Athletico é campeão da Copa do Brasil

0comentário

A Copa do Brasil tem um campeão inédito. O Athletico-PR – o time que joga muita bola – já faz parte do rool dos campeões da Copa do Brasil e é a 17ª equipe a conquistar o título em 31ª edições da competição.

Após vencer em Curitiba por 1 a 0, o Athletico, do jovem técnico Tiago Nunes repetiu a dose e bateu o Internacional, em Porto Alegre, por 2 a 1 com direito a dois belos gols, especialmente o segundo.

Léo Citadini abriu o placar para o time paranaense. O Internacional foi buscar o empate com Nico Lopez, ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, o Internacional pressionou, mas parou nas defesas do goleitro Santos. O Athletico levava muito perigo nos contra-ataques.

Nos acréscimos, numa jogada genial de Marcelo Cirino que fez o que quis com a defesa do Internacional e colocou Roni na cara do gols para fazer o gol da vitória e coroar a vitória do time que foi melhor em campo.

Para chegar à final, o Athletico eliminou Grêmio, Flamengo e Fortaleza. Além do título, o rubro-negro paranaense leva o prêmio de R$ 53 milhões e conquista vaga antecipada na Copa Libertadores em 2020.

Parabéns, Furação!!!

Foto: Athletico

sem comentário »

Prefeitura promove ação de limpeza de praia em SL

0comentário

A Prefeitura de São Luís realiza no próximo domingo (22) um Dia D de mobilização e conscientização social e ambiental sobre a importância da manutenção da limpeza das praias. A ação é alusiva ao Dia Mundial da Limpeza de Praia, que ocorre em pelo menos 160 países sempre no mês de setembro. Na capital, a ação acontece da Praia da Ponta d’Areia ao Espigão Costeiro e praia da Guia. Estudantes de escolas da rede pública municipal, entidades da sociedade civil, órgãos públicos e a população em geral devem mais uma vez se juntar para participar da ação que tem como objetivo formar uma rede de proteção das praias de São Luís. A iniciativa integra a macropolítica de gestão de resíduos sólidos colocada em prática pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Este ano a ação é realizada em dois pontos diferentes da orla de São Luís. Às 7h do domingo, dia 22, tem início a concentração na Ponta d’Areia. O ponto de encontro é a Praça do Sol. Às 8h, terá a largada em direção ao Espigão Costeiro. Já na Praia da Guia, área Itaqui-Bacanga, a concentração será no Ponto Final da Vila Nova, também às 7h, com largada às 7h30, percorrendo a faixa de areia da praia.

Durante a ação, nos dois pontos da orla, voluntários farão a catação dos resíduos encontrados. Ao longo da faixa de areia, haverá ainda equipes de agentes de limpeza urbana da Prefeitura de São Luís fazendo a remoção manual e mecanizada dos resíduos mais pesados ou cujo manejo possa oferecer riscos aos voluntários, como objetos perfurocortantes.

Toda a ação será realizada conforme a tábua de marés e ao longo do percurso, os frequentadores da praia receberão dicas de como fazer o descarte correto do seu lixo e dicas de como reduzir a geração de resíduos, protegendo as praias da cidade. Ao final, tudo que for recolhido será pesado para que as pessoas tenham noção do quanto é descartado irregularmente nas praias de São Luís e os riscos que esse descarte traz. O trecho que vai da Praia da Ponta d’Areia ao Espigão Costeiro terá ainda a presença do Cidadão Limpeza Cidade Beleza.

Carolina Moraes Estrela, presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, explica que com esta ação do Dia Mundial da Limpeza de Praia, a gestão do prefeito Edivaldo espera promover a conscientização da população para o problema do descarte irregular do lixo urbano. “Nem todo o lixo que vai parar nas praias foi descartado irregularmente ali. A ação dos ventos, das chuvas, dos cursos d’água pode fazer com que o lixo descartado irregularmente em determinado ponto vá parar na orla, por isso, esta é uma ação de conscientização em relação ao manejo adequado do lixo e de preservação ambiental”, disse.

Foto: Douglas Junior

sem comentário »

Câmara aprova catalogação de bens imóveis em SL

0comentário

O plenário da Câmara Municipal aprovou, em segunda votação, projeto de lei, de autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), que institui o processo de catalogação dos bens imóveis (prédios, terrenos, galpões, por exemplo) pertencentes ao Município de São Luís.

O projeto seguiu para sanção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A proposta visa atender ao princípio da publicidade e contribuir para que a Prefeitura tenha um diagnóstico detalhado acerca de seus bens, o que poderá gerar economia para os cofres públicos.

De acordo com o projeto, a cada quatro anos o Município realizará o trabalho catalogação de todos os bens imóveis especiais e dominicais de sua propriedade, que estejam sob sua posse ou que sobre os quais exista qualquer direito real, devendo o resultado ser divulgado no primeiro semestre do último ano da gestão; tendo que ser publicado no Diário Oficial, no portal da Prefeitura, e uma cópia terá que enviada à Câmara de Vereadores.

Informações importantes deverão constar neste relatório, tais como localização, condições de conservação, o nome do órgão que usa o imóvel, se há locação, comodato ou qualquer direito real ou pessoal que incida sobre o bem.

“Ao ter um diagnóstico completo e detalhado dos seus bens imóveis, o Município poderá, a médio prazo, se organizar melhor. Por exemplo, pode ocorrer do Município ter prédio desocupado que poderia estar sendo utilizado ao invés de estar locando prédios de terceiros. Diante deste cenário, poderá se planejar e até gerar economia para os cofres públicos”, disse explicou Raimundo Penha.

O serviço poderá ser feito pelo próprio Município ou através de contratação de empresa especializada, desde que haja processo licitatório para tal fim.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Eudes entrega novos equipamentos à Guarda Municipal

0comentário

Dentre as ações que valorizam a população ribamarense, durante o mês de aniversário de São José de Ribamar, não poderiam faltar benefícios que impactassem diretamente na melhoria da segurança e bem-estar de uma das cidades que mais vêm recebendo turistas nos últimos anos, e que avança em crescimento e desenvolvimento como as grandes metrópoles.

Por isso, na noite da última segunda-feira (16), como parte do pacote de presentes no mês de aniversário da cidade, a Prefeitura de São José de Ribamar realizou a solenidade de entrega do material bélico e coletes a prova de balas para a Guarda Civil Municipal.

A Guarda Municipal de Ribamar já ocupa uma posição de destaque entre as corporações que trabalham para garantir a segurança pública dos municípios, estando entre as mais capacitadas para atuação dentro do município, garantindo o apoio a segurança juntamente com a Polícia Militar do Maranhão.

No mês de julho, 54 agentes da Guarda Municipal completaram o Curso de Armamento e Tiro, iniciado em janeiro deste ano e ministrado por Oficiais da PMMA. O curso contou com técnicas, teoria e prática sobre a utilização de armamento em ações de segurança como eventos, fiscalizações e barreiras de trânsito, abordagens à suspeitos entre outras operações.

Além do prefeito Eudes Sampaio, participaram da solenidade autoridades da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Maranhão e o diretor do IFMA de Ribamar, Marco Antônio Torreão. O secretário de Trânsito, Transporte e Defesa Social (SEMTRANS), Cel. Gonçalo Alves, lembrou o crescimento estrutural e logístico empregado na Guarda nos últimos anos, que vem proporcionando uma atuação cada vez melhor na cidade. “Hoje celebramos a conquista de vários objetivos e sonhos, e para que nós chegássemos a esse momento foi preciso a colaboração de várias pessoas. Podemos dizer que nossa guarda está entre as melhores do país”, lembrou o secretário.

Além da entrega dos armamentos e demais materiais que auxiliarão os agentes municipais na salvaguarda da população, contenção de conflitos, entre outras ocorrências, foi assinado ainda um termo de cooperação com o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) para a realização do curso de Formação Continuada de Proteção e Orientação do Trânsito.

O prefeito Eudes Sampaio lembrou todo o esforço realizado pela gestão ao longo de vários meses até a chegada deste momento. Ele falou ainda sobre a dedicação de vários entes como a Polícia Militar, Governo do Estado, Ifma, entre outros, que foram parceiros nas etapas que garantiram a formação com competência e principalmente de excepcional empenho por parte dos agentes da Guarda Municipal. “A gente sabe que o esforço que se tem feito tem valido a pena. Esta solenidade mostra o quanto perseguir um objetivo e ter um rumo a seguir vale a pena porque nós estamos aqui cumprindo uma missão que para muitos era impossível. Eu sonhava em ver a guarda no estágio em que está hoje”, finalizou Eudes Sampaio.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Projeto disponibilizará exames do SUS na internet

0comentário

Para facilitar a vida dos pacientes e economizar papel, com benefícios para o meio ambiente, projeto de lei em análise na Câmara dos Deputados determina que os resultados dos exames complementares do Sistema Único de Saúde (SUS) sejam disponibilizados digitalmente – pela internet, por exemplo. A proposta (PL 5119/19) foi apresentada pelo líder do PTB na Câmara dos Deputados, Pedro Lucas Fernandes (MA).

Segundo o parlamentar, são realizados por ano, no Brasil, mais de 900 milhões de exames de apoio ao diagnóstico apenas no SUS.

“Como os exames são da área da saúde, feitos de materiais geralmente diferentes do usual, não é frequente sua reciclagem, o que contribui para a poluição do meio ambiente. Além disso, a impressão dos exames traz um custo adicional para o SUS, que já tem passado por grande dificuldade pela insuficiência de recursos”, destaca.

Impressão

De acordo com a proposta, a impressão dos resultados dos exames ocorrerá apenas se for solicitada pelo paciente ou responsável. O projeto também define um prazo de dois anos após a publicação da lei para que os laboratórios e outros estabelecimentos de saúde se adequem às novas exigências.

“Como um laboratório é composto por equipamentos eletrônicos, entende-se que a aplicação dessa proposta é totalmente viável com a tecnologia já existente. Além de trazer economia, o acesso digital aos serviços de saúde facilitará o trabalho dos profissionais da área, já que os resultados serão disponibilizados imediatamente, agilizando a indicação de tratamentos de forma mais ágil”, afirma o deputado.

Pedro Lucas ainda destaca outro benefício para os pacientes: a disponibilização digital dos exames vai evitar o deslocamento desnecessário das pessoas, que não terão que comparecer novamente ao local onde fizeram o exame apenas para buscar o resultado.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Famem busca apoio para garantir bônus do pré-sal

0comentário

O representante da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão em Brasília, prefeito Miltinho Aragão (São Mateus), avalia que a mobilização do movimento municipalista registrada nesta terça-feira (17) apontou a prioridade da aprovação das regras da cessão onerosa no leque de assuntos apresentado ao parlamentares.

Os prefeitos encaminharam aos deputados e senadores um documento com detalhamento sobre os recursos oriundos da cessão. Do montante total, pelo menos R$ 10,9 bilhões devem ser transferidos aos cofres municipais no país. Destes, R$ 459.467.208 está projetado para os municípios do Maranhão.

A vice-presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Karla Batista, e o prefeito de Codó, Francisco Nagib, registraram a entrega do documento junto a diversos parlamentares do Estado. Na oportunidade, esteve representando o presidente da Famem, Erlanio Furtado.

Nesse périplo receberam o apoio do coordenador da bancada federal, deputado Juscelino Filho, e dos deputados Márcio Jerry (PCdoB), Eduardo Braide (PMN), Gil Cutrim (PDT), Edilázio Junior (PSD), Gastão Vieira (PROS), e dos senadores Weverton (PDT), Eliziane Gama (Cidadania) e Roberto Rocha (PSDB).

O movimento acompanha no Congresso Nacional a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 98/2019 que estabelece como critérios de partilha dos recursos provenientes do bônus de assinatura, resultado do leilão de petróleo do pré-sal, agendado para 6 de novembro.

“A cessão onerosa é a pauta primordial dos prefeitos, porque a liberação dos recursos até o final do ano vai contribuir bastante para o fechamento do orçamento do quadriênio e do ano. Isso vai agradar a todos, refletindo em todo o estado”, destacou o prefeito Miltinho Aragão.

A luta das entidades municipalistas encabeçada pela Confederação Nacional dos Municípios com apoio da Famem é para garantir aprovação dos critérios definidos pelo Senado Federal que toma como referência os índices do Fundo de Participação dos Municípios, FPM, e Fundo de Participação dos Estados, FPE. A PEC 98/2019 foi aprovada em dois turnos no Plenário do Senado Federal e deve representar R$ 10,9 bilhões nos cofres dos Municípios.

Na opinião do prefeito, há expectativa de que os recursos sejam liberados para o exercício fiscal de 2019. O diretor da Famem acredita que o repasse deve ocorrer em tempo exíguo, amparado pela situação que permite alteração na rubrica orçamentária.

“É fundamental que haja pressão. O pleito do municipalismo deve repercutir nas duas casas. Precisamos com urgência desta aprovação. Eles são nossos representantes e neste momento devem ter a sensibilidade para retribuir nosso apoio. Há tempos que os municípios vêm sofrendo com a crise”, ressaltou Miltinho Aragão.

Reforma da Previdência

Durante a mobilização no Congresso, os prefeitos também encaminharam aos senadores detalhamento sobre a PEC Paralela que trata da inclusão dos municípios na Reforma da Previdência. Segundo estimativas da Confederação Nacional dos Municípios haverá uma redução de despesa em torno de R$ 41 bilhões no período de quatro anos, e de R$ 170 bilhões em dez anos com aposentadorias e pensões para 2.018 municípios que possuem Regime Próprio de Previdência Social, (RPPS).

Foto: Divulgação

sem comentário »

Juscelino será relator do projeto que altera CTB

0comentário

O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) será o relator do Projeto de Lei nº 3267/2019, do Poder Executivo, que altera o Código de Trânsito Brasileiro. A Comissão Especial que vai tratar da proposta foi instalada nesta terça-feira (17), na Câmara dos Deputados. Luiz Carlos Motta (PL-SP) vai presidir o colegiado. Também foram eleitos o primeiro-vice-presidente Leur Lomanto Júnior (DEM-BA), o segundo-vice-presidente Hugo Leal (PSD-RJ) e o terceiro-vice-presidente Lucas Gonzalez (Novo-MG).

“A iniciativa do governo de encaminhar ao parlamento sugestões de ajustes é oportuna e bem-vinda, já que nosso CTB tem mais de 20 anos. Nada mais correto do que buscarmos uma atualização devido às evoluções, inclusive tecnológicas, que tivemos nesse período. Estou convencido de que o diálogo e o debate aberto e democrático nos ajudarão a encontrar a melhor forma de aperfeiçoar o código de trânsito, sempre priorizando a vida e a segurança das pessoas. Questões como a econômica vêm em segundo plano”, disse Juscelino Filho.

Devido à importância do tema, a proposição foi entregue à Câmara pessoalmente pelo presidente Jair Bolsonaro. Entre as medidas contidas estão a ampliação, de cinco para dez anos, da validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o aumento, de 20 para 40 pontos, do limite para suspensão do direito de dirigir. O projeto acaba com a exigência de exame toxicológico para motoristas profissionais e também com a multa para quem transporta criança de até sete anos e meio de idade sem cadeirinha.

“O PL tem pontos polêmicos e delicados, como esse da cadeirinha. É óbvio que você educa mais quando tem uma penalidade, é um problema cultural. Mas vamos enriquecer as discussões e formatar o melhor texto. A realização de audiências públicas será uma das principais estratégias que iremos adotar para conhecer a visão dos diversos grupos e segmentos que têm interesses ligados ao tema”, adiantou o relator, que pretende apresentar uma proposta de plano de trabalho na próxima reunião.

Ainda segundo Juscelino Filho, as diversas proposições legislativas já existentes e que tratam de questões de trânsito poderão ser aproveitadas durante os debates. O Projeto de Lei nº 3267/2019 tramita em caráter conclusivo na Comissão Especial. Se for aprovado, seguirá para o Senado Federal, sem precisar passar pelo plenário da Câmara dos Deputados.

sem comentário »

Moto e Sampaio querem gestão do Nhozinho Santos

5comentários

O prefeito Edivaldo Holanda Junior deve entregar o Estádio Nhozinho Santos no próximo mês de dezembro. Essa foi a promessa feito pelo prefeito durante visita ao estádio antes do aniversário de 407 anos de São Luís.

O estádio passa por reformas no gramado, vestiários, iluminação, bares, banheiros, acessos, alambrados, estrutura das arquibancadas e ganhará ares de modernização.

Com a reabertura do Nhozinho Santos, o interesse dos clubes em administrar o estádio deve aumentar. Sampaio e Moto, maiores rivais do nosso futebol devem enfrentar uma disputa neste sentido, mas tudo vai depender do interesse do poder púiblico em firmar parceria com os clubes.

O primeiro clube a manifestar interesse em assumir a administração do Nhozinho Santos foi o Moto, antes mesmo da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior iniciar a modernização.

A proposta de Parceria Público Privada (PPP) do Moto que seria apresentada em 2016, era bastante ousada e garantirá a reforma e manutenção do Nhozinho Santos, além da contratação e pagamento dos funcionários. Mas a Prefeitura não sinalizou no sentido da parceria. Agora, o Moto volta a demonstrar interesse.

“O Moto tem todo o interesse na gestão do Nhozinho Santos até porque o clube nasceu na Fabril e seria o local ideal para o clube mandar os seus jogos. Esse é um pleito antigo que o Moto vem fazendo e vamos apresentar a nossa proposta assim que a Prefeitura de São Luís lançar o edital de concorrência pública”, destacou o presidente Natanael Júnior.

Agora, o Sampaio demonstra interesse e Sérgio frota diz já ter uma proposta pronta e que será apresentada assim que o Nhozinho Santos for entregue totalmente reformado.

“O Sampaio tem todo interesse. Eu tenho uma proposta pronta há vários meses, mas vamos esperar o fim do ano para ver se o estádio será entregue mesmo. O Nhozinho Santos é um espaço para o futebol bem localizado no Centro de São Luís e nós sabemos que o poder público tem dificuldade em manter as nossas praças esportivas daí a parceria será muito interessante para todos’, disse o presidente Sérgio Frota.

O presidente do Maranhão, Robson Paz disse que o clube não tem nenhum interesse na gestão do Estádio Nhozinho Santos.

O presidente da FMF, Antonio Américo disse que já apresentou proposta para administrar o Nhozinho Santos e aguarda a manifestação da Prefeitura de São Luís.

“Já apresentei essa proposta, a pedido do então secretário Lula Filho [secretário de Governo], mas nunca obtive resposta. A FMF continua tendo interesse, mas, parece que, hoje, não o município não tem mais essa pretensão”, afirmou.

O secretário de Esporte e Lazer (Semdel), Rommeo Amim não se manifestou sobre o assunto.

Foto: Divulgação / Semdel

5 comentários »

Flávio Dino entrega Centro de Homodiálise em SL

1comentário

O governador Flávio Dino inaugurou, nesta terça-feira (17), o Centro de Hemodiálise São Luís, no Monte Castelo. A unidade acrescenta à gestão estadual 40 poltronas de diálise e tem uma capacidade instalada de atendimento de 240 pacientes. Com a inauguração, o número de poltronas do tipo passará a 226, um aumento de 804% em relação a 2014, quando apenas o Hospital Dr. Carlos Macieira fazia o serviço, com 25 poltronas.

“Este serviço vem em complemento a todos os pontos de ampliação de atendimento relativos à hemodiálise. Se soma a tantos outros que já inauguramos. Em verdade, aumentamos em mais de 800% o número de cadeiras. Faz com que tenhamos uma capacidade de atendimento em mais de 1.000% superior à que tínhamos no início do governo”, afirmou Flávio Dino.

Segundo o governador, a entrega do centro ocorre em um momento em que há uma profunda diminuição dos investimentos nacionais na área da saúde. “É um esforço permanente, planejado e organizado, resultando nesses indicadores expressivos de qualidade nesse item, que é tão importante para que possamos ampliar as políticas públicas de saúde. Estamos mostrando que nós temos firmeza no rumo de garantir serviços públicos de qualidade para todos”, complementou.

Com a entrega desta terça-feira, a fila por pacientes renais crônicos em São Luís será zerada, uma vez que, atualmente, 90 pacientes aguardam tratamento, de acordo com a Central de Regulação de Diálise do Estado.

“Hoje, vamos celebrar: nenhum paciente vai precisar esperar na fila com o Centro de Hemodiálise São Luís! Esses pacientes vão ser atendidos aqui, um local adequado, moderno e funcional. É um salto muito grande no tratamento de pacientes renais crônicos no Maranhão nos últimos quatro anos. Digo que quem salva uma vida, salva o mundo todo e é essa sensação que temos. Agora, deixamos de falar de morte para falar de vida, vamos dar condições de vida, de dignidade”, destacou o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula.

“É um avanço grande para o Maranhão, porque o Brasil tem andado diferente da forma como o Maranhão tem feito, somos o estado do Nordeste que mais investe em percentual dentro da receita corrente líquida. É importante a Assembleia Legislativa testemunhar aquilo que a gente aprova no orçamento sendo executado pelo Governo do Maranhão”, comentou o deputado estadual Neto Evangelista, na ocasião representando o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto.

Instalado na Rua Castro Alves, no Monte Castelo, atrás do Hospital Nina Rodrigues, o Centro de Hemodiálise São Luís funcionará em três turnos – matutino, vespertino e noturno, de segunda a sábado. Os atendimentos serão regulados pela Central Única de Regulação de Diálise do Estado. A unidade será gerenciada pela Emserh.

Fotos: Divulgação / Secap

1 comentário »

Justiça solta condenado pela morte de Laurinha

0comentário

Carlos Diego Araújo Almeida foi beneficiado por um habeas corpus da Justiça do Maranhão mediante decisão do desembargador Vicente de Castro. Ele foi condenado, em julgamento na última semana, a 11 anos e um mês de prisão pela morte de Laura Burnett Marão e lesão grave de Felipe Burnett Marão, em uma colisão de trânsito em 26 de abril de 2015, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís. As vítimas tinham oito anos à época.

De acordo com a decisão da Justiça, Carlos Diego deve comparecer ao Fórum Desembargador Sarney Costa, em São Luís, em um intervalo de 30 dias, e não pode sair do estado por mais de 15 dias. Para ele manter o benefício do habeas corpus, não pode também manter contato com testemunhas ligadas ao caso.

Em trecho da decisão, o desembargador diz que “por ser primário, possuir bons antecedentes, residência fixa e ocupação lícita, ele ostenta condições pessoais favoráveis à sua soltura”. Assim, ele pode recorrer em liberdade.

Carlos Diego foi condenado na última quarta-feira (14) em julgamento na 4ª Vara do Tribunal do Júri, em São Luís. Na sentença, a Justiça havia decidido que a pena de 11 anos e um mês deveria ser cumprida inicialmente em regime fechado, portanto sem a possibilidade de recorrer da sentença em liberdade.

G1 MA

sem comentário »