Fábio Macedo leva campanha a Brasília

0comentário

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) esteve em Brasília, onde se reuniu com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre e com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Na oportunidade, Fábio Macedo apresentou a campanha que vem realizando de combate à Depressão. Alcolumbre e Maia destacaram a importância da campanha e garantiram apoio à iniciativa do parlamentar maranhense.

O deputado federal maranhense Gil Curtim (PDT) apresentará projeto para que a data de 13 de setembro seja instituída como Dia Nacional de Combate à Depressão.

“O nossa campanha de Combate à Depressão ganhou projeção nacional. Hoje, estive reunido com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, junto com os senadores maranhenses Weverton e Eliziane Gama, e também com o presidente da Câmara de Deputados Rodrigo Maia, levando a nossa bandeira pela depressão e buscando esse apoio para que o dia 13 de setembro seja também estabelecido como Dia Nacional de Combate a esta doença que tem atingido grande parte dos brasileiros. O deputado Gil Cutrim vai apresentar o nosso projeto na Câmara federal para que isso se torne realidade, com o apoio da deputada federal Tabata Amaral. Hoje saio feliz, porque tanto o presidente do senado, quanto da Câmara de deputado manifestaram o apoio irrestrito ao nosso projeto!”, afirmou Fábio Macedo nas redes sociais.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Fábio Macedo destaca luta pelo Gás Natural Veicular

0comentário

Grande defensor do uso do gás natural como combustível veicular, o deputado estadual Fábio Macedo (PDT) chamou a atenção mais uma vez para a luta que tem sido fazer com que os maranhenses possam se beneficiar das riquezas geradas no estado.

Na tribuna da Assembleia Legislativa, ele relembrou que o Maranhão é o segundo maior Estado produtor de gás natural terrestre do Brasil e que já foram realizadas várias ações como visita ao Complexo Parnaíba em Santo Antônio dos Lopes, reuniões com a direção da empresa Eneva e, por fim, uma audiência pública com a participação de toda a sociedade.

“Hoje eu venho mais uma vez aqui, em nome dos mais de sete milhões de maranhenses, pais e mães de família, taxistas e de todos os que se sustentam por meio do transporte alternativo, fazer um apelo, com muita humildade, para que a Eneva realmente disponibilize uma parte desse gás para uso GNV”, apelou.

“Não é justo que o maranhense não possa usar daquilo que é seu. Tenho recebido mensagens de muitos taxistas que, às vezes, não têm nem como sair de casa para o seu trabalho porque não têm condição de botar gasolina em seu carro, algo que realmente me entristece profundamente”, disse o parlamentar pedetista.

Fábio Macedo também lembrou das vantagens da implantação do GNV que além de ser mais barato e gerar economia para os maranhenses, é uma alternativa menos poluente para o meio ambiente. Por fim, pediu o engajamento de toda classe política, para que se junte a ele nessa causa.

Peço a cada um de vocês, deputado desta Casa, deputados federais, aos nossos senadores, ao Governador Flávio Dino, a todos os poderes do Maranhão, para que possamos nos unir e realmente buscar esse diálogo e uma alternativa eficaz para que o gás realmente seja disponibilizado como combustível veicular para nossa população. Essa é uma luta de todos nós”, encerrou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Projeto institui Política de Atenção ao Alcoolismo

0comentário

O governador Flávio Dino sancionou o Projeto de Lei proposto pelo deputado estadual, Fábio Macedo que institui a Política de Atenção, acompanhamento e tratamento do alcoolismo entre homens e mulheres. Com a nova política, serão desenvolvidas medidas de prevenção, controle e assistência às pessoas com dependência alcoolismo.

“O alcoolismo é um problema de saúde grave, que atinge homens e mulheres no Maranhão, e hoje tivemos uma vitória importante no que se refere a políticas públicas para o tratamento e combate. Nossa lei sancionada pelo Governo do Estado implementa uma rede de atenção cuidados aos dependentes do álcool, através de ações de educação, proteção, recuperação da saúde e prevenção de danos”, disse Fábio Macedo

Com ações das Secretárias Estaduais da Saúde, Educação, Trabalho e Economia Solidária, Mulher, Segurança Pública e Ciência, Tecnologia e Informação, a política pública compreenderá três níveis de atenção: Básica, Média e Alta complexidade.

A atenção básica, inclui ações de cunho individual ou coletivo, voltadas para a promoção da saúde, para a prevenção e a identificação precoce dos problemas, bem como ações dirigidas à informação, à educação e à orientação familiar.

Já a média complexidade terá triagem e o monitoramento da atenção diagnóstica e  terapêutica especializada, com exames clínicos e laboratoriais para avaliar desenvolvimento do tratamento até a recuperação da paciente e na Alta complexidade, diagnóstico e terapêutica especializada com internação para o tratamento.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Fábio Macedo retorna a Assembleia Legislativa

0comentário

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) está de volta à Assembleia Legislativa após 30 dias afastado para tratamento médico.

Fábio Macedo se envolveu em uma briga com o cantor Léo Cachorrão, em um bar na cidade de Teresina, no dia 9 de março e acabou detido e autuado por ameaça a um policial e lesão corporal.

Após ser liberado pela Polícia, o deputado postou nota de esclarecimento nas redes sociais e disse sofrer de alcoolismo e depressão.

“O parlamentar há anos enfrenta problemas de depressão e alcoolismo, no momento da confusão estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez”, afirmou o deputado em trecho da nota divulgada após a briga.

Hoje (17), Fábio Macedo retornou à Assembleia. “Todo trabalho honesto sustenta, a honra e dignifica o ser humano. Representar o povo do Maranhão é a minha maior conquista”, escreveu nas redes sociais.

Foto: arquivo pessoal

sem comentário »

Fábio Macedo tira licença médica por 30 dias

7comentários

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) protocolou, no fim da tarde desta terça-feira (12), na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, pedido de licença para tratamento de saúde, por 30 dias.

Fábio Macedo foi detido e autuado por desacato, ameaça de morte e lesão corporal, na madrugada de sábado (9), após agredir um músico e um policial durante uma confusão em um bar na Zona Leste de Teresina.

Em nota, Fábio Macedo se manifestou na tarde do último sábado e disse sofrer de “depressão e alcoolismo” e que “estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez”, no momento da confusão.

Segundo informação da Assembléia o pedido de licença do parlamentar segue recomendação médica.

“O pedido de licença será apreciado ainda pela Mesa Diretora da Casa. E que, diante dos fatos envolvendo o parlamentar, ocorridos na madrugada do último sábado (9), em Teresina (PI), aguarda comunicação formal sobre procedimentos adotados. Assim, tomará as devidas providências, conforme o Regimento Interno, respeitando a Constituição do Estado do Maranhão, bem como o direito ao contraditório, inclusive, se necessário, recorrendo à Comissão de Ética”, diz a nota da Assembleia.

O PDT que é comandado no Maranhão pelo senador Weverton Rocha até o momento ainda não se manifestou sobre o caso.

7 comentários »

PDT de Weverton em silêncio no caso Fábio Macedo

6comentários

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) que é comandado no Maranhão pelo senador Weverton Rocha ainda não se manifestou sobre o episódio envolvendo o deputado estadual Fábio Macedo e pelo visto vai ficar assim mesmo.

Além do PDT, a Assembleia Legislativa não se manifestou sobre o assunto. O PDT tem a maior bancada na AL, ao todo 7 deputados incluíndo Fábio Macedo, ninguém se manifestou. Hoje à tarde tem sessão na Assembleia….

O deputado estadual Fábio Macedo foi detido e autuado por desacato, ameaça de morte e lesão corporal, na madrugada de sábado (9), após agredir um músico e um policial durante uma confusão em um bar na Zona Leste de Teresina.

Apenas o deputado se manifestou por meio de nota no último sábado e disse sofrer de “depressão e alcoolismo” e que “estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez”.

Fábio Macedo não disse que vai se afastar do cargo para tratamento.

Nestes casos envolvendo parlamentares, geralmente uma nota é publicada e só. E todos agem como se nada tivesse acontecido e o deputado se mostra como uma “vítima”, e caso encerrado.

E pelo visto PDT de Weverton Rocha seguirá em silêncio apostando no esquecimento de todos.

Foto: Divulgação

6 comentários »

Cantor explica briga com deputado Fábio Macedo

0comentário

O cantor Léo Cachorrão que se envolveu numa confusão com o deputado estadual Fábio Macedo (PDT-MA) divulgou esclarecimento nas redes sociais no qual nega uma versão que está sendo divulgada de que o cantor estaria devendo R$ 150 mil ao parlamentar.

Segundo o cantor, o motivo da confusão foi o fato dele ter negado o microfone ao deputado Fábio Macedo para que ele subisse ao palco para cantar.

Léo Cachorão diz que não se tratava de uma festa popular e que o público que estava no local para assistir o show da banda.

Veja o esclarecimento:

sem comentário »

Explicação de Fábio Macedo: alcoolismo e depressão

5comentários

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) que foi detido e autuado por desacato, ameaça e lesão corporal, na madrugada deste sábado (9), após agredir um músico e um policial durante uma confusão em um bar na Zona Leste de Teresina, divulgou nota de esclarecimento nesta tarde.

O fato mais grave da ocorrência envolvendo o parlamentar, no entanto, que foi a ameaça ao policial que o conduziu até a Central de Flagrantes de Teresina não foi esclarecido na nota.

Fábio Macedo diz sofrer de “depressão e alcoolismo” e que “estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez”.

Leia a nota na íntegra:

“O deputado estadual, Fábio Macedo vem a público esclarecer que após o consumo de bebidas alcoólicas associadas à medicações para tratamento de saúde se envolveu em uma confusão em um bar na cidade de Teresina.

O parlamentar há anos enfrenta problemas de depressão e alcoolismo, no momento da confusão estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez.

Aos maranhenses que o elegeram e lhe confiaram o mandato como representante, manifesta as mais sinceras desculpas e se compromete em assumir todas as responsabilidades legais e morais, e se desculpa também com a Corporação da Polícia de Teresina, a quem muito respeita e admira o trabalho.”

Antes da assessoria do deputado Fábio Macedo divulgar a nota à imprensa, nas redes sociais, o parlamentar postou uma longa carta em seu perfil no Instagram, mas poucos minutos depois exclui a postagem.

Tivemos acesso à publicação da postagem. Leiam o que escreveu Fábio Macedo:

Até o momento dessa publicação o PDT que é comandado no Maranhão pelo senador Weverton Rocha não se manifestou.

5 comentários »

Fábio Macedo é autuado por ameaça e lesão corporal

3comentários

O deputado Fábio Macedo (PDT) foi preso na madrugada deste sábado (9) em Teresina, após se envolver em uma grande confusão em um bar, na Zona Leste.

Fábio Macedo foi detido e autuado por desacato, ameaça e lesão corporal, após agredir um músico e um policial. Ele se envolveu em uma briga com o músico Léo Cachorrão. Os dois foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Teresina e liberados em seguida.

Nas redes sociais circulam vídeo e áudio do momento da prisão. (Clique aqui e veja o vídeo).

No áudio, o deputado Fábio Macedo faz declarações no sentido de intimidar a ação de policiais.

“Vocês são polícia, né? A gente mata gente”, diz o deputado.

E segue o deputado…

“Eu sou, eu sou mais que tu. Eu sou deputado, e sou rico. Vou mandar te matar, vagabundo. Vou te pegar, eu te mato. Sou filho do Dedé Macedo. Pergunta quem é Dedé Macedo. Eu vou te matar. Vou mandar de matar”.

O PDT que no Maranhão é comandado pelo senador Weverton Rocha não vai se manifestar sobre mais este caso envolvendo o deputado Fábio Macedo?

Em 2017, o deputado Fábio Macedo (PDT) se envolveu em um grave acidente no início da madrugada de domingo (20 de julho) em São Luís.

O deputado dirigia uma Mercedes na avenida dos Holandeses quando atingiu quatro veículos – um deles teve perda total.

Logo após o acidente, o deputado foi colocado em um camburão de uma viatura da Polícia Militar e sumiu do local do acidente.

Segundo testemunhas não foi feito nenhum teste do bafômetro para saber se o deputado havia ingerido bebida alcoólica.

O caso foi abafado, mas foi divulgado aqui no Blog do Zeca Soares.

3 comentários »

Acidente provocado por deputado é abafado

11comentários

O deputado Fábio Macedo (PDT) se envolveu em um grave acidente no início da madrugada deste domingo (20) em São Luís.

Por volta de 0h15, o deputado dirigia uma Mercedes na avenida dos Holandeses quando atingiu quatro veículos – um deles teve perda total.

Logo após o acidente, o deputado foi colocado em um camburão de uma viatura da Polícia Militar.

Segundo testemunhas não foi feito nenhum teste do bafômetro para saber se o deputado havia ingerido bebida alcoólica.

O registro do acidente foi feito por um morador de um prédio na avenida dos Holandeses e publicado pelo jornalista Glaucio Ericeira.

Mesmo com a gravidade do acidente não houve qualquer registro do boletim de ocorrência. Se houve o registro da ocorrência por parte das vítimas, o B.O não foi disponibilizado à imprensa.

Fábio Macedo é deputado da base governista e o que também chama atenção é que, num artigo assinado pelo governador Flávio Dino, na edição de domingo, no Jornal Pequeno, ele faz referência à fiscalização da Lei Seca, que pelo visto não funciona para todo mundo.

“Antes, as pessoas dirigiam bêbadas sem serem fiscalizadas, porque não havia barreiras policiais; atualmente, a polícia faz operações para diminuir mortes no trânsito, com grande êxito”, escreveu Dino.

Pelo “abafa” no caso do deputado não é bem assim como diz o governador que as coisas estão funcionando.

Esclarecimento

Inicialmente divulgamos que os deputados Rogério Cafeteira e Weverton Rocha teriam chegado ao local logo após o acidente, mas por telefone, o deputado Rogério Cafeteira negou a informação incial.

No Twitter, o deputado Rogério Cafeteira explicou a sua presença no local. “Passei e parei como curioso, muito tempo após ter ocorrido o acidente, pois havia um amigo, que não era o Dep. Fábio, vitimado no acidente”, disse ele, destacando que no momento em que passou no local não registrou a presença do deputado Weverton Rocha.

Foto: Agência Assembleia

11 comentários »