Vamos continuar parados?

2comentários

Ainda continuo inconformado com a passividade dos dirigentes dos futebol no Maranhão. Sei que está difícil convencer a Liga Nordeste que Maranhão e Piauí são de fato, como estudamos desde cedo em geografia, estados da Região Nordeste. Alguém tem dúvida disso?

E qual é a maior dificuldade? Bem, é que continuamos calados, de braços cruzados. Ninguém diz nada, ninguém faz nada.

Ontem, falei com um colega de imprensa de Recife e outro de Aracaju. Foi incrível, mas até eles perguntam se vamos continuar parados esperando o bonde passar.

Temos que apertar a Liga Nordeste, a CBF, quem seja. Temos que buscar o apoio das Federações do Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas e Paraíba. Temos que buscar o apoio dos grandes clubes como Vitória, Bahia, Sport, Santa Cruz, Náutico, Ceará, Fortaleza, enfim… Temos que nos mexer.

Entendi muito bem o recado do torcedor maranhense, na última quinta-feira. Quase 10 mil estiveram acompanhando a partida do Sampaio, contra o desconhecido São Domingos-SE, pela Copa do Brasil., no Nhozinho Santos. Foi lindo ver o estádio quase todo lotado.

É é apostando na força do  nosso torcedor que defendo que não podemos continuar parados. A hora está passndo…

2 comentários para "Vamos continuar parados?"


  1. mauricio carlos

    ZECA É MUITO SIMPLES RESOLVER ESTE PROBLEMA É SÓ O VICE PRESIDENTE PARA ASSUNTOS POLITICOS DA CBF SE IMPOR COMO MARANHESE QUE É, SÓ DEPENDE DELE

    PS. É POR ISSO QUE TENHO SAUDADES DO DOMINGOS LEAL.

  2. GENILSON BOLIVÃO

    Essa é a maior aberração que eu já vi. Mas tudo iniciou há décadas com a realização dos torneioS MARANHÃO-PARÁ e foi ratificado através do Sr. Domingos Leal (lembra dele?), que em determinado momento, concluiu que nossos times não eram páreos com os demais nordestinos e nos incluiu, assim como os piauienses, na tal Copa Norte, por julgar que estávamos acima dos times daquela região. Mas não o culpo. Tudo passa pelo desleixo dos nossos dirigentes, que nunca se fizeram respeitar e acima de tudo pela INCOMPETÊNCIA da nossa “federação” de futebol, que só serve para satisfazer as vontades pessoais de seu “presidente” e adjuntos.
    É, de fato, lamentável a postura dos nosos dirigentes, que, ao que parece, têm vergonha de reclamar o que lhes é de direito.

deixe seu comentário