Mordaça e censura

2comentários

Mordaça

Mesmo com decisões contrárias no TSE, o governador Flávio Dino e o deputado Weverton Rocha – além de Eliziane Gama – ainda tentam calar as críticas de jornalistas que não os elogiam.

Uma nova representação foi feita contra os jornalistas de O Estado que participaram do programa Ponto Final, da Mirante AM. O apresentador Roberto Fernandes também foi representado.

O que pedem Flávio Dino e os seus? Que os jornalistas não mais toquem nos assuntos referentes ao debate da TV Mirante, no qual Flávio Dino foi confrontado pelos candidatos Roberto Rocha, Maura Jorge e Roseana Sarney.

Censura

E no programa Ponto Final, nada de mais foi dito a não ser análises do debate da TV Mirante. Foi falado a respeito da Lagoa da Jansen e a declaração de Flávio Dino de ter despoluído o local, sendo contestado por Roberto Rocha.

Outra análise foi sobre o desempenho de cada candidato, mostrando que Roberto Rocha foi o mais equilibrado e que se saiu bem no debate.

Foi considerado ainda no programa que Flávio Dino teve desempenho ruim, deixando de falar a respeito da apreensão de veículos, mesmo após a insistente menção do senador Roberto Rocha sobre o assunto.

Estado Maior

2 comentários »

Prefeito pode ter respondido pergunta de Roberto

3comentários

Lembram da pergunta feita pelo candidato ao Governo do Maranhão pelo PSDB, o senador Roberto Rocha, ao candidato do PCdoB, o governador Flávio Dino, sobre a “apreensão de veículos”, durante o debate da TV Mirante ??? Pois bem, ela parece ter sido respondida pelo prefeito de Anajatuba, Sidney Pereira, coincidentemente do PCdoB, mesmo partido de Flávio Dino. (ouça aqui a conversa).

Durante o debate, Roberto Rocha perguntou três vezes ao governador: “Se o governo parou de tomar e leiloar motos e carros dos maranhenses por conta da eleição ou por conta de remorso?”, mas o comunista, de maneira covarde, silenciou.

Só que nesta semana, vazou um áudio de um prefeito do PCdoB, que pode ter respondido tal questionamento. O prefeito Sidney Pereira, de Anajatuba, foi flagrado tentando intimidar um policial militar, o sargento Roberto, pelo fato do PM ter realizado uma blitz na cidade.

Durante a gravação, o prefeito diz claramente ao sargento que o problema da realização da blitz na cidade é por conta da proximidade com o período eleitoral.

“Não me faça mais um negócio desses numa época dessa. Nós estamos a uma semana de uma eleição”, reclamou o prefeito.

O sargento Roberto reagiu duramente e afirmou que não aceitaria ser intimidado, deixando claro ainda que faria a apreensão de veículos em qualquer período, independente da eleição.

Pelo visto, como tem dito a Oposição ao Governo Flávio Dino, a suspensão da apreensão e leilões de carros e motos só foi suspensa por conta do período eleitoral, ao menos é o que deseja o prefeito do PCdoB, Sidney Pereira.

Blog do Jorge Aragão

3 comentários »

Ecos do debate

0comentário

Por qualquer aspecto que se analise, o governador Flávio Dino (PCdoB) perdeu o debate da TV Mirante. Perdeu por não ter tido respostas para as questões administrativas de seu governo, como obras construídas no governo Roseana Sarney (MDB) e usurpadas por ele; perdeu por trair seus aliados do PT, abrigando em seu governo – por troca de votos – parlamentares que votaram no impeachment de Dilma Rousseff (PT); e perdeu, sobretudo, pela postura “egocêntrica” – usando palavra de seu adversário Roberto Rocha – que o levou à tentativa de vender uma imagem de super gestor e a negar fatos comprovados, como a grosseria praticada com a ex-prefeita Maura Jorge em palanque, em Lago da Pedra.

Mas Dino perdeu o debate para si mesmo. Perdeu por se achar maior do que realmente é. Perdeu por desdenhar das regras, menosprezar os adversários e ignorar a capacidade de percepção do eleitor.

Da terça-feira, 2, até a conclusão desta nota – e mesmo antes de o debate terminar -, muitos memes já haviam inundado perfis de Internet e aplicativos de troca de mensagens, com aspectos do programa, notadamente charges eletrônicas e montagens cômicas da participação dos candidatos.

E como se sabe, quanto maior o número de memes, provocações e deboches a um candidato no universo de liberdade de expressão da internet, maior foi o seu fracasso nas discussões sérias. E Flávio Dino, neste aspecto, foi o campeão entre os participantes do programa da TV Mirante. Todo o seu fracasso ficou estampado em seu semblante, ao deixar a emissora acompanhado de familiares e aliados. O trato grosseiro com quem via pela frente disse tudo do seu desempenho.

Estado Maior

sem comentário »

A água ‘sem gás’ de Flávio Dino

0comentário

Em uma partida de futebol quando um árbitro aparece mais do que os jogadores é porque ele foi bem ruim na partida e certamente não deve agradar a ninguém.

Pois bem, faço esse lembrete do futebol para falar de um fato que chamou atenção ontem durante o debate na TV Mirante

Uma simples garrafinha de água mineral na bancada onde estava o governador Flávio Dino chamou a atenção de todos. Todos perguntavam porque só o governador estava com uma garrafinha na bancada?

Foi o candidato a deputado Márcio Jerry quem trocou o copo de água servido a Flávio Dino pela garrafinha. Bastou o debate começar para a imagem viralizar na internet.

Não passa pela cabeça de ninguém que o governador Flávio Dino tenha imaginado que poderiam ter colocado algo em seu copo de água. Ou passa? Será que ele realmente pensou isso?

Foi o primeiro sinal de que Flávio Dino não se preparou para o debate e subestimou a todos. Não foi à toa que o episódio da garrafinha chamou mais a atenção do que o próprio candidato.

A partir daí já dava para imaginar o que viria pela frente. Flávio Dino foi bombarteado e entrou em contradição diante dos números exagerados que ele cria e trata de espalhar em sua propaganda. Foi o que aconteceu, por exemplo relação à discussão sobre a despoluição da Lagoa da Jansen.

O gesto da água foi pequeno para quem ocupa a cadeira de governador e o resultado foi o seu desempenho apagado no debate.

Numa linguagem bem popular diria que a água do governador não tinha gás… Por isso ele foi muito mal no debate.

Foto: Paulo Soares/ O Estado

sem comentário »

Joaquim diz que Dino ‘evaporou diante das câmeras’

0comentário

O ex-deputado Joaquim Haickel comentou, nas redes sociais, o desempenho dos candidatos no debate realizado pela TV Mirante.

Para Joaquim Haickel se o debate decidisse a eleição, o governador seria Roberto Rocha.

Ele acrescentou que nunca imaginou que Flávio Dino pudesse se sair tão mal em um debate e acrescentou: “As mentiras ditas por Flávio Dino no debate de ontem foram gritantes que todos puderam ver sua máscara cair e ele evaporar em frente as câmeras”, analisou.

sem comentário »

Roseana desmascara Flávio Dino em debate

7comentários

A candidata ao governo do Maranhão, Roseana Sarney, desmascarou na noite de terça-feira (02), durante debate na TV Mirante, o candidato Flávio Dino, ao afirmar que todas as obras citadas pelo governador Flávio Dino nas áreas de saúde, educação e infraestrutura foram planejadas e iniciadas na administração dela. “Mentiroso”, “Pinóquio”, “salto alto”, “irônico”, “debochado” foram alguns dos adjetivos atribuídos ao governador no decorrer do programa pelos demais participantes, que foram unânimes em relatar a falta de planejamento e de obras por parte do comunista em todas as áreas.

“Deixei dinheiro em caixa no BNDES para concluir escolas, estradas e hospitais, e muitas dessas obras estão até paradas”, retrucou Roseana. Nas réplicas e nas tréplicas, Dino culpou o Governo Temer e a crise mundial quando questionado sobre a falta de solução para inúmeros problemas, mas não citava concretamente as ações concluídas na administração comunista. “Na minha gestão, construímos 55 hospitais de 20 leitos, 10 de 50 leitos e cinco de 100 leitos, e 11 UPAS. Realizamos o maior programa de infraestrutura da história. Hoje o que acontece é que a saúde está na UTI”, completou a candidata da coligação “Maranhão quer mais”.

Em repostas aos candidatos, Roseana disse que retirou da linha de pobreza mais de 500 mil pessoas e que no atual governo retornaram 300 mil pessoas, segundo dados do IBGE. “Esse é o Maranhão que ele diz que está ótimo, mas só na propaganda”, enfatizou. Ela também falou das propostas de retomar os projetos sociais e investir na geração de emprego e renda. “É preciso dar oportunidade aos jovens e combater o desemprego. O Maranhão tem hoje a maior taxa de desempregos já vista na história, com mais de 400 mil pessoas desempregadas “, afirmou ela.

O debate da TV Mirante teve a duração de 01h55 e foi mediado pelo jornalista Fábio Willian. O programa foi dividido em cinco blocos com temas indefinidos e sorteados, nos quais os cinco candidatos fizeram e responderem perguntas. No último bloco foi dado tempo para as considerações finais dos participantes.

Roseana concluiu que quer voltar ao governo para retornar com os programas sociais, Viva Luz, Viva Água, Primeiro Emprego, Viva Comunidade. “Quero voltar para que os investimentos retornem. As pessoas acreditam em mim, porque sabem que sou uma pessoa séria, sempre governei com responsabilidade e sabem que sei governar. Sei fazer com que os programas cheguem até elas, para que o Maranhão tenha mais escolas, mais estradas, mais hospitais. Agradeço a todos e confio na vitória”, finalizou.

Foto: Divulgação

7 comentários »

Roberto Rocha ganha, Flávio Dino perde debate

28comentários

A TV Mirante realizou nesta terça-feira (2), o debate com cinco candidatos ao governo do Maranhão. Participaram do debate que teve como mediador o jornalista Fábio William, os candidatos de partidos com representação política no Congresso Nacional: Flávio Dino (PCdoB), Maura Jorge (PSL), Odívio Neto (Psol), Roberto Rocha (PSDB) e Roseana Sarney (MDB).

O candidato Roberto Rocha teve o melhor desempenho no debate. Firme e incisivo em vários momento deixou Flávio Dino sem resposta e mostrou ser conhecedor profundo os temas debatidos apresentando propostas e soluções aos temas abordados.

O governador Flávio Dino foi o grande derrotado no debate.  Exagerou no jogo dos números e quando acuado partiu para o deboche o que não é bom para nenhum candidato.  Bombardeado por Roberto Rocha procurou fugir do embate com o ex-aliado. Dino mostrou desconforto ao reclamar que o debate teve três candidatos contra ele.

A candidata Roseana Sarney logo de saída buscou o embate com o governador Flávio Dino e focou em comparar as duas gestões. Não se intimidou com o tom de deboche e respondeu à altura às tentativas de provocações de Flávio Dino.

A candidata Maura Jorge alternou bons e maus momentos. Perdeu-se um pouco nas regras do debate. Foi prá cima do governador Flávio Dino desde início e procurou aproveitar muito o debate para divulgar a candidatura de Jair Bolsonaro.

O candidato Odívio Neto mostrou que não estava no debate para ser apenas mais um. Soube com inteligência criticar o governo atual e as outras candidaturas. Aproveitou o debate para defender a classe trabalhadora e mostrou-se um bom técnico.

Blocos

No primeiro bloco, os candidatos responderam perguntas de temas livres. Maura Jorge lembrou de um episódio envolvendo o governador em um comício em Lago da Pedra no qual teve que descer do palanque do governo. A candidata Roseana Sarney perguntou para Flávio Dino sobre obras feitas no seu governo. Roberto Rocha destacou que o modelo do governo atual é igual aos que já passaram no Maranhão. Roseana disse que a saúde no Maranhão piorou e está na UTI e Odívio Neto criticou a falta de concurso público no governo. Dino respondeu e disse que realizou concurso público na saúde.

No segundo bloco, o mediador sorteou o tema meio-ambiente e Roberto Rocha fez a pergunta para Flávio Dino. O segundo tema sorteado foi transparência e o candidato Odívio Neto perguntou para o senador Roberto Rocha. No tema gestão, Roseana Sarney debateu com Maura Jorge. O Candidato Flávio Dino Perguntou para Roseana Sarney sobre infraestrutura. No último tema sorteado no bloco, Maura Jorge debateu com Odívio Neto sobre educação.

No terceiro bloco, os candidatos voltaram a debater sobre temas livres. Flávio Dino perguntou para Roseana Sarney sobre saúde e destacou o programa que vem desenvolvendo. O candidato Odívio Neto perguntou para Flávio Dino sobre a falta de reajuste de salários para os servidores públicos. Roberto Rocha perguntou para Flávio Dino sobre os dados que apontam a queda do Maranhão no ranking de competitividade. A candidata Maura Jorge criticou a situação econômica do Maranhão e debateu sobre o tema com Roberto Rocha. A candidata Roseana Sarney perguntou para Odívio Neto sobre programas sociais.

No quarto bloco, o mediador sorteou o tema funcionário público para o candidato Maura Jorge perguntar para Odívio Neto. O segundo tema sorteado foi agricultura. O candidato Odívio Neto perguntou para o candidato Roberto Rocha. Em seguida, Roberto Rocha debateu com Roseana Sarney sobre ciência e tecnologia. O quarto tema sorteado pelo mediador foi desenvolvimento e o candidato Flávio Dino perguntou para Odívio Neto. Encerrando o bloco, Roseana Sarney perguntou para Maura Jorge sobre saúde.

No último bloco, cada candidato teve 2 minutos para as considerações finais. Pelo sorteio, a ordem foi a seguinte: Odívio Neto (Psol), Flávio Dino (PCdoB), Roseana Sarney (MDB), Roberto Rocha (PSDB) e Maura Jorge (PSL).

Foto: Zeca Soares

28 comentários »

Candidatos ao governo debatem na TV Mirante

0comentário

A TV Mirante realiza, nesta terça-feira (2), a partir das 22h5min, logo após a novela Segundo Sol, o debate eleitoral com os candidatos ao governo do Maranhão.

O programa reunirá os candidatos de partidos com representação política no Congresso Nacional. São eles: Flávio Dino (PCdoB), Maura Jorge (PSL), Odívio Neto (Psol), Roberto Rocha (PSDB) e Roseana Sarney (MDB).

O debate será mediado pelo jornalista Fábio willian e terá cinco blocos. Durante os quatro primeiros, os candidatos farão perguntas entre si. Já o último bloco será reservado às considerações finais de cada candidato.

O debate será dividido em quatro blocos, sendo dois com temas livres (1º e 3º blocos) e dois com temas determinados (2º e 4º bloco), sendo que as considerações finais dos candidatos serão feitas no 5º e último bloco.

Em cada bloco, os candidatos terão 30 segundos para pergunta. O candidato escolhido para responder terá 1min30seg para a resposta. O tempo da réplica será de 1 minuto e a tréplica de 1min15seg.

Se algum candidato não comparecer ao debate, o lugar que deverá ser ocupado por ele permanecerá vazio com a placa indicativa do seu nome que será mostrado ao telespectador durante todo o primeiro bloco.

Foram definidos quinze temas que serão sorteados pelo mediador para os blocos com temas determinados. Os temas definidos foram: saúde, educação, segurança, gestão, emprego e renda, desenvolvimento, transparência, turismo e turismo, municipalização, juventude, ciência e tecnologia, agricultura, infraestrutura, meio ambiente e funcionalismo público.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

TV Mirante define debate com candidatos ao governo

2comentários

A TV Mirante discutiu nesta segunda-feira (24), com representantes de coligações e partidos políticos as regras do debate ao vivo que será transmitido no dia 2 de outrubro, às 22h5min logo após a novela Segundo Sol, no estúdio da emissora. O mediador do debate será o apresentador Fábio Willian, da TV Globo.

De acordo com as regras da Rede Globo vão participar do debate, os cinco candidatos de partidos com representação no Congresso Nacional: Flávio Dino (PCdoB), Maura Jorge (PSL), Odívio Neto (Psol), Roberto Rocha (PSDB) e Roseana Sarney (MDB).

Durante a reunião que foi comandada pelo diretor de jornalismo Roberto Prado, os representantes dos candidatos levantaram alguns pontos que foram colocados em votação, prevalecendo em todos o voto da maioria dos participantes.

O debate será dividido em quatro blocos, sendo dois com temas livres (1º e 3º blocos) e dois com temas determinados (2º e 4º bloco), sendo que as considerações finais dos candidatos serão feitas no 4º e último bloco.

Em cada bloco, os candidatos terão 30 segundos para pergunta. O candidato escolhido para responder terá 1min30segundos para a resposta. O tempo da réplica será de 45 segundos e a tréplica de 1 minuto.

Se algum candidato não comparecer ao debate, o lugar que deverá ser ocupado por ele permanecerá vazio com a placa indicativa do seu nome que será mostrado ao telespectador durante todo o primeiro bloco.

Foram definidos quinze temas que serão sorteados pelo mediador para os blocos com temas determinados. Os temas definidos foram: saúde, educação, segurança, gestão, emprego e renda, desenvolvimento, transparência, turismo e turismo, municipalização, juventude, ciência e tecnologia, agricultura, infraestrutura, meio ambiente e funcionalismo público.

Foto: Zeca Soares

2 comentários »

Ibope divulga nova pesquisa esta semana

0comentário

O Ibope divulga, na próxima quarta-feira (19), a segunda pesquisa de intenções de votos nas eleições no Maranhão com novos números para o governo e Senado. O Ibope também divulgará a simulação do 2º turno.

A pesquisa foi contratada pela pela TV Mirante e será divulgada no JMTV 2ª Edição. Ao todo 1.008 eleitores vão ser entrevistados até o dia 19 de setembro.

A primeira pesquisa divulgada no dia 23 de agsto apontou os seguintes números para o governo: Flávio Dino (PCdoB): 43%, Roseana Sarney (MDB): 34%, Maura Jorge (PSL): 3%, Roberto Rocha (PSDB): 3%, Ramon Zapata (PSTU): 1%, Odívio Neto (PSOL): 0%, Brancos/nulos: 8% e Não sabe: 7%.

Os números para o Senado na primeira pesquisa Ibope foram: Edison Lobão (MDB): 27%, Sarney Filho (PV): 26%, Eliziane Gama (PPS): 17%, Zé Reinaldo (PSDB): 13%, Weverton Rocha (PDT):11%, Alexandre Almeida (PSDB): 6%, Saulo Pinto (PSOL): 3%, Preta Lú (PSTU): 3%, Samuel Campelo (PRTB): 2%, Saulo Arcangeli (PSTU): 2%, Saulo Pinto (PSOL): 2%, Iêgo Brunno (PCB): 1%, Brancos/nulos – Vaga 1 : 20%, Brancos/nulos – Vaga 2 : 31% e Não sabe: 37%.

sem comentário »