Feirinha São Luís celebra títulos da Unesco

1comentário

Evento criado e premiado na gestão do prefeito Edvaldo Holanda Júnior, a Feirinha São Luís deste domingo (9), celebrou dois importantes títulos para a capital maranhense. O primeiro foi por ocasião dos 21 anos de São Luis Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) para a cidade no dia 6 de dezembro de 1997. O segundo foi o reconhecimento do reggae como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. A outorga ao ritmo nascido na Jamaica foi concedido pela Unesco no fim de novembro deste ano e faz referência à música amplamente disseminada em São Luís, que é conhecida também como Jamaica brasileira.

Durante as festividades de fim de ano, a Feirinha São Luís, evento que ocorre todos os domingos na Praça Benedito Leite, este mês, durante as festas do Natal de Todos, realizado pelo Governo do Estado e Prefeitura, terá horário estendido com a programação cultural até às 18h, aos domingos. Neste dia, as barracas de gastronomia e artesanato funcionam até às 22h e, aos sábados, das 18h às 22h.

“Celebrar aqui na feirinha esse título de Patrimônio Mundial, concedido pela Unesco e unir com a celebração ao título recém conquistado pelo reggae é muito gratificante e importante para nós, especialmente aqui no Centro Histórico, onde acontece o encontro de diversas pessoas em um ambiente que é plural em todos os sentidos, principalmente nas manifestações culturais e artísticas. Assim, a Feirinha São Luís, seguindo orientação do prefeito Edivaldo tem se consolidado como ponto de encontro da cidade”, destaca o coordenador geral da Feirinha, Ivaldo Rodrigues.

Para celebrar os dois títulos, diversos artistas da cena reggae foram convidados para alegrar o público presente, como o Jamaicano Honey Boy; os DJs Ademar Danilo, Nega Glícia, Neto Myller e Andrezinho Vibration; a cantora Célia Sampaio e a banda Capital Roots. A programação cultural contou ainda com a Cia Cazumbá, Dhean Brito, Tambor de Crioula – Crioulo do Nordeste, Grupo de Capoeira Gira Mundo e a anfitriã Banda da Feirinha.

Foto: Renato Carvalho

1 comentário »

Edivaldo comemora 21 anos de título da Unesco

3comentários

A edição da última quarta-feira (5) do Passeio Serenata pelas ruas do Centro Histórico foi especial ao fazer um tributo aos 21 anos do título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido à São Luís pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Ao lado da população e de turistas, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e a primeira-dama Camila Holanda, acompanharam as homenagens à Ilha do Amor feitas por meio de encenação teatral e músicas de louvação à capital.

Um verdadeiro teatro a céu aberto foi montado no largo da Praça Dom Pedro II e ruas da Praia Grande, atores da companhia Tramando Teatro apresentaram personalidades marcantes na história de São Luís, como religiosos, poetas, empresários e pessoas de prestígio na sociedade ludovicense no passado.

Após as intervenções artísticas, os acompanhantes da Serenata eram convidados a acompanhar músicas que homenageavam a beleza da cidade, como o hino da cidade “Louvação a São Luís”, “Ilha Magnética”, a toada “Se Não Existisse o Sol”, do Boi da Maioba e outras, todas executadas com alegria e talento pelos músicos Arlindo Pipiu (violão), Eliézio (acordeon), Carlos Chinês (percussão) e Lazico (pandeiro), e a cantora maranhense Tássia Campos.

“O Passeio Serenata já se tornou uma tradição entre a população e este tem um significado especial por comemorar os 21 anos de São Luís como Patrimônio da Humanidade. Para a nossa gestão é uma alegria podermos festejar esta data com tanto a comemorar já que estamos, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), entregando obras importantes para a nossa capital e sua população a exemplo do Complexo Deodoro que será um presente de Natal para São Luis e para o seu povo”, frisou o prefeito. “Isto soma-se às ações de valorização do nosso Centro Histórico. O Passeio Serenata, Sarau Histórico e o Roteiro Reggae compõem o Programa Reviva que traz as pessoas de volta para o Centro Histórico, dando oportunidade para os turistas que visitam a cidade e também para quem mora em São Luís de participar de um momento tão especial”, completou Edivaldo.

Foto: Maurício Alexandre

3 comentários »

São Luís celebra título de Patrimônio da Humanidade

3comentários

Há 22 anos uma equipe de avaliadores da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) percorreu ruas, becos, ladeiras e escadarias de São Luís para fazer a avaliação que recomendaria a qualificação de Patrimônio Cultural da Humanidade à Ilha do Amor. O reconhecimento oficial veio no dia 6 de dezembro de 1997, em Nápoles, na Itália. Em 2018, a cidade comemora 21 anos do título e contabiliza um pacote de intervenções que contempla 44 obras que integram a política de valorização do Centro Histórico e ações de reocupação do lugar.

Executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, essas obras estão resgatando o apogeu da Cidade dos Azulejos e da Atenas Brasileira, como também é conhecida a capital do Maranhão.

A bela São Luís, que encantou os avaliadores com os seus belos casarões, azulejos e com toda sua história e conjunto arquitetônico formado por casarões seculares, atualmente recebe o maior volume de obras já realizado nos últimos 30 anos. Uma parte delas já está concluída e outras ainda estão em andamento. O fato é que pouco a pouco São Luís resgata exemplares arquitetônicos e históricos imprescindíveis para a memória cultural da população local e enche os olhos dos turistas nacionais e internacionais.

“Celebramos com muita alegria os 21 anos do título de Patrimônio da Humanidade a esta São Luís que está recebendo dezenas de obras de revitalização do seu Centro Histórico e ações importantes de reocupação do nosso principal cartão-postal. Reafirmamos nosso compromisso de fazer muito mais para a preservação da nossa história, da memória do nosso povo e das suas tradições e cultura”, afirmou o prefeito Edivaldo.

(mais…)

3 comentários »

Bumba-meu-boi pode virar Patrimônio da Humanidade

1comentário

Complexo Cultural do Bumba-meu-boi pode se tornar Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. O primeiro passo para o reconhecimento internacional concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) foi dado nesta quinta-feira (5) com a entrega do dossiê de candidatura do bem cultural ao Ministério das Relações Exteriores (MRE).

A cerimônia de entrega teve a presença da secretária executiva do Ministério da Cultura, Mariana Ribas; a presidente do Iphan, Kátia Bogea; o diretor do Instituto de Patrimônio Imaterial, Hermano Queiroz; e o superintendente do Iphan no Maranhão, Mauricio Itapary.

O dossiê de candidatura foi entregue à diretora do Departamento Cultural do Itamaraty, ministra Paula Alves de Souza. A previsão é de que em 2019 o Comitê do Patrimônio Imaterial decida sobre a inserção do bem brasileiro na lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Com uma decisão positiva, o Bumba-meu-boi vai se unir a Arte Kusiwa – Pintura Corporal e Arte Gráfica Wajãpi (2003), ao Samba de Roda no Recôncavo Baiano (2005), o Frevo: expressão artística do Carnaval de Recife (2012), o Círio de Nossa Senhora de Nazaré (2013) e a Roda de Capoeira (2014). Todos são bens brasileiros reconhecidos como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Foto: Divulgação/IPHAN

Leia mais

1 comentário »

Edivaldo celebra 20 anos do título da Unesco

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) destacou nas redes sociais, o aniversário de 20 anos do título de Patrimônio da Humanidade concedido pela Unesco a São Luís.

A data é comemorada nesta quarta-feira (6).

“Há 20 anos São Luís recebia da Unesco o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. E não há como não reconhecer o valor e a beleza de nossa cidade que é dona do maior conjunto arquitetônico de influência portuguesa das Américas”, disse.

“Temos orgulho de fazer parte dessa história e contribuir para que as futuras gerações também desfrutem de uma cidade histórica viva. Parabéns, São Luís!”, finalizou.

Na televisão e nas redes sociais, a Prefeitura de São Luís divulgou um vídeo no qual celebra os 20 anos dessa grande conquista.

Foto: Divulgação

sem comentário »

São Luís mantém título da Unesco

3comentários

Prefeitura nega informação de que São Luís tenha perdido o título de Patrimônio Histórico

A Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph) informou que é falsa a informação de que a cidade de São Luís teria perdido o título de Patrimônio Histórico da Humanidade concedido pela Unesco.

A Fundação esclarece que tais decisões seguem um protocolo característico e que nenhuma determinação neste sentido foi comunicada nem à Prefeitura de São Luís nem ao Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional (Iphan), órgão responsável pela proteção do patrimônio no Brasil.

A Fumph reforça que a capital maranhense mantém o título e que vem sendo desenvolvidas diversas iniciativas para garantir a preservação do patrimônio, inclusive com reunião realizada esta semana com a presidente do Iphan, Kátia, Bogéa, para tratar de obras de melhorias na área tombada.

Foto: Zeca Soares

3 comentários »