Roberto concede título a Cleide Coutinho

0comentário

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) propôs à Assembleia Legislativa a concessão do título de Cidadã Maranhense à ex-deputada estadual e doutora Cleide Barroso Coutinho e a homenagem foi realizada nesta quinta-feira (15), como um reconhecimento aos quase 50 anos de serviços prestados pela médica ao Maranhão, especialmente à população de Caxias.

“Nós estamos fazendo o reconhecimento documental, porque em relação aos sentimentos, ao trabalho desenvolvido, à vida dedicada, sabemos que Cleide Coutinho sempre demostrou, desde a sua chegada ao Maranhão. Esse reconhecimento que a Assembleia faz é para deixar, de forma clara, todo o carinho e respeito que temos pelo seu trabalho e, também, por entendermos que ela é uma filha legítima do Maranhão por tudo aquilo que construiu no nosso Estado”, afirmou Roberto Costa.

O deputado destacou a trajetória de Cleide Coutinho. “Um exemplo de mulher, de médica, empresária, chefe de família e política. Ela nasceu em 1947, em sólido berço familiar, na pequena cidade de Maruim, no Estado de Sergipe, filha de Antônio Barroso Coutinho e Beltiz de Oliveira Barroso. Formou-se na Bahia, pela vontade de salvar vidas com a medicina e uma mulher que se radicou em Caxias, no nosso Maranhão, atraída por uma paixão avassaladora pelo marido, amigo, amante e parceiro, o médico, empresário e político Humberto Coutinho (in memorian), líder inconteste desta Casa”.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), presidiu a sessão solene, que foi bastante prestigiada. Deputados estaduais e federais, prefeitos, ex-prefeitos, lideranças políticas e autoridades fizeram questão de comparecer à homenagem.

(mais…)

sem comentário »

Infarto de Cleide Coutinho

0comentário

CleideCoutinho
A presidente do Grupo de Esposas de Deputados (Gedema), ex-deputada Cleide Coutinho, sofreu um infarto no último domingo (15), quando se encontrava em São Paulo, acompanhando o marido, deputado Humberto Coutinho (PDT), que, na última quarta-feira (11), submeteu-se a cirurgia de reconstrução do trato intestinal.

Cleide encontrava-se no Hospital Sírio-Libanês (onde Humberto está internado, recuperando-se da cirurgia realizada na quarta-feira), quando se sentiu mal. Ela foi imediatamente submetida a exames, sendo diagnosticada a obstrução da coronária anterior descendente, caracterizando-se o infarto.

A ex-deputada submeteu-se a um cateterismo, ocasião em que lhe foi implantado um stent. A evolução de seu estado de saúde é satisfatória, conforme informações da equipe do cardiologista Roberto Kalil Filho, que comandou o procedimento cirúrgico. Cleide está em um apartamento do sétimo andar do Sírio-Libanês.

O deputado Humberto Coutinho tem alta médica prevista para esta segunda-feira, mas permanecerá em São Paulo, acompanhando a esposa, e domingo retornará a São Luís. O parlamentar reassume a Presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão na próxima segunda-feira, dia 23 de março de 2015.

sem comentário »

Visita ao Carlos Macieira

3comentários

visita2

Membros da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa visitaram nesta terça-feira (02) o Hospital Carlos Macieira, em São Luís. A visita começou com uma conversa entre os parlamentares e a direção técnica da unidade hospitalar. A comissão recebeu denúncias de dificuldade no atendimento, vagas para internação e também que o hospital, considerado de alta complexidade, não possui centro cirúrgico, o que foi constatado pelos deputados.

A dificuldade para internar pacientes também foi um dos questionamentos feitos pelos deputados ao longo da visita. O hospital possui 134 leitos de internação, entre enfermaria, UTIs e semi-UTIs. Mas não possui serviço de emergência. “Nós temos porta aberta para emergência. Nós recebemos pacientes do centro de regulação vindo das UPAs e de outros hospitais da rede estadual. A maior demanda, segundo a direção do hospital, é com pacientes tanto da capital quanto do interior que precisam fazer a diálise”, explicou a diretora técnica do HCM, Gisele Bauman.

Para a deputada Cleide Coutinho, a visita da Comissão de Saúde foi bastante positiva, onde a comissão pôde conhecer o que realmente foi feito nos últimos anos, desde que o hospital entrou em obras. A deputada criticou a falta de um centro cirúrgico e de um centro de hemodiálise num hospital do porte do HCM. Apesar das criticas, a parlamentar admitiu a qualidade das instalações e elogiou as alas que estão em operação.

1100303-1403639743foto6
A expectativa é a de que, após as obras, 235 leitos funcionem na unidade hospitalar. Um centro cirúrgico e um centro de diálise estão em construção, com prazo para entrega entre agosto e setembro, com previsão de operação em outubro deste ano. O problema é que as reformas na unidade já duram mais de três anos.

A deputada Eliziane Gama, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias, também elogiou a estrutura do HCM, mas criticou o grande atraso para entrega total do hospital, em reforma há quase quatro anos. Para ela, é inadmissível que um hospital esteja a tanto tempo em reforma quando já se gastou um enorme volume de dinheiro.

A presidente da Comissão de Saúde, deputada Valeria Macedo, disse que ficou constatado o bom funcionamento e atendimento do hospital. Assim como as demais deputadas, a pedetista lamentou a falta de um centro cirúrgico e de hemodiálise, ambos com previsão de entrar em operação em outubro.

Para o deputado Raimundo Louro, presidente da Comissão de Obras e que também participou da visita,  é preciso celeridade na conclusão das obras para que o HCM possa operar em sua totalidade. O parlamentar elogiou o Carlos Macieira, que segundo ele, tem estrutura de primeiro mundo.

Além da Comissão de Saúde, representantes das Comissões de Obras e também de Direitos Humanos da Casa participaram da visita. Após esse primeiro momento, os parlamentares conheceram as instalações do hospital.

Os esclarecimentos prestados pela direção médica aos deputados, assim como as observações feitas pelos parlamentares farão parte de um relatório que será encaminhado com urgência à secretaria de saúde e demais órgãos competentes.

Fotos: JR Lisboa

3 comentários »

Criação de municípios

0comentário

andrefufuca

Os deputados André Fufuca (PSD), Cleide Coutinho (PSB) e Zé Carlos (PT) destacaram na tribuna, na sessão desta quarta-feira (5), a aprovação, pelo Plenário da Câmara Federal, do Projeto de Lei Complementar 416/08, do Senado, que regulamenta a criação de municípios, estabelecendo critérios como viabilidade financeira, população mínima e plebiscito do qual participará toda a população.

O deputado André Fufuca afirmou na tribuna que a aprovação do projeto representou a votação de uma importante matéria que há cinco anos tramita no Congresso Nacional.

“Registro minhas congratulações ao Presidente daquela Casa, que teve a hombridade e a coragem de colocar este Projeto de Lei para ser votado e foi aprovado de forma grandiosa. Foram mais de 300 votos a 30, uma votação esmagadora de um projeto que representa o interesse de milhões e milhões de brasileiros espalhados nos povoados e distritos do nosso País”, comemorou André Fufuca.

Segundo ele, o texto que será enviado ao Senado para nova votação é o substitutivo da deputada Flávia Morais (PDT-GO), relatora pela Comissão de Desenvolvimento Urbano.

A deputada Cleide Coutinho aproveitou para parabenizar o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB) que, por meio da Resolução Legislativa número 618/2011, regulamentou as competências da Assembleia do Maranhão, no que tange aos estudos de viabilidade municipal para a criação de novos municípios em todo o território maranhense.

Também foi citada a participação de todos os deputados que com muita coerência e dever com o povo, aprovaram os projetos de emancipação dos novos municípios maranhenses. “Abraço de maneira carinhosa, os deputados Fábio Braga que lutou pela emancipação de Coqueiro do Maranhão e o deputado André Fufuca que como Presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional, lutou muito para a concretização desse sonho”, afirmou Cleide Coutinho.

O deputado Zé Carlos afirmou que a votação do projeto na Câmara dos Deputados envolveu a discussão de oito emendas ao projeto, que trata das emancipações e das alterações nos limites dos municípios.

De acordo com o texto, aprovado por 319 votos a 32, qualquer procedimento deve ser realizado entre a data de posse do prefeito e o último dia do ano anterior às eleições seguintes. Se o tempo não for suficiente, apenas depois da posse do novo prefeito o processo poderá continuar.

Esse procedimento terá início com requerimento dirigido à Assembleia Legislativa, assinado por, no mínimo, 20% dos eleitores residentes na área que pretende se emancipar ou se desmembrar. No caso da fusão ou da incorporação de municípios, as assinaturas devem ser de 10% dos eleitores em cada uma das cidades envolvidas.

Foto: Racciele Olivas/Agência AL

sem comentário »

Estrutura do Nina Rodrigues surpreende deputados

0comentário

ninarodrigues

Os deputados das comissões de Saúde e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa visitaram, na tarde desta quarta-feira (24), as dependências do Hospital Estadual Nina Rodrigues, mantido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). O objetivo da visita foi verificar a estrutura de atendimento daquela unidade de saúde, que é referência para tratamento de pessoas com distúrbios mentais e dependentes químicos. O hospital abriga também presos de Justiça diagnosticados com transtornos mentais.

Os deputados Cleide Coutinho (PSB), Magno Bacelar (PV), Valéria Macedo (PDT), Francisca Primo (PT), da Comissão de Saúde, e Eliziane Gama (PPS), da Comissão de Direitos Humanos , puderam observar, além da estrutura física, procedimentos médicos e formas de atendimentos adotados pela equipe técnica e médica do hospital.

Enfermarias, ala para tratamento de dependência química, oficinas terapêuticas e a enfermaria que recebeu presos de Justiça foram visitados pelos parlamentares que conversaram com pacientes, acompanhantes e funcionários do hospital.
Para os deputados, a visita os surpreendeu positivamente. “Nós estamos agradavelmente surpresos, pois pudemos observar um ambiente acolhedor, servido por profissionais competentes e comprometidos que trabalham por amor”, disse a deputada Cleide Coutinho, que é médica.

Na enfermaria que atende exclusivamente pessoas com dependência química, os parlamentares elogiaram as instalações e o fato de haver, no hospital, um espaço destinado unicamente para estes pacientes. “Quando pensamos em um hospital psiquiátrico sempre nos vem à cabeça um local sujo, desagradável. Aqui pudemos ver que é exatamente o contrário. É um ambiente propício e adequado, além de ter uma equipe multidisplinar muito comprometida”, destacou a deputada Valéria Macedo, presidente da Comissão de Saúde da AL.

A deputada Eliziane Gama também destacou o serviço que vem sendo prestado pelo hospital aos seus usuários. “Percebemos um atendimento diferente do que era ofertado antes e que passou uma boa impressão”, disse a parlamentar, que visitou também a ala dos presos de Justiça.

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »