Edivaldo investe em ações de saúde preventiva

0comentário

Ações de promoção e proteção da saúde têm sido uma das estratégias desenvolvidas pela Prefeitura de São Luís, na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, para garantir à população melhoria da qualidade de vida, redução de doenças e riscos à saúde. Com esse propósito, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) têm executado uma série de programas, práticas, projetos e ações na área de saúde preventiva, para combater endemias como dengue, chikungunya, zika vírus, esquistossomose, leishmaniose humana, além de reforçar o controle de doenças como hipertensão, diabetes, colesterol, obesidade, hanseníase, raiva animal e humana, Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/Aids), entre outras.

O prefeito Edivaldo destacou como fundamental na gestão à saúde do município a gama de ações preventivas atualmente executadas com esse objetivo. “Visando à redução de muitas dessas doenças, não temos medido esforços para disponibilizar à comunidade campanhas de vacinação em massa ou direcionada a públicos específicos para chegarmos a máxima cobertura possível, conforme determinação do Ministério da Saúde. Além disso, temos colocado todo o nosso efetivo de agentes de saúde nas ruas para atacar os focos de doenças endêmicas em todos seus aspectos, seja por meio do trabalho de campo, visitas domiciliares, orientação à população, campanhas educativas nos bairros, nas escolas, e muitas outras ações para que, assim, possamos ampliar o nosso trabalho de saúde preventiva e proporcionarmos mais qualidade de vida à população”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Por meio da construção de políticas públicas saudáveis, que proporcionem também melhorias no modo de viver da população, a Prefeitura de São Luís tem enfrentando os ditos males da modernidade, como obesidade, hipertensão, estresse, ansiedade, depressão, doenças vasculares, entre outras, com ações de disseminação de informações, a fim de qualificar a atenção, orientar as pessoas ao tratamento adequado e contribuir para a melhoria das condições de saúde da população ludovicense.

(mais…)
sem comentário »