Falta medicamento no Hospital do Câncer

0comentário

A deputada Andrea Murad (MDB) denunciou, através das redes sociais, a falta de remédios para os pacientes que estão fazendo quimioterapia no Hospital de Câncer do Maranhão.

“A denúncia partiu de familiares de uma paciente, que recebi neste sábado. Muitos tratamentos quimioterápicos estão parados por falta de medicamentos e isso é um absurdo para um hospital especializado no tratamento de câncer. Uma verdadeira negligência com os pacientes que estão dependendo do estado para seguirem com a quimioterapia, uma questão de sobrevivência, de luta contra uma doença, que já desgasta tanto o psicológico quanto o fisiológico de um enfermo, ainda ter que se deparar com falta de remédios essenciais”, escreveu a parlamentar.

Vários pacientes estão sem a possiblidade de continuar a quimioterapia. Andrea espera providências imediatas no reabastecimento de remédios do Hospital Tarquínio Lopes, o Hospital de Câncer.

“Estarei nos próximos dias protocolando uma Notícia Fato sobre essa denúncia para que o Ministério Público tome iniciativas imediatas e os pacientes tenham seus tratamentos garantidos”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Depois do gato…

0comentário

ANdreaMuradO Diário Oficial do Estado publicou em sua edição de ontem (1) a demissão da   diretora do Hospital do Câncer do Maranhão, Maria Ilvanícia Braga Bordalo de Figueiredo.

Há duas semanas, a deputada Andrea Murad (PMDB) havia denunciado na Tribuna da Assembleia Legislativa que o Hospital do Câncer estava completamente abandonado.

“Já havia falado várias vezes sobre o problema que o hospital estava enfrentando. Mas Flávio Dino esperou tempo demais para fazer tal demissão. É teimoso, não ouve ninguém. Deixou o hospital se destruir e o povo sofrer. Demitiu apenas quando a situação ficou insustentável. O que se percebe é que o sofrimento do povo, a insatisfação dos médicos e dos funcionários não foram suficientes para tomar uma atitude. Agora, queremos saber também se ele vai esperar a rede de saúde quebrar para poder tomar uma providência e demitir o Superintendente da rede estadual de saúde. Porque ele mantém chefiando a rede, por birra, um condenado do TCE a devolver mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos por desvios justamente na saúde.”, afirmou.

GatoSegundo Andrea Murad, o governandor Flávio Dino (PCdoB) só tomou a decisão após a denúncia do gato que foi flagrado dentro da UTI do Hospital do Câncer.

“Apesar de várias denúncias e ele sempre ignorando, foi preciso parar um gato em cima de um monitor cardíaco e aparecer na imprensa nacional, após uma denúncia minha na Assembleia, para ele tomar uma providência. O sofrimento do povo de nada valeu pra ele, mas a repercussão negativa do gato sim. Esse gato fez cair não só o forro do hospital, mas a diretoria também”, disse.

sem comentário »

Verdade dos fatos

9comentários

Ainda tem muita gente sendo levada na onda daqueles que fazem parte do time do quanto pior melhor.

Enquanto o candidato Flávio Dino (PCdoB) foi até a TV propor a venda da Casa de Veraneio, no Calhau para construção de um hospital para tratamento de pacientes câncer, a governadora Roseana Sarney e o secretário Ricardo Murad já colocara o Hospital do Câncer para funcionar.

Mas, para gantir o discurso fácil de campanha, a Oposição segue criticando um serviço que já começa a beneficiar muitos maranhenses.

O vídeo acima mostra o funcionamento do Hospital do Câncer. É a verdade que a turma do quanto pior melhor faz questão de esconder para que não venha a perder votos.

Uma prática lastimável e que deve ser condenada por todos aqueles que vivem e sonham com dias ainda melhores em nosso Maranhão.

Não dava mesmo para esperar nenhum tipo de reconhecimento por parte daqueles que só vivem de falar mal da sua própria terra, mas os milhares de maranhense que estão se beneficiando desse novo momento na saúde no Maranhão sabem o quanto é importante tudo o que está sendo feito para melhorar o atendimento à população.

Que venham novas ações. A população agradece…

9 comentários »

Tratamento do câncer

0comentário

HospitaldoCancerPacientes oncológicos maranhenses terão à disposição, a partir desta semana, uma unidade de saúde estadual totalmente especializada para oferecer atendimento de qualidade no tratamento da doença. Trata-se do Hospital de Câncer do Maranhão Dr. Tarquínio Lopes Filho (Geral), que será inaugurado pela governadora Roseana Sarney e pelo secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, nesta segunda-feira (25), às 15h, oficializando a oferta de 123 leitos de internação clínica, cirúrgica, de UTI e semi-intensivos para pessoas com câncer.

“Este é um momento histórico na saúde do Maranhão, que passa a ter um hospital especializado, com toda a estrutura física, de equipamentos e profissional, para atender os pacientes que necessitam de atendimento oncológico. Esta será mais uma grande conquista para a saúde pública do nosso estado, pois vamos agilizar a assistência às pessoas com câncer”, enfatizou o secretário Ricardo Murad.

Segundo afirma o diretor Luiz Alfredo Netto Guterrez, “este passa a ser o melhor hospital especializado em tratamento de câncer do estado”. Ele adianta que todos os pacientes oncológicos que estavam na fila de espera por cirurgias no hospital já foram atendidos, o que agiliza o atendimento a partir de agora.

O Hospital Tarquínio Lopes Filho já oferecia assistência oncológica, clínica e cirúrgica, mas dispunha de apenas 24 leitos para pacientes com câncer, o que limitava sua capacidade de atendimento. Com o remanejamento das demais clínicas cirúrgicas para o Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira, foi possível transformar aquela unidade no Hospital de Câncer do Maranhão.

Para ampliar o Serviço de Pronto Atendimento (SPA), a unidade de cuidados paliativos e o salão de quimioterapia do Hospital de Câncer do Maranhão, foi preciso remanejar o atendimento de ambulatório para o Centro Ambulatorial de Atenção à Saúde do Paciente Oncológico, que também entrará em funcionamento nesta segunda-feira (25), na avenida São Luís Rei de França.

O SPA, que já funciona 24 horas, contará com consultório, salas de classificação de risco, dois leitos de estabilização, sala de medicação (com cinco poltronas elétricas), seis leitos de observação feminina e oito masculinos. “Teremos profissionais capacitados e especializados que vão oferecer um diferencial de comodidade e segurança aos pacientes”, adiantou Luis Alfredo.

Para ampliar a capacidade de tratamento dos pacientes, o hospital aumentou de sete para 21 o número de poltronas com pontos de infusão no salão de quimioterapia (onde o paciente recebe o medicamento quimioterápico). “Estamos triplicando o número de poltronas elétricas e implantamos o sistema de som ambiente para que o paciente tenha maior conforto, enquanto recebe a medicação”, explicou Luis Alfredo.

sem comentário »

Governo implanta Hospital do Câncer

3comentários

hospital

A população do Maranhão ganha, nesta terça-feira (8), duas grandes realizações do Governo do Estado na área da saúde pública. Em solenidade que ocorrerá às 10h, a governadora Roseana Sarney e o secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad, vão inaugurar os novos serviços do Hospital de Alta Complexidade do Maranhão Dr. Carlos Macieira e implantar o Hospital de Câncer do Maranhão, no Hospital Tarquínio Lopes Filho.

No Hospital de Alta Complexidade do Maranhão Dr. Carlos Macieira (HCM) serão inaugurados um moderno centro cirúrgico, com nove salas de cirurgia, um centro de hemodiálise com 26 máquinas, uma unidade crítica cardio-AVC com 18 leitos, mais uma UTI com 8 leitos, serviços de apoio logístico (farmácia, almoxarifado, transporte) e de apoio diagnóstico e terapêutico (laboratório de análises clínicas e tomografia).

Os novos leitos de UTI funcionarão no segundo andar do HCM. No primeiro andar, serão inaugurados o centro cirúrgico e o centro de hemodiálise, com capacidade para atender 150 pacientes crônicos. No térreo, estão os 18 leitos da unidade crítica, destinada a pacientes cardíacos e vítimas de acidente vascular cerebral, e o serviço de tomografia, com o mais moderno aparelho em uso no país.

Com a inauguração desses setores, o HCM passará a realizar as cirurgias gerais, vasculares, plásticas, bariátricas, proctológicas, neurocirurgias e outras intervenções cirúrgicas de alta complexidade, hoje realizadas no Hospital Tarquínio Lopes Filho, pois na mesma solenidade a governadora Roseana Sarney assinará o decreto que transforma aquela unidade no Hospital de Câncer do Maranhão.

Com a mudança, o Tarquínio Lopes Filho passará a ser referência estadual para tratamento oncológico no Maranhão, tanto clínico quanto cirúrgico, com 106 leitos de internação clínica, cinco leitos de semi-intensiva e 11 leitos de UTI adulto. O novo perfil permitirá que o número de cirurgias oncológicas, por exemplo, seja triplicado, agilizando a assistência aos pacientes com câncer.

Fotos: Geraldo Furtado

3 comentários »