Fábio Macedo retorna a Assembleia Legislativa

0comentário

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) está de volta à Assembleia Legislativa após 30 dias afastado para tratamento médico.

Fábio Macedo se envolveu em uma briga com o cantor Léo Cachorrão, em um bar na cidade de Teresina, no dia 9 de março e acabou detido e autuado por ameaça a um policial e lesão corporal.

Após ser liberado pela Polícia, o deputado postou nota de esclarecimento nas redes sociais e disse sofrer de alcoolismo e depressão.

“O parlamentar há anos enfrenta problemas de depressão e alcoolismo, no momento da confusão estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez”, afirmou o deputado em trecho da nota divulgada após a briga.

Hoje (17), Fábio Macedo retornou à Assembleia. “Todo trabalho honesto sustenta, a honra e dignifica o ser humano. Representar o povo do Maranhão é a minha maior conquista”, escreveu nas redes sociais.

Foto: arquivo pessoal

sem comentário »

Explicação de Fábio Macedo: alcoolismo e depressão

5comentários

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) que foi detido e autuado por desacato, ameaça e lesão corporal, na madrugada deste sábado (9), após agredir um músico e um policial durante uma confusão em um bar na Zona Leste de Teresina, divulgou nota de esclarecimento nesta tarde.

O fato mais grave da ocorrência envolvendo o parlamentar, no entanto, que foi a ameaça ao policial que o conduziu até a Central de Flagrantes de Teresina não foi esclarecido na nota.

Fábio Macedo diz sofrer de “depressão e alcoolismo” e que “estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez”.

Leia a nota na íntegra:

“O deputado estadual, Fábio Macedo vem a público esclarecer que após o consumo de bebidas alcoólicas associadas à medicações para tratamento de saúde se envolveu em uma confusão em um bar na cidade de Teresina.

O parlamentar há anos enfrenta problemas de depressão e alcoolismo, no momento da confusão estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez.

Aos maranhenses que o elegeram e lhe confiaram o mandato como representante, manifesta as mais sinceras desculpas e se compromete em assumir todas as responsabilidades legais e morais, e se desculpa também com a Corporação da Polícia de Teresina, a quem muito respeita e admira o trabalho.”

Antes da assessoria do deputado Fábio Macedo divulgar a nota à imprensa, nas redes sociais, o parlamentar postou uma longa carta em seu perfil no Instagram, mas poucos minutos depois exclui a postagem.

Tivemos acesso à publicação da postagem. Leiam o que escreveu Fábio Macedo:

Até o momento dessa publicação o PDT que é comandado no Maranhão pelo senador Weverton Rocha não se manifestou.

5 comentários »

Umbelino entra no combate à depressão em São Luís

0comentário

Foi aprovado em redação final na Câmara Municipal de São Luís, o Projeto de Lei Nº 91/2018 de autoria do vereador Umbelino Junior (PPS), que institui a Semana Municipal de Prevenção e Combate a Depressão. Segundo prevê o projeto, a “Semana Municipal de Prevenção e Combate a Depressão” deverá ser realizada na primeira semana do mês de outubro, com o intuito de ampliar a informação sobre a depressão, suas causas, sintomas, meios de prevenção, incentivar a busca pelo diagnóstico, tratamento dos pacientes e combater o preconceito que cerca a depressão.

Durante a “Semana Municipal de Prevenção e Combate a Depressão”, será dada ampla divulgação ao assunto, principalmente no meio estudantil, além de ações educativas, fóruns, campanhas, simpósios e outras medidas necessárias.

Segundo os especialistas, a depressão é caracterizada pela perda ou diminuição de interesse, gerando angústia, algumas vezes sem motivo evidente. O transtorno psiquiátrico necessita de avaliação e tratamento de um profissional.

Dados

De acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo. Em 10 anos, de 2005 a 2015, esse número cresceu 18,4%. O Brasil é o país com maior prevalência de depressão da América Latina e o segundo com maior prevalência nas Américas, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que têm 5,9% de depressivos. No total, 5,8% da população tem depressão, um total de 11,5 milhões de brasileiros.

Durante a análise da proposta, o vereador Umbelino Junior destacou que o projeto irá contribuir com uma atuação mais eficaz do poder público que poderá firmar convênios com entidades da sociedade civil organizada e de iniciativa privada, com a finalidade de promover ações relacionadas ao assunto. “Infelizmente, vários jovens recorrem ao suicídio por conta da depressão, uma doença que antes muitos não davam a devida atenção e seriedade. Acreditamos que a Semana Municipal de Prevenção e Combate a Depressão vai trazer mais informações à sociedade e assim estaremos colaborando na educação dos nossos jovens e salvando vidas”, concluiu o parlamentar.

Foto: Divulgação

sem comentário »