Edilázio é o relator da Comissão de Mudanças Climáticas

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) atuará como relator da Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas do Congresso Nacional, instalada na tarde de hoje em Brasília.

O colegiado formado por até 12 titulares e 12 suplentes de cada Casa [Câmara Federal e Senado da República] terá como principal atenção de trabalho, no momento, o problema das queimadas na região da Amazônia.

Na condição de relator, Edilázio será o responsável por elaborar um relatório sobre todas as atividades da comissão – que dizem respeito ao monitoramento e fiscalização das ações referentes às mudanças climáticas no Brasil.

“Já vou apresentar um plano de trabalho na próxima reunião e intensificar na comissão o debate sobre a Amazônia. O objetivo é fazer com que o Congresso Nacional não seja negligente sobre a situação da Amazônia”, explicou.

A comissão, que terá como presidente o senador Zequinha Marinho (PSC-PA), vai acompanhar e fiscalizar os trabalhos desenvolvidos no combate às queimadas em todos os estados que integram a região da Amazônia Legal.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Câmara discutirá Reforma da Previdência

0comentário

A Câmara Municipal de São Luís realizará nesta sexta-feira (30), a partir das 9h, no Plenário Simão Estácio da Silveira, sessão solene na qual será prestada homenagem aos 30 anos do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau do Estado do Maranhão (SINTEMA).

Na ocasião, também será promovido debate, que reunirá representantes dos mais variados segmentos da sociedade, acerca da Reforma da Previdência que continua tramitando no Congresso Nacional.

A sessão solene, assim como o painel de discussão sobre a Reforma, foram solicitados pelo vereador Raimundo Penha (PDT) e aprovados unanimemente pelos demais parlamentares.

“Será um momento para reconhecermos o trabalho desenvolvido pelo Sindicato, que surgiu da luta dos trabalhadores das universidades, e também discutirmos sobre a Reforma da Previdência, tema que continua dividindo opiniões”, disse Penha.

O SINTEMA foi fundado em 1989 durante assembleia geral dos trabalhadores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

A luta pela democratização das universidades, com eleições paritárias, acesso para os alunos de escolas públicas; melhores salários e condições de trabalho; investimento na área de pesquisa e tecnologia; são pontos que fazem parte da agenda permanente de trabalho da entidade.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Eliziane discute políticas pública para mulheres

0comentário

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA) e a Secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça se reuniram, nesta terça-feira, 28, com a ministra da Família, Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, para discutir o fortalecimento das políticas públicas para as mulheres maranhenses. A deputada estadual Mical Damasceno acompanhou o encontro que aconteceu em Brasília.

Um dos objetivos da reunião foi o pedido de ampliação do convênio com o governo federal para a Casa da Mulher Brasileira, que faz atendimento humanizado e especializado às mulheres vítimas de violência doméstica.
“Estou muito feliz com a receptividade da ministra. Nós pedimos que o governo federal renove o convênio de manutenção da Casa da Mulher Brasileira que faz um trabalho extraordinário de atendimento às mulheres maranhenses”, esclareceu a senadora Eliziane Gama.

Durante o encontro, Eliziane Gama destacou a importância de iniciativas como o Observatório da Mulher contra a violência (OMV) criado pelo Senado em 2016.

Na semana passada, a senadora maranhense solicitou a implantação do Observatório no Maranhão. A plataforma de referência nacional e internacional em dados, pesquisa, análise e intercâmbio entre as principais instituições atuantes no tema da violência contra as mulheres.

“A partir dessa iniciativa, queremos compartilhar com o estado as ferramentas desenvolvidas pelo Senado, para auxiliar no aprimoramento de políticas de enfrentamento à violência contra mulheres maranhenses”, disse, ao ressaltar que a parceria será feita com a secretaria estadual da Mulher.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Juscelino prestigia posse do presidente da Codevasf

0comentário

O partido Democratas está ainda mais fortalecido no governo federal. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) tem um novo diretor-presidente: Marcelo Andrade Moreira Pinto, que foi empossado nesta quarta-feira (28) pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), coordenador da bancada do Maranhão no Congresso Nacional, acompanhou a solenidade, em Brasília (DF).

A indicação para o cargo foi feita pelo Democratas na Câmara. “Esse é mais um espaço importante que o partido ocupa no governo federal, o que fortalece ainda mais a legenda, principalmente no Nordeste. Desejo muito sucesso ao amigo Marcelo Moreira e me coloco à disposição, já que a Codevasf tem uma atuação fundamental para o desenvolvimento do Maranhão e de toda a região”, afirmou o deputado Juscelino Filho.

O novo diretor-presidente destacou a importância da Codevasf na melhoria da qualidade de vida da população. “As iniciativas implementadas em mais de 1.600 municípios valorizam as características e potencialidades locais, geram emprego, renda e desenvolvimento”, ressaltou Marcelo Moreira. O ministro Gustavo Canuto lembrou: “sem as ações da empresa, os estados nordestinos seriam menos desenvolvidos. Portanto, a responsabilidade é gigantesca”.

Marcelo Andrade Moreira Pinto é natural de Salvador (BA), tem 36 anos, é engenheiro civil graduado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Possui também especialização em Controladoria e Finanças pelo Instituto Fipecafi e MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Criada em 1974, a Codevasf completou 45 anos no dia 16 de julho. Atualmente, sua área de atuação abrange 27% do território nacional, em 12 estados e no Distrito Federal, envolvendo 1.641 municípios e 17 bacias hidrográficas principais. A missão da empresa pública, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, é desenvolver essas bacias de forma integrada e sustentável, contribuindo para reduzir desigualdades regionais.

Nesta quinta-feira (29), a partir das 10h, as quatro décadas e meia da Codevasf serão comemoradas no Plenário do Senado Federal, em sessão especial. Já no Salão Branco do Congresso Nacional, a II Mostra Codevasf no Desenvolvimento Regional vai apresentar, aos parlamentares e ao público em geral, resultados dos investimentos do órgão.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Turma da Mônica: Laços já está disponível no NOW

0comentário

Depois de emocionar mais de 2 milhões de espectadores nos cinemas, Turma da Mônica: Laços chega agora ao NOW para assistir em todas as telas, quando e onde quiser. O filme que traz os personagens de Maurício de Souza em live-action já está disponível para os clientes Claro na plataforma on demand.

O diretor Daniel Rezende transportou a história dos quadrinhos para as telonas com maestria, sem perder nenhuma caraterística dos personagens. O time de atores também não poderia ser melhor. Além das crianças, que são um show a parte, o elenco tem Rodrigo Santoro, no papel do Louco; Monica Iozzi, como Dona Luiza (mãe da Mônica); e Paulo Vilhena, como Seu Cebola (pai do Cebolinha). Nem o criador da história ficou fora do filme. Maurício de Souza também faz uma participação especial ao melhor estilo Stan Lee nos filmes da Marvel. 

Os fãs da turminha mais amada do Brasil poderão acompanhar a história do sumiço do Floquinho, o cachorro do Cebolinha (Kevin Vechiatto). O garoto inventa um plano infalível para resgatar o animal, mas para isso vai precisar da ajuda de seus amigos Mônica (Giulia Benite), Magali (Laura Rauseo) e Cascão (Gabriel Moreira). Juntos, eles irão participar de grandes aventuras para trazer o Floquinho de volta para casa.

Além de Turma da Mônica: Laços, o NOW tem nove filmes da série Cine Gibi e uma coletânea de desenhos clássicos com toda a turma, que podem ser acessados na seção Kids > Turma da Mônica, da plataforma.

O NOW está disponível pelo site nowonline.com.br ou aplicativo para dispositivos móveis. Os clientes da Claro com pacote de TV também assistem pelo canal 1 do controle remoto.

Os clientes com plano móvel pós-pago contam com o Extraplay, uma franquia de dados exclusiva que permite aproveitar filmes e séries no NOW, com mais conforto no uso da sua internet móvel. O Extraplay dobra a quantidade de dados do plano, para uso exclusivo nos aplicativos de streaming de vídeo compatíveis com a funcionalidade, incluindo o próprio NOW, YouTube, Claro vídeo e Netflix.

Foto: Divulgação

sem comentário »

César Pires denuncia ‘transferências’ em Medicina

0comentário

O deputado César Pires (PV) relatou que inúmeras ações ordinárias e mandados de segurança, com pedido de liminar, têm sido impetrados na comarca de Caxias, desde 2016, por alunos de cursos de Medicina de faculdades privadas e de universidades estrangeiras, que alegam problemas de saúde para obter transferência para a Universidade Estadual do Maranhão (Uema), em Caxias. Segundo o parlamentar, com base nesses argumentos, a Justiça tem concedido liminares determinando que a Uema matricule essas pessoas.

“Essa argumentação é totalmente ilegal, já que existe uma lei federal que trata do assunto e determina que somente funcionários públicos federais e estaduais, caso sejam transferidos a bem do serviço público, tanto eles quanto seus dependentes, têm direito a vaga em uma universidade congênere à que eles já estudam”, ressaltou César Pires.

Segundo relatos de professores e líderes estudantis da Uema em Caxias, há casos de alunos de universidades estrangeiras (Bolívia, Uruguai, Paraguai, Argentina), que também buscam a Justiça para burlar a lei e conseguir transferência para o curso de Medicina.

Indira Odete Amorim, presidente do Centro Acadêmico de Medicina da Uema, afirma que essas transferências de alunos por decisão judicial vêm sobrecarregando o curso de Medicina em todos os aspectos, tanto estrutural quanto em recursos humanos, e prejudicando a qualidade do ensino.

“As turmas normais têm 35 alunos e estão superlotadas com as mais de 20 pessoas que já ingressaram por decisão judicial. As aulas práticas em laboratório e os estágios, por exemplo, ficam inviabilizados”, enfatizou o deputado.

César Pires concluiu alertando que essa questão precisa ser urgentemente revista, sob pena de afetar seriamente a qualidade do ensino e a formação acadêmica dos alunos do curso de Medicina da Uema, em Caxias. “É preciso garantir o devido processo de seleção dos alunos, assegurando acesso à universidade àqueles que comprovarem conhecimento para obter vaga em um curso, que tem a enorme responsabilidade de formar profissionais que vão cuidar da saúde das pessoas”, finalizou.

Foto: Biaman Prado / Agência Assembleia

sem comentário »

Caravana Pão com Ovo pega estrada no Maranhão

0comentário

O elenco da Companhia Santa Ignorância pega a estrada para mais uma edição da Caravana Pão com Ovo pelo interior do Maranhão com César Boaes, Adeílson Santos e Davyd Dias.

Nesta edição serão visitadas 7 cidades de várias regiões do estado. O espetáculo tem o patrocínoo da Cemar por meio da Lei de Incentivo à Cultura e o apoio das prefeituras das cidades.

A Caravana do Pão com Ovo já passou por 40 cidades maranhenses e foi acompanhada por cerca de 120 mil pessoas. A apresentações acontecem sempre em praça pública e são gratuitas.

Veja as cidades:

30/08 – Sexta-feira – Formosa da Serra Negra
1º/09 – Domingo – Açailândia
06/09 – Sexta-feira – São José de Ribamar
08/09 – Domingo – Pedreiras
14/09 – Sábado – Carutapera
20/09 – Sexta-feira – Coelho Neto
22/09 – Domingo – Buriti Bravo

Foto: Ayrton Valle

sem comentário »

Hildo busca benefícios no Ministério da Cidadania

0comentário

O deputado federal Hildo Rocha participou de reunião com o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, com a finalidade de apresentar pleitos de municípios maranhenses nas áreas de competência da pasta que responde pelas políticas públicas de Assistência Social; Cultura; Esporte; Renda e Cidadania; Promoção do Desenvolvimento Urbano; Inclusão Social e Produtiva Rural; Inclusão Social e produtiva Urbana; Cuidados e Prevenção às Drogas. (Clique aqui e veja o vídeo).

“Mostrei ao ministro Osmar a obra do Centro de Convivência que está em fase final de construção, na cidade de Estreito, empreendimento que está sendo construído com recursos de emenda de minha autoria. A obra está ficando muito boa. Convidei o ministro para participar da inauguração que está prevista para o final do próximo mês. Quero que o meu amigo Osmar Terra conheça o trabalho que o prefeito Cicin está fazendo”, destacou o deputado.

Rocha aproveitou o encontro para solicitar mais benefícios para os municípios maranhenses. “Solicitei o apoio do Ministro a fim de que possamos expandir as ações do governo federal no Maranhão com a implantação de novos Centros de Convivência; Centros de Referência de Assistência Social; instalações esportivas, quadras, estádios e campos de futebol. O governo Bolsonaro já concluiu algumas obras voltadas para o esporte, está concluindo outras e tem projetos que serão iniciados em breve. Solicitei ao ministro que dê atenção aos municípios maranhenses que precisam fazer reformas, melhorias e construção de obras no setor esportivo”, explicou o parlamentar.

Hildo Rocha tratou também sobre obras já realizadas e das que estão em execução pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão que está vinculado ao Ministério da Cidadania.

“Graças à competência dos servidores do Iphan, instituição que é muito bem administrada por Kátia Bogéa, o órgão fez a requalificação de todo o Complexo da Deodoro e da Rua Grande. A requalificação da estação de trem, da cidade de Rosário, também é uma obra maravilhosa que está pronta. As inaugurações deverão acontecer nos próximos dias, em data que seja possível a vinda do ministro e do presidente Jair Bolsonaro”, explicou Hildo Rocha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Imperatriz tem que fazer valer fator campo

2comentários

Os primeiros noventa minutos do mata-mata para o Imperatriz serão decisivos na luta pelo acesso à Série B em 2020.

Jogando em casa e diante da sua torcida, o Imperatriz terá que fazer valer o fator campo para tentar abrir uma vantagem neste confronto diante do perigoso Juventude que vem ao Maranhão na condição de favorito.

O Estádio Frei Epifânio D’Abadia, certamente receberá lotação máxima e a torcida deverá exercer papel importante incentivando os jogadores e, principalmente atuando como o 12º jogador.

Mas qual é a boa vantagem? É claro que o melhor dos cenários é vencer com boa diferença de gol, a maior possíovel, mas não é sempre assim que as coisas funcionam.

Primeiro o Imperatriz tem que vencer o jogo. Aos poucos, um a um, tentar fazer a vantagem em casa. Não adianta colocar na cabeça de que precisa vencer de dois ou três gols de diferença, pois as coisas não funcionam dessa maneira. É uma coisa de cada vez.

O Imperatriz tem o melhor ataque da competição, mas tem um setor defensivo que tem falhado em jogos decisivos e isso precisa ser evitado.

Do outro lado, o Juventude venceu três jogos dos nove que realizou fora. Curiosamente, dois foram contra Atlético-AC e Paysandu-PA que são equipes que diria que praticamente da nossa região. Isto serve de alerta ao Imperatriz.

Enfim, o técnico Paulinho Kobayashi e os jogadores já sabem o que devem fazer para superar o Juventude e sabem também que a história não se resolve aqui, por isso é preciso jogar esses primeiros 90 minutos com muito cuidado e atenção, pois embora sejam 180 minutos quem largar na frente pode se dar muito bem.

Foto: Anderson Cândido / Imperatriz

2 comentários »

Vereadores garantem apoio às Escolas Comunitárias

0comentário

Os vereadores Osmar Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal, e Ricardo Diniz (PRTB) reuniram-se, nesta última terça-feira (27), com representantes do Fórum das Escolas Comunitárias e Filantrópicas de São Luís e da Rede de Bibliotecas Ilha Literária.

Na oportunidade, os parlamentares garantiram apoio às entidades com o objetivo de dar encaminhamento para resolver algumas solicitações feitas pelos educadores e também se comprometeram em instalar, no âmbito do Poder Legislativo ludovicense, uma Frente Parlamentar para defender os interesses das Bibliotecas Comunitárias e execução do Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas.

O encontro, vale destacar, foi proposto por Diniz, que agradeceu a atenção dispensada por Osmar Filho em relação ao assuto.

Os representantes solicitaram dos vereadores apoio no que se refere a solucionar, por exemplo, impasse relacionado a demora na certificação contábil por parte do Ministério Público, o que implica no reconhecimento destas unidades de ensino perante a Secretaria Municipal de Educação e posterior liberação de recursos para manutenção e custeio; regulamentação da Lei do Fundeb e de um percentual dos recurso municipais para Educação.

“O debate foi muito proveitoso. Agradeço aos vereadores pela atenção e disponibilidade em dialogar conosco para que estes pleitos sejam resolvidos. Dialogar diretamente com os representantes do povo nos deixa felizes e fortalecidos para que continuemos a trabalhar por esta causa, que é um direito das crianças e adolescentes que estudam nestas instituições de ensino e que são de famílias carentes”, disse Neusa Oliveira, articuladora do Fórum das Escolas Comunitárias.

Osmar Filho explicou que dará todos os encaminhamentos necessários, sendo que o primeiro passo será marcar uma reunião que envolva os Poderes Executivo e Legislativo, Ministério Público e a representação das Escolas. “As escolas, realmente, carregam com muita dificuldade e sacrifício toda a manutenção e custeio e recebem muito pouco para mantê-las. É fundamental investir na educação das crianças e assim garantir mais oportunidade para as futuras gerações”, disse o presidente ressaltando que Ricardo Diniz será o autor do projeto de resolução legislativa propondo a criação da Frente Parlamentar.

“Esta é uma data histórica para a Câmara Municipal de São Luís que, pela primeira vez, recebe os representantes do Fórum das Escolas Comunitária”, comentou Diniz, lembrando que são aproximadamente 200 Escolas que prestam serviço às comunidades, oferecendo creche e ensino infantil. 

Foto: Divulgação

sem comentário »