A preocupação com a queda do Sampaio

1comentário

Entre vaias e aplausos, os jogadores do Sampaio deixaram o campo do Castelão, ontem, após a derrota para o Imperatriz por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro Série C.

Muitos irão dizer que o time já estava classificado e que a partida servia apenas para o Imperatriz confirmar a classificação sem depender de outras equipes.

Mas foi assim diante do lanterna ABC e do Náutico, quando o Sampaio também não venceu e acumulou em três rodadas um empate e duas derrotas.

Mas o que dizer desses tropeços seguidos? Foi desinteresse, falta de concentração ou mesmo queda da equipe?

Após o jogo com o Imperatriz, alguns jogadores do Sampaio até tentaram minimizar a derrota e a sequência negativa nas últimas rodadas e se mostraram cientes do que vem acontecendo.

O time perdeu Lucas Hulk para a primeira partida do mata-mata por total responsabilidade da comissão técnica. Se era para os titulares tirar a “perninha”, então que o Sampaio tivesse jogado com os reservas.

O fato é que o Sampaio ganhou mais um problema que era desnecessário.

Apesar da excelente campanha e da vantagem agora, o momento é de alerta no Sampaio. Nestes dois jogos decisivos, o Sampaio não pode errar. O momento agora é de afirmação da equipe e, é claro de confirmação do acesso do Sampaio à Série B em 2020.

Foto: Elias Auê / Sampaio

1 comentário para "A preocupação com a queda do Sampaio"


  1. Raimundo Nonato Lima Moraes

    Falei aqui mesmo em edição passada que deveríamos poupar os principais jogadores,quem tivesse com problemas de cartões e problema clínico,até falei que o Imperatriz era daqui mesmo,isso não houve.Verdade que o jogo foi igual e chegamos mais.Depois que fizeram o gol é que o Imperatriz chegou com mais perigo,não esquecendo aquela que o Andrade perdeu e eles ficaram perto de marcar no primeiro tempo.Agora é matar ou morrer.Sampaio e Imperatriz tem condições iguais de subir ou não.

deixe seu comentário