Famílias recebem peixe na Semana Santa

0comentário

Hilton e Fernanda Gonçalo entregam peixes em Santa Rita e Bacabeira

Cerca de quinze toneladas de peixes foram distribuídas na manhã da última quinta-feira (13) pelo prefeito Hilton Gonçalo e pela prefeita Fernanda Gonçalo. Os peixes foram entregues em diversos povoados dos municípios de Santa Rita e Bacabeira, respectivamente.

Hilton Gonçalo explicou que os peixes distribuídos tanto pela Prefeitura de Santa Rita como de Bacabeira foram adquiridos dos produtores locais, para gerar circulação de renda no município. “Esta era uma das propostas de governo do meu governo e da Fernanda Gonçalo e aqui estamos fazendo questão de cumprir”. O secretário da Pesca de Bacabeira, Ramon França, também falou sobre a importância da distribuição de peixes. “As pessoas aguardam por ansiedade este momento”, afirmou.

No total mais de 5 mil famílias foram beneficiadas nos dois municípios e além da tradicional entrega do peixe, outros alimentos foram distribuídos a população como arroz e feijão, garantindo a complementação alimentar da população da região.

A distribuição de alimentos que ocorre de forma periódica nos municípios de Santa Rita e Bacabeira é possível através do Programa de Aquisição de Alimentos instituído pela Secretaria de Desenvolvimento Social e da Pesca, respectivamente.

 “A entrega do pescado é uma tradição cristã e no meu mandato estamos fazendo questão de manter, garantindo a nossa população o alimento na mesa”, afirmou a prefeita Fernanda Gonçalo, satisfeita em estar cumprindo mais uma promessa de sua campanha.

A dona de casa Cândida Oliveira dos Santos, moradora de Peri de Baixo em Bacabeira, estava radiante com a iniciativa. “Recebi o meu e peixe e para minha filha. Já vamos economizar com a compra do peixe”, afirmou. A senhora Marinéia Coelho, do povoado Peri de Cima também em Bacabeira, elogiou a ação. “Sempre recebo o peixe e, graças a Deus, a prefeita Fernanda Gonçalo deu continuidade a esta tradição”, disse.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Clássico Moto e Sampaio será dramático

9comentários

O clássico entre Moto e Sampaio que acontece neste domingo 15h45, pela última rodada da fase de classificação do 2º turno do Campeonato Maranhense tem todos os ingredientes de uma grande decisão antecipada.

O Moto já está classificado e talvez exiba uma certa tranquilidade, mas não é bem assim, pois também precisa vencer para terminar na primeira colocação e garantir a vantagem na próxima fase.

Ao Sampaio só a vitória interessa para a equipe continuar na competição, mas mesmo com a vitória vai ter que torcer para que Santa Quitéria ou São José não vençam seus adversários.

Uma eliminação diante do Moto deverá provocar mudanças profundas no Sampaio, pois o torcedor Tricolor não aceitará ver mais uma vez a equipe eliminada na fase de classificação de um turno.

Além da rivalidade em jogo, o Moto sabe que em caso de derrota poderá enfrentar o Sampaio na próxima fase e é exatamente esse confronto que os rubro-negros pretendem evitar.

O Moto sabe muito bem o perigo que pode representar se o Sampaio vencer o clássico e se classificar para as semifinais.

E sabe também que é a única equipe neste momento que pode desclassificar o maior rival e aumentar a crise por conta da temporada muito ruim que atravessa.

Os reflexos desse confronto serão medidos também no Campeonato Brasileiro Série C que começa no dia 13 de maio, exatamente com o reencontro dos dois no Estádio Castelão.

9 comentários »

Flávio Dino mede estrago da Lava Jato

2comentários

A equipe que cerca o governador Flávio Dino (PCdoB) já começou a medir os estragos do surgimento do nome do comunista na nova lista da Lava Jato.

No caso dele, o pedido de abertura de investigação, formulado pelo procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, foi encaminhado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Para saber até que ponto a delação de José de Carvalho Filho, que acusa Dino de ter recebido R$ 400 mil da Odebrecht, por meio de caixa dois, na campanha de 2010, afetou a popularidade do governador, o Palácio dos Leões determinou a realização de uma pesquisa.

A consulta, segundo o que apurou a coluna, está sendo feita em todas as regiões do estado, por telefone. É o mesmo modelo do já conhecido tracking, muito usado para acompanhamento diário de intenções de votos durante eleições.

Durante a ligação telefônica, o entrevistador faz três perguntas:

– se o interlocutor ouviu falar que Flávio Dino estava envolvido na Lava Jato;
– se acredita no envolvimento do governador; e
– as denúncias mudam sua disposição de apoio ao comunista.

Os resultados, é claro, devem ser mantidos em segredo pela cúpula do Executivo.

Coluna estado Maior/ O Estado

2 comentários »