Plano ousado

4comentários

HansNina

O Moto completa 78 anos de fundação neste domingo e se depender da nova diretoria, o clube vai ter mudança de endereço nos próximos meses. O CT Pereira dos Santos, em São José de Ribamar, pode ficar como segunda opção para o clube. A diretoria busca a mudança de endereço para a área central de São Luís.

O clube iniciou as conversas com o Governo do Estado por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel). O objetivo é ter apresentada uma área no Aterro do Bacanga para que o empreendimento pudesse ser erguido.

O projeto consiste em conseguir recursos por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Concluída esta primeira etapa, o clube iniciaria a construção de um Centro de Treinamento com dois campos em dimensões oficiais e um ginásio. Além de treinar seus times, o Moto faria com que a comunidade tivesse acesso às dependências para praticar esporte e desenvolver outras atividades culturais.

“A ideia inicial prevê um campo de futebol, preferencialmente em grama sintética devido o menor custo de manutenção, um campo de futebol society, também em grama sintética, um ginásio, com quadra poliesportiva, para várias modalidades, incluindo esportes coletivos, artes marciais, academia, salas e vestiários”, explicou o presidente motense, Hans Nina.

MotoClub

O dirigente motense defende a ideia de que a parceria do Governo com o Moto faria com que a área, que fica próxima ao Ceprama, seria revitalizada com o CT.

“O Moto irá viabilizar a construção da praça esportiva e irá usufruir da estrutura durante a parceria, juntamente com o Governo, sem que esse tenha feito desembolso direto do custo da obra. Ao final, essa área volta integralmente para o Estado dar continuidade às atividades”, explicou.

“O que o Moto ganha com isso? Posso enumerar: uma melhor estrutura física para trabalhar; uma maior proximidade com a população, pois estaremos em uma excelente área de acesso às pessoas, o que ajuda no posicionamento da nossa marca; consequentemente, aumentaremos o tamanho da nossa torcida. Sem falar nas marcas e patrocinadores que desejarão se associar a esse projeto, pela visibilidade que ele permite”,  finalizou.

Foto: Guillbert Silva / Moto Club

Leia mais

4 comentários »

Governo recupera Complexo no Aterro

0comentário

robertocosta

sem comentário »