Edivaldo destaca sucesso na ação de limpeza das praias

0comentário

Duas grandes ações de mobilização e conscientização social e ambiental sobre a importância da manutenção da limpeza das praias foram realizadas pela Prefeitura de São Luís neste domingo (22) na região da Ponta d´Áreia e do Anjo da Guarda. Durante as ações, alusivas ao Dia Mundial da Limpeza de Praias, foram recolhidos mais 1.800 quilos de resíduos recicláveis. Cerca de 1.500 pessoas participaram da mobilização. A iniciativa integra a macropolítica de gestão de resíduos sólidos, colocada em prática pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Este ano, a Prefeitura de São Luís, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, reuniu vários grupos voluntários de limpeza de praia uma ação conjunta, ampliando sua força, atuação e colaboração entre todos. Além dos grupos voluntários, a ação contou com a importante participação dos estudantes de escolas da rede pública municipal, entidades da sociedade civil, órgãos públicos e a população em geral, que dessa vez se juntaram de forma ordenada formando uma grande rede de proteção e preservação nas praias da capital.

O prefeito Edivaldo Holanda Junior, destacou a importância e o sucesso da ação.  “A cada ano essa ação fica maior, com o grande envolvimento da população. Diariamente, nossas equipes recolhem uma quantidade significativa de resíduos descartados de forma irregular nas nossas praias. A gestão tem um planejamento, mas cuidar do nosso espaço, do nosso ecossistema, do nosso meio ambiente, é tarefa de todos nós”, disse o prefeito Edivaldo.

Ao final, tudo que foi recolhido foi para o Lixômetro, onde puderam pesar e conferir o quanto de lixo foi recolhido para que as pessoas tenham noção do quanto é descartado irregularmente nas praias de São Luís e os riscos que esse descarte traz ao ecossistema marítimo, a saúde da população. Este ano foi recolhido 986 quilos de resíduos recicláveis, 72 quilos de coco e 15 quilos de vidro na Praia da Ponta d’ Areia e na Praia da Guia foi recolhido 728 quilos, totalizando 1.801 quilos de resíduos recicláveis.

Foto: Agência São Luís

sem comentário »

Sampaio e Náutico decidem o Brasileiro Série C

0comentário

Definidos os finalistas do Campeonato Brasileiro Série C. Duas equipes nordestinas, Sampaio e Náutico se classificaram para a grande final.

O Sampaio já havia se classificado após vencer os dois jogos contra o Confiança, 2 a 0, em Aracaju e 1 a 0, em São Luís.

O Náutico se classificou após vencer o Juventude por 2 a 1, no Estádio dos Aflitos, em Recife e levar a decisão para os pênaltis e fazer 4 a 3, diante dos gauchos que haviam vencido a primeira partida pelo mesmo placar.

O Sampaio tem a melhor campanha, por isso faz a segunda partida no Castelão. O Náutico abre a decisão, nos Aflitos.

Sampaio e Náutico já se enfrentaram duas vezes na primeira fase e os pernambucanos levaram a melhor, pois venceram em São Luís por 2 a 0 e em Recife por 2 a 1.

Mas é necessário lembrar que, na derrota em São Luís, o Sampaio ainda era comandado pelo técnico Julinho Camargo e não atravessava um bom momento na competição. No jogo em Recife, o Sampaio teve vários desfalques e mesmo assim vendeu caro o resultado.

Apesar da vantagem do Náutico nos confrontos, a história agora é outra, pois é um título nacional que está em jogo e o momento do Sampaio é bastante positivo.

Foto: Léo Lemos / Náutico

sem comentário »

Duarte Jr. e Carlos Brandão cada vez mais próximos

0comentário

O PCdoB tem, a cada dia, deixado claro que o seu pré-candidato preferido à Prefeitura de São Luís é o deputado federal licenciado e atual secretário de Cidades, Rubens Júnior.

Desta forma, restará ao deputado estadual Duarte Júnior, melhor nome posicionado nas pesquisas eleitorais do grupo político de Flávio Dino, buscar uma outra legenda, caso mantenha a intenção de disputar as eleições em 2020.

Duarte já recebeu alguns convites de outros partidos, mas a proximidade com o vice-governador, Carlos Brandão, tem deixado claro que o caminho de Duarte, caso deixe o PCdoB, será o PRB.

Os dois políticos tem estado cada vez mais próximos e a ida de Duarte para o PRB, não só parece uma questão de tempo, como também será vantajosa para ambos.

Duarte terá uma forte legenda para a disputa de 2020, enquanto que Brandão, com a ida de Duarte para o PRB, se fortalece na capital maranhense visando o seu projeto de 2022, quando pretende disputar o Governo do Maranhão.

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

Brigatti diz que Sampaio tem ‘elenco de guerreiros’

0comentário

Sem sustos, o Sampaio Corrêa venceu mais uma vez o Confiança, na tarde deste sábado (21), no jogo de volta das seminfinais do Brasileirão Série C, no Castelão. Além da vaga na final, a equipe confirmou o primeiro lugar geral da competição com 41 pontos e garantiu a decisão (o segundo jogo) em São Luís.

A Bolívia Querida foi superior em ambos os tempos e conseguiu a vitória com personalidade diante dos sergipanos. Sem muitos sustos, o time pecava apenas na pontaria, mas sempre levando perigo ao gol adversário.

O técnico João Brigatti não escondeu a felicidade por mais um tirunfo e elogiou a entrega dos jogadores para garantir a vaga na final.

“Pra chegar até um final, você tem que jogar com esse espírito decisivo. Os jogadores foram guerreiros dentro de campo e deram o seu máximo. É claro que ainda precisamos melhorar em alguns aspectos técnico e táticos, mas o que correram, a forma como se doaram hoje diante de uma equipe muito díficil, eu só tenho a enaltecer o nossos elenco. Nosso elenco é de “Guerreiros”, exaltou.

Ainda pregando o discurso de valorização total do elenco, o técnico deixa claro a força conjunta da equipe e destaca a utilização de todos os atletas durante o campeonato.

“É o que sempre falo, não é um atleta que vai ganhar. Um jogador pode ganhar o jogo, mas quem ganha título é o elenco. Nosso time é muito forte, utilizamos todos os atletas ao longo desse campeonato. Então você pode ver que a força vem de todos, e não apenas de um”, finalizou.

O tricolor maranhense agora espera seu adversário ser definido no confronto entre Náutico e Juventude, neste domingo, às 18h.

Foto: Elias Auê

GE MA

sem comentário »

Edivaldo acompanha mutirão de consultas

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior acompanhou na manhã deste sábado (21) o mutirão de consultas que foi realizado no Centro de Especialidades Médicas (CEM) do Filipinho. A ação beneficiou cerca de 175 pessoas que puderam realizar consultas em cardiologia, neurologia e otorrinolaringologia, além de fazer a autorização dos exames solicitados. A ação atende à determinação do prefeito Edivaldo de ampliar o acesso da população aos serviços de saúde.

O prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, e do secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destacou a importância da ação. “Temos investido na melhoria dos nossos serviços de saúde, implantando novos atendimentos e ampliando os serviços já disponíveis na nossa rede. Ações como a de hoje são importantes, sobretudo para aquele cidadão que não tem tempo de ir ao médico durante a semana”, disse o gestor municipal.

Uma grande equipe médica foi mobilizada para garantir a celeridade do atendimento a quem foi ao CEM Filipinho neste sábado. Sete médicos especialistas da unidade estiveram à disposição dos pacientes.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, explicou que o objetivo do mutirão foi atender à demanda reprimida. “A Semus constatou que havia um volume grande de consultas marcadas para serem realizadas em um período longo de tempo, e sabemos que a resolutividade em saúde passa pela agilidade do atendimento, por isso, decidimos oferecer o serviço, em caráter excepcional”, informou.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Deepfake e as Eleições

0comentário

Por Anna Graziella Santana Neiva Costa

É tão incontestável que as redes sociais impactam a vida em sociedade, como inquestionável que as características do meio virtual potencializam os problemas a serem arrostados em uma democracia, particularmente durante o período eleitoral.

Estamos diante de um desafio que parece intransponível vez que, se a livre circulação da notícia, por um lado, representa a democratização do acesso à informação, por outro, poderá causar graves prejuízos à democracia. É nesse contexto de fricção que deveremos achar soluções.

Novo pleito já está no horizonte trazendo perscrutações sobre as sequelas tecnológicas no sistema democrático nesse contexto de uma sociedade de hiper informação e de utensílios tecnológicos baratos. Estará a vontade popular ameaçada em 2020?

Enfatizo que as famosas fake news ganharam requinte de crueldade com o advento da deepfake, uma nova ferramenta de edição de vídeos que usa inteligência artificial para trocar o rosto de pessoas em vídeos, acrescendo não apenas a face, mas a sincronização de movimentos labiais e expressões, causando resultados impressionantemente convincentes.

O programa torna simples um processo demorado, que exigia de profissionais especializados, horas de trabalho para a edição manual de vídeos. O procedimento foi perigosamente superado por essa ferramenta. Agora, qualquer usuário desse sistema é capaz – dispondo apenas de fonte para reconhecer o modelo do rosto da “vítima” – de mapear a estrutura da cabeça-destino e fazer uma sobreposição de faces tão real que torna praticamente impossível a percepção da artimanha.

O software ajusta a movimentação de um vídeo original ao novo rosto e isso inclui, como já destacado, expressões faciais e movimentos labiais. Com efeito, quem vivenciou a dinâmica fático-jurídica da eleição passada, certamente, está com o botão de pânico acionado.

Ora, se manchetes de jornal e blogs, postagens em redes sociais, condimentadas com fake news, tiveram o condão de causar tormenta à Justiça Eleitoral brasileira e tumultuar o andamento da eleição de 2018, o que causará a disseminação de vídeos com o rosto do candidato, suas expressões faciais, em cenas desprezíveis e reprováveis?

Considerando a pauta do mundo contemporâneo, temos um compromisso inescapável: garantir que o processo eleitoral transcorra de modo regular, observadas as balizas constitucionais, para que candidaturas legítimas sejam as escolhidas nas eleições. Logo, a meditação sobre como as regras eleitorais devem ser (re)formuladas e, quais ferramentas irão dispor os operadores do direito, para evitar que estratagemas tecnológicas fomentem a proliferação de notícias falsas, maculando a ambiência de normalidade e lisura que afiançam o sistema democrático brasileiro, é necessidade premente.

A temática inflige implementar olhar conglobante para os princípios gerais do Direito Eleitoral aptos a guarnecer o enfrentamento da celeuma, uma vez que é condição precípua de qualquer eleição, a exigência de um cenário límpido, mantendo incólume a vontade popular.

A indagação que nos deixa ensimesmados no contexto atual é, (apreciando dados de 2015 dando conta que o brasileiro consultava o celular, em média, 78 vezes ao dia) o que acontecerá a democracia brasileira com os enigmas “tecno-eleitorais” expostos na prateleira de uma sociedade líquida, fluida e imediatista?

Já dizia Carlos Drummond, “No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho” e decidiremos fazer o que com ela? Se a tradição do mundo é mudar, é escolha individual e solitária de cada um fazer uso do melhor de todos os softwares, a sua mente, e rodar um programa infalível: atitude.

Reset-se.

*Anna Graziella Santana Neiva Costa é advogada, pós-graduada em Direito Constitucional e em Ciência Jurídico-Políticas; MBA em Direito Tributário; pós-graduanda em Direito Eleitoral e membro da Comissão Especial Eleitoral do Conselho Federal da OAB; mestranda em Ciências Jurídico-Políticas. E-mail: [email protected]

sem comentário »

Umbelino Junior alerta para segurança no trânsito

0comentário

O Presidente da Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara Municipal de São Luís, vereador Umbelino Junior (Cidadania 23), participou, na tarde desta sexta-feira, 20, da segunda edição da campanha “O trânsito e a vida de alguém”, realizada pelo Instituto Inaldo Abreu.

A ação foi realizada na Avenida Vitorino Freire, via de grande movimentação que dá acesso a diversos bairros da capital.

Durante a ação, foram realizadas ações de conscientização aos motoristas e pedestres. Sensibilizado com o tema, o vereador Umbelino Junior, participou ativamente dos trabalhos e pessoalmente, entregou folhetos e conversou com a população.

“Esse é um momento muito importante, é a hora em que organizações e instituições se mobilizam para conscientizar os condutores e assim evitar acidentes. Todos nós devemos fazer a nossa parte, devemos valorizar a vida”, alertou Umbelino.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Tempo de maré grande

0comentário

Por José Sarney

O fenômeno é geológico e, portanto, acontece antes do tempo da humanidade: a maré sobe e desce mais em função da sizígia, isto é, do alinhamento dos astros, no caso Terra, Sol e Lua e sobretudo dos equinócios, que são os momentos em que o Sol cruza o Equador.

Para proteger os terrenos destas marés grandes, foi preciso que Roseana fizesse o Espigão da Ponda D’Areia. Uma alternativa seria proteger a cidade com diques, à maneira dos holandeses, que vivem muitas vezes abaixo do nível do mar (em 17% do território) e sempre dependentes do manejo cuidadoso das comportas, que permitem o acesso ao Mar do Norte ou aos lagos como o Markermeer, que banha Amsterdam.

Esses holandeses — naturais dos Países Baixos, será que os devíamos chamar baixinhos? —, quando vieram ao Maranhão, já tinham começado, lá, a conquistar o mar, construindo os polders. Estes aterros com diques, que eles não inventaram, mas aperfeiçoaram de tal maneira que ninguém pode pensar neles sem pensar nos neerlandeses — assim são chamados, oficialmente, os holandeses —, constituem mais de metade da superfície terrestre da Holanda. Nos últimos anos, preocupados com as mudanças climáticas, eles têm preparado novas medidas, que vão da elevação dos diques até a mecanismos de controle muitíssimos engenhosos e serviços de monitoramento avançados. Com isso, andar ou navegar por Amsterdam é coisa que se pode fazer sem medo de se molhar com água vinda do mar — quando cai das nuvens não tem jeito, molha como aqui.

Fico pensando se eles não escolheram Recife e São Luís já de olho em diques que poderiam fazer. Mas no caso daqui talvez a razão seja outra, a profundidade dos canais da Baía de São Marcos, equivalente à de Rotterdam. É claro que, naquela época, não se podia nem sonhar com os mega navios que fazem fila para entrar no porto do Itaqui.

Quando fizemos a Barragem do Bacanga, preparamos tudo para fazer o fechamento na maré seca, o contraponto da maré alta, portanto a mais baixa das marés. A subida da maré foi mais rápida que nossos caminhões de pedras, e de repente um pequeno trator começou a ser cercado pelas águas. Como não tínhamos tempo de o salvar sem perder o trabalho, mandei que o deixassem lá, e ele é hoje parte do dique de fechamento

Nossas marés, as maiores do Brasil, estão longe das maiores do mundo, que se aproximam dos 20 metros. A mais famosa não é a maior, mas a do Monte Saint-Michel, segundo ponto turístico da França, onde se diz que ela sobe como um cavalo a galope. Bem, ali São Miguel Arcanjo jogou o Diabo no Inferno, é natural que a natureza se agite. Perto, em Saint Malo, foi feita a grande usina elétrica de La Rance, que utiliza a força das marés.

Não sei é por que a Prefeitura de São Luís colocou mais quatro quadriciclos, em vez de botes, para ajudar a prevenir que algum descuidado, se afogue em terra, pois o risco é de ser pego desprevenido pela chegada da maré de sizígia do equinócio de setembro, que será na segunda-feira.

Bom banho!

sem comentário »