Flávio Dino diz que caminhoneiros são essenciais

2comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB) determinou que as estradas maranhenses permaneçam abertas para a circulação dos caminhões.

Segundo Flávio Dino, o trabalho dos caminhoneiros é essencial para abastecimento de alimentos e materiais de saúde.

Flávio Dino disponibilizou um número de whatsapp para os caminhoneiros caso encontrem barreiras.

“Caminhoneiros são essenciais para abastecimento de alimentos e materiais para saúde. Por isso, determinei que estabelecimentos nas estradas fiquem abertos para apoiar circulação dos caminhões. Qualquer problema, peço que caminhoneiros mandem WhatsApp para (099) 991910709”, destacou.

Foto: Agência Secap

2 comentários »

Fantasmas rondam

1comentário

A princípio envergonhados, os movimentos que defendem uma nova intervenção militar no país começam a ganhar corpo nas redes sociais e já se assumem publicamente. Pior: esses movimentos têm a ampla participação de jovens estudantes, o que torna a ameaça de fantasmas do passado ainda mais perigosa, sobretudo diante do movimento político atual.

Ontem, esses movimentos pró-militares ganharam força em São Luís, com a convocação de simpatizantes para uma espécie de “abraço” no quartel do 24º Batalhão de Infantaria de Selva, na Praça Duque de Caxias, no João Paulo.

Prejudicada pela chuva que caiu no fim da tarde, a convocação, feita pela União da Direita Maranhense (UDM), reuniu alguns jovens e adultos em uma espécie de momento cívico, com direito a hino nacional e discursos pseudo-patriotas.

O filósofo Leandro Karnal diz que se espanta a cada vez que vê um jovem defender intervenção militar no país. Para ele, um estudante que faz isso mostra total desconhecimento da história. E os mais velhos sofrem falta de memória. Karnal é um dos maiores críticos do sentimento pró-militar e vê com reservas a candidatura presidencial do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ).

A Ditadura Militar foi um dos momentos mais sombrios do Brasil. Milhares foram mortos, outros tantos desapareceram, além de não existir, à época, liberdade de manifestação e de expressão, com dura censura à imprensa, às artes e à classe política.

Os fantasmas que rondam o país se manifestam sobretudo pela falta de perspectiva do povo brasileiro, diante do mar de corrupção exposto no país e a crise de credibilidade da classe política. Mas, citando novamente Karnal, é muito melhor contestar e tentar aperfeiçoar a democracia do que tentar simplesmente destruí-la. Até porque, sem democracia, nem essas manifestações contra ela própria teriam condições de acontecer. E muito menos um texto como esse.

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Estado Maior

1 comentário »

Veja a situação com a greve de caminhoneiros no MA

0comentário

São Luís amanheceu nesta segunda-feira 28) com 70% da frota de ônibus circulando por conta do protesto de caminhoneiros que entrou no 8º dia por conta da alta do óleo diesel.

As aulas foram suspensas em pelo menos cinco universidades. A UFMA suspendeu as aulas nos campus em São Luís e interior do Maranhão. Ceuma, UNDB, Pitágoras, Estácio e Uema, também suspenderam as aulas.

Os postos de combustíveis em São Luís e no interior começam a ser abastecidos no fim de semana e os motoristas já conseguem abastecer os veículos com mais tranquilidade.

Os serviços essenciais estão funcionando normalmente segundo a Prefeitura de São Luís e Governo do Maranhão.

Na Ceasa, estoque de frutas e verduras está acabando. Alguns supermercados começaram a racionar a venda de alimentos.

A Polícia Rodoviária Federal (PFR) registra bloqueios em 16 trechos de rodovias no Maranhão.

Confira os trechos:

São Luís – kms 2, 5, 6 e 16,2 da BR-135
Bacabeira – km 46 da BR-135
Caxias – kms 544, 535 e 550 da BR-316
Timon – km 610 da BR-316
Imperatriz – km 246 da BR-010
Cidelândia – km 299,5 da BR-010
Governador Edson Lobão – km 225 da BR-010
Açailândia – km 663 da BR-222
Estreito – km 131 da BR-010
Grajaú – km 413 da BR-226
Balsas – kms 396 e 406 da BR-230
São Domingos do Azeitão – km 216 da BR-230

Foto: Reprodução/ TV Mirante

sem comentário »

Flávio Dino sempre apontando o dedo aos outros

9comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB) disse nas redes sociais que a greve de caminhoneiros pode provocar uma total desorganização econômica e social no país.

Alvo de críticas por parte de adversários e da população por não conseguir os avanços prometidos em sua gestão que consideram um “fracasso”, o governador aproveitou para dar uma desculpa e no seu melhor estilo, coisa que sabe fazer como ninguém, jogou a culpa na “conjuntura nacional”.

“Só não temos feito mais porque a conjuntura nacional está esse caos que estamos assistindo. Agora com essa greve de caminhoneiros estamos no limiar de uma total desorganização econômica e social. Espero que os responsáveis achem uma solução para o problema”, disse.

Mas lembro que o preço do combustível aqui poderia estar mais barato se Flávio Dino não tivesse aumentado os impostos no ano passado e isso ele não diz e não lembra.

É sempre assim. Flávio Dino só sabe apontar falhas e o dedo para os outros. Ele não era, não tem problemas e nem escândalos no seu governo.

É um político perfeito e que só critica a tudo e a todos. Ele é o dono da verdade.

Então, tá…

Foto: Reprodução

9 comentários »