Pesquisa Ibope: Bolsonaro, 28%; Haddad, 22%

0comentário

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (24) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre sábado (22) e domingo (23).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 6%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 2.506 eleitores em 178 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 22 e 23 de setembro
Registro no TSE: BR-06630/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

Leia no G1

sem comentário »

Edilázio mobiliza o interior do Maranhão

0comentário

A campanha do candidato a deputado federal pelo PSD, Edilázio Júnior mobilizou o interior do estado no último fim de semana.

Ao lado de lideranças políticas, apoiadores, prefeitos, vice-prefeitos, eleitores e presidentes de partidos, ele percorreu as cidades de Axixá, Santo Amaro, Brejo, Santana do Maranhão, Santa Quitéria, Magalhães de Almeida, Araioses, Barreirinhas, Paulino Neves, Açailândia, São Luiz Gonzaga, Vitorino Freire, Bacabal, Lago da Pedra, Esperantinópolis e Tutóia.

A incursão de Edilázio ao interior do estado começou na quinta-feira e se estendeu até domingo.

A campanha mobilizou milhares de eleitores e começou numa caminhada em Axixá realizada ao lado do deputado estadual Glalbert Cutrim e da prefeita Sônia Campos.

Edilázio participou de caminhada ao lado de Roseana Sarney (MDB), candidata ao Governo do Maranhão pela coligação “O Maranhão quer Mais” nos municípios de Barreirinhas e Paulino Neves. Além de Roseana, estavam junto de Edilázio nos municípios visitados, o deputado estadual Adriano Sarney; o deputado federal e candidato ao Senado, Sarney Filho; o senador Edison Lobão e o suplente de senador Lobão Filho.

Em Tutóia  ele participou de uma grande reunião política ao lado do ex-prefeito Diringa, Roseana, vereadores, ex-vereadores e lideranças políticas da região. Ele também participou de reuniões políticas nos municípios de São Luiz Gonzaga, Araioses, Esperantinópolis, Brejo, Bacabal, Santa Quitéria e Santana do Maranhão.

Em cada município percorrido Edilázio reafirmou o compromisso em continuar atuando pelo desenvolvimento do Maranhão e com agenda municipalista no Congresso Nacional. A resposta do eleitorado tem sido positiva.

Foto: Divulgação

sem comentário »

TV Mirante define debate com candidatos ao governo

0comentário

A TV Mirante discutiu nesta segunda-feira (24), com representantes de coligações e partidos políticos as regras do debate ao vivo que será transmitido no dia 2 de outrubro, às 22h5min logo após a novela Segundo Sol, no estúdio da emissora. O mediador do debate será o apresentador Fábio Willian, da TV Globo.

De acordo com as regras da Rede Globo vão participar do debate, os cinco candidatos de partidos com representação no Congresso Nacional: Flávio Dino (PCdoB), Maura Jorge (PSL), Odívio Neto (Psol), Roberto Rocha (PSDB) e Roseana Sarney (MDB).

Durante a reunião que foi comandada pelo diretor de jornalismo Roberto Prado, os representantes dos candidatos levantaram alguns pontos que foram colocados em votação, prevalecendo em todos o voto da maioria dos participantes.

O debate será dividido em quatro blocos, sendo dois com temas livres (1º e 3º blocos) e dois com temas determinados (2º e 4º bloco), sendo que as considerações finais dos candidatos serão feitas no 4º e último bloco.

Em cada bloco, os candidatos terão 30 segundos para pergunta. O candidato escolhido para responder terá 1min30segundos para a resposta. O tempo da réplica será de 45 segundos e a tréplica de 1 minuto.

Se algum candidato não comparecer ao debate, o lugar que deverá ser ocupado por ele permanecerá vazio com a placa indicativa do seu nome que será mostrado ao telespectador durante todo o primeiro bloco.

Foram definidos quinze temas que serão sorteados pelo mediador para os blocos com temas determinados. Os temas definidos foram: saúde, educação, segurança, gestão, emprego e renda, desenvolvimento, transparência, turismo e turismo, municipalização, juventude, ciência e tecnologia, agricultura, infraestrutura, meio ambiente e funcionalismo público.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

Sampaio terá volta de titulares contra o Oeste

0comentário

O Sampaio Corrêa inicia nesta segunda-feira sua preparação para o próximo compromisso na Série B, fora de casa diante do Oeste. Para a partida diante do Rubrão, o Tricolor tem boas notícias, pois conta com a volta de três jogadores após suspensão.

O goleiro Andrey, o volante Adilson Goiano e o atacante Uillian Barros não enfrentaram o Avaí na rodada passada e voltam a ficar disponíveis ao técnico Marcinho Guerreiro. Na rodada anterior, Gustavo Busatto, Willian Oliveira e Alvinho, foram os respectivos substitutos e devem perder posição.

Essas três, aliás, devem ser as únicas mudanças a serem feitas por Marcinho Guerreiro na formação titular do Sampaio para o jogo contra o Oeste. Nenhum jogador se queixou de problema clínico na reapresentação da equipe na manhã desta segunda-feira, no CT do clube.

Existe ainda a possibilidade de alguns jogadores que estão se recuperando no departamento médico serem liberados. O zagueiro Rogério e o volante Diego Silva serão reavaliados esta semana. Se recuperando de ruptura de dois ligamentos do tornozelo, Jocinei segue fora.

O próximo compromisso do Sampaio na Série B é neste sábado, contra o Oeste. A partida está marcada para a Arena Barueri, às 16h30.

Globoesporte.com

sem comentário »

Roseana participa de ato político na Raposa

0comentário

O Arrastão do 15 tomou conta das ruas da Raposa na noite deste domingo e mostrou, mais uma vez, a força popular da candidata a governadora Roseana Sarney. A pé, de moto ou carro, as pessoas fizeram questão de acompanhar a candidata da coligação “Maranhão quer mais”, ouvir suas propostas e manifestar o desejo de vê-la novamente no comando do Estado.

“As pessoas estão revoltadas com tantas mentiras, porque sabem que a realidade do Maranhão é muito diferente do que eles mostram na propaganda. Mas propaganda não salva a vida de quem está morrendo nas portas dos hospitais, não dá emprego aos jovens. O povo é quem está sentindo na pele e quer dar um basta nesse governo desumano”, declarou Roseana, ao lado dos candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão.

A candidata foi ouvida por mais de 5 mil pessoas que formaram um misto de caminhada e carreata por mais de 2 km do município da Raposa. Os líderes locais desceram dos carros para caminhar no “Arrastão do 15”, uma onda que invadiu os municípios visitados por Roseana de quinta-feira a domingo, onde milhares de pessoas demonstraram apoio à sua candidatura.

“Uma gestão comunista está aí na Prefeitura de Raposa mostrando a todos nós que não podemos deixar que eles se perpetuem no Maranhão. Por isso queremos Roseana de volta”, declarou Ocileia Fermandes, principal liderança de oposição no município. “Vamos para o segundo turno e venceremos a eleição”, enfatizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

‘Roberto e Roseana melhores opções’, diz Igor Lago

3comentários

O médico Igor Lago, filho do ex-governador Jackson Lago classificou como “pífio” o governo de Flávio Dino (PCdoB).

Segundo Lago, o discurso de Dino simboliza “retrocesso político e administrativo”.

“Flávio Dino com um governo pífio e sem novidades agarra-se ao uso da máquina para manter os apoios eleitorais. O discurso é o de se apresentar como um avanço quando, na verdade, é um verdadeiro retrocesso político e administrativo”, disse.

Ele considera as candidaturas de Roberto Rocha (MDB) e Roseana Sarney (MDB) como melhores opções e diz que as candidaturas de Weverton Rocha (PD)) e Eliziane Gama (PPS) ao Senado são frutos da traição de Flávio Dino a Zé Reinaldo.

“Considero Roberto Rocha e Roseana Sarney melhores opções. Weverton Rocha e Eliziane Gama são produto da traição do Flávio Dino ao responsável por sua entrada e sucesso na política, o ex-governador Zé Reinaldo. São o retrato fiel da velha política agora protagonizada por novos atores. O primeiro dispensa comentários porque já conhecido de todos, a segunda merece a observação que mais lhe caracteriza, a da esperteza. Não foi candidata ao governo em 2014 por uma negociação com o atual que lhe garantiu um mandato de deputada federal, assim como não se posicionou no segundo turno na eleição para prefeito de São Luis. Hoje sabemos o porquê”, destacou.

Foto: Reprodução/Facebook

3 comentários »

Lula é acusado de pressionar servidor por ato pró-Dino

2comentários

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, deve ser formalmente denunciado à Justiça Eleitoral, nesta semana, depois que vazaram dois áudios em que ele pressiona servidores comissionados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) a “mobilizar suas equipes” para um ato de campanha do governador Flávio Dino (PCdoB). (Clique aqui para ouvir os áudios).

Nas duas gravações, da semana passada, o titular da SES reforçava a necessidade de que se conseguisse arregimentar grande público para um comício do comunista, realizado no sábado, a Beira Mar.

“Gente que vou fazer um pedido para vocês: a gente tem dois grandes eventos nessa semana para mostrar nossa força. Um dos eventos é o lançamento do livro […] lá na sexta, 19h, lá no São Luís Shopping, e no sábado, 18h, eu sei que esse horário vocês estão com as famílias de vocês, mas vai ser um evento rápido, um comício rápido, são só cinco pessoas falando. E eu preciso que vocês mobilizem. A gente precisa levar mil pessoas pro comício, pra gente botar 10 mil pessoas lá. Então vamos mobilizar todo mundo”, asseverou.

No segundo áudio, Lula é mais incisivo ainda. Ele faz uma comparação entre eleição e futebol, e determina: “eu preciso que a gente mobilize para o grande evento”. Para, então, completar sobre a necessidade de que “muita gente da Saúde” se faça presente.

“Gente, eu sei que todas as pesquisas apontam a vitória de Flávio Dino no primeiro turno, mas eleição só termina às 17h do dia da votação, então vamos continuar intensificando, botar nosso time em campo. A gente está ganhando de 2 a 0, com um jogador a mais e já está pertinho de acabar o segundo tempo. A gente precisa terminar essa partida, para terminar ela vencendo de goleada. Eu preciso que a gente mobilize para o grande evento, no sábado, às 18h, lá na praça ali da Reffsa. A gente precisa botar muita gente da Saúde”, afirma.

Apuração – Em nota emitida na tarde de ontem, a Coligação “Maranhão Quer Mais”,da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), disse repudiar o que considera “uso da máquina do Estado para deformar o resultado do pleito eleitoral que se avizinha”.

“A assessoria jurídica da nossa campanha está ingressando com todos os pedidos de apuração que se fazem necessários, crendo piamente que o mesmo será feito pela Procuradoria Eleitoral, até porque os criminosos a serviço da desmoralização do presente processo eleitoral agem às claras, sem subterfúgios, tão confiantes que estão de que a lei não foi feita para eles”, destaca o comunicado oficial.

Os opositores do governo Flávio Dino destacam que o vazamento dos áudios ocorre justamente na semana em que o MDB denunciou o uso do governo em vários municípios do estado, por meio do programa “Mais Asfalto”.

“Se não bastasse o flagrante documentado em Imperatriz, entre domingo (18) e quarta-feira (21), protagonizado pelo candidato a deputado estadual Rildo Amaral, do Solidariedade, aliado do candidato à reeleição para o governo, Flávio Dino, que fez palanque sobre obra eleitoreira em execução (asfalto em três ruas do bairro Vila Redenção), surgem, agora, mensagens em áudio distribuídas via equipamentos e linhas telefônicas públicas, por integrantes do primeiro escalão governamental, da Saúde e da Cultura, intimando servidores a comparecerem a atos de campanha, levando familiares, em final de semana”, complementou.

Para a coligação, é o próprio governador quem encoraja seus auxiliares a tal prática. “Agora, vê-se a banalização de práticas diversas de captação ilícita de votos, demonstrando que o ex-juiz e seus asseclas apostam na impunidade, topam humilhar a lei e desafiam a capacidade de percepção do ministério público eleitoral”, conclui.

O Estado

2 comentários »

Coligação de Roseana denuncia crime eleitoral

2comentários

A coligação Maranhão Quer Mais que tem como candidata ao governo do Maranhão, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) , divulgou, neste domingo (23), nota de repúdio na qual denuncia o uso da máquina do Estado em favor da candidatura à reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB).

A Coligação de Roseana teve acesso neste fim de semana a áudios de secretários intimando servidores do estado a participar de atos de campanha de Flávio Dino.

“O próprio chefe do governo, que é um ex-juiz de direito, encorajou seus comandados a essas práticas, quando tentou desmoralizar a magistrada que o condenou por chantagem explícita ao eleitor de Coroatá por ocasião das eleições de 2016”, diz a nota.

Além disso, a Coligação “Maranhão Quer Mais” aponta o flagrante documentado em Imperatriz, entre domingo (18) e quarta-feira (21), protagonizado pelo candidato a deputado estadual Rildo Amaral, do Solidariedade, aliado do candidato à reeleição para o governo, Flávio Dino, que fez palanque sobre obra eleitoreira.

Leia a nota na integra:

“A Coligação “Maranhão Quer Mais” vem a público repudiar o uso da máquina do Estado para deformar o resultado do pleito eleitoral que se avizinha.

Se não bastasse o flagrante documentado em Imperatriz, entre domingo (18) e quarta-feira (21), protagonizado pelo candidato a deputado estadual Rildo Amaral, do Solidariedade, aliado do candidato à reeleição para o governo, Flávio Dino, que fez palanque sobre obra eleitoreira em execução (asfalto em três ruas do bairro Vila Redenção), surgem, agora, mensagens em áudio distribuídas via equipamentos e linhas telefônicas públicas, por integrantes do primeiro escalão governamental, da Saúde e da Cultura, intimando servidores a comparecerem a atos de campanha, levando familiares, em final de semana.

O próprio chefe do governo, que é um ex-juiz de direito, encorajou seus comandados a essas práticas, quando tentou desmoralizar a magistrada que o condenou por chantagem explícita ao eleitor de Coroatá por ocasião das eleições de 2016.

Agora, vê-se a banalização de práticas diversas de captação ilícita de votos, demonstrando que o ex-juiz e seus asseclas apostam na impunidade, topam humilhar a lei e desafiam a capacidade de percepção do ministério público eleitoral.

A assessoria jurídica da nossa campanha está ingressando com todos os pedidos de apuração que se fazem necessários, crendo piamente que o mesmo será feito pela Procuradoria Eleitoral, até porque os criminosos a serviço da desmoralização do presente processo eleitoral agem às claras, sem subterfúgios, tão confiantes que estão de que a lei não foi feita para eles”.

São Luís, 23 de setembro de 2018

Coligação “Maranhão quer Mais”

2 comentários »

‘Até quando Flávio Dino’, pergunta Andrea

0comentário

A deputada estadual Andrea Murad (PRP), questionou, nas redes sociais, o governador Flávio Dino (PCdoB) por não ter dado continuidade às obras de construção de sete Centros de Hemodiálise no Maranhão tudo por conta de mais um caso que ganhou repercussão nacional.

Esta semana, a dona Hilda que morava em Pinheiro e era obrigada a fazer o seu tratamento em São Luís acabou morrendo na porta do hospital e o caso acabou no Jornal Hoje, da Rede Globo e provocou a revolta em meio aos maranhenses.

“Já foram várias as reportagens da Globo este ano mostrando a peleja desses pacientes que dependem da hemodiálise, percorrendo quilômetros e quilômetros para realizar procedimentos. A cada reportagem é uma angústia que me dá com tantas mortes que poderiam ser evitadas se Flávio Dino tivesse dado continuidade aos 7 Centros de Hemodiálise que foram deixados licitados, com recursos garantidos e alguns até em construção na gestão de Ricardo. Desta vez, dona Hilda não suportou tanto sofrimento e faleceu na porta do hospital depois de ter atendimento negado. Revoltante, triste, de completa indignação. Até quando Flávio Dino?”, destacou.

Andrea Murad disse que o assunto virou caso de polícia e que a Justiça precisa dar uma resposta.

“Estes quase quatro anos do meu mandato passei cobrando a entrega dessas unidades tão indispensáveis. Visitei alguns locais de obras como em Chapadinha e o que vi foi a incapacidade de um governador em oferecer serviços especializados, cuja responsabilidade é, principalmente, do Estado. O descaso de Flávio Dino com os Centros de Hemodiálises é algo que já passou dos limites, é caso de polícia e a justiça precisa tomar uma providência diante de tantas mortes”, finalizou.

Foto: Reprodução/TV Mirante

sem comentário »

Roseana condena retrocesso nos últimos 4 anos

2comentários

A candidata a governadora Roseana Sarney condenou o retrocesso na assistência social e no desenvolvimento econômico do Maranhão ao discursar para lideranças e demais moradores do município de Olho d’Água das Cunhãs, no início da noite de sábado (22). Para ela, o atual governo estadual comete atrocidades ao extinguir programas sociais e massacrar trabalhadores e pequenos comerciantes com a dura cobrança de impostos.

“As ações do atual governo – que culminam em apreensões de carros e motos, em aumento de impostos e no fim dos programas sociais – contrariam tudo que o ex-presidente Lula construiu no Brasil“, afirmou Roseana.

Roseana ressaltou ainda que a atual gestão não se limita ao embate político saudável. “Ao perseguir adversários, atinge diretamente o povo. Ao tentar encobrir o meu legado, não dando continuidade às obras da minha gestão, esquece dos mais carentes, que necessitam dos hospitais, da energia elétrica, do abastecimento de água potável, do leite das crianças”, enfatizou.

O ex-prefeito Aluísio Holanda e o vereador Goião, que organizaram uma carinhosa recepção a Roseana, justificaram o apoio à ex-governadora relatando os problemas do município. “Além do desemprego, a cobrança desenfreado de impostos. O comércio fechando as portas. A negativação dos nossos CPFs. Roseana tem que voltar para ajudar o povo do Maranhão”, defendeu Goião.

Fotos: Divulgação

2 comentários »