Governo faz ‘pente fino’ em Pedrinhas

2comentários
Após ataques, governo faz ‘pente fino’ em unidades do Complexo de Pedrinhas

Após ataques, governo faz ‘pente fino’ em unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas

Homens das forças de segurança pública no Maranhão realizam nesta manhã de sexta-feira (30) uma operação ‘pente fino’ nas unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA). O objetivo é buscar armas, drogas e celulares, e desarticular criminosos que possam estar envolvidos com os últimos ataques criminosos na capital maranhense e em Imperatriz, no oeste do Maranhão.

Foram ao todo nove ataques a ônibus entre a noite de quinta e manhã desta sexta-feira (30) confirmados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) em São Luís, sendo quatro ônibus totalmente queimados e cinco tentativas. Outras duas escolas foram incendiadas. Em nenhuma das ocorrências houve mortos ou feridos. Até o momento, 23 suspeitos foram presos.

Em noite de terror em São Luís, cinco ônibus foram completamente destruídos nos ataques

Em noite de terror em São Luís, cinco ônibus foram completamente destruídos nos ataques

Ao todo, mais de 700 homens participam da ação ostensiva, sendo 450 agentes de segurança prisional da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), 150 homens da Polícia Militar, e 100 policiais civis.

Na madrugada, o governador Flávio Dino (PCdoB) reuniu-se com todo o comando da segurança pública do Estado para realinhar estratégias de enfrentamento aos ataques e prisão de novos suspeitos. “Durante anos deixaram o poder das facções criminosas crescer. Agora estamos enfrentando e não vamos ceder a chantagens para volta ao passado. Mobilização total contra esses ataques”, disse.

Cúpula da segurança pública se reuniu com o governador Flávio Dino durante a madrugada

Cúpula da segurança pública se reuniu com o governador Flávio Dino durante a madrugada

Nesta manhã, Flávio Dino afirmou que os ataques ocorridos foram organizados por facções criminosas que querem retomar controle do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. “Facções criminosas, com claros apoios políticos, resolveram se unir para tentar impor as suas próprias regras na Penitenciária. Quando chegamos ao governo, facções mandavam na Penitenciária de Pedrinhas. Desde então, estamos aplicando organização e disciplina”, disse.

Em nota, o governo divulgou nota dizendo que não deve ‘ceder às facções criminosas, cujas chantagens lançadas nos últimos dias à gestão prisional têm como único objetivo restabelecer o caos no Sistema Penitenciário do Maranhão’.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) garantiu aumento no efetivo policial, com homens das polícias Civil, Militar e do Exército Brasileiro.

Leia a íntegra da nota divulgada pelo governo:
O Governo do Estado, disposto a não ceder às facções criminosas, cujas chantagens lançadas nos últimos dias à gestão prisional têm como único objetivo restabelecer o caos no Sistema Penitenciário do Maranhão, realiza neste momento uma megaoperação de revista simultânea em todas as unidades do Complexo Penitenciário de São Luís.

Mais de 700 homens participam da ação ostensiva, entre os quais 450 agentes de segurança prisional da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), 150 homens da Polícia Militar, e 100 policiais civis. O objetivo é realizar um “pente fino”, em busca de possíveis armas, drogas e celulares, e desarticular a manobra de criminosos que possam estar envolvidos com os últimos ataques criminosos na capital.

Leia mais

2 comentários para "Governo faz ‘pente fino’ em Pedrinhas"


  1. Raimundo Nonato Lima Moraes

    Certa vez o falecido governador Leonel Brizola do Rio de Janeiro falou que não colocaria a polícia para enfrentar os bandoleiros dos morros cariocas,pois a população é que sofreria com tal combate e tinha razão.Alguns anos após, outros políticos do mesmo Rio ,falaram que a violência no referido estado davá-se em decorrência desse fato,pois segundo eles, o mesmo,tinha deixado a segurança pública a ver navios.Agora o tempo e não eu, mostrou que Brizola tinha razão,pois mesmo que fosse culpa dele ,já daria para ter revertido a situação,pois quantos governadores já entraram após ele e a situação continua a mesma,com a população apavorada e sempre com morte de muitos inocentes.Quando aconteceu toda aquela parafernália no governo passado,chegou a cogitar-se que a governadora tinha culpa,mas as gestões anteriores também,por deixar chegar a um patamar elevado.E assim o Brasil vai descendo a ladeira.Quem determina tudo é a corrupção e você pode ter estratégia,bom serviço de inteligência,mas só isso não basta,pois o assunto é mais complexo que se pensa e não para de minar.O problema é a organização criminosa dominar o local e parece que ai no maranhão tornou-se forte.Com a palavra a Segurança Pública,através do Governador.

  2. nego,neguinho,negada

    Ok, beleza de reunião ate tarde da noite com todo o aparato de segurança pra tirar foto e etc.., o que saiu de ação concreta dessa reunião? Pente fino outra vez em Pedrinhas? Sim,tudo bem, mais tem que identificar por onde entrar esses celulares, por agente terceirizados, por familiares, por cima do muro, como eles conseguem?
    A Equipe de inteligencia eu tenho certeza que sabe quem são os vagabundos que ordenaram o ataque, o que sera feito com eles? Eu sei responder, como toda a população sabe o que fazer, e o Governador e o Secretario J.Portela vai agir?
    O que mais olho hj na blogosfera e no twitter são os contra e a favor do Governo se digladiando e culpando um e outro, e nesse jogo sujo, nessa ZONA, o povo, essas facções, como dizem não querem prejudicar o povo, mais esses animais, queimando onibus,escola,carros particulares,matando inocentes, eles estão prejudicando quem?
    Não adianta Edlazio, Andrea Murad, Adriano Sarney irem a tribuna e ficar com discurso politiqueiro
    Não adianta – Rogerio Cafeteira, Othelino, Marcio Jerry e outros ficarem jogando a culpa em governo passado.
    O que queremos é uma ação dura, rápida,concreta, e de forma dura, basta de INSEGURANÇA.
    E não me venha aqui os puxas de um lado e de outro falar que isso esta acontecendo no Pais inteiro, não interessa isso, temos que concerta é aqui na nossa cozinha e quem não consegue é problema deles.

    A CULPA É DE TODOS QUE ESTÃO A FRENTE DO COMANDO DO ESTADO, GOVERNADOR, SECRET. SEGURANÇA, DEPUTADOS FEDERAIS, ESTADUAIS. TODOS

deixe seu comentário