Edilázio destaca OAB em defesa de concursados da PM

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) utilizou o pequeno expediente da Câmara Federal para dar destaque à atuação da Ordem dos Advogados do BRasil (OAB), Seccional Maranhão, em defesa dos concursados da Polícia Militar do estado.

A OAB-MA sediou uma audiência pública no início da semana, com a coordenação do presidente da entidade, Thiago Diaz, e estabeleceu prazo de 15 dias para que o governador Flávio Dino (PCdoB) dê posse aos mais de 1.700 aprovados em concurso público que já se submeteram ao Curso de Formação. Se a posse não for efetivada, a Ordem ingressará com Ação Civil Pública na Justiça.

“Quero destacar a atuação da OAB-MA que abraçou a causa dos pais e mães de famílias aprovados no concurso público e que já concluíram o curso de formação da PM. A Ordem, na pessoa do presidente, Thiago Diaz deu prazo de 15 dias para que o Governo dê posse aos concursados”, disse.

Edilázio afirmou que vai acompanhar de perto o desenrolar do caso e disse que se associa à luta dos concursados da PM no Maranhão.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Wellington cobra nomeação de aprovados na PM

0comentário

O deputado estadual Wellington do Curso voltou a cobrar que Flávio Dino efetue a nomeação dos 1.760 aprovados no concurso da PM, já que houve a previsão na lei orçamentária de 2019 para a nomeação de 2.000 novos PM’s.

Além disso, também solicitou a retirada da cláusula de barreira no concurso da Polícia Civil, bem como a nomeação dos aprovados no último concurso e, ainda, a valorização dos agentes de segurança em geral.

Ao fazer a solicitação, o deputado Wellington questionou se Flávio Dino irá falar sobre a realidade da segurança pública no Maranhão durante a palestra no exterior.

“Flávio Dino vai palestrar no exterior e fica o questionamento: será se vai falar sobre a realidade dos policiais militares e civis no Maranhão? Será se vai contar que enrolou, enganou os policiais militares formados e, até hoje, não nomeados? Será se vai contar sobre o sucateamento da polícia civil? Sobre a falta de infraestrutura até mesmo das nossas delegacias?”, destacou Wellington.

“É muito fácil dar uma palestra e fazer tudo diferente em seu estado. Governador, efetive a nomeação dos aprovados no concurso da PMMA e retire a cláusula de barreira no concurso da Polícia Civil. Respeite os nossos agentes de segurança”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Edivaldo convoca aprovados em concurso da Sefaz

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior autorizou a convocação de 20 aprovados e classificados em concurso público para provimento de vagas nos cargos de Auditor Fiscal de Tributos I, sendo 16 convocados para Abrangência Geral e quatro para Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz). A lista está publicada no Diário Oficial do Município nº 88 de 10 de maio de 2019, disponível no site da Secretaria Municipal de Administração (Semad) –https://www.saoluis.ma.gov.br/semad – no link Concursos Públicos. Com a convocação, o prefeito Edivaldo Holanda Junior fortalece as ações de modernização que vêm sendo colocadas em práticas na secretaria e imprime mais qualidade ao serviço ofertado à população.

Segundo o secretário Municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, a gestão do prefeito Edivaldo faz história com o concurso. “Já se passaram mais de 30 anos desde o último certame estando o número de servidores defasado diante do quantitativo de demandas que recebemos diariamente. Na Semfaz, já demos início aos preparativos para o curso de formação direcionado aos novos auditores e também aos que já estão na casa com o objetivo de fazer a integração de todos de forma a ofertar um serviço ainda melhor à população”, explicou o titular da pasta.

Em alinhamento com o Programa de Valorização do Servidor Público, a gestão do prefeito Edivaldo vem promovendo avanços na gestão de pessoas através do planejamento e execução de concursos públicos, prorrogação de prazos e convocação de candidatos aprovados para provimento de vagas no município. Além de convocar servidores para a área da Fazenda, a gestão do prefeito Edivaldo também chamou, em abril, 52 concursados para a Assistência Social. Antes, em março, foram convocados 309 profissionais para a Educação. Assim, somente este ano, a gestão do prefeito Edivaldo convocou 381 aprovados e classificados em três concursos públicos promovidos em sua gestão. Vagas na Procuradoria Geral do Município – PGM, também estão sendo supridas pela convocação do cadastro de reserva.

(mais…)
sem comentário »

Prefeitura divulga resultado do concurso para auditor

0comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), divulgou, nesta sexta-feira (26), o resultado final, já homologado, do concurso público para Auditor Fiscal de Tributos da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz). O Edital n° 09/2018 está disponível no Diário Oficial (www.saoluis.ma.gov.br) e no endereço eletrônico da executora do certame Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br). O objetivo do concurso é reforçar o quadro de servidores municipais que atuam na área da Fazenda e, assim, fortalecer as ações da política para o setor colocadas em prática na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

O concurso para a Secretaria Municipal de Fazenda foi o segundo promovido pela gestão do prefeito Edivaldo este ano. O primeiro foi para a área da Assistência Social. Entre os concursos já realizados na gestão do prefeito Edivaldo estão ainda para a área da Educação, Procuradoria-Geral e Controladoria-Geral do Município.

“O concurso para os novos auditores foi feito de forma planejada e consciente e comprova que os nossos esforços, mesmo com a crise nacional, são medidas tomadas em equilíbrio com as contas públicas. Estamos, com os concursos que temos realizado em nossa gestão, abrindo novas vagas no mercado de trabalho e também reforçando o quadro de funcionários do municipalismo, o que influencia diretamente na qualidade do serviço prestado à população de São Luís”, destacou o prefeito Edivaldo, congratulando-se com os aprovados.

Para o Secretário Municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, a Prefeitura está dando um grande passo em relação ao fisco municipal. “Já se passaram 30 anos da realização do último concurso para o cargo de auditor fiscal de tributos. Agora, a Semfaz está se preparando para receber estes profissionais que irão agregar muito ao município de São Luís”, explicou o titular da pasta.

A realização do concurso se tornou necessária após o aumento das demandas do fisco municipal e a carência de profissionais na área. Visando o fortalecimento das ações de fiscalização na capital maranhense, o certame ofereceu 10 vagas para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos I, sendo oito vagas para a área de Abrangência Geral e duas para a de Tecnologia da Informação, com remuneração inicial de R$ 10.181,24.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Edivaldo chama professores aprovados em concurso

1comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), está convocando mais 151 candidatos aprovados e classificados no Concurso Público da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Dessa forma, o prefeito segue trabalhando para a qualificação do ensino na rede municipal de Educação. São 119 profissionais para os cargos de Magistério I e II e 32 aprovados para vagas de Técnico Municipal de Nível Superior.

“A convocação de professores e de outros profissionais para o quadro da educação municipal refletirá muito positivamente para o alcance das metas projetadas, que é elevar de forma contínua a qualidade do ensino em nossa rede a partir da melhoria do rendimento escolar. Além do reforço de profissionais, estamos reformando escolas, climatizado as salas de aula, entre outras ações para que nossos estudantes tenham acesso a educação de qualidade”, disse o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Para os cargos de Magistério I e II estão sendo convocados 119 profissionais, sendo professores dos níveis Superior e Médio para as especialidades de 1º ao 5º ano e Educação Infantil; e professores de Nível Superior para as especialidades em Ciências, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática e, ainda, para Intérprete de Língua Brasileira de Sinais e Suporte Pedagógico.

Já para os cargos de técnico municipal estão sendo convocados 32 aprovados para vagas de Técnico Municipal de Nível Superior, na especialidade de Engenharia Civil; e para os cargos de Técnico Municipal de Nível Médio, nas especialidades de Cuidador Escolar e Monitor de Transporte Escolar.

O concurso para a rede municipal de educação foi realizado ano passado, oferecendo 822 vagas nos níveis médio e superior e cadastro de reserva. Até o momento já foram convocados 715 aprovados. O concurso oferece vagas para cargos de magistério, nível superior e nível médio, conforme os três editais de convocação publicados no Diário Oficial do Município, disponível no site da Prefeitura (www.saoluis.ma.gov.br). Pela primeira vez, as vagas contemplam, ainda, a Educação Especial.

Foto: A. Baeta

1 comentário »

Inscrições em concurso da Prefeitura vão até 28

0comentário

As inscrições para o concurso da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) estão abertas até o dia 28 de fevereiro. Promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), o objetivo do concurso é reforçar o quadro de servidores municipais que atuam nessa área e, assim, fortalecer as ações da Política da Assistência Social colocadas em prática na gestão do prefeito Edivaldo.

O certame prevê vagas para cargos de nível superior, com cadastro de reserva. São 52 vagas, incluindo as reservadas para candidatos com deficiência. O concurso será executado pela AOCP Concursos Público e o Edital de Abertura nº. 001/2018 pode ser acessado no site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br).

A remuneração inicial bruta será de R$ 2.036,25. São 28 vagas para de profissionais da área de Serviço Social, com cinco vagas reservadas para candidatos com deficiência. Também estão sendo oferecidas cinco vagas para a área de Direito, sendo uma vaga para candidato com deficiência; e 19 vagas para psicólogos, três reservadas para pessoas com deficiência.

Conforme cronograma do edital, a prova do concurso será realizada ainda no primeiro semestre de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 100,00 e o processo avaliativo será constituído de prova objetiva, prova dissertativa (a serem realizadas no mesmo dia e com caráter eliminatório e classificatório) e avaliação de títulos (com caráter classificatório), com os critérios e informações especificadas no edital.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Morre mais um candidato após teste para PM

0comentário

Um candidato do concurso da Polícia Militar identificado como Marcone Ferreira Cordeiro, de 29 anos, morreu na madrugada deste sábado (3), após passar mal durante o Teste de Aptidão Física (TAF), em São Luís.

De acordo Raimundo José Sousa Ferreira, tio da vítima, ele se sentiu mal após completar o teste realizado nessa sexta-feira (2) no campus do Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Ele foi socorrido por uma equipe do SAMU e em seguida deu entrada ainda com vida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga e foi medicado durante o dia todo, mas não resistiu e acabou morrendo.

Marcone Ferreira Cordeiro era Cirurgião-dentista e tinha um sonho de ingressar na Polícia Militar do Maranhão. O enterro da vítima será realizado na casa de familiares no bairro Vila Itamar, em São Luís.

G1 entrou em contato com o governo do Maranhão que ainda não se pronunciou sobre o caso.

Outro caso

Este é o segundo caso de candidatos que morrem após passar mal durante a realização do Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar em São Luís.

Na terça-feira, Daniele Nunes da Silva, de 24 anos, morreu após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante o Teste de Aptidão Física (TAF). A vítima era escrivã da Polícia Civil no município de Barra do Corda, a 462 km de São Luís, e tinha um sonho de ingressar na carreira policial.

Leia no G1

sem comentário »

Edivaldo anuncia concurso na área social

1comentário

O prefeito Edivaldo anunciou nesta quarta-feira (24) o concurso para a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). Realizado por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), além de reforçar o quadro de servidores, o certame tem o objetivo de fortalecer a Política da Assistência Social na cidade. O edital do concurso pode ser acessado no site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br).

“Esse é mais um passo que damos para reforçar as ações que temos desenvolvido na área da Assistência Social. Em meio a um cenário de crise econômica, a abertura deste concurso reflete o nosso esforço e o quanto nossa gestão está comprometida com o fortalecimento das políticas públicas e a constante melhoria dos serviços que são oferecidos para a população ludovicense. Com investimentos como este, estamos avançando na implementação de ações em áreas prioritárias”, declarou o prefeito Edivaldo.

O certame, que oferece 52 vagas incluindo as reservadas para candidatos como deficiência, será executado pela AOCP Concursos Público. O Edital de Abertura nº. 001/2018 prevê vagas para cargos de nível superior, com cadastro de reserva. Serão contemplados profissionais das áreas de Serviço Social (28 vagas, sendo cinco reservadas para candidatos com deficiência), Direito (cinco vagas, sendo uma vaga para candidato com deficiência) e Psicologia (19 vagas, sendo três reservadas para candidatos com deficiência). A remuneração inicial bruta será de R$ 2.036,25.

O edital do concurso apresenta o cronograma, com data da prova estabelecida a ser realizada ainda no primeiro semestre de 2018. Com taxa de inscrição de R$ 100,00, o processo avaliativo será constituído de prova objetiva, prova dissertativa (a serem realizadas no mesmo dia e com caráter eliminatório e classificatório) e avaliação de títulos (com caráter classificatório), com os critérios e informações especificadas no edital.

Foto: A. Baeta

1 comentário »

Wellington faz denúncias em concurso da PM

1comentário

“Como que divulgam o resultado sem sequer divulgarem o gabarito ou o julgamento dos recursos? Cadê a publicidade?”. Esses foram os questionamentos dos candidatos feitos pelo deputado Wellington do Curso ao governador Flávio Dino.

“Quase 35 dias após a aplicação do concurso e, até o presente momento, o Governo do Estado permanece omisso diante das inúmeras irregularidades que marcaram o certame da Polícia Militar do Maranhão, que foi realizado por meio de dispensa de licitação”, afirma o parlamentar.

Segundo Wellington, as irregularidades continuam. “Governador, não ignore os candidatos da PM! As irregularidades continuam. Os candidatos nos relataram inúmeros casos. Primeiro: liberaram o resultado sem qualquer divulgação do gabarito oficial. Segundo: não houve sequer julgamento prévio dos recursos impetrados. Cadê a transparência e publicidade no resultado? Como que divulgam o resultado sem sequer divulgarem o gabarito ou o julgamento dos recursos? Cadê a publicidade? O que custa o Governador, pelo menos, explicar a situação aos candidatos da PM?”, pontuou.

Ainda de acordo com o parlamentar, há também inúmeras outras irregularidades no certame, a exemplo de realização da prova em outro estado, sem qualquer previsão no Edital; provas que ocorreram com candidatos portando aparelho celular; indícios de fraude, entre outros, além da antecipação das provas em 45 dias, já que, inicialmente, as provas deveriam acontecer em janeiro de 2018, sendo adiantadas para 17 de dezembro.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

Wellington sugere mudança em concurso

0comentário

Acatando a solicitação de inúmeros contadores do Maranhão, o deputado estadual Wellington do Curso encaminhou ofício ao governador Flávio Dino (PCdoB), solicitando que reveja o edital do concurso público para a Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores do Maranhão (SEGEP).

O motivo é que o Edital prevê vagas para o cargo de analista previdenciário, exigindo a formação em Ciências Atuariais, curso que sequer é oferecido no Maranhão.

“A solicitação dos contadores do Maranhão é justa: Flávio Dino abre vagas para cargo que sequer tem formação no Maranhão. O Edital prevê a exigência de formação em Ciências Atuariais, enquanto que as atribuições também possam ser exercidas pelo formado em Contabilidade, que é um curso que é disponibilizado no Maranhão. A quem isso iria beneficiar? Afinal, maranhense algum possui tal formação. Por isso, solicitamos que o Governador permita que se faça a retificação, prevendo vagas para o contador, que é o profissional que existe no Maranhão”, pontuou o professor e deputado Wellington.

Difícil mesmo é a atual gestão modificar, principalmente se a sugestão for dada por um que eles consideram oposicionista.

Foto: Kristiano Simas/Agência AL

sem comentário »