O gol mal anulado e a falta do VAR no mata-mata

0comentário

O Sampaio reclama de um gol anulado pelo árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro, na partida contra o São José, no último sábado pelo mata-mata de acesso à Série B. Seria o gol da vitória por 1 a 0, pois o lance aconteceu aos 44 minutos do 2º tempo.

E a reclamação é mais do que justa e necessária….

Durante a transmissão da partida, toda a imprensa, afirmou que o gol tinha sido irregular. Na verdade, o atacante Salatiel que concluiu a jogada de Welder estava mesmo impedio.

Mas o problema que não houve passe de Welder para Salatiel, mas de um jogador do São José que tira a condião de impedido. Mas tudo isso o árbitro não viu.

Uma imagem feita por um torcedor do Sampaio que estava atrás do gol mostra o contrário, mas a visão dele não era a visão da arbitragem.

O gol daria uma bela vantagem ao Sampaio que jogaria a partida de volta no Castelão por um simples empate.

Ai vem a questão levantada apenas pela Federação Pernambucana de Futebol que pediu à CBF que colocasse o VAR.

Sozinha no pedido, a FPF foi vencida e a CBF alegou dificuldades técnicas.

Mas é de lamentar a decisão da CBF, pois essa fase de mata-mata vale muita coisa às equipes. Muito mais do que acesso é a garantia de uma boa cota e calendário cheio em 2020.

Vale, desde já, as federações envolvidas nesta fase do mata-mata insistir com a CBF que coloque o VAR nos jogos de volta.

Foto: Divulgação

Sem comentário para "O gol mal anulado e a falta do VAR no mata-mata"


deixe seu comentário