Baldez estaria liderando corrida pela OAB até em pesquisa que não consta seu nome

0comentário

Advogado Mozart Baldez está bem cotado na eleição para a presidência da OAB/MA

O advogado Mozart Baldez estaria liderando as intenções de voto à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão (OAB-MA), até em um cenário sem o seu nome, segundo dados da pesquisa Exata, que podem ser constatados através de áudios de entrevistas gravadas, ao qual o blog teve acesso com exclusividade neste sábado (13).

De acordo com as informações, Baldez estaria aparecendo em primeiro lugar na preferência dos advogados de São Luís, com mais de 49%, seguido por Carlos Brissac, Pedro Alencar e Thiago Diaz. Na Capital, ainda de acordo com as informações, a diferença do primeiro para o segundo foi de 10%.

O pré-candidato do Movimento “A Ordem é Reconstruir” também estaria liderando de forma isolada no interior do estado, tanto nas pesquisas eleitorais de opinião feitas por telefone, como também nos tradicionais levantamentos realizados com entrevistas face a face.

Áudios com gravações de sondagens não presenciais que começaram a ser divulgados neste final de semana, em grupos de aplicativos de troca de mensagens, mostram como o eleitorado de Baldez impulsiona a disputa na entidade de classe. Numa das gravações, a entrevistadora pergunta para a entrevistada: Se as eleições para a presidência da OAB fosse hoje a senhora teria em quem votar?

A entrevistada, responde: Mozart Baldez

A entrevistadora faz mais uma pergunta. Entre os candidatos a seguir, a senhora teria rejeição sobre algum destes: Carlos Brissac, Samara Baraúna, Pedro Alencar e Thiago Diaz?

A entrevistada volta a responder: Não sei se posso dizer que tenho rejeição, partindo do principio que meu voto é para Mozart Baldez. Não é que rejeite outros, mas é que eu tenho simpatia por Dr. Mozart [Baldez].

A funcionária do Instituto Exata faz outro questionamento. Ao escolher em quem votaria para presidente da OAB, o que a senhora mais leva em consideração: O candidato a presidente e suas propostas? O candidato a presidente e os membros da diretoria? Ou o candidato a presidente e seus conselheiros?

A entrevistada diz que leva em conta o candidato a presidente e suas propostas e volta a insistir no nome do seu candidato.

O último questionamento formulado pela pesquisadora gera um embate com a entrevistada, ao ser confrontada sobre informações desnecessárias para um levantamento.

A pesquisadora pergunta. O que é mais importante para definir seu voto: a projeção e sucesso profissional do candidato? A experiência e serviços prestados à classe? O trânsito politico entre os poderes e as demais entidades? Ou é o grupo de apoio dentro da classe?

Ao responder, a entrevistada diz que busca um nome sem conchavos políticos e com mais independência. “Com esse perfil só vejo Dr. Mozart Baldez”, completou, perguntando quem estava contratando a pesquisa. Sem graça, a funcionária desvia o foco e diz que não saberia responder e ao final encerra a entrevista.

O engraçado é que pelo menos duas pesquisas de opinião, para analisar a preferência dos advogados e advogadas, quanto aos pretensos pré candidatos à presidência da seccional já foram encomendadas, mas segundo comenta-se nos bastidores, o resultado de ambas apontando a vitória de Mozart Baldez, fizeram com que os contratantes optassem pela não divulgação do resultado.

sem comentário »

Advogados reclamam de mau atendimento no INSS

0comentário

Previdenciaristas estão sofrendo constrangimento quando buscam atendimento prioritário

Um grupo de advogados previdenciaristas entrou em contato com o presidente do Sindicato dos Advogados do Maranhão (Sama), Mozart Baldez, que é pré-candidato à presidência da Seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), para reclamar da maneira que estão sendo atendidos nas agências do INSS, em São Luís.

Segundo as denúncias recebidas pela entidade, os profissionais de advocacia estão sofrendo constrangimento quando buscam atendimento prioritário no INSS. De acordo com as informações, inicialmente existe uma ACP que proíbe a distribuição de senhas e agendamento para advogados nas agências do órgão, mesmo após uma decisão liminar (provisória) da Justiça Federal no Distrito Federal, de novembro de 2017, que autorizou causídicos de todo o país a ir direto aos balcões de atendimento, sem agendamento prévio ou retirada de senha.

Para melhorar o tratamento para os previdenciaristas que se dirigem às agências do órgão em busca de processos de seus clientes, o INSS apresentou à OAB uma proposta de centralização do atendimento na Gerência Executiva, mas a Seccional aceitou a sugestão, sem a princípio ter feito qualquer reunião com os advogados militantes na área.

De acordo com as informações, a proposta inicial do INSS era cada servidor atender oito advogados com habilitação de dois processos. Após o atendimento ter iniciado, os servidores informaram que não teriam condições de habilitar dois processos, então ficou determinado um processo por advogado. A partir daí, segundo os denunciantes, criou-se uma confusão, com os profissionais do interior e com um acumulo de processos.
“A partir daí, muitos advogados começaram a madrugar na Gerência para conseguirem habilitar seus processos. Os colegas que tem muitos processos estão pagando para outros advogados habilitarem seus processos, haja vista poderem habilitar só um processo”, relatou uma advogada que conversou com o blog, mas pediu para não ter a identidade revelada.

A defensora conta que em função da situação de alguns advogados estarem madrugando na Gerência, OAB propôs um agendamento on line, mas a confusão no atendimento persiste. Segundo as reclamações, inicia-se o agendamento, com bloqueio de 48 horas e quando um advogado é atendido na segunda, por exemplo, só pode agendar 48 horas depois, só que ninguém sabe informar de quando vai contar às 48 horas: se a partir do agendamento ou do atendimento.

“Precisamos que essa situação seja resolvida. Até agora nós, advogados previdenciaristas, ainda não vimos nenhuma propostas por partes dos candidatos a Presidência da OAB-MA que visa contribuir para resolução desse problema”, destacou a defensora.

E MAIS:

Atualmente, um cidadão comum que deseje dar entrada no pedido de aposentadoria, por exemplo, precisa agendar o atendimento pelo telefone 135. A resolução de 2014 que trata desse procedimento não informa prazos mínimos ou máximos – em geral, a espera é superior a um mês.

Com a decisão, assinada em novembro de 2017, pelo juiz federal João Carlos Mayer Soares da 17ª Vara Federal do DF, o advogado pode ser atendido assim que chegar à agência, mesmo que haja outras pessoas com agendamento para aquele horário. Se houver necessidade, o atendimento que estava marcado poderá ser reagendado para a próxima data disponível.

“A decisão judicial em questão beneficia toda a sociedade ao garantir que os profissionais que representam diversos cidadãos possam ser atendidos de acordo com o que estipula a lei, resultando inclusive na diminuição das filas. A decisão vai no sentido de desafogar e agilizar o atendimento nas agências, uma vez que os servidores do INSS não podem impedir advogadas e advogados de protocolizar mais de um benefício por atendimento e nem obrigar o protocolo de documentos e petições por meio de agendamento prévio e retirada de senha.”

sem comentário »

Será que o consumidor concorda? Em audiência no STF, Cemar é citada por qualidade da prestação de serviços

0comentário

Renata Becker Isfer, do MME, destacou melhoria da Cemar na qualidade de prestação de serviço

Em audiência pública realizada no final do mês passado para discutir a privatização de estatais que operam o setor de energia elétrica do país, a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foi citada como exemplo bem sucedido de transferência do controle acionário do setor público para o privado.

Renata Becker Isfer, representante do Ministério de Minas e Energia (MME), buscou, em sua apresentação, demonstrar os benefícios decorrentes da privatização de algumas empresas, e mencionou o caso do Maranhão. Segundo a expositora, a Cemar, cujo controle foi adquirido, em 2006, pela Equatorial Energia, era considerada, antes da venda, uma das cinco piores concessionários em qualidade de prestação de serviços de energia, segundo o ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), registrou melhora significativa

“A Cemar sempre esteva entre as cinco piores, e hoje é a segunda no ranking da Aneel”, afirmou. A representante do MME também afirmou que a privatização trouxe benefícios não só para os consumidores, mas também para os empregados, pois a mudança aumentou o número de empregos nas empresas.

Há controvérsias

Resta saber se os consumidores concordam com as afirmações da representante do MME, já que a Cemar lidera o ranking de reclamações do Procon, sobretudo pela tarifa aplicada aos consumidores e da modalidade de cálculo para a atribuição de valores à conta de luz, bastante questionada e denunciada até mesmo nos canais de comunicação da própria concessionária.

sem comentário »

Terrazoo, agora também em Imperatriz

0comentário

Fachada da nova loja Terra Zoo em Imperatriz

Imperatriz ganhou uma mega pet shop Terra Zoo, com mais de 4.000 itens à disposição da clientela, movimentando o mercado pet local e trazendo um novo conceito neste ramo de negócios para a região tocantina. Com um projeto arquitetônico funcional e arrojado, a nova loja fica ao lado de mais uma unidade da Potiguar, que também passa a atender o mercado de Imperatriz com o que há de mais moderno no segmento de construir ou reformar. Chama a atenção um lago de carpas coloridas com 12 metros de comprimento entre as duas lojas.

A Terra Zoo de Imperatriz traz como pontos altos, além da diversidade de produtos de qualidade comercializados e do setor de aquarismo mais temático, um serviço de beleza diferenciado para pets, o Beauty Pet Terra Zoo. Assim, enquanto se vai às compras seja na Terra Zoo ou na Potiguar, o mascote ganha um upgrade no visual.

Setor de aquarismo temático na nova loja

Fundada em 1980 pelo empresário Manoel Vieira Brasil, com o nome de Casa do Fazendeiro, com sua primeira loja no Caminho da Boiada, a Terra Zoo agora possui 6 lojas físicas, sendo 5 delas em São Luís, incluindo a Quixaba, que é especializada em plantas e jardinagem, e uma loja virtual. Referência de qualidade, a empresa oferece um eficiente serviço de e-commerce, com entrega em todo o país.

Abaixo, um lago com carpas coloridas e uma cascata chamam a atenção na nova loja de Imperatriz:

sem comentário »

Luto em Caxias

0comentário

sem comentário »

Deputado Zé Inácio prestigia Romaria de Nossa Senhora Aparecida

0comentário

Zé Inácio com a ex-deputada e ex-prefeita de Itinga, Vete Botelho

O deputado estadual Zé Inácio (PT) prestigiou a 13ª edição da Romaria de Nossa Senhora Aparecida, hoje (12), em Itinga do Maranhão, acompanhado da sua esposa e ex-Prefeita do município, Vete Botelho.

A Romaria teve início às 2h da manhã na Igreja Bom Jesus, localizada na sede do município, e seguiu em cortejo para o povoado do Cajuapara, que fica a 16 quilômetros da sede.

O evento religioso, que é liderado pela Comunidade Católica, já é uma tradição em Itinga do Maranhão, e contou com um número significativo de fiéis de Itinga e de cidades vizinhas que acompanharam o cortejo e a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Zé Inácio destacou a importância de valorizar as tradições religiosas. “É muito importante apoiar e prestigiar as tradições religiosas, pois elas representam a identidade do nosso povo, a fé que nos move para lutar por um mundo melhor. É um momento de agradecer e interceder por nossos familiares, amigos e pelo nosso país”, afirmou o parlamentar.

sem comentário »

Feirinha da Gente especial para a criançada, neste domingo, em Caxias

0comentário

A Feirinha da Gente terá mais uma edição, neste domingo, em Caxias, está mais do que especial. Uma linda festa está sendo preparada para as crianças pela Prefeitura. Dezenas de atrações e mais de 1 mil brinquedos serão distribuídos para a garotada. Pais e mães que levarem seus filhos à Feitinha podem ter a certeza de que a alegria e a diversão estão garantidas.

sem comentário »

Paulo Marinho comete injustiça ao culpar Fábio Gentil pela derrota do filho nas urnas

0comentário

Paulinho e Zé Gentil fizeram dobradinha e foram os candidatos a deputado federal e estadual mais votados da história de Caxias

Fracassou mais uma vez a tentativa do ex-prefeito de Caxias e ex-deputado federal Paulo Marinho de eleger o filho, Paulo Marinho Jr. (PP), para uma vaga na Câmara Federa. Foi a quinta derrota nas urnas do herdeiro político da família Marinho. Em meio ao trauma causado pelo novo revés eleitoral, o patriarca tenta apontar culpados e mira justamente um dos aliados que mais o ajudou, o prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), de quem Paulinho é vice, cometendo uma injustiça que só os fatos muito bem colocados podem remediar.

Ciente de que teria pela frente uma eleição muito acirrada, Paulo Marinho (o pai) simplesmente abriu mão do apoio do grupo liderado pela ex-governadora Roseana Sarney (MDB), aderindo ao senador Roberto Rocha (PSDB), que assim como Roseana, concorreu à sucessão estadual, mas com densidade eleitoral muito menor. A adesão de Marinho no tucano empurrou o primogênito, que praticamente nasceu dentro do PMDB (hoje MDB), para uma disputa suicida, dentro do chamado “chapão da morte com PP”. Tragédia anunciada.

Ao apoiar, na eleição de senador, o deputado estadual Alexandre Almeida (PSDB), de Timon, Marinho atrapalhou até as candidaturas de Edison Lobão (MDB) e Sarney Filho (PV), embora soubesse que as chances de êxito do seu escolhida era mínimas.

Diante da incoerência de Paulo Marinho, é oportuno reafirmar o empenho do prefeito Fábio Gentil, que vestiu a camisa de Paulinho e investiu pesado e de forma convicta na dobradinha do herdeiro da família Marinho com seu pai, o deputado estadual eleito em quarto lugar, Zé Gentil (PRB). Não fosse essa articulação, um gesto de lealdade, em reconhecimento ao apoio dos Marinhos à eleição do atual prefeito, há dois anos, talvez, a votação de Paulinho, tivesse sido pífia. Pelo contrário, em Caxias, ele entrou para a história como o candidato a deputado federal mais votado na cidade, da mesma forma como ocorreu com Zé Gentil, um feito grandioso, digno do melhor registro na política do Maranhão.

É fato: Paulinho e Zé Gentil saíram casadinhos nos votos em Caxias, uma demonstração da força da união dos dois grupos, que derrotaram o clã Coutinho, em 2016.

Se não fosse o desempenho aquém das expectativas de Paulinho nos municípios de Coelho Neto, onde o ex-prefeito e então candidato a deputado estadual Soliney Silva (MDB) lhe prometera 12 mil votos, e em Timon, de onde eram esperados pelo menos 8 mil votos, graças à aliança com Alexandre Almeida para o Senado, o filho de Paulo Marinho estaria eleito.

Paulo Marinho, o pai, ao lamentar a derrota do herdeiro, está sendo ingrato ao tentar culpar Fábio Gentil pelo insucesso do projeto político. Se existe algum culpado, não é o prefeito, já que tanto Paulinho, quanto Zé Gentil obtiveram, praticamente, a mesma votação em Caxias.

O inconformismo de Paulo Marinho se dá porque outros candidatos eleitos foram votados na cidade.
Cléber Verde obteve pouco mais de 5 mil votos, e Edilazio, pouco mais de 3 mil. Se forem somados os votos dos dois e dados a Paulinho, nem assim ele estaria eleito. Portanto, o choro do patriarca da família Marinho é consequência da sua própria incompetência em não eleger o filho com votos de outros redutos eleitorais, e não de Caxias.

A política mudou e os políticos que não acompanharam tal mudança e ainda ficam procurando desculpas para suas lamentações ficam perdidos no tempo e ultrapassados pelas novas tendências eleitorais, que exigem, sobretudo, habilidade e humildade para reconhecer seus pontos fracos.

Trocar o certo pela duvidoso nunca foi a forma mais sensata de fazer escolhas. A família Marinho errou ao abandonar suas origens, fincadas no MDB. Se lá o grupo tivesse permanecido, Paulo Marinho hoje estaria comemorando a vitória do filho, em vez de estar derramando lágrimas e tratando com injustiça aliados que com ele marcharam juntos na campanha, do início ao fim, como tão bem demonstraram as urnas em Caxias.

A ingratidão de Paulo Marinho não é apenas com o grupo político liderado por Fábio Gentil, mas, acima de tudo, com os caxienses, pois muitos dos que votaram em Paulinho o fizeram a pedido da família do prefeito, que trabalhou e mostrou, ao fim da eleição, com as votações quase idênticas de Zé Gentil e Paulinho, quão leal tem sido à aliança firmada em 2016.

sem comentário »

Música e sustentabilidade em uma só batida

0comentário

Festival Ecobeat terá performance de Djs, mensagens ecológicas e transmissão de conhecimento sobre a arte de mixar

Campeão mundial de performance, o DJ Nedu Lopes ministrará workshop no festival

SÃO LUÍS – Promover a fusão entre música e sustentabilidade. Essa é a proposta do Ecobeat, festival que reunirá, neste sábado (13), no Golden Shopping (Calhau), futuros DJ’s, apaixonados por mixagens, DJ’s iniciantes e profissionais. Além do engajamento à causa ambiental, o evento estimulará a busca por conhecimento sobre a mistura eletrônica de sons que faz vibrar todas as pistas do planeta.

O comando das pick-ups ficará por conta dos DJ’s Nedu Lopes, Neiva, Davi Campos, Rafisa Marques, Butantan e Jr. Ferrari. Todos são atrações de renome do cenário da música eletrônica, habituados a animar mega festas Brasil afora e até no exterior.

Conhecimento

O festival terá um momento reservado à transmissão de conhecimento, por meio de um workshop a ser ministrado por ninguém menos do que o DJ Nedu Lopes, campeão mundial em performance. Será uma oportunidade e tanto para apreciadores da discotecagem adquirirem informações técnicas e receberem dicas sobre a arte de mixar.

Também será a chance de reciclagem para profissionais com talento reconhecido, mas que pretendem se aprimorar sobre o trabalho de DJ, cada vez mais valorizado e rentável.

Os passaportes para o festival estão sendo vendidos nas seguintes lojas: Dr. Apple (Shopping da Ilha); Floricultura Flor de Maio (Tropical Shopping) e Proza Gastrobar (Avenida Mário Andreaza).

Serviço:

O que? Ecobeat – Curso e Festival de DJ’s, fusão de música e sustentabilidade.

Quando? Sábado, dia 13/10

Onde? Golden Shopping (Calhau), a partir das 17h.

Atrações: DJ’s Neiva, Davi Campos, Rafisa Marques, Nedu Lopes, Butantan e Jr. Ferrari.

Passaportes: Ecobeat Workshop: R$ 50/Ecobeat Music: R$ 40

Promoção exclusiva:

Os primeiros cinco leitores que enviarem mensagem para o Whatsapp do Blog do Daniel Matos (98509-4675) com a palavra “Ecobeat” ganharão, cada um, um par de passaportes para o festival.

sem comentário »

Vem aí a IV Caravana Pão com Ovo, de 13 a 27 de outubro

0comentário

Equipe da Caravana Pão com Ovo, que mais uma vez levará alegria a cidades maranhenses

Vem aí a quarta edição do projeto Caravana Pão com Ovo; que esse ano vai percorrer mais de 3.000 Km em 8 cidades maranhenses, no período de 13 a 27 de outubro; graças ao patrocínio da Cemar via Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Democratizar o teatro maranhense, gratuito e de qualidade; além de levar lazer e diversão para maranhenses de todas as idades são as metas desse ousado projeto capitaneado pelos atores César Boaes, Adeílson Santos e Charles Jr. da Cia. Santa Ignorância, autora da peça “Pão com Ovo” e da produtora Grupo Oito Comunicação da publicitária Cássia Mello.

Os temas encenados e que levam as pessoas às gargalhadas, ao mesmo tempo as fazem refletir sobre questões sérias como a falta de qualidade do atendimento, violência contra a mulher, preconceitos sociais e corrupção, entre outros. A estreia será no dia 13 de outubro (sábado) na Praça da Cultura, no Centro de Buriticupu. Depois a Caravana fará apresentações também em Imperatriz (14.10), Viana (19.10), Palmeirândia (20.10), Pinheiro (21.10), Itapecuru (24.10), Peritoró (25.10) e Passagem Franca (27.10).

sem comentário »