Adriano Sarney defende voto em Bolsonaro

7comentários

O deputado Adriano Sarney (PV) reeleito para mais um mandato na Assembleia Legislativa com a 8ª melhor votação (50.679 votos) defendeu, na Tribuna, voto no candidato Jair Bolsonaro (PSL), no 2º turno da eleição para a presidência da República.

Adriano disse não concordar com muitas ideias de Bolsonaro, mas que assim como o candidato do PSL quer barrar o comunismo na América Latina.

“Em primeiro lugar quero agradecer os os 50 votos de confiança do povo do Maranhão, sendo assim, o deputado de Oposição mais votado e isso me trás um senso de responsabilidade muito grande. Como deputado estadual ficarei aqui, por mais quatro anos sendo combatente.Tenho a obrigação de ter um lado na disputa presidencial e esse lado é contra o PCdoB é contra o comunismo, então passo a apoiar a partir de hoje o movimento apartidário pró Bulsonaro juntos com os meus correligionários mesmo sem concordar com todas as ideias do Bolsonaro existe algo em comum entre os nossos projetos que é barrar o comunismo na América Latina, tendo em vista que a candidata a vice presidente do candidato a presidente do governador Flávio Dino é do seu partido, o PCdoB, o Partido Comunista do Brasil. No mais, apoio a proposta do Bolsonaro de ter o 13º salário aos beneficiários do Bolsa Família, de fortalezer a segurança pública, de ter um ensino de qualidade para as nossas crianças, enfim de unir o Brasil novamente”, afirmou.

O parlamentar destacou outras propostas do candidato do PSL que tem o seu apoio e disse que a partir de hoje passa a integrar os movimentos pró Bolsonaro.

Poderia me omitir neste momento. Seria muito fácil ficar em cima do muro, seria muito fácil não ter uma posição, mas como sempre fui combativo nesta casa, com coragem, altivez, com a cabeça erguida, venho aqui dizer que tenho um lado, uma posição e a minha posição é contra o comunismo é a favor do Brasil, a favor do Maranhão. A partid e hoje ntegrarei todas as fileiras em prol do candidato Bolsonaro, lugar este que ele teve uma votação inferior ao seu oponente e necessitará do apoio de um grupo político que é o segundo maior grupo político do Maranhão, a segunda maior força política do estado do Maranhão.

Ao final do seu pronunciamento, Adriano desejou boa sorte ao governador Flávio Dino, aos senadores e deputados que foram eleitos.

“Falo por mim, deputado Adriano Sarney, não pelos nossos candidatos na majoritária, mas falo por mim e pela luta que continuarei a travar no estado do Maranhão. Gostaria de dizer que sempre estarei ao lado do povo do Maranhão. Desejar uma boa sorte ao governador, aos senadores e deputados que foram eleitos e que Deus abençôe o nosso Maranhão, o nosso Brasil”, finalizou.

Foto: Elias Auê

7 comentários »