Entrou no jogo

0comentário

Se a ex-governadora Roseana Sarney será, ou não, candidata a prefeita de São Luís – como defendem lideranças do MDB desde o mês passado – essa é uma decisão que caberá a ela no fim das contas.

Mas, candidata ou não, um fato é notório: o simples surgimento do nome da emedebista entre os “prefeituráveis” já colocou o seu partido num outro patamar.

Totalmente fora do debate político-eleitoral da capital até meados do mês de novembro, o MDB voltou à cena a partir do momento em que o deputado estadual Roberto Costa decidiu anunciar, em discurso na Assembleia Legislativa, que o “plano A” da legenda seria Roseana.

Desde então, não se debate mais a sucessão em São Luís sem se levar em conta o nome da ex-governadora. Ou seja: o MDB está no centro da mesa de discussões. E com cacife alto.

E sabendo-se em que condições Roseana decidiu encarar uma dura disputa pelo Governo do Estado em 2018, não seria surpresa se, ainda que reticente no atual momento, ela topasse encarar mais uma candidatura em sua carreira política.

Nem, nem… 

A primeira declaração da ex-governadora Roseana Sarney, na manhã de ontem, sobre uma possível candidatura, foi reticente.

Durante evento do partido na Assembleia Legislativa, ela apenas deixou no ar a possibilidade, mas sem muita convicção. – Não descarto. Não aprovo, nem desaprovo. Vamos ver – , disse, apenas, antes da entrega de medalha o presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi.

Outro tom

Já ao discursar para militância, num encontro de líderes do MDB, minutos depois, foi um pouco mais incisiva.

Empolgada, admitiu: – Vou pensar no que vocês estão me propondo, porque eu sou uma mulher que não fujo à luta, eu sou uma mulher que encaro, e se for essa a minha missão, eu vou cumprir com minha missão.

Logo em seguida, porém, um novo recuo: “Não estou afirmando nada, é uma discussão que nós vamos ter ao longo ainda desse ano.”

Estado Maior

sem comentário »

Roseana descarta candidatura a prefeita de São Luís

0comentário

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) negou que esteja analisando a possibilidade de vir a disputar a eleição para a Prefeitura de São Luís no ano que vem.

Roseana disse que foi procurada em sua casa pelo deputado estadual Roberto Costa (MDB) para falar sobre o assunto, mas descartou de imediato essa possibilidade.

“Não quero nada não com campanha. Isso não procede, mas é uma questão do partido”, afirmou.

Mesmo com a negativa de Roseana é provável que Roberto Costa tenha alimentado essa possibilidade ao espalhar a notícia na mídia.

Desde que foi derrotada na última campanha para o governo do Maranhão, Roseana Sarney tem se mantido afastada do processo político e tem afirmado querer apenas se dedicar à família.

Mesmo assim, muitos políticos, principalmente alguns mais próximos tem tentado de alguma forma fazê-la mudar de opinião. Talvez até para tentar aproveitar a força do seu nome. Todas as tentativas neste sentido tem sido em vão.

Outro aspecto a ser observado é que nome de algum integrande da família Sarney é sempre lembrado em época de campanha política em São Luís.

Essa é uma estratégia bem antiga de adversários para confundir o eleitor. Antes funcionou. Será que vai funcionar em 2020?

Bom, mas não será com o nome de Roseana Sarney, pois ela descarta totalmente essa possibilidade. Pelo que estamos acompanhando, apenas o deputado estadual Adriano Sarney (PV) tem afirmado que será candidato a prefeito de São Luís.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Roseana manifesta pesar pela morte de Celso Veras

0comentário

A ex-governadora Roseana Sarney, divulgou nota de pesar pela morte do economista e professor José Celso Veras da Costa, aos 69 anos, vítima de pneumonia, no Hospital UDI, em São Luís.

Roseana destacou que perdeu um grande amigo. Celso Veras foi gerente de Desenvolvimento Regional de Codó, no governo de Roseana Sarney em 2000.

Leia a nota:

“Recebi, com imensa tristeza, a informação sobre a morte do meu grande amigo José Celso Veras da Costa, ocorrida neste sábado (3).

Professor e economista, Celso Veras foi o primeiro presidente da Sociedade Maranhense dos Direitos Humanos (SMDH). Fundou o Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Maranhão. Foi superintendente do Projeto Nordeste e integrou o meu governo em 2000, quando exerceu o cargo de gerente de Desenvolvimento Regional de Codó. A sua morte é uma grande perda para o Maranhão.

Portanto, os meus mais sentidos pêsames a familiares e amigos”.

Roseana Sarney

sem comentário »

Joaquim aponta Assis Filho como saída do MDB

0comentário

Por Joaquim Haickel

Em 2010 resolvi deixar a política e não mais me candidatar a mandato eletivo, mas não consegui suportar a pressão dos amigos que me pediam que aceitasse o cargo de secretário de estado de Esporte e Lazer.

De 2015 para cá, política só nas análises que faço, de quando em vez, sobre as conjunturas e os cenários locais e nacionais, ou sobre algum fato específico que eu pense ter relevância.

A mais nova decisão que tomei neste setor foi a de ceder aos insistentes apelos das três mulheres de minha vida, minha mãe, minha filha e minha mulher, e não mais fazer críticas contundentes em relação a ninguém, principalmente ao governador Flávio Dino e a ex-governadora Roseana Sarney…

Prometi a elas que de agora em diante, quando comentar sobre política, vou fazê-lo o mais filosoficamente possível e me limitar a analisar fatos e cenários sem tecer opiniões mais pontuais ou pontiagudas sobre ninguém.

Para inaugurar essa nova fase mais dialética de minha crônica política, eu vou fazer um balanço da eleição de outubro passado.

Devo antes lembrá-los que do ponto de vista das ideias de Platão, filósofo com que mais eu me identifico, a dialética é o processo de debate entre interlocutores comprometidos com a busca da verdade, através da qual a alma se eleva, gradativamente, das aparências sensíveis às realidades inteligíveis ou ideias. Já Aristóteles, em contraponto ao mítico mestre de seu mestre, Sócrates, diz que a dialética consiste no uso do raciocínio lógico que, embora coerente em seu encadeamento interno, está fundamentado em ideias apenas prováveis, e por esta razão traz em seu âmago a possibilidade de ser contradito.

Assim sendo, nada que eu diga aqui são verdades absolutas, que não possam ou não devam ser debatidas, apuradas ou melhoradas. Ressalto que defendo minhas ideias, da mesma forma que respeito e defendo o direito das outras pessoas defenderem as suas.

Mas vamos ao tal balanço!…

Sobre a eleição nacional de outubro passado, penso que ficou clara a escolha feita pelo eleitor brasileiro. Ele disse não à política implementada pelos três últimos presidentes, eleitos que foram para dois mandatos consecutivos cada, totalizando assim 24 anos de gestões com viés esquerdista.

Em outubro passado o povo brasileiro votou por três motivos básicos: contra o PT, seus camaradas e a corrupção generalizada; contra Bolsonaro, os sentimentos e ações que ele fez com que as pessoas acreditassem que ele defende e os aplicará; e contra os políticos de qualquer tonalidade e viés ideológico.

Muito raramente o eleitor votou a favor de alguma coisa. O voto foi contra, o que não é o melhor tipo de voto que se pode dar.

No Maranhão o eleitor deixou claro que desejava virar a última página de um capítulo de nossa história! Porém, não entendo que ele tenha feito algum juízo de valor definitivo sobre o capítulo superado na virada dessas tais páginas, lidas e relidas nos últimos 50 anos de nossa história. Nem vejo que o eleitor maranhense tenha optado por esse novo capítulo pelo fato dele ser melhor ou diferente, mas por ele ser simplesmente outro!

A derrota eleitoral acachapante do grupo Sarney, em minha modesta opinião, não diminui em nada a importância de José Sarney na história do Maranhão, nem as boas coisas realizadas por ele e por seu grupo nos anos em que predominaram em nossa política.

Veja, passei os últimos meses dizendo que Roseana não seria candidata ao governo do estado e no final das contas eu estava certo! Ela não foi realmente candidata, ela só cumpriu tabela! E o fez de uma forma melhor que eu jamais pensei que ela fosse capaz.

Sempre comentei com amigos, jamais em público, que a eleição seria ganha por Flávio Dino! Sempre disse que gostaria que ela acontecesse apenas no segundo turno. Não foi o que aconteceu.

A polêmica do momento é a disputa pelo comando do MDB maranhense. Penso que Roseana não deva se candidatar. É hora de deixar novas lideranças tocarem o barco e a única genuína nova liderança que eu vejo no MDB hoje, é o Assis Filho, atual secretário nacional de juventude. Os demais são mais do mesmo…

sem comentário »

Famem repudia morte do prefeito de Davinópolis

0comentário

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Cloemar Tema, lamentou a morte do prefeito de Davinópolis e repudiou o crime bárbaro do qual foi vítima.

Ivanildo Paiva, de 57 anos, foi morto a tiros e o corpo encontrado na manhã deste domingo, em Imperatriz. O prefeito tinha ido na noite de sábado para a sua fazenda que fica localizada na zona rural de Davinópolis.

O corpo do prefeito foi encontrado a 2 Km da fazenda. Ele estava sem camisa e vestia uma bermuda preta. O carro do prefeito foi encontrado abandonado na BR-010, ao lado da mata do 50 BIS, em Imperatriz.

Em nota, Cleomar disse que a Famem repudia o ato de violência ao qual o gestor foi vítima e que ratifica o compromisso de reinvindicar a elucidação do crime perante as autoridades competentes.

“O presidente da Federaçào dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Cleomar Tema, vem, através desta, lamentar a morte do prefeito da cidade de Davinópolis, Ivanildo Paiva, assim como solidariza-se com a família enlutada. Repudiamos o ato de violência ao qual o gestor foi vítima. E ratificamos o compromisso de reinvindicar veementemente, perante autoridades competentes, a elucidação deste crime bárbaro”, diz a nota.

O governo do Maranhão divulgou nota e manifestou pesar pela morte do prefeito Ivanildo Paiva, de Davinópolis.

“Ao tempo que repudia o assassinato, informa que todas as providências estão sendo adotadas para elucidar o covarde assassinato, trabalhando para identificar autor/autores para que seja feita justiça. Toda solidariedade a familiares e amigos do prefeito Ivanildo Paiva nesse momento de dor e justa indignação”, diz a nota.

A ex-governadora Roseana Sarney também divulgou nota lamentando a morte e se solidarizando com a família de Ivanildo Paiva.

“Lamento profundamente a tragédia que atingiu o amigo Ivanildo Paiva Barbosa, prefeito de Davinópolis, da minha mais elevada estima, que certamente deixa inconsoláveis amigos e familiares que conheciam o seu caráter e a sua generosidade. Que Deus o acolha e nos dê forças neste momento de perplexidade”.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Roseana Sarney decide apoiar Jair Bolsonaro

4comentários

A ex-governadora e candidata ao governo do Maranhão Roseana Sarney (MDB) decidiu nesta segunda-feira (15), declarar voto no candidato Jair Bolsonaro (PSL) no 2º turno da eleição para a presidência da República.

O atual governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) que foi reeleito para mais quatro anos de mandato votará no candidato Fernando Haddad (PT).

A decisão de Roseana foi tomada durante reunião com aliados e familiares. Na semana passada, outros dois políticos do grupo da ex-governadora Roseana Sarney já haviam declarado voto em Bolsonaro, o deputado Adriano Sarney (PV) e o ex-secretário Ricardo Murad (PRP).

O senador Roberto Rocha (PSDB) que também foi candidato ao governo do Maranhão, também declarou voto em Bolsonaro que lidera as pesquisas e é favorito na disputa ao Palácio do Planalto.

Foto: Divulgação

4 comentários »

O destacado papel da Juventude do MDB

2comentários

Se por um lado o MDB se entristeceu pela não eleição de Roseana Sarney para governadora pelo Maranhão, a mobilização de campanha, protagonizada pela Juventude do MDB (JMDB), merece destaque. Foram mais de 100 municípios visitados pela caravana liderada pela ex-governadora, onde a JMDB esteve presente em todos os eventos. Coordenada pelo secretário nacional de juventude e presidente da JMDB Assis Filho, com o auxílio de Hyago Andrade e Gleicy Teles, presidentes da JMDB do Maranhão e São Luís, respectivamente, foi de longe, umas das campanhas mais animadas e diferentes.

É importante ressaltar o trabalho de militância da juventude em uma campanha tão importante para a política, como foi a de Roseana neste pleito de 2018. A JMDB se comprometeu e esteve presente em vários momentos, participando de comícios, panfletando nas escolas, universidades, feiras, shoppings, bairros.

Um dos marcos da campanha foi quando Roseana, ao lado da JMDB, do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve) e outros movimentos de juventude, assinou o Pacto pela Juventude, um documento para que os governos se comprometam com as políticas públicas para a juventude de forma concreta e efetiva. Na ocasião, a ex-governadora se comprometeu a implantar em seu governo 15 propostas para os jovens. Entre elas, a ampliação do programa Inova Jovem no Estado, o “Viva Meu Primeiro Emprego”, que tem como objetivo garantir a entrada do jovem no mercado de trabalho, auxílio para mobilidade urbana de estudantes e outras de capacitação profissional e empreendedorismo.

Foi uma campanha alegre e inovadora, que contribuiu imensamente para os mais de 947 mil votos recebidos por Roseana, que teria sido eleita em 31 municípios maranhenses, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral. Para a presidente Nacional da Juventude do MDB, Assis Filho, a campanha com Roseana superou as expectativas. “Ela sempre valorizou os jovens, sempre fomos protagonistas em seus governos, por isso queremos a sua vitória”, disse.

Se por um lado o MDB sofre derrotas históricas no Maranhão e nacionalmente, JMDB tem buscado e ampliado sua atuação nos principais setores sociais. Com essa visão social e inovadora, a nova geração que chega ao MDB pode ter um papel fundamental na reconstrução do partido e das bases, uma necessidade urgente do MDB, sob pena de se findar no ostracismo político e arcaico.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Roseana reconhece vitória de Flávio Dino

4comentários

A candidata Roseana Sarney (MDB) reconheceu a vitória do governador Flávio Dino (PCdoB), reeleito para mais 4 anos de mandato. Roseana foi a segunda colocada na disputa e teve 947.191 votos (30,07%).

Em nota divulgada logo após a confirmação do resultado, Roseana desejou sucesso ao governador, senadores e deputados eleitos.

“Ao governador Flávio Dino, aos senadores, deputados federais e estaduais eleitos, desejo sucesso no exercício de seus mandatos”, disse.

Leia a nota na íntegra:

“As eleições representam a celebração da democracia. É o momento em que os cidadãos expressam suas vontades e suas escolhas.

Com os resultados já conhecidos, e em respeito à decisão da maioria, parabenizo a todos os candidatos que se apresentaram à escolha popular.

Agradeço, de coração, a todos que me ajudaram com o seu trabalho e sua dedicação em toda a minha carreira politica, especialmente nestas eleições.

Ao governador Flávio Dino, aos senadores, deputados federais e estaduais eleitos, desejo sucesso no exercício de seus mandatos.

A todos os maranhenses, o meu carinho e o meu reconhecimento.”

Foto: Reprodução/TV Mirante

4 comentários »

‘Confio no voto do povo’, diz Roseana

1comentário


A candidata ao governo do Maranhão, Roseana Sarney, concluiu na tarde desta sexta-feira (5) com uma grandiosa carreata entre os municípios de Vitória do Mearim e Arari a agenda de campanha no interior do estado, neste primeiro turno. Centenas de carros, motos e bicicletas percorreram mais de 12 quilômetros acompanhando o “Arrastão do 15”.

Para as lideranças políticas e comunitárias, Roseana voltou a garantir que empresas com faturamento anual de até R$ 240 mil terão zeradas a diferença de alíquota do ICMS e as que faturam entre R$ 240 mil e R$ 360 mil terão tarifa única de apenas meio por cento.

“Mas gostaria de uma contrapartida dos nossos empresários que, com menos impostos, abram suas portas e voltem a contratar os pais de família, as nossas mulheres e os jovens desempregados. Sei que posso contar com vocês”, afirmou a ex-governadora. “Mas primeiro tenho que contar com os votos de todos, por isso confio no voto do meu povo para a virada no dia 07”, completou Roseana ao lado do candidato ao Senado, Edison Lobão.

A super carreata da virada teve início no povoado Acoque, em Vitória do Mearim, e terminou em Arari. Passou pelas principais ruas das duas cidades com a população recebendo com carinho a comitiva da coligação “Maranhão quer mais”. Entre as lideranças de Vitória do Mearim, a vice-prefeita Elzir Lindoso, os vereadores Salma Faray, Maurizan, Cesar Lindoso; o ex-prefeito José Mário, e os líderes político, Augusto Serejo, e religioso, Pastor Lindoso.

“Nossa carreta é da vitória de Roseana”, disse Elzir. “Todos votando na guerreira no próximo domingo”, emendou Salma Faray.

Em Arari, a recepção da população contagiou quem participou da carreata, com pessoas seguindo a pé a carreata. No município se juntaram à última atividade de campanha no interior do estado o ex-prefeito Leão dos Santos Neto e a líder politica de Região, Maria Alves.

“O Maranhão merece muito mais e só Roseana conhece o que é melhor para o nosso povo”, falou Leão. “Nesta eleição só tem um resultado final: a vitória de Roseana”, sentenciou Maria Alves.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Roseana reafirma compromissos com Açailândia

0comentário

Em sua passagem pelo município de Açailândia, região tocantina, na tarde dessa quinta-feira (4), a candidata a governadora Roseana Sarney (MDB) foi bastante festejada pela população local. Desde a sua chegada e por onde passou em cortejo com o “Arrastão da Virada”, ela recebeu o carinho da comunidade e várias manifestações de apoio a sua candidatura, reconhecimento do povo pelo trabalho feito com uma série de benefícios para o município.

“Roseana foi a governadora que mais fez por Açailândia. Ela trabalhou pelo desenvolvimento do município, ações que melhoraram a qualidade de vida da população, com investimentos na infraestrutura, educação, saúde, indústria e comércio. A gente nunca esqueceu dela e queremos ela de volta no governo”, disse o comerciante Fernando Nunes, residente no bairro do Jacú.

Em Açailândia, Roseana participou de uma grande carreata que percorreu as principais ruas e avenidas dequatro bairros da cidade (Centro, Jacú, Vila Capelosa e Vila Ildemar). Ela estava acompanhada do candidato a vice-governador, Ribinha Cunha; do candidato à reeleição, senador Edison Lobão; dos candidatos a deputados Léo Cunha (estadual) e Nelson Bragatto (federal), além de várias lideranças locais, entre elas, o ex-prefeito de Açailândia, Deusdeste Sampaio e dos vereadores Adriano da Saúde, Joílson do Novo Bacabal, Zelito e Caibim.

“É sempre uma alegria renovada retornar a Açailândia e rever toda essa gente querida, sempre tive um carinho especial pela cidade. Aqui realizamos uma série de ações, entre obras e outras melhorias, apoiamos fortemente o município e trouxemos investimentos que ajudaram a cidade a desenvolver, disse Roseana.

Após seguir Roseana, Ribinha, Lobão e Sarney Filho, os populares de Açailândia que seguiram a carreata pararam para ouvir as propostas da candidata. Ao falar para as centenas de pessoas em ato realizado na Vila Capelosa, um dos bairros mais populosos do município, Roseana reafirmou o compromisso para retomada dos programas sociais Viva Luz, Viva  Luz, o programa do leite, o Viva Meu Primeiro Emprego e anunciou a criação do Viva Gás.

“Essas são ações que contemplam as pessoas e governar é ter uma atenção especial a quem mais precisa. Precisamos dar oportunidade aos jovens, por exemplo, de se inserirem no mercado de trabalho. Vamos retomar todas essas iniciativas e beneficiar nossa comunidade, assinalou a candidata.
Roseana também reiterou o compromisso para retomada do plano de ação na atração de novos empreendimentos comerciais e industriais para Açailândia e outras cidades da Região Tocantina, o que vai possibilitar a geração de novos postos de trabalho e renda.

“No meu governo tivemos uma atuação marcante na área da indústria e comércio e aqui mesmo em Açailândia, graças a nossos esforços, conseguimos a instalação da Aciaria. Muitos empregos foram criados e cidade viveu um momento de crescimento. Hoje estamos vendo um cenário de muita dificuldade e vamos trabalhar para reverter esse quadro e estimular a chegada de novas empresas”, assinalou.

O candidato a vice-governador, Ribinha Cunha, que representa a região Sul do Maranhão, observou com entusiasmo as manifestações de apoio da população de Açailândia em apoio a campanha de Roseana e reforçou os compromissos para melhorias  do município.

“A gente fica muito feliz por todo esse carinho e pelas várias declarações de apoio a nossa candidatura. Açailândia é uma cidade estratégica e muito importante para nosso estado. Ao lado de Roseana, vamos desenvolver um trabalho firme que permita a cidade a retomar seu crescimento. Vamos oportunizar a vinda de novas empresas e com isso gerar emprego, renda e diminuir as dificuldades atuais que a cidade atravessa”, finalizou Ribinha.

Foto: Divulgação

sem comentário »