Véspera de feriado tem show de Tony Guerra & Forró Sacode Exclusive

0comentário

Dia 30 de abril, véspera de feriado, tem mais um mega show na THE MUSIC HALL. Vem aí, Tony Guerra & Forró Sacode, em um show exclusivo para você se apaixonar e dançar muito.

Tony Guerra vai agitar na THE MUSIC HALL. Localizada em um local privilegiado na Lagoa da Jansen, lembrando que o evento é assinado por quem entende de festa: Júnior Salles e Pintinho Itamaraty.

Tony Guerra & Forró Sacode

O Forró Sacode criado em 2001, no Ceará, pelo cantor Tony Guerra, que, após oito anos de carreira apresentando-se como vocalista de diferentes grupos, decidiu criar uma banda que pudesse apresentar um estilo diferente de tocar forró.

Para divulgar seu trabalho, a banda gravou um CD de divulgação com quatro músicas. Estreou em shows, apresentando-se na cidade cearense de Quixeramobim. Em seguida, realizou uma série de apresentações em cidades do interior do Ceará.

Em 2002, foi escolhida, pela TV Diário, como a banda revelação do forró no ano. A partir de então, a banda passou a fazer shows na capital cearense, além de apresentarem-se também nos estados do Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, e Maranhão.

Em 2003, lançou seu primeiro CD, que recebeu o título de “Eu sou safado…”, destacando-se, além da canção título, as músicas “Fusquinha”, e “Dona do meu prazer”. Ultrapassando rapidamente a vendagem de 150 mil cópias, recebendo, assim, o “Disco de Ouro”, logo em sua primeira gravação comercial. No mesmo ano, apresentou-se no “Programa Especial”.

Ainda nesse ano, apresentou-se na Vaquejada do Parque Evandro Cunha Lima. Em 2004, foi lançado 2º CD da banda, com destaque para as composições “Não Paro”, “Sexy”, mais uma vez ultrapassou a vendagem de 100 mil cópias, dando ao Forró Sacode seu 2º “Disco de ouro”. Em 2005, apresentou-se no Maranhão Forró Fest, em São Luís. Nesse ano(2005), participaram do DVD “Forrozão da Imprensa”, que incluiu depoimentos de locutores da Rádio Imprensa, a maior rádio de forró de São Paulo, além de trechos de shows ao vivo, de diferentes bandas.

Nesse DVD, a banda interpretou a música “Não paro”. No ano seguinte, a banda gravou o seu 3º CD, destacando-se os enormes sucessos “Obsessão” e “Não sou de pedra”, Obsessão que intitula o 1º DVD da banda, gravado no último 22 de maio na cidade cearense de Pacajús com a participação de mais de 50 mil fãs da banda, que cantaram e dançaram juntinhos com o ritmo mais gostoso e diferente do forró.

Tony Guerra & Forró Sacode Exclusive

Serviço:

O que? Show Tony Guerra & Forró Sacode

Quando? Dia 30 de abril, terça-feira (véspera de feriado)

Horário? 22h

Onde? THE MUSIC HALL (Lagoa da Jansen)

Quanto?

PISTA

R$ 40,00

Meia 20,00

CAMAROTE

R$ 70,00

Meia 35,00

FRONT

R$ 80,00

Meia 40,00

Reservas e informações:

(98) 99101-73 01

Pontos de venda antecipados:

Bilheteria Digital do: Shopping da Ilha, Rio Anil Shopping e Rio Poty Hotel

Reservas e Informações:

(98) 99101-73 01

Realização: Júnior Sales e Pintinho Itamaraty

Assessoria: Rita Matos Assessoria de Imprensa e Comunicação

sem comentário »

Alunos do IFMA são encaminhados à PF após ameaçarem atentado

0comentário
Campus do IFMA do Monte Castelo registrou momentos de tensão após ameaça de atentado

A Direção Geral do Instituto Federal de Educação e Tecnologia do Maranhão (IFMA) informou ter tomado todas as providências contra a suposta ameaça de atentado feita por estudantes do campus do Monte Castelo. Em nota, a instituição informou que já vinha monitorando a situação e que tão logo constatou a veracidade dos fatos, acionou a Polícia Federal para que cuidasse do caso.

De acordo com a direção do IFMA, os autores da ameaça foram abordados no potão de entrada do campus por policiais federais. Em seguida, foram encaminhados para prestar os devidos esclarecimentos.

Ainda segundo a gestão do IFMA, não há motivo para pânico, uma vez que todas as medidas preventivas foram tomadas.

Segue a íntegra da nota:

sem comentário »

Wellington denuncia assalto a escola e volta a condenar demissão de vigilantes e não nomeação de policiais

0comentário
Wellington relatou medo de professores e alunos da escola

O professor e deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna, na manhã de hoje (25), para denunciar o “arrastão” que aconteceu na noite de ontem, dia 24, ao Centro Educacional Professor Luís Rêgo. A escola é do Estado e está localizada no bairro Jardim Tropical.

Ao relatar a situação, professores afirmaram que a sensação é de medo e que isso já era previsível, diante da insegurança que predomina no local.

“Isso aqui todos nós já imaginávamos que iria acontecer, mais cedo ou mais tarde. É inseguro, principalmente à noite. Aqui, se não for Deus para nos proteger, não tem quem faça isso”, lamentou uma das professoras.

Centro de Ensino Professor Luís Rego, no Jardim Tropical, foi alvo de assaltantes

Sobre a situação, o deputado Wellington lamentou a postura do Governo que, embora reconheça ser necessário garantir a segurança dos professores, recentemente anunciou a demissão de 1.200 vigilantes.

“Sou professor e, por isso, meus colegas professores confiam em nosso mandato. Ontem à noite recebi a ligação de um deles, desesperado, falando que a escola em que dava aula tinha acabado de ser assaltada. Três assaltantes entraram, fizeram alunos de reféns e levaram celulares dos estudantes e educadores. Poderiam ter agredido ou, até mesmo, tirado a vida de alguém. O que o estado tem feito? Nada! Escola é assaltada enquanto Flávio Dino demite 1.200 vigilantes e não nomeia policiais. Já oficiei a Secretaria de Educação, o Governador e a Promotoria para apontar quais medidas serão tomadas. Não podem brincar com a segurança e com a vida dos nossos professores e estudantes”, disse o professor e deputado Wellington.

sem comentário »

Resultados que Transformam

0comentário
A equipe da Cemar na 16ª edição da Reunião de Resultados Anual da Cemar 2019

“Sua atitude gera transformação?”! Esse foi o tema da 16ª edição da Reunião de Resultados Anual da Cemar 2019, que aconteceu na recentemente em São Luís. A RR anual tem como objetivo promover um alinhamento geral sobre os resultados do ano anterior, e as diretrizes da Companhia para o ano atual. Para isso, a Cemar reúne grande parte dos seus colaboradores e lideranças, em um dia intenso de muito aprendizado e reconhecimentos.

Esse ano, a Reunião de Resultados da Cemar trouxe para a reflexão a seguinte pergunta: O que você faz no dia a dia, dentro e fora do ambiente de trabalho, impacta positivamente as pessoas ao seu redor e os seus resultados? Foi nessa perspectiva que o palestrante Rodrigo Cardoso, especialista em Atitude e Comportamento e eleito o Melhor Treinador do Brasil pelo prêmio Top Chance, trouxe a proposta de cada um dar a melhor versão de si, e por meio do esforço do trabalho alcançar resultados extraordinários, para os participantes e para os clientes da Companhia.

sem comentário »

Diretor da UPA de Caxias rebate fake news sobre óbitos na unidade

0comentário
UPA de Caxias não registrou óbitos por causa de apagão, ao contrário do que divulgou blog

O diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caxias, Daniel Neto, negou o registro de óbito na ala vermelha, que abriga os pacientes mais graves, no último dia 21, em decorrência de um suposto apagão. O diretor classificou a informação, divulgada em um blog, como fake news (notícia falsa).

Segundo o diretor, os relatórios e os registros das passagens de plantões comprovam a não ocorrência dos óbitos. “Nem a Diretoria da UPA, nem a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Caxias foram procuradas para prestar esclarecimentos.

Ele explicou que todos os dados referentes a óbitos são encaminhados semanalmente à vigilância, que os repassa ao Ministério da Saúde. Daniel Neto anunciou que a documentação comprobatória será envida à Procuradoria do Município para que as medidas judiciais cabíveis sejam tomadas.

Assista ao vídeo:


sem comentário »

Despertar da Primavera será apresentado nesta sexta-feira (26) no Teatro Arthur Azevedo

0comentário

Grupo promove diálogo direto com a população, realizando oficinas de mediação cultural que foram realizadas no início da semana e para fechar a programação, um espetáculo especial no palco do Teatro Arthur Azevedo nesta sexta-feira (26)

Com o intuito de quebrar tabus e fazer o jovem entender seu lugar no mundo, o grupo Anthropos chega a São Luís com o espetáculo “Despertar da primavera” e fecha a sua programação nesta sexta-feira (26), no Teatro Arthur Azevedo. Além de conferir o espetáculo, o público teve a oportunidade viver experiências diferenciadas junto ao grupo, isso porque além do espetáculo eles promoveram oficinas de mediação cultural, interpretação teatral, teatro do oprimido e intercâmbio artístico.

O grupo vem com a proposta de através de discussões orientadas, exercícios e análise dos textos fazer com que haja o desenvolvimento na compreensão da relação entre cultura e desenvolvimento e também a percepção artística para a relação público e obra de arte.

Vale ressaltar que a apresentação conta a trajetória e as contradições de um grupo de adolescentes que, através da remontagem de clássicos da dramaturgia mundial, se descobrem e reconhecem seus lugares na sociedade contemporânea. As apresentações contarão com recursos de acessibilidade de audiodescrição e intérprete de LIBRAS.

O espetáculo integra o Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, uma seleção pública que tem como objetivo contemplar projetos de circulação de espetáculos teatrais não inéditos, em parceria do Ministério da Cultura. No último edital foram investidos R$ 15 milhões. Ao todo, foram escolhidos 57 espetáculos, representantes de todas as regiões do País, com apresentações em todos os estados. É assim que uma Companhia de Artes goiana, chega ao nordeste brasileiro.

Uma história que fará você voltar ao século XIX e ao mesmo tempo, vai observar que, mesmo dois séculos depois, não estamos tão longe do passado. A peça “O Despertar da Primavera”, tem Hugo Zorzetti, como autor do espetáculo que foi inspirada na obra de Frank Wedenkigd, um dramaturgo alemão, em 1891, que mostra uma história que que circula na Alemanha envolvendo jovens, amor e sexualidade, numa sociedade repressiva.

Apresentação desta sexta-feira (26) será às 20h, com intérpretes de libras, para o público em geral. O ingresso desse dia, custa R$ 20, a inteira e meia, R$ 10. Vendas na bilheteria do TAA.

A peça, produzida pela Anthropos Cia de Arte, tem o patrocínio da Petrobras e Lei de Incentivo à Cultura, produção local da MiraMundo Produções Culturais e realização do Ministério da Cidadania.

Enredo

Na história, os adolescentes vivem a eterna luta entre a lei e a natureza, entre o desejo incontido e o dever das regras sociais

Na história, os adolescentes vivem a eterna luta entre a lei e a natureza, entre o desejo incontido e o dever das regras sociais. Nesse percurso encontrarão algumas alegrias, mas também dor, sofrimento e morte. Comum as grandes obras da dramaturgia, este texto conserva ainda hoje, século 21, sua capacidade expressiva de simbolizar as vicissitudes da juventude. E por esta razão nos propomos a colocá-lo em cena.

Na encenação, os atores vão alterar a linha do tempo em uma ação dramática misturando o final do século 19 com o início do século 21, o lugar, também terá alterações, da Alemanha para o Brasil. Tais atualizações são imprescindíveis para que eles possam destacar a contundência dos temas abordados na peça que refletem a realidade atual da juventude.

Não há regras no DESPERTAR DA PRIMAVERA, apenas a sensibilidade para ajudar a contar uma história e despertar afetos, segundo as condições do momento em sintonia com os espectadores envolvidos na criação do espetáculo.

O DESPERTAR DA PRIMAVERA é uma peça de plenitude, com a vitalidade de todas as grandes obras que levanta a bandeira da liberdade e vibra para a ultrapassagem das fronteiras e dos tabus que marcam para nós o final do século e que deixou aqui marcas de fogo ainda acessas.

Serviços

O quê: Peça – O Despertar da Primavera

Quando: Dia 26, às 20h, com venda de ingressos na bilheteria do TAA.

Onde: Teatro Arthur Azevedo (Rua do Sol)

Classificação: 12 anos

Direção artística: Constantino Isidoro

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Sgh6UyQ9324

Gênero da peça: Drama/Tragédia

Resumo breve: Um grupo de teatro de uma escola particular prepara a peça O DESPERTAR DA PRIMAVERA. O que aí se mostra são os caminhos tomados pela nossa juventude, a vida moderna marcada pela violência das informações e a fragilidade dos valores.

Informações: (98) 9 8448-0190 / 9 9130-0272

Produção Local: MiraMundo Produções Culturais

sem comentário »

Flávio Dino suspende pagamento de diárias e passagens aéreas a servidores, mas mantém para si

0comentário
Flávio Dino e Carlos Brandão continuarão viajando normalmente, pois medida só vale para servidores dos escalões menores

O governador Flávio Dino (PCdoB) baixou decreto que prorroga o período de suspensão da concessão de diárias e passagens aéreas a servidores de todos os órgãos do Governo do Estado. A medida entrará em vigor em 15 de maio próximo, mas exclui o próprio governador e vice, que manterão, sem restrição, os gastos com voos e hospedagens no período vedado aos baixos escalões.

De acordo com o novo decreto, publicado em 29 de março no Diário Oficial do Estado, as diárias e passagens deixarão de ser concedidas a funcionários civis e militares do Poder Executivo.

O primeiro período de suspensão foi entre 1º de dezembro de 2018 e 15 de março de 2019.

Casos excepcionais

O decreto diz ainda que enquanto perdurar o período de suspensão, nos casos essenciais e excepcionais, o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, poderá autorizar, por escrito, a concessão de diárias e a aquisição de passagens. A justificativa para a concessão deve ser feita pelo dirigente máximo do órgão ou entidade.

Quanto ao governador e o vice, ficam autorizadas as viagens, inclusive em comitivas, assim como comparecimento a inaugurações de obras, em número de integrantes a ser autorizado pelo próprio Flávio Dino ou por Carlos Brandão ou por Marcelo Tavares.

Abaixo, o decreto:

sem comentário »

Justiça decreta prisão preventiva de viúvo de Mariana Costa por suposto estupro

0comentário

Nesta quarta-feira (24), a juíza titular da 2ª Vara de Itapecuru Mirim, Mirella Cézar Freitas, acatou representação da Delegacia de Polícia Civil de São Luís, decretando a prisão preventiva de Marcos Renato Ribeiro Serra Pinto, com base nos artigos 311, 312, e 313, do Código de Processo Penal e de acordo com parecer do Ministério Público Estadual. A referida Representação foi distribuída nesta quarta-feira (24), às 16h45min; com protocolo do parecer do MP às 18h53 e decisão de deferimento da representação às 21h17, inserida no Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP) às 21h20 do mesmo dia.

Marcos Renato Ribeiro Serra Pinto foi representado pela delegada Ana Zélia Saraiva Gomes, por suspeita de incidência dos Art. 213, §1º do Código Penal c/c art.243 do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, informando que o irmão do representado compareceu à Delegacia de Polícia para registrar um Boletim de Ocorrência, no qual informou que sua filha, uma adolescente de 15 anos, teria sido abusada sexualmente pelo tio, durante estadia em uma fazenda da família, localizada no município de Itapecuru Mirim.

Ao acatar o pedido, a magistrada Mirella Cézar levou em consideração os requisitos do artigo 312 do CPP, que estabelece como pressupostos da prisão preventiva a prova da existência do crime e indícios suficientes da autoria (circunstâncias que façam crer que o agente é o autor da infração penal). Além disso, analisou a existência de perigo da liberdade do agente para a garantia da ordem pública, conveniência da instrução criminal, garantia de aplicação da lei penal ou da ordem econômica. “No caso em tela, a prova da existência do crime resta inconteste pelos depoimentos ouvidos por ocasião da investigação, em especial, pelas declarações da vítima que narrou, com minúcias, o desenvolver do fato delituoso imputado ao representado”, observou, frisando que, dada a clandestinidade dos crimes sexuais, geralmente praticados sem testemunha presencial, a palavra da ofendida assume preponderante importância, por ser a principal prova de que se dispõe para a responsabilização do acusado.

Durante a análise do pedido, a juíza considerou ainda a forma como o suposto crime ocorreu, já que o representado se utilizou da sua proximidade familiar e hierarquia com a vítima para praticar o abuso sexual. ‘Assim, justifica-se a medida constritiva da liberdade, para assegurar a segurança física e psíquica da vítima, ante a proximidade familiar entre esta e o representado”, disse.

A decisão destaca ainda que o MP levantou que o representado responde a outras ações penais, as quais se encontram suspensas em razão da dificuldade de localização do acusado para intimação pessoal, tendo sido citado por Edital, o que indica o risco de evasão do distrito da culpa.

Na decretação, a magistrada destacou também que não se trata em absoluto de antecipação de eventual pena, uma vez que a prisão processual, ou seja, aquela decretada antes do trânsito em julgado de sentença condenatória, tem natureza eminentemente acautelatória, sendo determinada como medida excepcional, quando presentes os pressupostos, os fundamentos e as condições de admissibilidade.

Fonte: Corregedoria Geral de Justiça

sem comentário »

Deputado Adriano denuncia falência nas contas públicas do Maranhão

0comentário

Técnicos da SEPLAN admitiram que governo excedeu limite prudencial de despesas. Dívida do estado aumentou 10 % em dois anos e Fundo Estadual de Previdência e Aposentadoria (FEPA) dispõe de apenas 62 milhões de reais

Para o deputado Adriano, o governo precisa tomar medidas urgentes para não colapsar de vez a receita e comprometer os pagamentos do funcionalismo

A Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa realizou, na manhã desta quarta-feira (24), audiência pública sobre o cumprimento de metas fiscais do Governo do Maranhão, relativa ao último quadrimestre de 2018.

Durante a sessão, o líder da oposição, o Deputado Adriano Sarney denunciou uma série de irregularidades fiscais que podem levar o Maranhão a um estado de “caos fiscal” caso nenhuma medida seja tomada. “Podemos dizer que hoje existe um grande problema financeiro no estado, um problema de lei de responsabilidade fiscal. O estado hoje está de mãos atadas”, afirma o deputado.

A realização da audiência é uma exigência da Lei 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal) conforme seu artigo 9°, parágrafo 4°.

Durante o evento, a gestão Flavio Dino admitiu que excedeu o Limite Prudencial de Despesa total com Pessoal. De acordo com o deputado Adriano Sarney “esse limite é uma espécie de sinal de perigo”, não apenas para alertar o poder público da aproximação dos limites máximos, mas, principalmente, para impor ao gestor, restrições de gastos que evitem o alcance desse limite.

Ao longo da apresentação do balanço fiscal, os técnicos da SEPLAN admitiram que o caixa do Fundo Estadual de Previdência e Aposentadoria (FEPA) possui apenas 62.9 milhões de reais.

A dívida consolidada líquida do Estado do Maranhão passou de 43,70% em 2016 para 53,74% em 2018. Outros fundos estão no vermelho: a saúde do Estado está em crise; virou o ano com R$ 2.771.626,14 e agora a disponibilidade de caixa são de – (negativos) R$ 183.670.737,32; a situação da educação também é precária, virou o ano com R$ 0,00 e agora possui em caixa – (negativos) R$ 317.641.763,24.

Para o deputado Adriano, o governo precisa tomar medidas urgentes para não colapsar de vez a receita e comprometer os pagamentos do funcionalismo: “é importante que o governo reduza suas despesas para conseguir recontratar novos funcionários, melhorar o pagamento dos servidores públicos por que hoje a situação está no limite prudencial da lei de responsabilidade”.

sem comentário »

“Nenhuma redução de pena é justa para um homem que não cometeu crime algum”, diz Zé Inácio sobre julgamento de Lula no STJ

3comentários
Deputado Zé Inácio usou a tribuna para mais uma vez denunciar o que considera ser uma prisão política

O deputado Zé Inácio Lula (PT) destacou da tribuna da Assembleia, na manhã desta quarta-feira (24), o julgamento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de um recurso da defesa do ex-presidente Lula, corrido ontem (23), que resultou na diminuição da pena de 12 anos e um mês de prisão para oito anos, 10 meses e 20 dias, pelo crime envolvendo o apartamento tríplex do Guarujá (SP).

Na ocasião, o deputado disse que mais uma vez usava a tribuna da Assembleia para denunciar o que considera “prisão política” do ex-presidente Lula e que iniciava o pronunciamento enfatizando a frase pronunciada pelo ex-presidente Lula após o julgamento do STJ. “Lula afirma, de forma categórica, que nem uma pena reduzida é justa para o homem que não cometeu crime algum. A condenação é injusta. Na verdade, é uma condenação política”, enfatizou.

Segundo Zé Inácio, os fatos ocorridos no decorrer desses últimos anos demonstram claramente que houve uma perseguição política por parte do ministro Sérgio Moro ao ex-presidente Lula. “É tanto que foi uma ação política, que hoje ele é o ministro da Justiça do candidato a presidente que tinha como seu maior opositor uma candidatura do PT, representada pelo ex-presidente Lula”, argumentou.

Condenação sem provas

“A redução da pena nada mais é do que não reconhecer publicamente para o Brasil e para o mundo que o processo é eivado de nulidade e que a sentença mais correta seria a absolvição, porque o Presidente Lula foi condenado sem provas”, afirmou Zé Inácio Lula.

O deputado disse que, no julgamento de ontem do STJ, não se rediscutiu a questão do mérito da condenação do ex-presidente sob o argumento de que a Súmula 7, do STJ, proíbe se rediscutir prova na terceira instância. “Ou seja, não se rediscutiu as provas, porque se isto acontecesse, poderia se confirmar o que parte da imprensa tem dito, que o ex-presidente foi condenado sem provas, inclusive com o endosso do grande jurista brasileiro Celso Antônio Bandeira de Melo, que considera a prisão de Lula “loucura””, frisou.

Zé Inácio Lula disse acreditar que, com a redução da pena obtida ontem, o ex-presidente terá direito à remissão da pena e, assim, poderá ter a progressão de regime e entrar no regime semiaberto, uma vez que já teria cumprido um sexto da pena. “Daqui a três meses, pelas minhas contas, o ex-presidente Lula estará cumprindo o regime semiaberto, ou seja, poderá sair da prisão”, salientou.

O deputado disse acreditar que o julgamento da ação declaratória da constitucionalidade da prisão em segunda instância, a ser realizado brevemente pelo Supremo Tribunal Federal (STF), poderá também ser favorável ao ex-presidente Lula. “Poderá ser uma decisão que favorecerá Lula, não por ter sido simplesmente condenado pela segunda instância, mas porque, diante da arbitrariedade e da injustiça, diante da “prisão política” que ele vem sofrendo, nesses últimos anos, nada mais justo de que o próprio STF fazer justiça e conceder sua liberdade”, complementou.

“E nós que acreditamos na inocência do Presidente Lula, acreditamos também que ele será absolvido, porque foi condenado de forma injusta, sem provas”, concluiu Zé Inácio Lula.

3 comentários »