O gol mal anulado e a falta do VAR no mata-mata

0comentário

O Sampaio reclama de um gol anulado pelo árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro, na partida contra o São José, no último sábado pelo mata-mata de acesso à Série B. Seria o gol da vitória por 1 a 0, pois o lance aconteceu aos 44 minutos do 2º tempo.

E a reclamação é mais do que justa e necessária….

Durante a transmissão da partida, toda a imprensa, afirmou que o gol tinha sido irregular. Na verdade, o atacante Salatiel que concluiu a jogada de Welder estava mesmo impedio.

Mas o problema que não houve passe de Welder para Salatiel, mas de um jogador do São José que tira a condião de impedido. Mas tudo isso o árbitro não viu.

Uma imagem feita por um torcedor do Sampaio que estava atrás do gol mostra o contrário, mas a visão dele não era a visão da arbitragem.

O gol daria uma bela vantagem ao Sampaio que jogaria a partida de volta no Castelão por um simples empate.

Ai vem a questão levantada apenas pela Federação Pernambucana de Futebol que pediu à CBF que colocasse o VAR.

Sozinha no pedido, a FPF foi vencida e a CBF alegou dificuldades técnicas.

Mas é de lamentar a decisão da CBF, pois essa fase de mata-mata vale muita coisa às equipes. Muito mais do que acesso é a garantia de uma boa cota e calendário cheio em 2020.

Vale, desde já, as federações envolvidas nesta fase do mata-mata insistir com a CBF que coloque o VAR nos jogos de volta.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Demora e os erros do VAR provocam mais polêmica

1comentário

Que a parada no Campeonato Brasileiro Série A por conta da Copa América sirva para algumas equipes se reforçarem, para corrigir os erros, mas que sirva também para a Comissão de Arbitragem da CBF aprimorar o VAR.

Foram 7 rodadas até aqui e mais polêmica do que já havia no futebol brasileiro, pois mesmo com o VAR, os árbitros continuam errando bastante, ao ponto do jogo entre Botafogo e Palmeiras ter que ficar para ser decidido no Tapetão.

Além da polêmica que aumentou, o VAR trouxe uma paralisação imensa nos jogos. Injustificável até. São paralisações de no mínimo cinco ou até sete minutos.

É fato que o processo na arbitragem é novo e tem tudo para ser aprimorado, mas nada justifica tanta demora para definição dos árbitros.

Além disso, vimos total falta de padronização nos lances. Em alguns jogos, os árbitros decidem marcar pênaltis com auxilio do VAR em determinados lances. Em outros, iguais, a decisão é a de mandar o jogo seguir.

Que a parada da Copa América sirva para a CBF aperfeiçoar o VAR. Até aqui, ele só contribui para aumentar a polêmica no futebol brasileiro, pois não apenas o trio continua errando, o quarteto do VAR, também está errando.

Que melhorem o quanto antes…

Foto: Divulgação

1 comentário »

Não faltou VAR, faltou futebol

2comentários

O Brasil tropeçou na Suíça na estreia na Copa do Mundo na Rússia ao empatar com a Suíça por 1 a 1. Mas o que houve?

A Seleção Brasileira não jogou bem apesar do belo gol marcado por Philipe Coutinho. Na tentativa de mudar o panorama do jogo, nem mesmo o técnico Tite foi feliz nas substituições que não surtiram efeito algum.

Já ouvi muitas explicações, dentre elas o erro do juiz no gol da Suíca, pois o zagueiro Miranda foi empurrado e também em um pênalti não marcado em Gabriel de Jesus. Tudo porque não foi acionado o árbitro de vídeo, mas ainda assim a atuação da Seleção foi longe o esperado.

Ah, pode ter sido também o cabelo do Neymar que parecia estar mais preocupado em exibir o novo visual que em jogar bola. A verdade é que muitos jogadores não entraram em campo e por isso o Brasil não conseguiu jogar bem.

Assim como o Brasil, Alemanha, Argentina e Espanha não venceram na estreia, mas é necessário dizer que em Copa do Mundo não tem jogo fácil. Há muito tempo não tem mais nenhum bobo no futebol.

Mas o empate do Brasil pode ter um efeito positivo nos próximos jogos. Se quiser seguir adiante, a nossa Seleção vai ter que jogar bola diante da Costa Rica e da Sérvia.

Vamos esquecer esse primeiro jogo e o tal do favoritismo e procurar jogar futebol que é o que todos os brasileiros esperam.

Foto: Reuters

2 comentários »