Manifestantes fazem ato em apoio a Bolsonaro em SL

0comentário

Manifestantes realizam na manhã deste domingo (26) um ato a favor do governo Bolsonaro na Praça do Pescador, em São Luís. A organização foi por vários grupos, como a União da Direita Maranhense (UDM) e a ‘Endireita Maranhão’.

A manifestação começou por volta das 9h e acontece de forma pacífica. O hino nacional foi executado e bandeiras do Brasil se espalhavam pela avenida. De acordo com os manifestantes, cerca de 1000 pessoas participam do ato. O Batalhão de Polícia Militar de Turismo (BPTur), que acompanha a manifestação, informou que não vai divulgar estimativa de participantes.

O ato é a favor da reforma da previdência, do pacote anticrime elaborado pelo ministro Sérgio Moro, de uma votação nominal da medida provisória 870, que estruturou o governo do presidente Jair Bolsonaro e também de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue membros do Supremo Tribunal Federal (STF), a chamada ‘Lava Toga’.

G1 MA

sem comentário »

Aeroportos do Maranhão na lista de privatização

0comentário

Os aeroportos Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, e prefeito Renato Moreira, em Imperatriz, entraram para a lista de aeroportos que serão privatizados nos próximos meses durante o governo do presidente em exercício, Jair Bolsonaro.

A informação foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (18). As concessionárias interessadas deverão apresentar os seus projetos junto à Secretaria Nacional de Aviação Civil em até 30 dias a partir da data de publicação do edital.

Segundo o governo Federal, as concessionárias que vencerem os leilões nos aeroporto do estado deverão realizar melhorias com a adequação de banheiros e fraldários, revitalização e atualização das sinalizações de informação dentro e fora do Terminal de Passageiros (TPS), disponibilização de internet wi-fi gratuita de alta velocidade em todo o TPS e revisão de sistemas de climatização, escadas rolantes, esteiras rolantes elevadores e esteiras para restituição de bagagens entre outras interveções.

Na última sexta-feira (15), empresas estrangeiras dominaram o leilão de 12 aeroportos pelo governo na B3, em São Paulo. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com a disputa, realizada em três blocos, a arrecadação à vista do governo ficou em R$ 2,377 bilhões, o que representa R$ 2,158 bilhões acima do mínimo fixado pelo edital para o valor de outorga inicial. O ágio médio do leilão foi de 986%.

Foto: Divulgação/Infraero

G1 Maranhão

sem comentário »