Falta time e compromisso no Moto

7comentários

Técnico Marcelo Vilar terá que trabalhar muito para solucionar os problemas no time do Moto

O vexame da desclassificação no primeiro turno do Campeonato Maranhense, além da eliminação na Copa do Brasil e Copa do Nordeste mostrou a fragilidade do time do Moto e dá sinais de que com esse elenco que está ai os resultados não virão de forma alguma.

O técnico Marcelo Vilar terá muito trabalho para arrumar a casa e mostrar que verdadeiramente pode fazer o time evoluir, pois até agora vimos lampejos disso no jogo com o Fortaleza e nada mais. Vilar é mesmo o técnico que o Moto precisava? Ele é ainda tem condições de mudar o quadro? São perguntas que a diretoria e o treinador devem buscar resposta.

Paralelo a isso, a direção precisa melhorar as condições de trabalho e qualificar melhor o elenco, mas isso deve acontecer o quanto antes, afinal os times só terão que contratar até o início do 2º turno do Campeonato Maranhense.

Além da fragilidade do elenco, o que também causa espanto é a demonstração de falta de comprometimento visível em campo. Poucos são os jogadores que brigam em campo e mostram vontade de jogar.

Os laterais não marcam, Tote vacila demais na marcação. Lorran e Chico Bala não conseguem dar segurança na esquerda. Os zagueiros não se entendem e fazem muitas besteiras. Até mesmo o novato Laerte já mostrou que é do nível dos que estavam e cometeu falhas infantis em apenas dois jogos.

Mesmo quando jogava com três volantes, o Moto perdia a bola no meio-campo e errava muitos passes. Com apenas dois, o problema continua. Apenas Felipe Dias demonstra vontade de jogar. Marcos Paulo é aquele bom jogador na bola parada. Válber escolhe quando e onde quer jogar. Jogador assim não serve para clube algum.

O ataque do Moto não faz mal a ninguém. Merece registro apenas a doação de Tony Galego que ao lado de Ruan e Felipe Dias são os que se salvam até aqui.

O Moto tem que reagir rápido e buscar pelo menos seis jogadores “de qualidade” se quiser de fato começar a ter os resultados positivos ou do contrário vai chegar à Série C e continuar como caixão de pancadas.

Foto: Welliandrei Campelo

7 comentários »

Sampaio e Moto se despedem do Nordestão

7comentários

Sampaio surpreende o Sport e vence por 2 a 1, no estádio Castelão na despedida do Nordestão

A Copa do Nordeste acabou nesta quarta-feira para Sampaio e Moto. As duas equipes entraram em campo pela última rodada apenas para cumprir tabela, pois não tinham mais qualquer chance de classificação.

O Sampaio se despediu de cabeça erguida e com uma vitória surpreendente sobre o Sport por 2 a 1, no Castelão. Com grande atuação de Hiltinho, o Tricolor fechou a fase na terceira colocação e 6 pontos ganhos.

Os gols da vitória do Sampaio foram marcados por Daniel Barros e Hiltinho, enquanto Rogério descontou para os pernambucanos.

Em Teresina, o Moto chegou a abri 1 a 0 no placar com o zagueiro Laerte, mas por pouco não tomou uma goleada histórica. O Altos virou o jogo e chegou a fazer 4 a 1.

Como aconteceu em toda a competição, somente após estar batido, o Moto partiu para uma reação e ainda marcou dois gols com Tony Galego e Júnior Juazeiro. E quase empata no fim se Júnior Juazeiro não tivesse perdido uma oportunidade nos acréscimos.

Pela campanha pífia que fizeram no primeiro turno do Campeonato Maranhense, Sampaio e Moto já sabem que no ano que vem uma das equipes ficará fora da Copa do Nordeste.

Se classificaram para a próxima fase as seguintes equipes: Santa Cruz-PE, Bahia-BA, Sport-PE, Itabaiana-SE, Vitória-BA, Campinense-PB, Ríver-PI e Sergipe-SE.

Foto: O Estado

7 comentários »

Moto e Sampaio promovem vassourada

15comentários

Moto já liberou oito atletas nesta temporada e o Sampaio esse número chega a dez

O vexame da desclassificação de Sampaio e Moto neste primeiro turno do Campeonato Maranhense aumentou a lista de atletas liberados em apenas três meses de temporada.

Além da demissão dos dois treinadores Ruy Scarpino (Moto) e Vinícius Saldanha (Sampaio) as duas equipes já liberaram 18 jogadores, sendo 10 no Sampaio e 8 no Moto.

Na lista do Sampaio estão:Paulo Rafael, Marques, Artur, Zé Leandro, Zadda, Ruham, Otávio, Cloves, Carlos Alberto e Giovani. Deixaram o Moto: Marquinhos, Mateus, Élton, Guilherme, Leandro, Esdra, Ozéia e Valdanes.

Ontem, o Sampaio anunciou mais quatro: Otávio, Giovani, Ruham e Marcos. O Moto não confirma, mas três já teriam entrado em acordo e pedido para sair Esdra, Ozéia e Valdanes.

Como as duas equipes anda muito mal na temporada acredito que essa lista deve aumentar nas próximas horas até porque tem muitos que parece que não querem jogar futebol.

Só espero que Sampaio e Moto tragam atletas melhores, pois se os que estão chegando forem do nível dos que estão ai as coisas vão continuar bastante complicadas.

Foto: Welliandrei Campelo

15 comentários »

A incompetência de Sampaio e Moto

6comentários

Atacante Henrique é uma das promessas do Sampaio Corrêa, mas que não se firma no time

As eliminações de Sampaio e Moto logo na fase de classificação do primeiro turno do Campeonato Maranhense mostram que as duas principais forças do nosso futebol andam a cada dia pior, pois já foram desclassificados da Copa do Brasil, Copa do Nordeste e no turno do Campeonato Maranhense.

E não vamos tentar desqualificar o feito de Imperatriz, Maranhão, Cordino e São José que foram competentes dentro de campo e estão na decisão.

Mas quero aqui falar da incompetência que toma conta de Sampaio e Moto nesta temporada.

No Sampaio, tudo tem sido feiro de forma errada desde o ano passado e nem mesmo um rebaixamento na Série B serviu para que aprendessem com os erros. O clube trouxe uma série de jogadores desconhecidos e deu no que deu. E continua a apostar numa série de jogadores daqui que não passam de antigas promessas.

Mudou de treinador e até agora Francisco Diá não conseguiu fazer o time dar liga. Se o problema era técnico, o novo treinador diria que não mudou nada. No desespero, trouxe agora alguns “reforços”, mas os resultados não vieram com eles.

Se isso servir como alerta, já disse aqui que podemos prever o que pode acontecer na Série C. O Sampaio não vai longe com o time que tem.

Meia-atacante Toni Galego é um dos poucos jogadores que estão correspondendo no Moto

O Moto é até aqui outra decepção. Trouxe jogadores “rodados” que mais parecem estar preocupado em ficar empregado até o fim do ano e nada mais.

Trocou de treinador saiu Ruy e veio Marcelo Vilar que até agora também não conseguiu arrumar a casa. Montou um setor defensivo horrível que desde o primeiro jogo mostrou que não é confiável e a exemplo do ano passado na Série D é um time que não tem ataque.

Válber que foi contratado como grande nome não quer jogar futebol. Está claro que está apenas recuperando a forma até aparecer um clube de Série B para contratá-lo.

O Moto é um time sem vontade, sem vibração e diferente mente do que diz o seu hino não tem “fibra e nem garra”.

O momento é de reflexão, mas também é de reação rápida, porque o Moto não pode errar mais nada.

6 comentários »

Cordino e Maranhão são semifinalistas

7comentários

MAC vence clássico e despacha o Moto do primeiro turno do Maranhense

Cordino e Maranhão garantiram neste sábado (18), vaga na semifinal do primeiro turno do Campeonato Maranhense. As duas equipes venceram seus jogos pela última rodada da fase de classificação.

Em São Luís, o Maranhão levou a melhor no clássico contra o Moto por 2 a 1 e ficou com a segunda colocação no Grupo B. A partida marcou a reabertura do estádio Nhozinho Santos.

Os gols do MAC foram marcados no primeiro tempo por Gabriel e Naoh aproveitando mais uma vez os vacilos da defesa rubro-negra. Para o Moto descontou Vinícius Paquetá.

Com o resultado, o MAC enfrenta o Imperatriz em jogo único na semifinal. A partida será no Frei Epifânio D’Abadia e o Imperatriz leva a vantagem do empate.

Em Barrra do Corda, o Cordino fez 2 a 0, contra o Americano e garantiu a primeira colocação com 11 pontos, mas tem a vantagem nos critérios de desempate.

O adversário do Cordino na próxima fase será São José, Sampaio ou Santa Quintéria. O time de Barra do Corda terá a vantagem.

Jogos do domingo

16h – Sampaio x Imperatriz – Castelão
16h – São José x Santa Quitéria – Dário Santos

Foto: Biné Morais/ O Estado

7 comentários »

MAC e Moto reabrem o Nhozinho Santos

2comentários

Partida decide um dos semifinalistas do primeiro turno do Campeonato Maranhense

Maranhão e Moto fazem hoje (18), às 15h45, o clássico decisivo pela fase de classificação do primeiro turno do Campeonato Maranhense e que marca também a reabertura do Estádio Nhozinho Santos que estava fechado há dois anos.

Após uma reforma rápida, o estádio será reaberto pela Prefeitura de São Luís e apenas o gramado ainda vai continuar passando por melhorias.

A partida entre Maranhão e Moto decide uma vaga na semifinal do primeiro turno. Com 10 ponto, o Moto quer a vitória para assegurar a primeira colocação no grupo B e a vantagem na próxima fase. Mas o time se classifica mesmo com o empate ou derrota, mas neste caso terá que torcer por uma derrota do Cordino para o Americano.

O MAC se classifica se vencer o clássico ou até com um empate, mas desde que o Cordino perca para o Americano em Barra do Corda, às 15h45.

No Moto, a novidade é o zagueiro Laerte que chegou e pode ser utilizado pelo técnico Marcelo Vilar. O MAC terá os meias Eloir e Zé Neto, além do atacante Gabriel que deve fazer a sua estreia no time atleticano.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Moto acerta com zagueiro do Treze

3comentários

Zagueiro e capitão do Treze, Laerte foi indicado pelo técnico Marcelo Vilar e reforça o Moto

O zagueiro Laerte que estava no Treze, de Campina Grande é o novo reforço do Moto para o Campeonato Maranhense. Carioca de Campos dos Goytacazes, o jogador tem 36 anos e 1m90 de altura.

O jogador que foi indicado ao clube pelo técnico Marcelo Vilar chegou na madrugada de hoje e já assinou contrato.

Além do Treze, equipe onde era o capitão, Laerte subiu para a Série C com o Ypiranga-RS em 2015 e atuou também no Caxias-RS, Macaé-RJ, Vitória-ES, Juventude-RS, CRAC-GO, Joinville-SC, Boavista-RJ, Inter de Limeira-SP, Fluminense-RJ, Americano-RJ.

Além de Laerte, o Moto deve acertar nas próximas horas com mais um zagueiro.

Foto: Bruno Rafael

3 comentários »

Nhozinho Santos ainda não está 100%

0comentário

Gramado do Nhozinho Santos passa por recuperação e deve receber clássico entre MAC e Moto

O estádio Nhozinho Santos recebe os últimos retoques antes do jogo de abertura neste sábado (18), entre Maranhão e Moto, às 16h, pela última rodada da fase de classificação do primeiro turno do Campeonato Maranhense.

Hoje será feito o último corte e a pintura da marcação do gramado. Visto de cima, a impressão que temos que o gramado já está pronto. Mas não está…

O campo do Nhozinho Santos melhorou muito, mas ainda não está 100% para a prática do futebol. Seriam necessários pelo menos mais 20 dias de manutenção permanente para que alguns pontos que ainda estão irregulares ficassem prontos., principalmente no meio-campo e nos dois gols que só começaram a ser recuperados há 15 dias com a ajuda da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Aqueles que gostam de se enganar vão me dizer que não está 100%, mas dá para jogar futebol.

Então tá…

Campo ainda tem vários pontos irregulares que serão resolvidos nos próximos dias

Poderiam deixar para jogar no Nhozinho Santos no segundo turno, mas pelo visto querem jogar na marra lá. Já esperamos tanto tempo, porque não esperar mais alguns dias?

A preocupação é a chuva. Se continuar chovendo muito, a situação do gramado pode ficar mais complicada, mas acho que isso não é um problema para as duas equipes que aceitaram o desafio de fazer a partida de reabertura do Nhozinho Santos.

Maranhão e Moto decidem uma das vagas na semifinal do primeiro turno. O Moto tem que vencer para conquistar a primeira colocação no Grupo B. O MAC também precisa da vitória para se classificar. O empate classifica o Moto, mas dependendo do resultado de Cordino x Americano, o time rubro-negro pode passar na segunda colocação.

sem comentário »

Falta de vontade e a hora de reação no Moto

11comentários

Setor defensivo do Moto levou gol em dez dos onze jogos disputados na temporada

O presidente do Moto, Célio Sérgio e o diretor de futebol, Waldemir Rosa prometem uma resposta rápida para que o clube não perca ainda mais tempo. Eliminado na Copa do Nordeste e Copa do Brasil, o time rubro-negro corre risco e pode até ficar fora das semifinais do primeiro turno do Campeonato Maranhense.

Passados mais de dois meses, o elenco formado para a temporada não consegue convencer a ninguém. O clube já trocou de treinador, Ruy Scarpino que poderia ser o “problema” foi substituído por Marcelo Vilar que chegou e ainda não conseguiu mudar o quadro.

Está mais do que claro que o problema está no elenco. O Moto é um time frio, sem vibração, sem vontade, sem raça e elenco assim é fácil se prever o que vai acontecer. É um time que espera levar gol para reagir. É um amontoado de jogadores descompromissados.

O time tem equipamento até para estudar o rendimento dos jogadores, mas futebol que é bom até agora nada, nem mesmo vontade de vencer.

O s etor defensivo do Moto levou gol em dez dos onze jogos disputados na temporada. O lateral Tote não é nem de longe aquele que vimos jogar no Sampaio. Acredito que pode render muito mais. Os zagueiros Ozéia e Wanderson andam muito mal. Chico Bala é aquilo que conhecemos e não podemos esperar muito.

Curuca está irreconhecível e parece ter perdido a vontade de jogar. Diego Teles e Esdra também não se firmaram. Eduardo não consegue evoluir e nem de longe repete o que vimos na Série C pelo Atlético-AC. Valdanes parece que se conformou em completar o elenco.

E Válber? Ah, sim, Válber quer mesmo jogar no Moto? Ou está aqui apenas enquanto aparece algo melhor. E finalizo com Vinícius Paquetá que não passa de um fominha.

O Moto trouxe um atacante (Leandro) que nem jogou e pelo visto deve ser dispensado. Júnior Juazeiro entrou em campo ontem, mas não vi nada. O clube trouxe o lateral Lorran que jogou no Vasco e na Seleção Brasileira Sub-17 e Sub-20, mas que fica no banco olhando as besteiras de Chico Bala.

Enfim, os que vieram, apesar de conhecidos e rodados, na sua maioria parece que estão aqui a passeio e não para jogar futebol.

Do time de ontem, destaco apenas o goleiro Ruan, o volante Felipe Dias e Toni Galego.

Nem de longe esse time tem cara de uma equipe de Série C. Que os dirigentes reajam logo enquanto ainda tem tempo. Que Célio e Dadá não se contaminem com a falta de voltade dos jogadores, pois se isso acontecer o Moto estará perdido…

Foto: Biné Morais/ O Estado

11 comentários »

Moto dorme em campo e leva goleada

9comentários

Moto Club é goleado pelo Bahia, no estádio Castelão por 4 a 0 pela Copa do Nordeste

Foi horrível mais uma vez….

O Bahia só precisou de 45 minutos para golear o Moto. Com extrema facilidade e aproveitando as falhas individuais, o Tricolor baiano fez três e ainda ampliaria para 4 a 0, no final garantindo a classificação para a segunda fase da Copa do Nordeste.

No primeiro gol, Curuca sai jogando errado e Hernane Brocador recebe para fazer 1 a 0. Em seguida, Wanderson entrega para Régis que faz 2 a 0. O Bahia ainda faria mais um com Hernane Brocador.

No segundo tempo, o Bahia tirou o pé e o Moto tentou diminuir o placar, mas esbarrou nas grandes defesas do goleiro Jean. Quase no fim Régis ainda faria mais um e fechava o placar em 4 a 0.

O Moto foi irreconhecível mais uma vez. Sem vibração, sem criatividade e sem padrão de jogo, o time rubro-negro precisa melhorar muito para ganhar a confiança do seu torcedor.

Além disso, necessita de reforços no setor defensivo que só não tomou gol em apenas um jogo que realizou este ano. E no ataque, pouco finaliza.

O Moto volta a jogar no próximo sábado (18), contra o MAC, pelo Campeonato Maranhense.

Foto: Biné Morais/ O Estado

9 comentários »