Adriano pede explicações para falta de água em SL

0comentário

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, nesta terça-feira (18), o requerimento de autoria do deputado estadual Adriano Sarney (PV) que solicita ao presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Carlos Rogério Araújo, e à presidente do Procon Maranhão e do VIVA, Karen Barros, informações detalhadas acerca da falta de água que atingiu toda região metropolitana de São Luís.

“A falta de abastecimento de água na última semana deixou mais de 80 bairros da ilha sem esse serviço essencial. Precisamos saber quais foram as causas desse problema para evitar futuras interrupções”, disse Adriano.

O requerimento exige que sejam enviadas à Assembleia Legislativa as medidas que serão tomadas pelo Governo do Estado para reparar os transtornos causados à população pela falta de água na capital maranhense.

Segundo o deputado, líder da oposição, é necessário que seja divulgado o andamento da obra do Novo Sistema Italuis e os prazos para o seu funcionamento. A Caema e o Procon tem 30 dias para responder os questionamentos.

Ainda na sessão desta terça-feira, foi rejeitado pelos deputados dos partidos do prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT) e do governador Flávio Dino (PCdoB) o requerimento que convocava o presidente da Caema a prestar esclarecimentos à Assembleia Legislativa do Maranhão no dia 25 de junho.

Houve ainda um pedido de audiência pública, do deputado Adriano, que ainda será deliberado na Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Reconhecimento a Concita Braga e ao Nina Rodrigues

0comentário

A Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, nesta terça-feira (18), sessão solene para entrega da Medalha do Mérito Legislativo João do Vale para o Boi de Nina Rodrigues e do título de Cidadã Maranhense para Concita Braga, fundadora de um dos bois de orquestra mais tradicionais do Maranhão. A homenagem foi prestada graças a requerimento protocolado pelo deputado estadual Duarte Jr (PCdoB), padrinho do boi neste São João 2019.

Na ocasião, os presentes prestigiaram uma breve apresentação do boi, com direito a dançarinas, bois e orquestra. O deputado estadual Duarte Jr destacou que a solenidade é uma justa homenagem a toda a cultura do Estado e a uma mulher que, apesar de ter nascido no Piauí, “tem o espírito do Maranhão, para onde veio aos cinco anos de idade”, e que, ao fundar o Boi de Nina Rodrigues, uniu-se fortemente ao povo do Maranhão.

“Concita e o boi representam a força, a beleza, a criatividade e a capacidade de inovar que são típicas do bumba meu boi e das comunidades que bravamente mantêm viva essa brincadeira por todo o Maranhão. E esses são símbolos também da força e da resistência do povo maranhense, ao qual hoje Concita Braga se une, mais uma vez, formalmente, com a entrega do merecido título de Cidadã Maranhense e com a Medalha João do Vale, para o Boi de Nina Rodrigues”, disse Duarte Jr.

Representando o Governo do Maranhão, o secretário de Segurança Pública Jefferson Portela saudou a homenageada e disse sentir-se honrado por vivenciar aquele momento. “Nós podemos dizer que vivemos o dia em que Concita foi nomeada cidadã maranhense. Você é a Concita Braga do Piauí, do Maranhão, do Brasil e do mundo”, declarou.

Também prestaram homenagens à Concita Braga e ao Boi de Nina Rodrigues os deputados Wellington do Curso (PSDB), Roberto Costa (MDB) e Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia, que estendeu a homenagem a todos os integrantes do boi. “Essa é uma homenagem a toda a cultura do Maranhão”, disse Othelino Neto.

Bastante emocionada, Concita Braga também dedicou as homenagens aos brincantes do boi, pois “são eles que fazem o boi”. Concita que, além de fundadora, é ama e compositora do boi, agradeceu Duarte Jr pela homenagem. “Uma pessoa que eu amo de paixão”, afirmou.

Também agradeceu aos amigos, fãs e à família, “que me acompanham, vão pro quintal e ajudam em tudo”, revelou. “Fazer o boi é o meu maior prazer. Não saberia viver sem fazer o boi, sem trabalhar em prol da nossa cultura. Levar o boi para os arraiais é meu maior prazer”, concluiu Concita. 

Foto: JR Lisboa / Agência Assembleia

sem comentário »

O fantasma de um novo fracasso dentro de casa

0comentário

Foi horrível mais uma vez ver o futebol apresentado pela Seleção Brasileira na Copa América. Se a estreia contra a Bolívia, apesar da vitória por 3 a 0 foi sofrível, o que dizer após o empate contra a “forte” seleção da Venezuela?

O Brasil de Tite foi uma confusão só. Parecia mais um amontoado de jogadores, onde cada um tentava resolver sozinho da pior forma possível e que acabaram envolvidos pela marcação da Venezuela que entrou em campo na expectativa de perder de pouco.

Mais perdidos do que os jogadores estava o técnico Tite que visivelmente nestes dois jogos procurou apenas “segurar” o emprego na Seleção.

Com o time da Venezuela totalmente na defesa qual a necessidade do Brasil jogar com Casemiro e Arthur?

O que faz o David Neres nesse time? Como pode o Éwerton Cebolinha ficar na reserva com o Neres em campo? Porque Tite demorou tanto para colocar o Cebolinha em campo?

E o Firmino? Incrível como o Tite consegue esconder o bom futebol do craque do Liverpol.

E o Felipe Luiz? O que esperar de um jogador tão comum? Por fim teve a entrada do Fernandinho? Ah!!! Essa foi demais…

Porque os jogadores não conseguem repetir na Seleção Brasileira o que fazem em seus clubes? Tite tem uma ideia para o time, mas parece não ter as peças adaptadas a ela, afinal estão atuando diferente dos seus clubes.

O alerta está ligado, o Brasil pega agora o Peru e precisa pelo menos empatar para garantir a classificação sem depender do resultado entre Venezuela e Bolívia. Uma derrota para o Peru e uma vitória da Venezuela e o Brasil de Tite estará desclassificado e repetirá em casa o vexame da Copa do Mundo.

Mas dessa vez num grupo “forte’ ao lado de Bolívia, Venezuela e Peru.

Com todos os problemas e sem convencer a ninguém, ainda acredito que o Brasil tem tudo para se classificar, pois é impossível imaginar o Brasil fora da Copa América num grupo desses.

Pelo menos é o que se espera…

Foto: Reuters / Rodolfo Buhrer

sem comentário »

Alceu Valença é atração no Arraial da Maria Aragão

0comentário

Com uma programação contemplando os ritmos que dão o tom das festas juninas na capital maranhense, será aberto, às 18h desta quarta-feira (19), o Arraial da Praça Maria Aragão, espaço já consagrado como um dos melhores e mais tradicionais espaços juninos de São Luís. Promovido pela Prefeitura e Governo do Estado, o arraial será novamente um dos palcos oficiais do São João da cidade, por onde passarão mais de 100 atrações em 12 dias de festividades, até dia 30 deste mês, das 18h às 2h.

A festa, que pontua como uma importante ação inserida na política cultural desenvolvida na gestão do prefeito Edvaldo Holanda Junior, presenteará o visitante na abertura do evento com show do cantor nordestino Alceu Valença, apresentação de bumba boi e grupos culturais. O evento na Maria Aragão terá ainda, no último dia do arraial, a presença da cantora Elba Ramalho, fechando as festividades juninas nesse espaço.

Na abertura do arraial na Maria Aragão, nesta quarta-feira (19), além do show de Alceu Valença, a programação contempla ainda apresentações do Tambor de Crioula Brilho da União da Vila Mauro Fecury I (19h), Dança Portuguesa Império de Lisboa (20h), Bumba meu Boi de Orquestra Encanto do Olho d’Água (21h), Grupo Alternativo Boizinho Barrica (00h), Bumba meu Boi de Matraca de Maracanã (1h). Já a programação na Arena do Forró, terá Ruam Duanny e banda (20h); e Trio Forró Pegado (22h).

“A população está convidada a participar com muita alegria desses 12 dias de festividades, em nossos espaços oficiais montados com toda a estrutura para proporcionar aos visitantes diversão com total tranquilidade e segurança. Os festejos juninos de São Luís contemplam toda pluralidade da nossa cultura, priorizando artistas da terra, nossos ritmos, sotaques, as danças e as mais genuínas manifestações da nossa cultura, atraindo para a cidade turistas e movimentado a economia, gerando emprego e renda para a população”, destacou o prefeito Edivaldo.

Toda a programação nesses espaços oficiais de festa junina estará sempre pontuada por apresentações de bumba bois dos cinco sotaques – matraca, zabumba, baixada, orquestra e costa de mão, para agradar a todos os gostos dos amantes da maior manifestação cultural do Maranhão.

Foto: Agência São Luís

sem comentário »

Começa hoje o São João no Maranhão

0comentário

Mais de 400 artistas e grupos. Cerca de 1.300 apresentações. É assim, com muita diversidade, incluindo atrações maranhenses e de outros Estados, que o São João do Maranhão começa nesta quarta-feira (19), em São Luís. É uma variedade que faz deste o maior festejo junino do país.

Na prática, o São João já está nas ruas e na agenda do maranhense desde o início do mês. Mas é nesta quarta que começa a intensa temporada oficial montada pelo Governo do Maranhão.

São três arraiais: Ipem, Maria Aragão e Nauro Machado. “Vamos mostrar para todo o Brasil a força do nosso Estado, da nossa cultura, a beleza do nosso povo, as cores do nosso São João”, disse o governador Flávio Dino, que visitou nesta terça-feira (18) a estrutura do Ipem, incluindo a nova atração da festa: a Vila Junina.

Trata-se de uma espécie de vila cenográfica que recria a fachada de oito casas de cultura do Estado, além da Igreja da Sé. São eles: Casa de Cultura Josué Montello, Casa do Divino de Alcântara, Casa do Tambor de Crioula, Biblioteca Benedito Leite, Forte Santo Antônio, Museu do Reggae, Palácio dos Leões e Teatro Arthur Azevedo.

“Nós inovamos com as bandeirinhas do Centro Histórico; e aqui no Ipem trazemos mais essa novidade”, afirmou o secretário de Estado da Cultura, Diego Galdino. “Divulgando essas casas no Arraial do Ipem, a gente consegue alavancar a visitação nesses locais”, acrescentou.

O espaço foi pensado para fotos e passeios, além de mostrar o rico universo da história, tradição e cultura do povo maranhense.

“Será mais um belo São João, que é uma marca da nossa cultura, da nossa população. Agradecemos por essa grande festa que o Governo do Maranhão faz na nossa cidade”, afirmou o prefeito Edivaldo Holanda Jr.

Comida

O Arraial do Ipem tem 29 barracas de comidas típicas, 11 food trucks, 11 bike food, sete cervejarias artesanais, 30 vendedores ambulantes e decoração especial com as famosas bandeirinhas mosaicos.

A estrutura tem três palcos: um principal para shows, outro para atrações folclóricas, e mais o Barracão do Forró, cujo palco será temático com cenário simulando a fachada do Centro Cultural do Engenho de Pindaré-Mirim.

O Arraial do Ipem terá ainda espaço exclusivo para programação infantil, onde a garotada poderá se divertir a partir das 17h.

Segurança

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, disse que “todos os locais terão policiamento no entorno para garantir não só a tranquilidade de quem está nas proximidades do palco, mas também para quem está chegando e saindo”.

De acordo com o secretário de Turismo, Catulé Jr, o atendimento ao turista está sendo reforçado em diversos pontos: “A expectativa é que o número de visitantes à nossa capital ultrapasse os 150 mil, então estamos preparados para recebê-los da melhor maneira possível”.

Emprego e renda

Além da festa e da cultura, o São João também agita a economia. “Temos dois grandes objetivos: a valorização da identidade do povo do Maranhão, representado por sua riquíssima cultura; e a ativação da economia da cultura”, afirmou o governador.

“Para nós, o São João é um investimento que traz um retorno significativo para a imagem do nosso Estado, pela movimentação econômica de uma larga cadeia que já está funcionando desde as prévias juninas”, acrescentou Flávio.

Programação

O São João do Maranhão terá 12 dias de festas com uma média de seis apresentações por noite, de 19 a 30 de junho. Além do Ipem e Praça Maria Aragão, o centro histórico também receberá atrações sempre às sextas-feiras e sábados na Praça Nauro Machado, às quartas na Casa do Tambor de Crioula, e às sextas na Praça dos Catraieiros.

O Arraial da Praça Maria Aragão contará com mais de 100 atrações em 12 dias de festividades. O evento abre nesta quarta-feira (19) com show do cantor nordestino Alceu Valença, apresentação de bumba boi e grupos culturais.

O evento na Maria Aragão terá, ainda, no último dia do arraial, a presença da cantora Elba Ramalho, fechando as festividades juninas nesse espaço.

No arraial do Ipem, Chambinho do Acordeon, Santanna, o Cantador e Rita de Cássia são atrações confirmadas. Além dos grupos nordestinos, o espaço terá shows com artistas locais e mais de cem grupos da rica e diversa cultura popular do Maranhão.

Além dos arraiais oficiais, o São João do Maranhão acontece, também, nos bairros da Cidade Operária, João de Deus, Anil, João Paulo, Liberdade, Anjo da Guarda e Largo de Santo Antônio.

Outra atração que faz parte do calendário junino são os festejos tradicionais: Encontro de Danças Portuguesas e Manifestações Culturais (28 de junho), São Pedro (29 de junho), São Marçal (30 de junho), Encontro de Miolos de Boi (12 de julho) e Festival de Zabumba (13 de julho). Estes eventos também receberam apoio do Governo do Estado.

Foto: Gilson Teixeira

sem comentário »

Senadora Eliziane é alvo de ameaças nas redes sociais

0comentário

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) solicitou, nesta terça-feira (18), à Polícia do Senado Federal que investigue as graves ameaças que vem sofrendo na redes sociais.

Segundo a senadora maranhense foram criados vários perfis de onde partiram as ameaças que ela vem recebendo nos últimos dias.

Eliziane disse que as ameaças não vão lhe intimidar e disse esperar que os autores venham a ser desmascarados.

“Pedi investigação da Polícia do Senado Federal por graves ameaças que sofri nas redes sociais. Espero que a polícia identifique os perfis de onde partiram as ameaças. Elas não me intimidam e nem mudam a minha opinião. É importante que essas pessoas sejam desmascaradas”, destacou nas redes sociais.

Foto: Reprodução / Redes sociais

sem comentário »

Pedro Lucas repudia decisão de Lewandowski

0comentário

O deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB-MA), repudiou, na Câmara dos Deputados, a decisão do ministro Ricardo ministro Lewandowski do STF que suspendeu a gratuidade de até 30 minutos nos estacionamentos de shoppings e locais privados em São Luís. (Clique aqui e veja o vídeo).

Em pronunciamento nesta terça-feira (12), Pedro Lucas disse que a bancada maranhense reagirá em defesa dos consumidores ludovicenses.

“Repúdio a decisão do ministro Lewandowski do STF, que suspendeu uma lei municipal de São Luís que assegurava aos usuários de estacionamentos privados, o tempo de até 30 minutos sem cobrança de tarifa! Estamos vigilantes em prol dos direitos dos consumidores ludovicenses”, disse.

Pedro Lucas disse que a Prefeitura e a Câmara de São Luís com o apoio da bancada maranhense vão questionar a decisão de Levandowisky.

“O que me trás aqui hoje é fazer um apelo para o STF. O ministro Lewandowski em uma decisão monocrática, cancelou uma Lei do Município de São Luís que contemplava os consumidores com até 30 minutos de estacionamento gratuitosem shoppings e locais privados. O certo é que o ministro fez um desfavor ao município de São Luís acatando um recuso da associação dos logistas, dos shoppings e agora, a Prefeitura de São Luís, juntamente com a Câmara Municipal e com o apoio da bancada maranhense, a gente vai questionar essa decisão monocrática do ministro Ricardo”, afirmou.

Foto: Reprodução

sem comentário »

Fórum debate mais acessibilidade no esporte

0comentário

Visando promover o diálogo entre as pessoas que atuam na área do paradesporto, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), realizou nesta terça-feira (18), o ‘I Fórum Maranhense do Paradesporto Escolar’, no auditório Neiva Moreira, localizado no Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema).
O fórum faz parte de um Plano de Ações da Sedel e teve como objetivo construir novas estratégias, a partir de discussões e articulações, com integrantes do processo de atendimento à pessoa com deficiência, com especial atenção às instituições escolares. O modelo aplicado fomenta e estimula a participação de estudantes nas práticas de atividades esportivas. Além disso, a mobilização contribuirá para a descoberta de talentos esportivos, para a renovação no esporte paralímpico.

Para o secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira, o ‘I Fórum Maranhense do Paradesporto Escolar’, foi o momento de disseminar os conhecimentos sobre esporte paralímpico, além da oportunidade de formular ações específicas que contemplem a dimensão inclusiva do esporte escolar.

“Temos que incentivar o diálogo sobre o esporte paraolímpico dentro das escolas, para que alunos com deficiência não fiquem excluídos das atividades. Por esse motivo, neste evento, reunimos os profissionais que trabalham com paradesporto ou que pretendem trabalhar, para uma troca de conhecimento, ampliando , cada vez mais, o processo de inclusão, uma das determinações do governador Flavio Dino”, ressaltou Rogério Cafeteira.

A coordenadora geral do Paradesporto Escolar, Rosana Motta, disse que antes da realização do fórum, a Sedel entrou em contato com entidades que trabalham com pessoas com deficiência, para uma avaliação das principais necessidades.

“Em cima de algumas dificuldades apontadas por essas entidades, a gente pensou no fórum como um momento inicial de discussão do paradesporto, de sensibilização do professor de educação física dentro das escolas públicas do estado e do município. Esperamos que todos que tenham participado tenham compreendido a importância do paradesporto dentro das escolas”, afirmou a coordenadora geral Paradesporto Escolar.

Quem esteve acompanhando o treinador Bernado Carvalho, foi o atleta Bruno Vinícius, de 20 anos, que pratica parakaraté ha mais de 2 anos, no Projeto Social no município da Raposa. O atleta disse se sentir um exemplo para outras pessoas que possuem deficiência.

“Me vejo como um exemplo para as outras pessoas, para que elas saibam que é possível praticar esporte, mesmo possuindo uma deficiência e que isso não me limita, muito pelo contrário, só contribuiu para que eu tenha mais disciplina”, falou.

O treinador Bernado Carvalho, disse que parakaraté ainda é considerada uma modalidade nova dentro do estado, mas com os incentivos certos o esporte pode ser disseminado.

“É um desafio trabalhar com o paradesporto dentro do estado, mas vejo o esforço da Sedel em colocar em pauta este assunto. Quando se trabalha com o paradesporto, se trabalha também autoestima do atleta, e não há satisfação maior do que ver a evolução de cada um deles.

Durante o ‘I Fórum Maranhense do Paradesporto Escolar’ foram realizadas palestras e mesas redondas ao longo do dia. Entre as temáticas discutidas estão: o Esporte Paralímpico; História e Estrutura; Acessibilidade Aplicada – Da ética verbal à acessibilidade atitudinal; Tipos de Deficiência Elegíveis; Aspectos Gerais da Classificação Funcional Esportiva e a Atual Situação do Paradesporto no Maranhão.

I Festival do Paradesporto Escolar

Ainda como parte da programação do Paradesporto, nesta quarta -feira a Sedel realizará O ‘I Festival do Paradesporto Escolar’, que acontece no Complexo Esportivo Canhoteiro, a partir das 8h da manhã. O evento tem como objetivo oferecer vivencias dos jogos Paradesportivos, para crianças e jovens com deficiência ou mobilidade reduzidas.

Até ao meio-dia as modalidades serão apresentadas em forma de estações distribuídas nos Ginásios e estacionamento do Canhoteiro, onde simultaneamente, coordenadores e professores estarão promovendo atividades dos esportes incluídos no PARAJEMS.

Fotos: Handson Chagas

sem comentário »

Juscelino diz que Congresso pode derrubar veto

0comentário

O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) também se manifestou sobre o veto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) à medida provisória (MP) que garantiria a gratuidade para bagagem de até 23 quilos em aviões com capacidade acima de 31 lugares, nos voos domésticos.

Juscelino Filho destacou que existe a possibilidade de derrubada do veto do presidente no Congresso Nacional que deverá está em sintonia com a sociedade.

A estratégia de busca do preço justo nas tarifas aéreas, do aumento da concorrência e da competitividade para a melhoria da qualidade dos serviços prestados pelas empresas é uma abordagem adequada. Embora possa contribuir para o objetivo final pretendido, não parece que a gratuidade da bagagem até 10 kg ou até 23 kg seja um fator determinante, porque ainda não se tem conhecimento suficiente das planilhas de custos das empresas aéreas (a ponto de saber o quanto o peso da bagagem gratuita nela interfere), além do que o limite de gratuidade é válido para todas as empresas, portanto, sem impacto na concorrência nem na competitividade.
Por fim, a eventual penalização dos consumidores (via redução da franquia mínima) pode ser uma solução pertinente para quem deseja baratear custos ou gerar espaços de comercialização e/ou de receita adicional por vôo, por passageiro, aspecto questionável, porque não se trata de carga, mas sim de bagagem, além do que não há qualquer garantia de que isso trará consequentemente menor preço no bilhete aéreo. Independente de ideologia ou de origem da proposição, no processo legislativo sempre há a possibilidade de derrubada do veto presidencial, uma hipótese que se tornará ou não realidade, a depender única e exclusivamente da vontade política do Congresso Nacional, em sintonia com as necessidades da sociedade”, afirmou.

Outros quatro deputados federais do Maranhão também se manifestaram sobre o assunto: Eduardo Braide (PMN), Pedro Lucas Fernandes (PTB), Edilázio Júnior (PSD) e Gil Cutrim (PDT).

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Deputados maranhenses criticam veto de Bolsonaro

0comentário

Quatro deputados federais maranhense se manifestaram contrários ao veto do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) à medida provisória (MP) que garantiria a gratuidade para bagagem de até 23 quilos em aviões com capacidade acima de 31 lugares, nos voos domésticos.

O deputado federal Eduardo Braide destacou nas redes sociais que vai trabalhar pela derrubada do veto de Bolsonaro

“Lamentável o veto sobre o fim da cobrança das bagagens nos voos. Essa cobrança não fez os preços das passagens diminuírem. Nós iremos lutar para derrubar esse veto e beneficiar os consumidores que não aguentam mais tanto desrespeito”, afirmou Braide, que também se posicionou na Câmara Federal.

O deputado Pedro Lucas (PTB) classificou como erro grave a decisão de Bolsonaro.

“Foi um grande erro do presidente Jair Bolsonaro. Como liderança do meu partido vou vou fazer um apelo para que a própria bancada governista vote contra. O Congresso fez um grande gesto ao aprovar a medida provisória que ampliou de 20% para 100%, a participação do capital estrangeiro no mercado aéreo e por isso não vejo a questão da bagagem como motivo para que essas empresas não venham para o Brasil. Nós precisamos é valorizar o consumidor Brasileiro e acredito que os demais deputados também”, disse.

Segundo Edilázio Júnior (PSD), as empresas estão se aproveitando da situação.

“A grande questão é quanto ao argumento de que a cobrança de bagagem iria diminuir o preço da passagem, coisa que não vimos. Pelo contrário, o que a gente observa é um cartel entre as duas maiores empresas com os preços das passagens praticamente iguais e quem sofre é o consumidor. Como as companhias estão só tirando proveito e não se chegou ao entendimento sobre aquele passageiro de que iria viajar só com a bagagem de mão com um preço mais em conta, então sou contra a cobrança da bagagem”, afirmou.

O deputado Gil Cutrim questionou a quem interessaria o veto de Jair Bolsonaro.

“O veto à medida provisória aprovada pelo Congresso que determinava a proibição da cobrança do despacho de bagagens aéreas nos deixa com a pulga atrás da orelha. Afinal, se a decisão foi tomada por “razão de interesse público”, a pergunta que fica é: que público interessado seria esse? Pois a medida atinge apenas os que têm menos”, destacou Gil Cutrim.

Hoje cedo, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre o assunto e explicou os motivos do seu veto.

“As empresas menores alegavam que seria um empecilho. Você faz as contas. Eu fiz uma conta para um avião com 200 pessoas, 20 quilos a mais para cada um, é um gasto a mais. O que acontece, eu sempre viajei sem mala no avião. Então, eu estaria pagando pelos outros. Com todo o respeito, quer fazer uma viagem e vai usar mais, vai levar mais de 10 quilos, acho que… Se quer levar mais de 10 quilos, pague, pô, sem problema nenhum”, afirmou.

Ainda não há previsão de quando a medida provisória será apreciada pelos congressistas em sessão conjunta da Câmara e do Senado. O relator dessa MP no Senado Federal é o senador Roberto Rocha (PSDB-MA).

Fotos: Divulgação

sem comentário »