Após condenação de Lula, PT reage, amplia filiados e traz Gleisi Hoffman ao Maranhão

4comentários

Depois da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão, pelo juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, o Partido dos Trabalhadores parece ter partido para uma contraofensiva, intensificando a mobilização partidária em todo o país.

Uma das estratégias é deflagrar uma campanha maciça de filiações. Informações não oficiais dão conta de que o PT ganhou 350 novos filiados em apenas três dias, de que foi anunciada a sentença de Lula por suposto envolvimento no maior escândalo de corrupção da história política do Brasil.

Em outra frente, os petistas promoverão uma espécie de peregrinação da nova presidente do partido, senadora Gleisi Hoffman (ela também acusada da prática de ilícitos investigados pela Lava Jato), por vários estados, incluindo o Maranhão em seu roteiro.

Gleisi Hoffman desembarcar na Ilha de São Luís no próximo dia 22 para participar da Plenária do PT do Maranhão. O evento acontecerá na sede da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), no Araçagi, e também contará com a presença da secretaria nacional de Mulheres petistas, Laísy Moriére.

Mobilizado deste já com vistas à eleição presidencial de 2018, o PT reage com uma agenda positiva ao abalo causado pela condenação do seu maio líder. E prova que continua apostando todas as fichas na retomada do poder.

4 comentários »