Roberto Rocha ganha, Flávio Dino perde debate

28comentários

A TV Mirante realizou nesta terça-feira (2), o debate com cinco candidatos ao governo do Maranhão. Participaram do debate que teve como mediador o jornalista Fábio William, os candidatos de partidos com representação política no Congresso Nacional: Flávio Dino (PCdoB), Maura Jorge (PSL), Odívio Neto (Psol), Roberto Rocha (PSDB) e Roseana Sarney (MDB).

O candidato Roberto Rocha teve o melhor desempenho no debate. Firme e incisivo em vários momento deixou Flávio Dino sem resposta e mostrou ser conhecedor profundo os temas debatidos apresentando propostas e soluções aos temas abordados.

O governador Flávio Dino foi o grande derrotado no debate.  Exagerou no jogo dos números e quando acuado partiu para o deboche o que não é bom para nenhum candidato.  Bombardeado por Roberto Rocha procurou fugir do embate com o ex-aliado. Dino mostrou desconforto ao reclamar que o debate teve três candidatos contra ele.

A candidata Roseana Sarney logo de saída buscou o embate com o governador Flávio Dino e focou em comparar as duas gestões. Não se intimidou com o tom de deboche e respondeu à altura às tentativas de provocações de Flávio Dino.

A candidata Maura Jorge alternou bons e maus momentos. Perdeu-se um pouco nas regras do debate. Foi prá cima do governador Flávio Dino desde início e procurou aproveitar muito o debate para divulgar a candidatura de Jair Bolsonaro.

O candidato Odívio Neto mostrou que não estava no debate para ser apenas mais um. Soube com inteligência criticar o governo atual e as outras candidaturas. Aproveitou o debate para defender a classe trabalhadora e mostrou-se um bom técnico.

Blocos

No primeiro bloco, os candidatos responderam perguntas de temas livres. Maura Jorge lembrou de um episódio envolvendo o governador em um comício em Lago da Pedra no qual teve que descer do palanque do governo. A candidata Roseana Sarney perguntou para Flávio Dino sobre obras feitas no seu governo. Roberto Rocha destacou que o modelo do governo atual é igual aos que já passaram no Maranhão. Roseana disse que a saúde no Maranhão piorou e está na UTI e Odívio Neto criticou a falta de concurso público no governo. Dino respondeu e disse que realizou concurso público na saúde.

No segundo bloco, o mediador sorteou o tema meio-ambiente e Roberto Rocha fez a pergunta para Flávio Dino. O segundo tema sorteado foi transparência e o candidato Odívio Neto perguntou para o senador Roberto Rocha. No tema gestão, Roseana Sarney debateu com Maura Jorge. O Candidato Flávio Dino Perguntou para Roseana Sarney sobre infraestrutura. No último tema sorteado no bloco, Maura Jorge debateu com Odívio Neto sobre educação.

No terceiro bloco, os candidatos voltaram a debater sobre temas livres. Flávio Dino perguntou para Roseana Sarney sobre saúde e destacou o programa que vem desenvolvendo. O candidato Odívio Neto perguntou para Flávio Dino sobre a falta de reajuste de salários para os servidores públicos. Roberto Rocha perguntou para Flávio Dino sobre os dados que apontam a queda do Maranhão no ranking de competitividade. A candidata Maura Jorge criticou a situação econômica do Maranhão e debateu sobre o tema com Roberto Rocha. A candidata Roseana Sarney perguntou para Odívio Neto sobre programas sociais.

No quarto bloco, o mediador sorteou o tema funcionário público para o candidato Maura Jorge perguntar para Odívio Neto. O segundo tema sorteado foi agricultura. O candidato Odívio Neto perguntou para o candidato Roberto Rocha. Em seguida, Roberto Rocha debateu com Roseana Sarney sobre ciência e tecnologia. O quarto tema sorteado pelo mediador foi desenvolvimento e o candidato Flávio Dino perguntou para Odívio Neto. Encerrando o bloco, Roseana Sarney perguntou para Maura Jorge sobre saúde.

No último bloco, cada candidato teve 2 minutos para as considerações finais. Pelo sorteio, a ordem foi a seguinte: Odívio Neto (Psol), Flávio Dino (PCdoB), Roseana Sarney (MDB), Roberto Rocha (PSDB) e Maura Jorge (PSL).

Foto: Zeca Soares

28 comentários »

Sampaio bate o Figueirense e segue vivo na Série B

0comentário

O Sampaio venceu o Figueirense por 1 a 0, no Estádio Castelão, pelo Campeonato Brasileiro Série B e segue vivo na luta contra o rebaixamento.

O gol do Sampaio foi marcado por Julinho cobrando falta no primeiro tempo.

Com a vitória, o Sampaio chegou a 29 pontos e tem três pontos de diferença da primeira equipe fora da zona de rebaixamento que é o Paysandu que tem 32 pontos.

Na próxima rodada, o Sampaio enfrenta o Atlético-GO, na sexta-feira (12), às 20h30, em Goiânia.

Foto: Elias Auê/Sampaio

sem comentário »

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro, 32%; Haddad, 21%

0comentário

O Datafolha divulgou nesta terça-feira (2) a mais nova pesquisa de intenção de voto para presidente. O levantamento foi contratado pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

Segundo o Datafolha, Jair Bolsonaro (PSL) cresceu quatro pontos percentuais e ultrapassou, pela primeira vez em pesquisa do instituto, a barreira dos 30% e abriu vantagem sobre o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que parou de subir.

O nível de confiança da pesquisa é de 95% – o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Vamos aos números:

Jair Bolsonaro (PSL): 32%
Fernando Haddad (PT): 21%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Marina Silva (Rede): 4%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
Branco/nulos: 8%
Não sabe/não respondeu: 5%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 3.240 eleitores em 225 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 2 de outubro
Registro no TSE: BR-03147/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: “Folha de S.Paulo”

Leia no G1

sem comentário »

Moto e Sampaio devem se enfrentar no Nordestão

0comentário

O sorteio dos grupos da Copa do Nordeste 2019 vai ser realizado na próxima quinta-feira (4), às 19h, no Centro de Convenções de Maceió, em Maceió.

O Maranhão terá dois representantes na fase de grupos: o Moto Club, atual campeão estadual e o Sampaio que se classificou na repescagem e é o atual campeão da competição.

Os clubes foram divididos em quatro potes de acordo com o ranking da CBF. A Liga Nordeste já decidiu que estados com duas equipes não ficarão no mesmo grupo, dessa forma já é certo que teremos o clássico Moto e Sampaio na primeira fase.

Na primeira fase, os 16 participantes serão divididos em dois grupos de oito. As equipes do grupo A enfrentarão as equipes do grupo B, em apenas em sistema de ida. Quatro equipes de cada grupo se classificam.

Da segunda fase em diante, a competição será disputada no sitema de mata-mata, mas apenas em um jogo. Apenas a decisão é que será disputada em dois jogos.

Os jogos acontecerão às terças (21h40) e aos sábados (16h30) e terão a transmissão do SBT.

Foto: Divulgação/CBF

sem comentário »

Gil e Glalbert visitam Matinha e Olinda Nova

0comentário

Os municípios de Olinda Nova do Maranhão e Matinha, localizados na região da Baixada Maranhense, declararam apoio à candidatura de deputado federal do ex-prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PDT).

Gil e o seu irmão, o deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), candidato à reeleição, participaram de grandes atos de campanha nas cidades. Além de lideranças políticas e comunitárias, eles receberam diversas manifestações de carinho por parte dos moradores.

Em Olinda Nova, a ex-prefeita Conceição Cutrim e o seu grupo político arrastaram uma multidão durante uma carreata que percorreu várias vias do município.

Conceição destacou o trabalho de Gil e Glalbert, além de ressaltar que os irmãos são filhos da Baixada Maranhense. “Olinda e a Baixada estão com os irmãos Cutrim. São dois políticos jovens, compromissados e que irão continuar trabalhando pelo desenvolvimento da região”, disse.

Em Matinha, Gil e Glalbert Cutrim participaram de uma grande caminhada organizada pelo ex-prefeito Beto Pixuta.

Pixuta, vereadores e outros lideranças foram unânimes ao confirmar que os candidatos a deputado federal e deputado estadual são legítimos representantes da Baixada, além de terem serviços concretos prestados à região. “Gil foi presidente da Famem, defendeu a municipalidade e os interesses das cidades. Glalbert, na Assembleia, foi um exemplo de representante de nosso povo, pleiteou inúmeros benefícios para a região. Por isso, Matinha dizem SIM para Gil e Glalbert”.

Foto: Divulgação30

sem comentário »

Projeto de Bárbara cria Dia de Combate a Homofobia

5comentários

A inclusão social parte do respeito a todos os direitos cidadãos. A vereadora Bárbara Soeiro (PSC) idealizou um projeto que institui o dia 17 de maio como Dia de Combate a Homofobia.

A ideia da lei é fazer com que o Poder Público realize ações educativas que contra a intolerância, violência ou qualquer a ação que oprima pessoas do seguimento LGBT.

Segundo a parlamentar, todas as pessoas merecem respeito, independente da orientação sexual que ela venha seguir.

“Na Câmara Municipal tenho lutado incansavelmente para que as minorias tenham vez e voz. O Dia de Combate a Homofobia será um dia de reflexão, onde todos possam ser livres como são e amar da forma que quiserem, sem sofrer algum tipo de retaliação”, destacou.

A defesa das minorias é uma luta constante de Bárbara Soeiro na Câmara Municipal de São Luís. A parlamentar pretende expandir o Dia de Combate a Homofobia e outras ações que beneficiem os menos favorecidos para todo Maranhão.

Foto: Divulgação

5 comentários »

Wellington denuncia situação precária no ferryboat

3comentários

O deputado Estadual Wellington do Curso (PSDB), utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (2) para denunciar, mais uma vez, a situação precária do ferryboat que realiza o transporte de passageiros entre São Luís ao porto do Cujupe diariamente.

Ao se pronunciar, Wellington destacou que recebeu diversas denúncias através do projeto “Ouvindo o Maranhão” relatando a má prestação de serviços, as péssimas condições estruturais da embarcação e a ocorrência de diversos transtornos durante o trajeto como panes e problemas técnicos, deixando a embarcação à deriva e causando medo e insegurança em quem precisa utilizar o meio de transporte.

“Recebemos diversas denúncias de maranhenses que precisam utilizar o ferryboat e estamos diante de uma tragédia anunciada! As embarcações estão em péssimas condições, o que vem causando constantes panes elétricas e problemas técnicos e como consequência, as embarcações estão ficando a deriva, tendo que ser rebocadas por diversas vezes, causando medo e insegurança nos passageiros que utilizam o transporte. Essa não é a primeira vez que cobramos melhorias no serviço”, disse.

“Na Assembleia Legislativa, já apresentamos algumas proposições em defesa dos passageiros, a exemplo da cobrança de instalação de torres de celular no porto do Cujupe e a implantação de postos de saúde no terminal da ponta da Madeira e também no Cujupe. Além disso, lutamos contra o aumento das passagens do ferryboat, pois os serviços prestados são de péssima qualidade. Por isso, o Governo do Estado precisa tomar providências urgentes para evitar que ocorra uma tragédia, a população da baixada maranhense e os usuários do ferry-boat merecem respeito”, afirmou Wellington.

Foto: Agência Assembleia

3 comentários »

Atuação política credencia Roberto Rocha

1comentário

A longa trajetória de quase 30 anos na vida política faz do senador Roberto Rocha (PSDB) um dos nomes mais experientes e preparados para concorrer ao cargo de governador do Maranhão nas eleições deste ano. Formado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o tucano já foi deputado estadual, três vezes deputado federal, senador, vice-prefeito e agora está na disputa para governar o estado do Maranhão.

Nascido na capital São Luís em 1965, Rocha iniciou sua vida política cedo e, aos 26 anos, foi eleito deputado estadual, destacando-se como líder de seu partido na Assembleia Legislativa.

Em 1994, com 29 anos, o tucano foi eleito deputado federal pela primeira vez. Em 1998, foi reeleito com 80 mil votos. Em 2006, foi eleito para o cargo pela terceira vez, com a votação histórica de 140 mil votos, tornando-se o deputado federal mais bem votado da história do Maranhão.

Em 2010, foi candidato a senador pelo PSDB, na coligação “O povo é maior”, obtendo quase 700 mil votos. Já em 2012, Rocha foi eleito vice-prefeito de São Luís, na chapa de Edivaldo Holanda Júnior. Destacou-se ainda como presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Câmara dos Deputados e vice-presidente da Comissão de Orçamento da Casa.

Em 2014, foi eleito senador pelo Maranhão. Em seu histórico na Casa, o tucano tem entre seus principais projetos a criação da Zona de Exportação do Maranhão (Zema), aprovado pela Comissão de constituição e Justiça (CCJ) em junho deste ano.

A medida garante que a capital São Luís seja declarada área de livre comércio para a produção de bens a serem comercializados no exterior, gerando milhares de empregos no estado, aumento da renda da população e a diminuição das desigualdades sociais. As chamadas indústrias de transformação poderão usufruir dos incentivos aplicáveis à Zona de Exportação.

Em março deste ano, o Senado também aprovou o projeto de autoria do tucano que altera o Código de Processo Penal para que a defesa do acusado tenha acesso às provas produzidas e documentadas durante o inquérito e possa requisitar vista dos autos e requerer diligências próprias, inclusive com a garantia de suspensão do prazo do inquérito.

(mais…)

1 comentário »

Roseana firma pacto em favor da juventude

0comentário

A candidata ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, assinou na tarde desta segunda-feira (01) o “Pacto pela Juventude” e um incentivo extra na reta final de campanha: o compromisso de total empenho dos jovens do MDB para a virada das eleições.

“O futuro do Maranhão sempre esteve nas mães dos jovens. Por isso criei o Primeiro Emprego e a juventude pode contar comigo. Agradeço por essa energia que é tão valiosa nessa reta final. Vamos à vitória!”, afirmou Roseana, no encontro com a juventude.

Entre os presentes ao ato, estavam lideranças jovens de vários municípios do estado. O presidente da J-MDB, Hyago Andrade; o presidente da Comissão Nacional da Juventude, Nelson Marques; o secretário Nacional da Juventude, Assis Filho; e demais representantes do movimento.

“Roseana sobre teve diálogo e respeito pelos jovens, por isso vamos em todos os cantos do Maranhão e São Luís lutar por cada voto”, disse Ribamarzinho Barros, liderança juvenil.

Entoando gritos de guerras, incentivando a candidata da coligação “Maranhão quer mais”, os jovens participaram do evento animado pela Charanga do 15. “Chegou o momento da juventude arregaçar as mangas e fazer de Roseana de novo governadora. Todos vamos com garra incentivar a nossa guerreira”, disse Hyago. “Esse governador não respeita os movimentos sociais e a juventude. É um enganador que prometeu uma falsa mudança”, criticou Assis Filho.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Caso de polícia

6comentários

A acirrada disputa pelo Senado Federal ganhou contornos dramáticos nesta reta final. Com jovens políticos na disputa – entre os quais nomes enrolados com problemas de ordem moral, judicial e eleitoral -, a corrida virou uma espécie de guerra e vale-tudo. E até a polícia entrou no processo.

Primeiro foi o deputado estadual Alexandre Almeida (PSDB). De uma hora para outra, o candidato a senador resolveu partir para cima dos seus adversários, com duras acusações em seus programas eleitorais. O problema é que as “denúncias” de Almeida não surtiram o efeito esperado por ele e, assim, o parlamentar partiu para uma segunda etapa, denunciando à Polícia Federal suposta ameaça.

Em seguida, vieram as denúncias contra o marido da candidato ao Senado Eliziane Gama (PPS), suspeito de estelionato em dossiê divulgado por O Estado e – mais grave ainda – acusado em processo judicial e inquérito policial por débito de Pensão Alimentícia e ameaça de agressão à ex-esposa.

Autoproclamada “defensora das causas das mulheres e das minorias”, Eliziane, em vez de assumir publicamente o espanto com as revelações sobre seu marido – com quem casou há menos de um ano -, resolveu jogar os ideais às favas e acobertá-lo, negando as denúncias, mesmo diante de documentos que tramitam na Justiça e na polícia.

A onda senatoria policial foi coroada ontem pela mesma Eliziane e seu parceiro de chapa, Weverton Rocha (PDT). Eles tentaram fazer-se de vítima diante da distribuição de panfletos mostrando as enroladas nas quais se meteram. E quebraram a cara ao tentar transformar a história em caso de polícia, porque o panfleto tem autor registrado – o ex-vereador Carioca – e o CNPJ do partido e da gráfica que fez a impressão. Caso de Polícia, portanto, são os próprios candidatos.

Seria mais um caso explícito de uso da “polícia política” no Maranhão?

Estado Maior

6 comentários »