Luciano decreta emergência na Saúde

1comentário

Prefeito Luciano Genésio (PP)  decreta emergência na Saúde de Pinheiro

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), decretou estado de emergência na Saúde municipal logo no primeiro dia útil deste ano.

O ato é do dia 2 de janeiro, mas só foi publicado no Diário Oficial do Estado do dia 19, disponibilizado para consulta ontem (23).

Segundo o progressista, a medida se justifica porque “preliminar da comissão de levantamento situacional apontou um caos administrativo deixado nos três últimos meses de gestão, inclusive com a saúde pública”.

Diz ele, ainda, que até o Ministério Público “constatou a precariedade no atendimento público em hospitais municipais no fim da gestão anterior”.

Segundo Genésio, a falta de transição da gestão anterior para a sua também prejudicaram o setor.

O decreto tem validade de 30 dias, durante os quais “ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta à situação de emergência nas searas de atendimento, internação, cirurgias, exames, locomoção, insumos, aquisição de combustível para veículos da Secretaria de Saúde, manutenção, medicamentos e reparos e reformas no âmbito da saúde municipal”.

Blog de Gilberto Léda

1 comentário para "Luciano decreta emergência na Saúde"


  1. Felipe

    PORTA ABERTA PARA FARRA, ESTÁ SENDO O PREFEITO DE GOGÓ. O POVO NÃO ESTA MAIS BESTA P ESSAS MENTIRAS PREFEITO. LAMENTAVEL ESSA MATERIA MENTIROSA.

deixe seu comentário