Sampaio perde em Recife e se complica na decisão

0comentário

O Náutico deu um grande passo rumo à conquista do tiítulo do Campeonato Brasileiro Série C ao vencer o Sampaio por 3 a 1, neste domingo (29), no Estádio dos Aflitos, em Recife.

Com a derrota, o Sampaio tem que vencer por três gols de diferença para conquistar o quarto título nacional. Se vencer por dois gols de diferença, a decisão do titulo será nas cobranças de pênaltis. O Náutico pode até perder por um jogo de diferença.

No jogo marcado por falhas da defesa do Sampaio, o Náutico marcou primeiro aos 27 minutos do primeiro tempo. Numa bola cruzada na área, Vitor Bafana tenta tirar de qualquer maneira, a bola bate em João Vitor vai para o próprio gol do Sampaio. Que lambança!

A resposta do Sampaio é rápida, aos 33 minutos, Josa tenta cortar a bola, mas ela vai para a área do Náutico e sobra para Roney acertar um belo chute de primeira.

O Náutico volta a ficar na frente aos 9 minutos do segundo tempo. Numa cobran;ca curta de escanteio, a bola fica com Wilian Simões que cruza na primeira trave, e Camutanga vai lá no alto. Testa para dentro da meta sem chance de defesa de Andrey que sai perdido no lance.

O Náutico ainda faria o terceiro aos 41 minutos em nova falha da zaga do Sampaio que bate cabeça, a bola sobra para Jhonnatan que chuta no cantinho.

A partida de volta entre Sampaio e Náutico será no próximo domingo (5), às 17h, no Estádio Castelão, em São Luís.

Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

sem comentário »

Caminhada reúne centenas de idosos no Rangedor

0comentário

Prefeitura de São Luís em parceria com o Ministério Público realiza a I Caminhada do idoso São Luís Saudável Centenas de idosos percorreram o Parque do Rangedor neste domingo (29) pela manhã, durante a I Caminhada dos Idosos São Luís Saudável, promovida pela Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal de Desportos e Lazer em parceria com o Ministério Público. O evento foi realizado como forma de comemoração ao Dia Internacional do Idoso, celebrado no dia 1º de outubro e integra a política de atenção a esta parcela da população promovida pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Integrantes do programa São Luís Saudável, ação da Prefeitura que leva atividades físicas a idosos de vários bairros da capital, participaram da caminhada ao lado de diversos outros idosos que se interessaram pelo evento. No local, faixas e cartazes traziam mensagens que faziam referência à pessoa idosa. Além da caminhada, os idosos participaram de aulas de dança e capoterapia, e puderam contar com profissionais da saúde no local do evento. Frutas e água mineral estiveram á disposição de todos que participaram.

“Esperávamos um grande evento, mas superamos nossas expectativas. Contamos com um numero considerável de idosos e pudemos levar atividades físicas e também dar uma maior visibilidade a estas pessoas que recebem a atenção da gestão do prefeito Edivaldo. Espero que possamos realizar outras iniciativas como esta não somente para os idosos, mas também outros segmentos que precisam de atenção”, destacou o Secretário Municipal de Desporto e Lazer, Rommeo Amin.

“Eu estou adorando esse evento. O tema é ótimo, o local é lindo, a atividade é fundamental para nós idosas. A organização foi muito boa. Estou torcendo para que tenham outros eventos como esse. A gente faz atividades físicas e acaba ficando mais saudável. Eu me divirto muito e adoro quando nos levam para passear e dançar”, destacou a dona de casa e aluna do Programa São Luís Saudável, Maria Irene.

A Caminhada teve como  principais objetivos  garantir a qualidade de vida, promover a plena inclusão e a cidadania do idoso, além de dar visibilidade às ações desta parcela da população. Além disso, espera-se  que a sociedade, de forma organizada, inclua gradativamente a prática do lazer em seu cotidiano comunitário. De igual forma, espera-se não apenas ocupar o tempo livre, mas resgatar a cultura de lazer dos cidadãos, inclusive as pessoas idosas. Após a caminhada, foram realizadas atividades de integração nas dependências do Parque do Rangedor.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

O estilo agregador de Carlos Brandão na política

0comentário

Apesar de ser vice-governador e aliado político do governador Flávio Dino (PCdoB), Carlos Brandão (PRB) segue com seu estilo próprio e agregador de fazer política.

Brandão tem aproveitado as ausência de Dino, que segue visando a disputa nacional em 2022, para ganhar espaço no cenário político local e vai também se viabilizando para 2022, mas na disputa estadual, já que é naturalmente cotado para substituir o comunista.

O vice-governador segue mostrando estar em um excelente momento e com bom trânsito entre todas as correntes políticas. Nesta semana, durante a entrega da praça do Mururu, no bairro do Coroado em São Luís, Brandão distribuiu alto astral. Ao lado do deputado federal Pedro Lucas, com sua característica de agregador, a certeza de que o trabalho está no rumo certo.

Brandão também pode ser decisivo em 2020, evitando até o que se avizinha, um derrota de Flávio Dino nas urnas com os seus candidatos na disputa eleitoral em São Luís.

O vice-governador tem, com seu estilo agregador, construído alguns caminhos e direta ou indiretamente pode sair vitorioso em 2020 e com isso minimizar a derrota do comunista.

Mas isso é assunto para uma outra postagem…

Blog de Jorge Aragão

sem comentário »

O tiro e a toga

0comentário

Por José Sarney

O grande escritor e jornalista, que modernizou a imprensa brasileira, Odylo Costa, filho, contava uma história dos antigos tempos, do início do século XX, no tempo das intervenções salvacionistas, passada com um interventor do Piauí, violento e autoritário, como eram as autoridades daquela época e naquelas circunstâncias ditatoriais. Num Tribunal do Piauí, seu pai, o Desembargador Odylo Costa, foi testemunha da invasão da Corte por um grupo de policiais, que vinha com a ordem do Governo comunicando aos desembargadores que, se concedessem um habeas corpus a um preso que o Interventor tinha mandado encarcerar, ele dissolveria o tribunal.

Mesmo sob essa ameaça, a Casa resolveu conceder o habeas corpus. Foi o quanto bastou para que a polícia entrasse no recinto da Corte, caísse de tiros e dissolvesse a sessão.

Contava Odylo que, graças à prudência do seu pai, eles ainda o tiveram vivo por muitos anos, para alegria de toda a família. É que o velho Odylo, sentindo o clima, foi um dos primeiros a retirar-se. Muito mal dera-se um colega seu, retardatário, que saiu correndo, teve sua toga presa na maçaneta de uma porta e, sem olhar para trás, gritava: “Me larga, soldado, que eu votei contra o habeas corpus.” Outro colega, menos prudente, pegou um tiro nas partes pudendas.

Odylo, numa crônica deliciosa para o “Diário de Notícias”, do Rio de Janeiro, contou esse episódio, que já deve ter uns cem anos.

Recordei-me desse fato pensando que isso era um fóssil jurídico da história da magistratura no Brasil. Não é que agora, para perplexidade nacional, um ex-Procurador-Geral da República diz que foi a uma sessão do STF preparado, com premeditação e bala na agulha, para matar um ministro do Supremo Tribunal Federal. Fato que, graças a Deus, não aconteceu, para a sorte do País, mantendo presente e defendendo os direitos individuais o Ministro Gilmar Mendes; e o Dr. Janot, tomando tranquilamente seu aperitivo, quando podia, por um gesto de ira, ter ido fazer companhia ao colega Fernandinho Beira-Mar no complexo da Papuda.

E nós nos lembramos do provérbio do rei Salomão, que diz: “Nada existe de novo debaixo do sol.”

Mas, certamente, o velho Odylo nunca teve medo da bala dos seus colegas, nem dos representantes da sociedade, função do Ministério Público.

Agora eu acho que, por prudência, como tinha aquele velho magistrado piauiense, não só os juízes, mas também os advogados, devem apegar-se com os santos e com o cumprimento do Estatuto das Armas, exigindo que a Polícia não admita porte de armas nos tribunais e em nenhuma das serventias judiciais, porque senão, em vez de surgir a Justiça que todos vão buscar, pode-se encontrar a bala, que, em vez da vida, traz a morte.

E a deusa da Justiça, que está à frente dos tribunais com os olhos vedados, deve tirar a venda, porque senão ela pode ser atingida por uma bala perdida.

Coluna do Sarney

sem comentário »

Náutico e Sampaio iniciam decisão da Série C

0comentário

Náutico e Sampaio iniciam neste domingo (29), às 16h, no Estádio dos Aflitos, em Recife, a decisão do Campeonato Brasileiro Sërie C.

O Sampaio e a FMF tentaram a interdição dos Aflitos alegando a falta de segurança após a invasão de torcedores do Náutico no jogo de acesso contra o Paysandu, mas o pedido foi negado pelo STJD.

As duas equipes já se enfrentaram duas vezes na primeira fase da competição e o Náutico levou a melhor vencendo por 2 a 0, em São Luís e 2a 1, em Recife.

Para a partida de hoje, o Sampaio não terá o zagueiro e Capitão Paulo Sérgio que se recupera de contusão. A única dúvida do técnico João Brigatti é no meio-campo entre Rodrigo Andrade ou Lucas Hulk.

O time do Sampaio enfrenta o Náutico com Andrey; Everton, Vítor Bafana, Odair Lucas e João Vitor; Ferreira, Eloir, Rodrigo Andrade (Hulk) e Esquerdinha; Salatiel Júnior e Roney.

Tudo sobre Náutico e Sampaio você acompanha pela Rádio Mirante AM.

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

sem comentário »