Definidos adversários dos maranhenses no mata-mata

2comentários

A última rodada da fase de classificação do Campeonato Brasileiro Série C definiu os confrontos do mata-mata de acesso à Série B em 2020.

No sábado, foi definido o grupo A que teve Náutico-PE, Sampaio-MA, Imperatriz-MA e Confiança-SE, as equipes classificadas.

Neste domingo foi definido o grupo B. Os classificados foram: Ypiranga-RS, Juventude-RS, São José-RS e Paysandu-PA.

Com os jogos de hoje, os dois maranhenses conheceram seus adversários no mata-mata. O Sampaio vai enfrentar o São José-RS. O Imperatriz enfrentará outro gaúcho, o Juventude.

Jogos de Ida
Paysandu-PA x Náutico-PE
Imperatriz-MA x Juventude-RS
São José-RS x Sampaio-MA
Confiança-SE x Ypiranga-RS

Jogos de volta
Náutico-PE x Paysandu-PA
Juventude-RS x Imperatriz-MA
Sampaio-MA x São José-RS
Ypiranga-RS x Confiança-SE

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

2 comentários »

Prefeitura fará Food Truck Festival em São Luís

0comentário

De 29 de agosto a 1º de setembro, das 17h às 23h, a Praça Maria Aragão vai receber o Food Truck Festival, evento promovido pela Prefeitura de São Luís e empreendedores do setor. A ação integra as comemorações pelo aniversário de 407 da cidade, celebrado dia 8 de setembro, e fomenta o empreendedorismo local, uma das bandeiras da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. Além de um evento gastronômico, o Food Truck Festival abre espaço para apresentações culturais de artistas locais, atraindo ainda mais o público para a ação que reunirá mais de 20 empreendimentos entre food trucks, food carts e food bikes.

A iniciativa também integra as ações de movimentação do Centro Histórico de São Luís que estão sendo realizadas pelo prefeito Edivaldo. “Ações como essa fomenta a economia, fortalecendo o empreendedorismo local e contribuindo com o trabalho de vários cidadãos ludovicenses. O Food Truck Festival integra as comemorações do aniversário de 407 anos de São Luís, que contará com uma programação especial durante todo o mês de setembro”, destacou o prefeito Edivaldo.

O Food Truck Festival vai oferecer ao público produtos como hambúrgueres, pastéis, pizzas, chopp artesanal, doces, steaks e defumados. Durante o festival, haverá apresentação de DJs, bandas e artistas locais. No dia 29, quem se apresenta no festival é a banda Vertigo e no dia 30, a banda Stamina. Já no sábado (31), se apresenta o maranhense Jamilson Jackson e no domingo (1°), os cantores Tássia Campos e Jhoie Araújo.

Além da gastronomia e das apresentações culturais, o Food Truck Festival contará com o espaço kids, voltado para o público infantil. Durante os quatro dias de evento, o poder público municipal se fará presente com apoio logístico na infraestrutura, na limpeza do espaço e na segurança. O interesse em realizar o evento foi manifestado pelo próprio prefeito Edivaldo, quando reuniu empreendedores do ramo, mês passado.

A proposta do evento é oferecer diversão, cultura, boa comida, segurança, conforto, higiene e organização eficientes. “Estamos todos muitos ansiosos para o festival pois, com o apoio do poder público, conseguiremos fazer um evento bem maior do que os que costumamos realizar. É um apoio muito importante para nós”, destacou Marcos Descovi, do Descovi Burger, especialista em hambúrgueres artesanais.

O Food Truck Festival deve repetir o sucesso do Festival Food Truck na Estrada, maior evento gastronômico itinerante do país, realizado no início de julho na Praça Maria Aragão, com o apoio da Prefeitura de São Luís, como parte da programação do Férias Culturais. Na ocasião, os participantes do festival tiveram oportunidade de desfrutar de uma grande variedade do cardápio deste mundo da gastronomia.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Hélio Soares sofre infarto e tem quadro estável

0comentário

O deputado estadual Hélio Soares (PL) sofreu um infarto durante um evento político em Satubinha, a 264 Km de São Luís, na tarde de sábado (24).

Ele estava acompanhado pelo deputado federal Josimar de Maranhãozinho e da deputada estadual Detinha.

Hélio Soares foi levado para o Hospital Macrorregional de Santa Inês, onde passou a noite na UTI.

Neste domingo, o deputado foi transferido para São Luís por uma equipe do Grupo Tático Aéreo (GTA). Ele está na UTI, do Hospital UDI e o seu quadro clínico e estável.

Foto: Redes sociais

sem comentário »

A preocupação com a queda do Sampaio

1comentário

Entre vaias e aplausos, os jogadores do Sampaio deixaram o campo do Castelão, ontem, após a derrota para o Imperatriz por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro Série C.

Muitos irão dizer que o time já estava classificado e que a partida servia apenas para o Imperatriz confirmar a classificação sem depender de outras equipes.

Mas foi assim diante do lanterna ABC e do Náutico, quando o Sampaio também não venceu e acumulou em três rodadas um empate e duas derrotas.

Mas o que dizer desses tropeços seguidos? Foi desinteresse, falta de concentração ou mesmo queda da equipe?

Após o jogo com o Imperatriz, alguns jogadores do Sampaio até tentaram minimizar a derrota e a sequência negativa nas últimas rodadas e se mostraram cientes do que vem acontecendo.

O time perdeu Lucas Hulk para a primeira partida do mata-mata por total responsabilidade da comissão técnica. Se era para os titulares tirar a “perninha”, então que o Sampaio tivesse jogado com os reservas.

O fato é que o Sampaio ganhou mais um problema que era desnecessário.

Apesar da excelente campanha e da vantagem agora, o momento é de alerta no Sampaio. Nestes dois jogos decisivos, o Sampaio não pode errar. O momento agora é de afirmação da equipe e, é claro de confirmação do acesso do Sampaio à Série B em 2020.

Foto: Elias Auê / Sampaio

1 comentário »

Está quem manda

0comentário

Por José Sarney

Nos meus primeiros meses como Presidente da República, tive que aprender a rotina das solenidades militares, sempre muito bem organizadas, com fórmulas estabelecidas há décadas e impecável respeito a horário e cerimonial. Justamente neste aprendizado, cometi uma das maiores gafes ao ser recebido no Corpo de Fuzileiros Navais de Brasília, no Dia da Marinha.

Diante da tropa formada estava o Ministro da Marinha, Almirante Henrique Saboia, um dos melhores homens públicos que conheci, grande profissional, mas sobretudo personalidade de honradez, cultura e sensatez. Devo-lhe grande ajuda de conselhos, recomendações e solidariedade.

Quando cheguei, ele, com grande garbo, deu a ordem a sua tropa, conforme os costumes navais, seguida pelo toque dos apitos dos marinheiros, e abriu a solenidade, anunciando: —”Está quem Manda!”

Eu, novato em ser o Comandante em Chefe das Forças Armadas, entendi a saudação do Almirante Saboia como “Está queimando.” Abandonei a postura solene de Comandante para me voltar, à procura de onde vinha o fogo. Fui socorrido por meu ajudante de ordens, Major Heitor, a explicar-me que não havia fogo e sim a saudação naval. Até hoje conto com vergonha minha gafe aos almirantes amigos.

Essa foi a exclamação que me veio à cabeça quando recebi a trágica notícia do que acontece na Amazônia, lembrando-me daquele tempo. Desta vez está queimando mesmo, e muito, e escandalosa e catastroficamente fora de controle a nossa Amazônia.

Quando caiu o muro de Berlim, com o fim da utopia socialista, nasceu a ideologia do Meio Ambiente. O Brasil foi colocado no banco dos réus sob a alegação de que destruía a Amazônia, pulmão do mundo — por produzir uma sobra de oxigênio, o que não é verdadeiro, o papel pertence às algas marinhas. A Amazônia é fundamental para a humanidade porque é a maior floresta úmida, tem a maior diversidade e faz, aí sim, a regulação do clima mundial.

Minha reação, eu que sou ambientalista, amante da Natureza, humanista, foi contestar o que não era verdadeiro como teoria, reconhecer que desde a Colônia o Brasil tinha descuidado de enfrentar o problema do Meio Ambiente e trabalhar. Criei o “Programa Nossa Natureza” — com a ajuda dos ministros Bayma Denis e João Alves —, o Ibama e toda uma estrutura nacional de órgãos e institutos de natureza científica e tecnológica, a começar pelo monitoramento das queimadas. Fomos o primeiro país no mundo a dedicar ao Meio Ambiente um capítulo da Constituição, trabalho dos deputados Feldman e Sarney Filho.

Respondi à comunidade internacional reivindicando para o Brasil a Conferência Mundial do Meio Ambiente, com os embaixadores Paulo Tarso, Ricúpero e Seixas Corrêa pedindo apoio para a candidatura do Rio de Janeiro. A Conferência Rio-92 foi um sucesso e cumpriu sua finalidade. Assim saímos do banco dos réus.

Agora, devemos fazer uma mobilização nacional contra o fogo. Começar pelos municípios, com brigadas de voluntários, chamar os Estados à colação e fazer um grande mutirão nacional.

Vamos dar uma resposta correta. Nada de retórica, tudo de trabalho.

Como eu entendi o que disse o Ministro Saboia: “Está queimando!”

Coluna do Sarney

sem comentário »

A decisão é sua!

0comentário

Por Adriano Sarney

Nesta semana lancei um programa inovador de participação popular, o “Emendas Participativas”. Acredito que precisamos repensar e mudar a forma como os recursos públicos são distribuídos em nosso Estado, abolindo práticas arcaicas e adotando métodos eficientes.

Todos os deputados estaduais tem direito a indicar benefícios no montante de R$ 4 milhões no orçamento do Governo do Estado, são as emendas parlamentares. Estes valores constam em Lei e devem ser pagos pelo governo. Por trás de um nome aparentemente neutro, esconde-se um poderoso mecanismo de alocação do dinheiro público, são recursos que poderão ser investidos em saúde, educação, cultura, meio ambiente, esporte, infraestrutura, dentre outros.

Pensando nisso, lancei um programa em que o cidadão é quem decide onde e como serão investidos o dinheiro, uma inovação no modo de fazer política. O “Emendas Participativas” garantirá interatividade, participação popular e minha ativa colaboração com a solução dos problemas enfrentados pelos maranhenses, aqueles que vivenciam no dia a dia os problemas de seus bairros e que são as pessoas mais certas para indicarem melhorias.

O procedimento será simples e rápido. Qualquer pessoa poderá nos enviar pela internet uma sugestão preenchendo um formulário com nome completo, CPF, endereço, contato e uma breve sugestão obedecendo as regras conforme o regulamento. Ao recebermos as sugestões, eu e minha equipe procederemos uma seleção e, em seguida, convocaremos os autores para orientação e definição da modalidade de aplicação dos recursos (transferências a municípios, transferências fundo a fundo, transferências a instituições filantrópicas sem fins lucrativos ou aplicações diretas pelo governo do estado).

A participação dos autores é parte fundamental dessa ação. Os autores acompanharão conosco todas as etapas da tramitação de suas indicações: no protocolo das emendas na Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia Legislativa, na votação em plenário e, principalmente, na cobrança ao governo do estado para liberação ou execução das mesmas. Um processo democrático e transparente.

É importante destacar que as emendas são apreciadas no final deste ano, pois farão parte do Orçamento de 2020, razão pela qual iniciamos esse processo para que tenhamos tempo hábil. O regulamento e o formulário serão divulgados em breve nas minhas redes sociais e no meu site que será lançado nos próximos dias.

Tenho como compromisso de mandato mostrar que é possível fazer uma política diferente. Com o cidadão realmente participando e decidindo onde serão empregados os recursos públicos, podemos finalmente afirmar a máxima da verdadeira participação popular: “O dinheiro é público e a decisão é sua!”

*Adriano Sarney é deputado estadual, economista com pós-graduação pela Université Paris (Sorbonne, França) e em Gestão pela Universidade Harvard.

sem comentário »