Luciano virá pela primeira vez ao Brasil!

0comentário

O cantor jamaicano Luciano deverá passar no mês de março pelas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Luciano foi convidado para participar do projeto “Bombas Dois”- que reúne ritmos brasileiros com jamaicanos. Essa mistura de ritmos já reuniu grandes nomes da Jamaica, como: Kymani Marley, Sizzla, The Heptones e U Roy; e brasileiros, a exemplo de Dominguinhos, Bi Ribeiro, Dada Yute e Karina Bhur.

Datas confirmadas:

24/03 – São Paulo (Sesc Pompéia).

28/03 – Rio de Janeiro (Projeto Sonoridades).

DJ Waldiney

sem comentário »

Nas paradas de sucesso do reggae

1comentário

O reggae de São Luís ganha outra cara. Esse fato é decorrente ao surgimento de boas canções produzidas lá fora, a exemplo de “Tell me When – Roots Circus”, “Tu Sin Mi – Dread Mar I”, “Everything Changes – SOJA”, “Pale Moon Light – Stephen Marley” (ganhador do Grammy – Melhor Álbum de Reggae 2011), etc.

No momento, a canção de maior sucesso vem da parceria do italiano Alborosie e da jamaicana Etana. A perfeita sintonia entre os dois renderam “Blessings” – que vem conquistando novos fãs a cada dia. No reggae Point, ela se tornou a mais pedida na programação em pouco tempo.

Acompanhe o vídeo abaixo:

1 comentário »

Tudo preparado para a reestreia da equipe Mega Vibes

3comentários

A Equipe Mega Vibes, formada por mim (Dj Waldiney) e o meu amigo Henrique Chaves, voltará à ativa nos principais espaços onde toca reggae em São Luís. Como anunciamos anteriormente, as nossas atividades foram encerradas no final do ano passado devido à problemas de saúde, mas nestes quatro meses parados aproveitamos para aumentar o nosso arquivo e voltar com tudo.

Henrique Chaves, por exemplo, retornará com uma bagagem de discos de vinil ainda maior, comparada à quantidade de quando parou. Sou até suspeito em falar, porém não poderia deixar de confirmar no blog o que eu andei “marocando” em seu arquivo pessoal: são discos raros e conservados que somarão aos meus e darão um brilho a mais em nossa discotecagem.

A data confirmada para o retorno será no dia 02 de março, no Roots Bar, Rua da Palma, Centro. Porém, após a reestreia, continuaremos nas sextas-feiras durante todo o mês de março dando sequência ao nosso projeto “Na Ponta da Agulha”.

A Mega Vibes surgiu há cinco anos em um projeto chamado “Reggae Solidário”. E até então, nosso maior objetivo é manter viva a chama do reggae realizada exclusivamente por vinis, assim como, promover a alegria e a união entre aqueles que compartilham dessa mesma paixão, o reggae do vinil.

Contamos com a sua presença!!

DJ Waldiney

3 comentários »

Filha de Peter Tosh busca reconhecimento nacional ao seu pai

0comentário

Niambe Tosh está buscando o reconhecimento de “Herói Nacional” do governo jamaicano para seu pai, Peter Tosh.

Em uma entrevista exclusiva para a Music News, Niambe diz que visa reforçar a presença do cantor na ilha.

Um evento está sendo organizado para celebrar a vida do cantor – trabalho e legado – pela Irie FM. O Peter Tosh Foundation está previsto para acontecer em Belmont, Westmoreland, neste domingo, dia 26.

DJ Waldiney

sem comentário »

Artistas maranhenses se preparam para testar popularidade nas urnas

0comentário

Nas eleições para Câmera Municipal deste ano, em São Luís, além de ex-jogadores, treinadores de futebol, jornalistas e empresários, que já se anunciaram como pré-candidatos, um grande grupo de artistas já se manifestou interessado em ser vereador de São Luís. São 31 vagas – 10 a mais do que as eleições de 2008 – o que atrai figuras populares na esperança de transformar em voto o reconhecimento artístico.

Destacam-se neste grupo o músico Fauzy Beydoun e Marquinhos Bill, pela história que construíram no cenário artístico maranhense e pela fama nacional que já alcançaram.

Filiado ao PT no ano passado, após passagem pelo PV, Fauzy é líder da lendária banda de reggae Tribo de Jah e tem respeito nacional como músico. Mesmo assim, estuda a possibilidade de compor a chapa petista rumo à Câmara Municipal.

O cantor deve disputar votos, principalmente, no segmento eleitoral conhecido por “Movimento Reggae”, que já elegeu outros, o deputado federal Pinto Itamaraty e o ex-vereador Ferreirinha da Estrela do Som, dois donos de radiolas.

O cantor e compositor Marquinhos Bill também é velho conhecido do público maranhense – e também com boa história na música nacional. Bill filiou-se ao PRB, que quer tê-lo como candidato a uma das vagas na Câmera.

Tanto Fauzy e Marquinhos Bill apostaram na confiança do público conquistado em anos na noite de São Luís em seu trabalho para colher votos nas eleições de outubro. E devem ter o apoio partidário para esta busca ao voto.

oestadoma

sem comentário »

Trio elétrico traz um pouco da Jamaica para o carnaval brasileiro

0comentário

Em São Luís, as ruas foram tomadas por um ritmo que acabou se tornando a marca da cidade: o reggae. Há seis anos, um bloco desfila pelas ruas da cidade trazendo um pouquinho da Jamaica para o carnaval brasileiro.

Na beira da praia, a nova geração ouve o chamado e se agita. O que significa o ritmo jamaicano para as crianças? Suingue e resposta de gente grande. “Amor, alegria e liberdade”, diz um menino.

O som vem do trio que se aproxima. É na batida do reggae que esse carnaval se diferencia dos demais. O trio elétrico arrasta uma legião de rastafaris empolgados.

“Vem de nós, vem de dentro. Quando escutamos reggae, o ritmo vem logo e dá vontade de dançar. É inexplicável”, diz a bailarina Maria Cristina.

O bloco do reggae foi criado há seis anos para atender a um público apaixonado pelo ritmo jamaicano e que tem o reggae não só como estilo musical, mas também como estilo de vida.

No carnaval, não poderia ser diferente. Por onde passa, o bloco contagia. O que explica porque São Luís é conhecida como a capital brasileira do reggae.

“É um estilo de vida, um estilo musical. Vem do sangue, é parte da nossa vida, sentimento da cultura”, comenta o coordenador do bloco, Cláudio Adão.

E logo São Luís se transforma em um pedacinho da Jamaica. O preto, o vermelho, o verde e o amarelo tingem a avenida tomada pelas coreografias desta tribo de foliões.

O cantor Pete Campbell, que veio da Jamaica para o bloco, se disse surpreso em encontrar uma energia tão parecida com a da terra do reggae.

G1

sem comentário »

Confira novo clipe de Damian Marley

0comentário

Partindo para um som mais romântico, Damian Marley acaba de lançar o seu mais novo vídeo clipe chamado “Affairs of The Heart”.

O clipe conta com uma ótima temática e é super sugestivo, como se pode observar no título da nova canção de Damian.

Diversas cenas foram gravadas no Brasil, dentre elas na Quadra da Escola de Samba Salgueiro, Aeroporto de Congonhas, Festival SWU em Paulínia (São Paulo).

DJ Waldiney

sem comentário »

Veja o trailer do documentário sobre Bob Marley

0comentário

O trailer do documentário sobre Bob Marley, ‘Marley’, acaba de ser divulgado. Dirigido por Kevin Macdonald, o longa cobre a vida e o legado deixado pelo ícone jamaicano.

Em entrevista ao Digital Spy no ano passado, Macdonald afirmou que para ele, Marley é, de longe, “o artista mais influente do século 20”. “Eu garanto, você não passa um dia em Londres sem ouvir alguma música de Bob Marley”, comentou.

“Todos esses rastafáris que andam por aí, as pessoas com dreadlocks – tudo isso vem do Bob Marley. Ninguém teria dread se não fosse por ele”.

Trailer ‘Marley’

MTV

sem comentário »

Homenagem a Stanley Beckford, do Starlites

1comentário

 

Nesta sexta-feira, se estivesse vivo, Stanley Beckford faria 70 anos. Eu tive oportunidade de conhecê-lo em 95, no estúdio da Mirante FM, quando o mesmo foi entrevistado por Tony Tavares. Guardo com muito carinho um CD autografado que ganhei do cantor naquele momento. Não fui ao show, mas os comentários foram os melhores possíveis sobre o artista brincalhão que cativou o público em sua apresentação.

Stanley nasceu em 17 de fevereiro de 1942 na Jamaica. Teve seus primeiros passos na igreja, assim como muitas crianças jamaicanas. Talentoso e de voz anasalada, misturava mento e reggae em suas canções. Essa fusão acarretou com que os seus temas buscassem a sexualidade, amor e devoção.

Com os grupos “The Turbines” e “The Starlights”, gravou seus principais hits em São Luís. Entre os mais tocados, estão: “Queen of Sheeba”, “Hold My Hand”, “Mr. Walker”, “Faithfull Wife”, “Brown Gal”, “Leave My Kissillo”, “Weeping Slave” e “You’re A Wanted Man”.

Stanley Beckford faleceu devido um câncer em 30 de março de 2007, em Riverdale, Jamaica. Morreu pobre e dependia da ajuda de artistas locais.

DJ Waldiney

1 comentário »

Documentário sobre Marley é bem recebido no festival de Berlim

0comentário

O premiado documentarista Kevin Macdonald realizou o que críticos estão chamando de biografia definitiva de Bob Marley, num projeto que teve a ajuda da gravadora e da família do lendário músico de reggae.

O filme foi incluído na programação do Festival Internacional de Cinema de Berlim, e as críticas se voltaram principalmente para sua longa duração, 144 minutos.

“Marley” tem entrevistas com filhos do cantor, com a viúva dele, Rita, e com um ex-colega de banda, além de imagens de shows. Como a gravadora Island aderiu ao projeto, a trilha sonora fala por si só.

O documentário narra a bem conhecida trajetória de Marley, que nasceu em uma pequena aldeia da Jamaica e se tornou um astro mundial divulgando o reggae e a filosofia rastafári, até morrer de câncer, em 1981, aos 36 anos.

Mas ele aborda também temas mais polêmicos, como a angústia de Marley por ser mulato, o que o fez sofrer “bullying” na infância, e como os relacionamentos e filhos extraconjugais afetaram a vida dele com a esposa, Rita, e com a filha Cedella. Estima-se que Marley tenha tido 11 filhos com sete mulheres.

“Eu sentia que não havia bons filmes sobre ele, e (havia) muita desinformação”, disse Macdonald à Reuters nesta semana. “Quis fazer um filme muito simples. É o filme mais convencional que eu já fiz, muito direto, apenas tentando ser um detetive e descobrir a verdade sobre a sua vida e a verdade sobre o seu personagem.”

uol

sem comentário »