Polícia prende ex-prefeito por agiotagem

5comentários

prisoes

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da Superintendência de Combate à Corrupção, deflagrou nesta quarta-feira (18) mais uma operação contra agiotagem.

Nesta etapa, denominada El Berite II, foram presos, em cumprimento a mandados de prisão preventiva, o ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa; o agiota Josival Cavalcanti, conhecido por Pacovan e sua esposa Edna Pereira; o agiota Eduardo José Barros Costa, conhecido por Eduardo DP, mas que se intitula Eduardo Imperador; além de Aldo Araújo de Brito, ex-secretário municipal de Bacabal e Gilberto Ferreira, ex-tesoureiro na gestão de Raimundo Lisboa.

O ex-prefeito Lisboa havia sido preso na primeira etapa da operação El Berite realizada em abril deste ano (foto acima).

Também teve prisão decretada o agiota Gláucio Alencar, mandante do assassinato do jornalista Decio Sá. Eles são responsáveis por desvios da monta de RS 4.500.000,00 (quatro milhões e meio de reais). Gláucio está preso desde 23 de abril de 2012.

Foto: Biné Morais/ O Estado

5 comentários »

Defesa do diálogo

7comentários

Nem de longe podemos afirmar que a redução de R$ 0,20 no preço das tarifas de ônibus anunciado hoje pela Prefeitura de São Luís é o suficiente para dizer que já está tudo bem no sistema de transporte coletivo de São Luís.

Mais do que nunca, a Câmara e a Prefeitura precisam ouvir a população. Foi apenas depois dos dois dias de manifestações nas ruas que o poder público parou para buscar uma solução para que não pudesse jogar todo peso do aumento de 16% nas costas da população.

A vereadora Bárbara Soeiro defendeu o diálogo entre os poderes. Outros dois vereadores que também criticaram o aumento se manifestaram sobre o assunto. Mas antes mesmo da decisão de reduzir a tarifas, o vereador Honorato Fernandes (PT) já defendia a necessidade de diálogo.

BarbaraSoeiro

RobertoRocha

LisboaHonoratoFernandes

7 comentários »

Comunistas e o aumento

2comentários

Os dois vereadores do PCdoB que compõe a base de apoio do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) na Câmara de São Luís se manifestaram contrários ao aumento de 16% nas tarifas de ônibus autorizado na semana passada e que entrou em vigor no domingo.

O primeiro a se manifestar foi o vereador Lisboa. ““Tive o conhecimento pela imprensa e acredito que deveria, pelo menos, ter uma audiência pública no Parlamento Municipal. Uma vez que as pessoas mais humildes serão as maiores vítimas desse aumento”.

A vereadora Rose Sales, também criticou o aumento concedido pelo prefeito. Em uma longa nota, a vereadora considerou a medida equivocada e intempestiva.

“Venho tornar pública a minha total discordância da ação equivocada e intempestiva do prefeito de São Luís, Sr. Edivaldo de Holanda Braga Júnior, em aumentar o valor das tarifas do transporte coletivo urbano da nossa cidade”, disse em rede social considerando o aumento como um presente de páscoa à população de São Luís

VereadoraRoseSalesCritica

Lisboa

2 comentários »

Mais um contra

1comentário

Lisboa

Mais um vereador de São Luís decidiu se manifestar contra o aumento de 16% nas tarifas de ônibus que entrou em vigor 0h deste domingo na capital maranhense. Agora já são quatro que conderaram o novo reajuste autorizado pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC).

O vereador Lisboa (PCdoB) disse que foi pego de surpresa e que soube do aumento pela imprensa. “Tive o conhecimento pela imprensa e acredito que deveria, pelo menos, ter uma audiência pública no Parlamento Municipal. Uma vez que as pessoas mais humildes serão as maiores vítimas desse aumento”.

Lisboa lembrou que o aumento de combustível autorizado pela presidenta Dilma Rousseff não atingiu apenas os empresários dos transportes coletivos, mas o cidadão em geral e disse que lutará pela volta da Domingueira.

Além de Lisboa já se manifestaram contra o aumento anunciado pela Prefeitura de São Luís e que acumulado nos últimos nove meses chega a 39% outros três vereadores: Fábio Câmara (PMDB), Honorato Fernandes (PT) e Bárbara Soeiro (PMN).

Vale lembrar que a Câmara de São Luís é composta por 31 vereadores.

1 comentário »

Lisboa em casa

1comentário

O vereador Lisboa (PCdoB) recebeu alta hoje (26), do Hospital UDI. Ele estava internado há 45 dias, após sofre um AVC. e ficar por pelo menos uma semana em coma induzido.

Segundo boletim médico, Lisboa apresentou evolução satisfatória, mantendo-se lúcido, acordado e contactuante.

 

lisboaalta

1 comentário »

Lisboa deixa UTI

1comentário

lisboa051213

1 comentário »

Boletim de Lisboa

0comentário

BOLETIM26112013

sem comentário »

Lisboa melhora

3comentários

lisboadomingo

3 comentários »

Lisboa sai do coma

0comentário

lisboa

sem comentário »

Boletim de Lisboa

3comentários

boletim

3 comentários »