários

O ex-secretário de Saúde e ex-deputado estadual Ricardo Murad denunciou, nas redes sociais, a situação de abandono do Hospital de Matinha

“Recebi de um amigo triste e decepcionado com o abandono do Hospital de Matinha. A Baixada Maranhense recebeu uma rede de hospitais do Programa Saúde é Vida que implantamos pois lá tínhamos um vazio assistencial gigantesco. Construímos o Macrorregional de Pinheiro, iniciamos o Hospital Geral de Viana e vários hospitais de pronto atendimento municipais como o de Matinha em diversos municípios”, disse.

Ricardo Murad lembrou que quando foi secretário deixou o hospital funcionando plenamente e que o governo na época garantia repasse de recursos financeiros para assegurar o funcionamento.

“Para todos assegurávamos custeio mensal de R$ 100 mil, ambulância e apoio técnico além de integrarem a rede Estadual coordenada pela nossa Central de Regulação. Uma pena, mas iremos reconstruir e tocar o programa em todo o Maranhão”, afirmou.

Foto: Divulgação

3 comentários »

Samba só pelo voto

2comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB) utilizou-se do período carnavalesco – que nunca foi sua praia, desde que assumiu o governo – com um único objetivo: tornar-se popular exatamente no ano eleitoral. O que se viu nos quatro dias de folia foi um desengonçado comunista tentando ser natural entre os foliões, numa caricatura do Carnaval maranhense.

O comunista aventurou-se num terreno que é próprio de outros personagens dessa disputa eleitoral de 2018, como a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), o ex-secretário Ricardo Murad (PRP) e até mesmo o deputado estadual Eduardo Braide (PMN). É sabido no imaginário popular que essas lideranças gostam naturalmente do Carnaval, sem forçar a barra ou produção de imagens medidas milimetricamente para serem vendidas.

E foi exatamente pela necessidade de aparecer na avenida que Flávio Dino fez tanta zoada pela falta de cobertura dos seus passinhos de samba e suas danças meio sem jeito.

Ele pensou em aparecer assim tanto na mídia local quanto nas TVs, jornais e sites Brasil afora. Foi ignorado solenemente, embora a cobertura do Carnaval de São Luís tenha sido ampla e irrestrita em todas as mídias.

Flávio Dino entrou num terreno que não é seu para tirar proveito eleitoral. E só não conseguiu porque a imprensa percebeu claramente o seu objetivo do samba pelo voto.

Outros carnavais

O solo carnavalesco de Flávio Dino encontrou terreno fértil pela ausência das demais lideranças na folia.

Mesmo foliões de peso, como Ricardo Murad e Eduardo Braide, optaram pelo carnaval do interior, onde têm bases consolidadas ou em fase de consolidação.

Quem também desapareceu da folia foi o senador Roberto Rocha (PSDB), outro frequente em carnavais passados.

Naturalmente

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) teve uma discreta, mas efetiva participação no Carnaval de São Luís.

Sem precisar forçar a barra ou de imagens pré-fabricadas para impressionar, ela optou pelos seus circuitos de costume, ao lado de amigos e familiares.

E não precisou sequer chamar atenção para ser chamada por populares em locais onde a folia seguia.

Estado Maior

2 comentários »

Ricardo lança proposta inédita no país

2comentários

O ex-secretário de Saúde e pré-candidato ao Governo do Maranhão, Ricardo Murad (PRP), lançou nas redes sociais uma proposta inédita no país e que já está provocando discussão em meio aos policiais.

Caso seja eleito governador, Ricardo Murad afirmou que a escolha do Secretário de Segurança será por meio de eleição.

Segundo Ricardo Murad, o novo secretário será escolhido de uma lista tríplice escolhida por meio de voto pelos servidores da Polícia Civil do Maranhão.

“Vou fazer diferente. O secretário de Segurança Pública será escolhido em lista tríplice votada por todos os integrantes da Polícia Civil do Maranhão”, afirmou.

Foto: O Estado

 

2 comentários »