Honorato dialoga sobre situação de bibliotecas

2comentários

Dando desdobramento a audiência pública de sua autoria, realizada no dia 25 de Maio, que teve com o tema “Queremos nossa biblioteca escolar com bibliotecários”, o vereador Honorato Fernandes, acompanhado de um grupo de bibliotecárias, se reuniu na manhã desta quarta-feira (6) com o secretário de Educação do Município de São Luís, Moacir Feitosa. Na pauta da reunião demandas da categoria para as escolas da rede municipal.

Acompanharam o vereador na reunião Marcia Cordeiro (conselheira federal de Biblioteconomia), Aldinar Bottentuit (coordenadora do curso de Biblioteconomia) e Leoneide Brito Martins (presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia).

No início do encontro Aldinar falou sobre a defasagem no número de bibliotecárias presentes nas escolas e destacou a necessidade de realizar um censo para ter um panorama geral desta situação.

Leoneide frisou a importância da presença de bibliotecários nas escolas e também sobre a necessidade de implantar bibliotecas nos bairros. Destacou também a necessidade de realização de concurso para a categoria.

O vereador Honorato fez um resumo da audiência realizada na Câmara e pontuou alguns pontos importantes como a possibilidade da realização de concurso para contratação de bibliotecários e seminário com gestores escolares.

“A presença de uma biblioteca na escola é muito importante para os alunos e ter um profissional capacitado faz toda a diferença. A realização de um Censo é muito fundamental para termos um quadro geral de como está a presença do profissional na nossa rede”, disse Honorato falando que uma outra boa iniciativa seria o resgate das bibliotecas por regiões da cidade.

O secretário Moacir Feitosa pontuou algumas iniciativas que tem sido feita dentro do tema. Falou que reconhece a importância da presença do profissional na rede de ensino e fez alguns encaminhamentos.

“Sei o quanto é importante a presença de uma biblioteca na escola. Dentro da nossa rede tenho buscado recuperar os espaços para instalação de bibliotecas. Implantamos em todo o ensino infantil o Cantinho da Leitura. Estamos buscando soluções para as escolas sem espaço para biblioteca, como a implantação das Girotecas e vamos estudar a viabilidade de um concurso. Contatamos com a parceria tanto do vereador quanto do Conselho de biblioteconomia para avançar ainda mais neste tema”, explicou Moacir

Foto: Divulgação

2 comentários para "Honorato dialoga sobre situação de bibliotecas"


  1. Helena

    Ainda vai ver a possibilidade de realizar um concurso para bibliotecários na rede de ensino municipal? Para uma gestão que se diz compromisssada com a educação esse é um problema que já deveria ter sido equacionado, haja vista a necessidade desses profissionais nas escolas, aliás nem todas têm biblioteca ou um espaço de leitura, existem escolas que mais parece um quarto de tão pequena que é, trabalho em escolas e nunca nenhuma bibliotecário com formação na área, ao contrário às vezes até os operacionais terceirizados de serviços gerais fazem esse serviço, nada de anormal para uma gestão de faz de conta, dúvido que faça concurso para bibliotecários porque até professores essenciais na rede está em falta, pois os concursados precisam trabalhar a rede necessita ainda assim Edivaldo não se sensibiliza.

  2. Reunião com o secretário de Educação do Município de São Luís – Sistema CFB/CRB13 – Conselho Regional de Biblioteconomia 13ª Região

    […] informações, confira a matéria publicada pelo jornalista Zeca […]

deixe seu comentário