Roberto Costa comenta cassação de Zé Vieira

0comentário

 

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) comentou ontem, em entrevista coletiva na Assembleia Legislativa, a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que cassou definitivamente o mandato do prefeito de Bacabal, José Vieira Lins (PP), e determinou a realização de novas eleições na cidade.

Candidato em 2016, Costa disse não acreditar que a eleição suplementar ainda ocorra neste ano, por isso, afirma estar focado em renovar o mandato parlamentar.

“Há uma resolução no TSE de que neste ano as eleições suplementares devem acontecer até o dia 24 de julho. Então, penso que haverá tempo para a eleição em Bacabal ocorrer apenas a partir do ano que vem. Com isso, manteremos nossa candidatura a deputado estadual”, declarou.

O deputado não descartou ser novamente candidato a prefeito, mas incluiu no rol de nomes do MDB para a disputa o vereador Edvan Brandão, atual presidente da Câmara Municipal, que assumirá o comando do município assim que for publicado o acórdão do TSE confirmando a cassação de José Vieira.

Segundo Costa, Brandão tem a confiança do MDB. “O Edvan Brandão é um nome que nós temos, de confiança, que poderá também, futuramente, ser apresentado como candidato a prefeito de Bacabal. O compromisso dele, comigo e com a população, é trabalhar e tirar Bacabal desse abandono em que se encontra”, destacou.

O parlamentar também aproveitou para tecer duras críticas à gestão do prefeito cassado e ao grupo político que lhe dá sustentação, encabeçado pelo deputado estadual Carlinhos Florêncio (PHS), cujo filho, Florêncio Neto, é o vice na chapa cassada pelo TSE.

“A administração do Zé Vieira foi desastrosa. Só atendeu aos interesses da família dele, da mulher dele, Patrícia Vieira, da família Florêncio, que se beneficia dos recursos da prefeitura, e a população completamente esquecida”, denunciou.

Foto: JR Lisboa / Agência Assembleia

sem comentário »

Silêncio do governo

0comentário

O Governo do Maranhão ficou em silêncio após ser formalmente acusado, na Justiça Federal, de apropriar-se indevidamente de R$ 80 milhões da Emap.

O caso foi revelado com exclusividade na edição de ontem de O Estado em ação do advogado Thiago Brhanner.

Por meio da Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap), tenta-se obter uma resposta do Executivo estadual desde a quarta-feira, 20, sem qualquer retorno.

Silêncio

Esta não é a primeira vez que a Secap silencia a respeito de problemas no governo. Em outros episódios, a secretaria – cuja estrutura é mantida com dinheiro público – decidiu não responder a questionamentos.

O mais recente exemplo foi sobre a sindicância da Polícia Militar que deveria apurar a autoria de uma circular que determinou a espionagem de adversário de Flávio Dino no interior do estado.

O Estado pediu formalmente a informação, mas nunca recebeu qualquer posição. Segundo os interlocutores da Secap, a culpa é da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que não repassa a informação.

Estado Maior

sem comentário »

Edivaldo vistoria pavimentação na Estiva

3comentários

O prefeito Edivaldo vistoriou, na manhã desta quinta-feira (21), os serviços do programa Asfalto na Rua, na Estiva, zona rural de São Luís. Iniciado na terça-feira (19), o trabalho vai transformar a realidade dos moradores da área, promovendo o avanço das políticas públicas e o desenvolvimento urbano da área. Os serviços integram os investimentos realizados pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), para a melhoria da infraestrutura da cidade.

“Estamos atendendo a uma reivindicação antiga da população. Com planejamento, conseguimos trazer essa importante obra para a Estiva. Faço questão de acompanhar de perto a execução dos trabalhos e conversar com os moradores do bairro”, disse o prefeito destacando que este é mais um investimento da gestão na melhoria da infraestrutura dos bairros. “Com o programa Asfalto na Rua, estamos avançando por toda a cidade, alcançando também a zona rural”, completou Edivaldo.

No bairro, a Prefeitura está recuperando, por meio do programa Asfalto na Rua, vias deterioradas e pavimentando ruas que ainda não são asfaltadas. Para isso, estão sendo executados também serviços de terraplanagem. As primeiras vias da localidade a serem beneficiadas foram a Rua do Mangueirão, a Rua São Pedro e a Travessa São Pedro, onde já foi concluído o trabalho de recapeamento asfáltico.

A nova frente de trabalho do programa de requalificação asfáltica irá beneficiar dezenas de ruas da região. Entre elas estão a Rua do Meio I e II, Rua da Ponte, Rua da Praça União, Rua do Barreiro, Rua São Benedito, Rua Nova, Travessa São Pedro, Rua São Pedro, Rua Emiliano Macieira, Rua Maria da Graça, Rua do Bacuri I e II, Rua Nossa Senhora da Conceição, Rua da Cerâmica, Rua Nova, entre outras.

3 comentários »

Lobão defende que o ex-presidente Lula seja solto

6comentários

Em discurso no Senado Federal nesta quinta-feira (21) o senador Edison Lobão defendeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso desde abril e que terá um novo pedido de habeas corpus julgado na próxima terça-feira.

“Não basta ter apenas a dimensão sem ter a disposição de até correr riscos ao dizer o que pensa e ao defender-se da injustiça. O Lula foi preso para não ser Presidente da República outra vez. Mas como se pode impedir o maior líder nacional – e isso já se disse tanto aqui; o maior líder não pelo que foi apenas, mas pelo que é hoje – de ter a oportunidade de se exibir, de corpo inteiro, aos perigos da noite de uma eleição nova? É contra isto que se levanta a ação sem provas. Esse som é que é um crime”, declarou Lobão.

O senador também elogiou a operação lava-jato e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Mas criticou a o grande número de delações sem provas que foram aceitas ao longo desse processo.

“A Lava Jato, foi um bem; não foi um mal. Mas é necessário que ela não perca o seu rumo, não se desvie do seu objetivo. Os delatores têm feito um mal grande ao País, à medida que não provam nada do que afirmam. Enquanto isso, pessoas inocentes, vítimas dessas delações, estão aí presas, detidas”, disse.

“Quanto ao Ministério Público, eu estou convencido de que a Procuradora Raquel Dodge, está buscando, obstinadamente, recolocar o Ministério Público nos trilhos dos quais ele nunca deveria ter saído”, concluiu Lobão.

Foto: Divulgação

6 comentários »

Sancionada lei que regulamenta serviço de rádio poste

0comentário

Atendendo uma demanda dos profissionais do serviço de Publicidade Alternativa de Linha Modulada, foi sancionada nesta quarta-feira (20) pelo governador Flávio Dino a lei estadual que regulamenta esses serviços, através do projeto de lei 059/18 de autoria da deputada estadual, Francisca Primo (PCdoB) que apresentou a proposição na Assembleia Legislativa após uma solicitação da Associação das Sonorizações Via Cabo do Maranhão (Assovima).

A deputada ressaltou a importância da lei sancionada pelo governador, Flávio Dino. “É uma satisfação atender o pedido desses profissionais que levam notícias de interesse público através de uma comunicação mais direta para ouvintes de diversas comunidades. E a partir da sanção dessa lei, diversos profissionais terão suas atividades legalizadas, garantindo a liberdade de expressão e beneficiando inúmeras rádios de todo o estado”, enfatizou Francisca Primo.

Para o presidente da Associação das Sonorizações Via Cabo do Maranhão (Assovima), Michel Manoel, a regulamentação é a realização de um sonho e cria novas oportunidades em todo o estado. “No Maranhão essas rádios já funcionam há mais de 30 anos e agora tivemos a felicidade de aprovar esse tão sonhado projeto, que garante, por exemplo, que as rádios agora, podem ser ampliadas”, comentou.

Conhecidos como “rádio de zona rural” e “rádio poste”, o Serviço de Publicidade Alternativa de Linha Modulada, transmitida via equipamentos sonoros através de fios conectados com alto-falantes beneficiam os centros comerciais e permitem a integração de seus moradores com informações de cunho educacional e social.

Para o radialista Pedro Paulo, essa lei é um marco para os profissionais do setor. “Comecei minha carreira em rádio comunitária e hoje quero parabenizar a todos os radiocomunicadores atuantes no estado por esta conquista”, frisou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Andrea denuncia calote do governo Flávio Dino

0comentário

sem comentário »

Torcedores estão devendo nesta temporada

2comentários

Apesar da boa campanha, o torcedor maranhense está devendo a Sampaio e Moto nesta temporada.

Os nossos dois principais clubes não tem recebido o apoio que deveria de seus torcedores nos jogos realizados no Castelão. Não vão ao estádio, mas vivem nas redes sociais a criticar e a cobrar a formação de grandes times. Mas como se não tem o apoio do seu próprio torcedor? Ou será que as torcidas de Moto e Sampaio encolheram?

Na última quarta-feira, pouco mais de 4 mil 800 torcedores (público total) compareceram ao Castelão para a partida importante entre Sampaio e ABC, pela semifinal da Copa do Nordeste.

Há duas semanas, pouco mais de 5 mil e 100 torcedores (público total) foram acompanhar Moto e Fluminense de Feira de Santana, no mata-mata da Série D.

Não faço nenhuma comparação entre os dois públicos, mas reforço que é pouco para o tamanho das duas torcidas, pelo momento das equipes, principalmente o Moto que depende demais do seu torcedor. O Sampaio tem patrocínios, mas também precisa da ajuda do seu torcedor.

Mas não sei o que tem acontecido que os torcedores não estão comparecendo.

Neste fim de semana, mais uma vez o torcedor tem a chance de apoiar suas equipes.

O Sampaio joga no sábado (23), às 19h, contra o Atlético-GO pela Série B. O Moto entra em campo, no domingo (24), às 17h, contra o Imperatriz decidindo vaga no mata-mata de acesso à Sèrie C em 2019.

Vamos ver se pelo menos nestes jogos, o torcedor vai de fato mostrar a sua força e que realmente está ao lado do seu time de coração.

Foto: Diego Chaves/ O Estado

2 comentários »

Maranhão não envia dados de homicídios em abril

0comentário

Ao menos 3.833 pessoas foram assassinadas no mês de abril deste ano no Brasil. Cinco estados, no entanto, não divulgam o dado, o que compromete a estatística.

O índice nacional de homicídios, ferramenta criada pelo G1, permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país. Já são 17.420 vítimas registradas nos primeiros quatro meses deste ano.

O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.

mapa faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

No Maranhão, a Secretaria de Segurança Pública não informa os dados de março e abril. “A consolidação dos dados estatísticos do estado do Maranhão tem um prazo institucional de três meses.”

Foto: G1

Leia mais

sem comentário »

Sérgio Frota critica MP que tira recursos do esporte

7comentários

O deputado Sérgio Frota (PR) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (20) para chamar a atenção do povo maranhense para a Medida Provisória editada pela Presidência da República que transfere parte dos recursos das loterias esportivas, principal fonte de verba do Comitê Olímpico do Brasil (COB), do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), do Ministério do Esporte e do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), para a segurança pública. O deputado aprofundou a discussão sobre as causas que levam ao aumento da violência e, consequentemente, à crise na segurança por que passa o Brasil.

“As causas da violência são desigualdade social e as drogas. Então, é fundamental essa mobilização da classe política, que compreende a importância do esporte enquanto política pública. Temos que combater essa Medida Provisória”, disse.

A Medida Provisória foi assinada pelo presidente da República, Michel Temer, no último dia 11 de junho, e já conta com uma grande oposição por parte de vários setores da sociedade e das entidades do esporte. “Não somos contra a aplicação maior de recursos na segurança, mas temos que pensar juntos sobre de onde esse recurso pode vir. O cenário para clubes que investem em formação do atleta será completamente desanimador”, analisou o deputado.

Sergio Frota ainda celebrou o bom momento do futebol maranhense, saudou os times locais que se destacam na série D do Campeonato Brasileiro e aplaudiu a crescente trajetória do Sampaio Corrêa. “Ontem, a Bolívia começou vencendo por 1×0, ficando a um empate de conseguir uma vaga na final da Copa do Nordeste. E ressalto que nós somos nove estados na região Nordeste, alguns com times na Série A, como Bahia, Vitória, Ceará e Sport. Logo, o Sampaio Corrêa pode conseguir um feito histórico de estar numa final da Copa do Nordeste” comemorou.

Nesta sexta-feira (22), de um total de 20 escolinhas que serão distribuídas por todo o Maranhão, o Sampaio inaugurará mais uma, na cidade de Açailândia. “São centenas de crianças acolhidas, com capacitação esportiva, acompanhamento, alimentação e material de qualidade. É assim que podemos contribuir para diminuir os índices de violência, na raiz do problema, levando oportunidades de cidadania a quem mais precisa” concluiu o deputado.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

7 comentários »

Sousa Neto aponta falta de transparência de Dino

0comentário

O deputado estadual Sousa Neto (PRP) se manifestou sobre a importância do requerimento n° 262/2018, de autoria da deputada Nina Melo, que solicita informações sobre o andamento das obras dos sete Centros de Hemodiálise no interior do Maranhão.

A pauta foi rejeitada pela bancada governista na Assembleia Legislativa.

“É um assunto de extrema importância e o governo Flávio Dino insiste em omitir os dados, por qual motivo?. Cadê a tal transparência que eles propagam? Este parlamento tem o dever de prestar contas à sociedade”, disse.

Sousa Neto lembrou a perigrinação de pacientes em busca de tratamento de hemodiálise.

“São centenas de pacientes de diversas partes do estado, que precisam se deslocar para outras cidades, todos os dias. Em Santa Inês, por exemplo, não há unidade e as pessoas têm que ir para Bacabal ou para São Luis em busca de tratamento. Até quando vamos ver vidas sendo perdidas pela irresponsabilidade dessa gestão comunista?”, acrescentou.

Fota: JR Lisboa/Agência AL

sem comentário »