Roberto Rocha declara voto em Bolsonaro

3comentários

O senador Roberto Rocha (PSDB) declarou voto no candidato Jair Bolsonaro (PSL), no segundo turno das eleição presidencial.

Os tucanos decidiram ficar neutro na disputa, mas liberaram os seus membros e Roberto Rocha disse esperar que tanto o PT quanto o PSDB, ouçam o clamor das ruas e refaçam seus destinos.

Leia a nota na íntegra:

“Vem de um dos grandes pensadores da esquerda, Antonio Gramsci, a famosa frase que diz: “a crise consiste precisamente no fato de que o velho está morrendo e o novo ainda não pode nascer”.

O Brasil vive essa transição, para tempos ainda incertos. Mas a população já deu uma demonstração de que não aceita que o velho continue dominando a política.

Como querer que o líder de um partido comande os destinos da nação, de dentro da prisão? Como esperar que esse partido eleja os chefes dos três poderes? Esse foi o triste legado do PT, que ainda acena com brilhantes conquistas sociais, mas é incapaz de fazer uma simples autocrítica sobre os escândalos que envergonharam o País.

Nossa democracia passará o teste decisivo sobre sua solidez. Temos instituições e mecanismos para que prevaleçam todas as cláusulas jurídicas de nossa Constituição. Essa é a lição que o eleitor vem dando, ao valorizar a democracia e a alternância de poder.

Manifesto meu voto em Jair Bolsonaro, sem pedir nada em troca, mas apenas me associar à vontade geral do povo, para que brote o novo dos escombros do velho. E que os derrotados, tanto o PT quanto o PSDB, ouçam o clamor das ruas e refaçam seus destinos.”

Foto: Divulgação

3 comentários para "Roberto Rocha declara voto em Bolsonaro"


  1. Junior Bolivia Querida

    Esse não “fede e não cheira” só em pensar que na época votei nesse energúmeno.

  2. Jorge

    Aproveitador este sujeito, nas a população já deu a resposta a ele, colocando-o no seu devido lugar. Está na mesma onda dos sarneys que até ontem eram petistas/listas e agora migraram para o barco que poderá ganhar as eleições.

  3. Francisco Gaglianone

    Qual a surpresa??? Esperar o que… de um sujeito que fechou sua rádio e não pagou nenhum dos seus empregados, que a favor da Reforma da Previdência, que votou a favor da Reforma Trabalhista, para retirar direito dos empregados. Tenho fé em Deus, que o povo dará a resposta na hora certa. Teve uma votação pífia, ridícula, para o governo do estado e esse foi o primeiro e será o ultimo mandato como Senador.

deixe seu comentário