Mil dias sem tratamento de esgotos em SL

0comentário

Por Andrea Murad

As estações de tratamento do Jaracati e do Bacanga estão em total abandono, e assim como a do Vinhais, também sem os ozonizadores. É importante entender que o sistema de ozônio em uma Estação de Tratamento é responsável pela desinfecção do esgoto e redução do mau cheiro. Sem o ozônio o efluente continua contaminado por vermes, coliformes fecais, bactérias, como a Escherichia Coli, e todo tipo de patógenos que provocam danos à saúde e ao meio ambiente.

Infelizmente, todas as três estações de tratamento em São Luís – Vinhais, Jaracati e Bacanga – estão com as estações de ozônio sem funcionar. A do Vinhais, inaugurada pelo governador Flávio Dino com festa, muita propaganda paga com dinheiro dos contribuintes, como se estivesse funcionando em sua plenitude, nunca desinfectou um litro do esgoto que sai da estação direto para o meio ambiente. E as outras duas, desde que o governador assumiu em janeiro de 2015, também estão sem ozonizadores, abandonadas e despejando esgoto sem tratamento nos manguezais, rios e nas praias de São Luís.

Desafio o governador Flávio Dino desmentir o que estou afirmando. Ele é um criminoso contumaz, dissimulado e mentiroso que coloca toda uma população em risco com suas propagandas mentirosas e aproveito para solicitar ao promotor Fernando Barreto medidas punitivas e corretivas já que pela Assembleia Legislativa nada mais podemos fazer.

Assistam ao vídeo e vejam como estão as ETES do Bacanga e Jaracati, completamente destruídas.

*Andrea Murad é deputada estadual

sem comentário »

Penha prestigia Copa Itaqui Bacanga

1comentário

O vereador de São Luís, Raimundo Penha (PDT), prestigiou, no final de semana, a abertura  da 9ª Copa Itaqui Bacanga de Futebol de Base. A competição envolve crianças e adolescentes. O parlamentar está apoiando o evento por meio de emenda que vai garantir a premiação dos atletas.

“É uma satisfação grande poder apoiar essa competição voltada para crianças e adolescentes, porque é dever de todos nós, adultos, incentivarmos a prática esportiva entre eles. Assim estaremos contribuindo para o desenvolvimento mais saudável dos nossos menores, evitando que eles sejam cooptados por pessoas do mal”, comentou Raimundo Penha.

A Copa Itaqui Bacanga de Futebol de Base chegou à sua nona edição com a participação de 40 times de toda região metropolitana, divididos em quatro categorias: Subs 11, 13, 15 e 17, totalizando 960 menores.

Os jogos serão realizados em diversos campos da cidade, tendo sua final marcada para o Estádio Nhozinho Santos. A  abertura da competição ocorreu no dia 26 de agosto no estádio Guioberto Alves, no Bairro do Fumacê, onde aconteceu um torneio que teve início nas categorias sub 13 e 15, que farão a sua final no dia 12 de outubro junto às comemorações do Dia das Crianças.

A premiação às equipes vencedoras será em dinheiro que será  utilizado para garantir melhor estrutura na escolinhas.

Foto: Divulgação

1 comentário »