Ministro de Temer tem filho no governo Flávio Dino

0comentário

Nesta terça-feira (23), o jornal O Estado revelou uma grave denúncia envolvendo o governo Flávio Dino e que já começou a repercutir na imprensa nacional.

O jornal O Estado apresentou a publicação no Diário Oficial do Maranhão com a nomeação do filho de um ministro do presidente Michel Temer, no Governo Flávio Dino. Sem qualquer vestígio de sua presença em terras maranhenses, Bruno Costa Jungmann ocupa o cargo comissionado de assessor especial da Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos, com salário generoso de R$ 9.828,00.

Como a nomeação de Bruno Jungmann aconteceu no fim de março, o assessor do governo comunista já recebeu dos cofres maranhenses algo em torno de R$ 66 mil. O assunto, que pode se transformar em mais um caso de funcionário fantasma, já começa a ganhar repercussão nacionalmente (veja aqui).

O curioso é que essa não é a primeira vez que Bruno Jungmann protagoniza nomeações consideradas estranhas. No ano passado uma nomeação em um cargo comissionado no MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações), de Gilberto Kassab, também chamou atenção. Coincidentemente, o salário era semelhante aos vencimentos recebidos no Governo Flávio Dino, cerca de R$ 10 mil. Após a publicação da denúncia, Bruno foi exonerado do cargo do MCTIC.

Justificativas – O Estado entrou em contato com a Secap e com o próprio Bruno Jungmann. Foram questionadas informações sobre as funções do cargo, carga horária semanal e se o assessor costuma visitar, ou já visitou, o Maranhão.

Bruno confirmou que trabalha na Secretaria de Estado de Representação Institucional do Maranhão, no Distrito Federal como assessor especial na área de relações institucionais. Além disso, ele afirmou que qualquer outra informação deveria ser solicitada para a Secap.

A Secap foi evasiva e confirmou apenas que o filho do ministro Raul Jungmann está lotado no escritório de Representação Institucional do Governo do Maranhão, no Distrito Federal, onde cumpre expediente regular.

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

Base no MA está pronta para uso de países

0comentário

Centro de Alcântara está pronto para uso por países parceiros, diz ministro Raul Jungmann

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, já está pronto para uso pelos países parceiros, Estados Unidos, França, Rússia e Israel, que demonstram interesse na estrutura do local, disse hoje (31) o ministro da Defesa, Raul Jungmann, que participou do Fórum de Investimentos Brasil 2017, na capital paulista.

“Está pronta e acabada, é só virar a chave. Com aquela localização [privilegiada], a gente precisa, de fato, gerar recursos”, declarou o ministro.

Segundo ele, o Ministério das Relações Exteriores firmou acordo com os Estados Unidos, que deve ser o primeiro país a utilizar o centro. A França também enviou, há um mês, uma equipe que conheceu a unidade. Ainda não há prazo, no entanto, para o início das operações.

O ministro citou a dificuldade de expansão da base por causa da questão quilombola. A área de 60 mil hectares foi desapropriada, restando 8 mil hectares para os lançamentos da plataforma. “Se você tiver mais 12 mil hectares, e isto está em negociação, você vai poder colocar até seis países no centro de lançamento. Seria uma melhora muito grande nos recursos”, disse. Segundo ele, com a expansão, os recursos passariam de US$ 1,2 bilhão para US$ 1,5 bilhão.

A base opera no lançamento de foguetes em menor escala. “Não tem lançamento de satélites, tem de foguetes de pesquisa”.

Foto: Divulgação

sem comentário »